Montijo Agenda // março // abril // 2013

  • View
    222

  • Download
    7

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Agenda, Programação, Acontecimentos, Cultura, Juventude, etc...

Text of Montijo Agenda // março // abril // 2013

  • 1MontijoMaro | Abri l 2013 Agenda

  • 2Para receber a publicao on-line, contacte-nos atravs do endereo eletrnico dcrp@mun-montijo.pt

    Diviso de Comunicao e Relaes Pblicas, Cmara Municipal do MontijoRua Joo Gama Lobo n. 1 A, MontijoTel. 21 232 76 42

    MontijoAgenda

    3

    4

    6

    7

    8

    10

    32

    Vamos falar deSaboresMovimento Associativo

    Campanhas de SensibilizaoEconomia & DesenvolvimentoAcontece em Montijo

    Informaes teis

    FICHA TCNICA // Ttulo: Montijo Agenda // Edio: Cmara Municipal do Montijo // Coordenao de edio: DCRP // Projecto grfico: DCRP - Atelier de Artes Grficas // Fotografia: DCRP // Edio on-line

  • 3A Presidente da Cmara

    Maria Amlia Antunes

    A Cmara Municipal do Montijo, a Associao para a Formao Profissional e Desenvolvimento do Montijo, a Junta de Freguesia do Montijo, e as Juntas de Freguesia de Canha, Peges e Santo Isidro de Peges, no mbito das suas competncias, sobretudo na dinamizao de equipamentos e espaos municipais, no apoio a atividades culturais de interesse para o municpio e no envolvimento das foras vivas representativas da realidade scio-econmica, cultural e desportiva do Concelho do Montijo, iro a partir do ms de maro iniciar o projeto Montijo Lugar de Encontros.

    Este projeto visa dinamizar uma Programao Anual de ndole cultural e turstica diversificada, que inclui ciclos de cinema, msica, dana, conferncias, concertos, gastronomia e vinhos, artesanato, workshops, datas histricas, entre outros eventos, durante o ano de 2013 em diferentes espaos pblicos da cidade, com especial destaque para o Jardim Casa Mora e Praa da Repblica.

    Estes locais emblemticos da cidade, aliam a centralidade a caractersticas arquitetnicas que propiciam o desenvolvimento das atividades programadas. Queremos que o montijo seja palco de encontros entre as gentes e as artes, a natureza e o espao urbano.

    Paralelamente programao do Montijo Lugar de Encontros, a Cmara Municipal coloca o Jardim Casa Mora e a Praa da Repblica disposio de todos os cidados, instituies pblicas ou privadas, que pretendam desenvolver nestes espaos iniciativas ou eventos que promovam a participao ativa dos seus associados e dos cidados em geral.

    Em 2013 venha ao nosso encontro!

    Montijo Lugar de Encontros

    Montijo Agenda

  • 4Pode enriquecer-se o caldo para qu

    e no fique demasiado

    gordo e a saber a enguia, com um

    dente de alho, uma

    folhinha de louro e mesmo um coentro

    ou um pouco de salsa.

    As enguias, cozem em muito pouco

    tempo. Cinco minutos de

    fervura so suficientes. E para que n

    o se desfaam, duas ou

    trs horas antes, se ficarem no frio

    com umas pedras de sal,

    ganham a rigidez necessria para uma c

    ozedura perfeita.

    DICAS

    Montijo Agenda

    A enguia, uma das principais riquezas gastronmicas do esturio do Tejo. A sua captura sempre esteve associada faina do mar da nossa regio. Infelizmente, a sua cada vez menor quantidade, obrigou a que toda a restaurao que dela alimentava os seus cardpios, procurasse suprir as suas necessidades noutros mercados. Nada que no se resolvesse desde que a frescura do peixe fosse mantida, coisa essencial na enguia.

    Entre duas receitas de ensopado de enguias, que de seguida partilho convosco, descobri h dias esta, que me surpreendeu. Nunca tinha ouvido falar, nem a tinha provado. uma receita muito pouco elaborada, que vive essencialmente da frescura e da qualidade dos ingredientes. Confesso, que no a experimentei, ao contrrio de outras que geralmente fazem parte do cardpio da nossa restaurao.

    Ensopados de Enguias

    Ingredientes- kg de enguias de tamanho mdio- 2 Batatas- 4 Fatias de po caseiro- Vinagre- Sal- Pimenta

    ConfecoCozer as enguias mdias em gua e sal. As mais finas, fritam-se e deixam-se escorrer em papel pardo para absorver o azeite. No prato, coloca-se o po caseiro em fatias e deita-se o caldo por cima.As restantes enguias, so temperadas com pimenta e vinagre.

    Ensopado de Enguias para 2 Pessoas

    Este prato, para verdadeiros apreciadores de enguias e de todos os seus sabores, pois a simplicidade da sua confeco, faz sobressair todo o sabor deste saboroso bicho da famlia dos Anguillidae.

  • 5Arnaldo GonalvesTcnico da Diviso de Cultura, Bibliotecas e Turismo

    Montijo Agenda

    Ingredientes- kg de enguias- Pimentos vermelho e verde- 1 Cebola- 1 Tomate- Po caseiro torrado- 1 Dente de alhos- Coentros- Louro- Colorau- Piri-piri- Salsa- Sal- dc. Vinho branco

    ConfecoRefoga-se a cebola, com os pimentos, alhos, salsa, louro, coentros, colorau, arrefecendo gradualmente com o vinho branco. No preparado cozem-se as enguias, j temperadas com sal e piri-piri.Para servir, num prato de sopa de preferncia, coloca-se o po torrado e sobre ele as enguias. Polvilha-se com os coentros.

    Bom apetite!

    So pratos fceis de executar. S tem de escolher bem os ingredientes e comprar as enguias frescas, ou ainda vivas, de preferncia.

    Para quem aprecia sabores menos puristas e mais condimentados, fica aqui uma segunda alternativa.

    Ensopado de Enguias para 2 Pessoas

  • 6O Ateneu Popular de Montijo (APM), fun-dado em 15 de Dezembro de 1939, tem contribudo de forma relevante para a promoo e desenvolvimento do despor-to e da cultura no Montijo.

    O seu grupo fundador, Cosme Benito Re-sina, Joaquim Lavado, Manuel Luciano Lucas Alegria e Antnio Andr Lopes Bar-reto, tinha como objetivo desenvolver entre os seus associados e familiares a educao intelectual e fsica, proporcio-nando-lhes meios de cultura e distrao e a expanso do desporto.

    Com o estudo do esperanto (lngua que se acreditava vir a tornar-se universal), inicialmente e depois com a criao de vrios cursos (de Alfabetizao, de Dati-lografia, de Oratria, etc.) e at de uma biblioteca, pretendiam uma maior instru-o da populao no concelho.

    Assumindo-se mais tarde como associa-o cultural, o Ateneu apostou na divul-gao do xadrez, participando em vrias competies; do cinema, com a criao de um cineclube e a realizao de sesses

    Montijo Agenda6

    AteneuPopular de Montijo

    na sua sede; da fotografia, com a criao de um ncleo de fotografia responsvel pela realizao de vrias exposies; bem como na divulgao e defesa do patrim-nio histrico-cultural do concelho, atravs da realizao de visitas de estudo, debate de ideias, edio de postais e de um jornal sobre temas locais.

    Esta associao pode orgulhar-se de ter tido a colaborao de figuras emblem-ticas como; Jos Jorge Letria, Helena Ne-ves, Rogrio Paulo, Ary dos Santos, Jos Manuel Nunes, Tito Lvio, Zeca Afonso e o Arquiteto Toms Taveira, que certamen-te muito contribuiu para a formao e enriquecimento cultural da comunidade montijense de ento.

    Debatendo-se h cerca de 15 anos com o fato do seu edifcio sede no oferecer condies de segurana, o Ateneu conse-guiu com a assinatura de um protocolo de cedncia de um edifcio (na Rua Lus Calado Nunes antigo Arquivo Municipal) com a Cmara Municipal de Montijo, dar um novo impulso s suas atividades.

  • 7Montijo Agenda 7

    A Cmara Municipal do Montijo, atravs da Casa do Ambiente leva a efeito a partir do ms de abril uma campanha de sensibiliza-o com o objetivo de contribuir para uma cidade mais limpa.No mbito da campanha, uma equipa cons-tituda por cerca de 10 elementos, entre trabalhadores da autarquia e membros da comunidade (Associaes, Instituies, etc.), devidamente identificados, iro formar a Brigada Ruas Limpas e percorrer a cidade do montijo uma vez por ms, em data e zona aleatria, para sensibilizar os muncipes que no recolhem os dejetos dos seus animais, verificar o estado das ruas, dos contentores do lixo e das sargetas.O objetivo da Brigada Ruas Limpas sen-sibilizar a populao para adotar atitudes e comportamentos cvicos, como a recolha de dejetos caninos, a no alimentao de animais nas ruas (gatos e pombos), a con-servao e manuteno dos equipamentos de recolha de lixos, no sentido de previr o desenvolvimento de doenas e pragas.A brigada ir registar as ocorrncias e sempre que necessrio alertar os servios camar-rios ou a fiscalizao que iro posteriormen-te agir em conformidade, nomeadamente no que diz respeito aos dejetos caninos.Para mais informaes e inscries contactar Casa do Ambiente, na Rua das Rosas - Cerra-do de Chaves, pelo telefone: 21 231 47 76 ou por e-mail: casambientecmm@gmail.com.

    Brigada Ruas Limpas O regulamento dos re

    sduos

    slidos urbanos, co

    ntempla as

    infraes referen

    tes manuten-

    o e limpeza do

    espao pblico,

    punveis com coima

    s que vo

    dos 24,94 at a

    o mximo de 10

    vezes, o salrio m

    nimo nacional,

    dependendo das

    situaes.

  • 8 Montijo Agenda

    O MundoRuralO campo, ou como modernamente agora se designa, o mundo rural, tem ao longo dos ltimos anos, passado por vrias mudanas. Desde o seu abandono, at produto tursti-co, passando pela fase de ajustamento aos modelos produtivos mais sofisticados da Unio Europeia, o caminho tem sido longo, algumas vezes penoso, mas tambm muitas vezes, bem sucedido. Passmos dos barros do Alentejo e do con-sequente abandono da produo cereal-fera por razes, argumentou-se, de pouca produtividade e de preos difceis de com-petir, at s actuais saladas da Vitacress ex-portadas para toda a Europa. Recupermos o vinho fazendo com ele um trabalho notvel de qualidade e de projec-o internacional e fizemos do azeite, pro-duto maldito nos anos 50 / 60 vtima da po-ltica governamental que passou a fomentar a indstria de leos alternativos e at mes-mo a cultura de certas sementes oleagino-sas, um dos produtos de melhor qualidade a nvel internacional. Passmos da impor-tao de 50% das nossas necessidades, ao

    ALTERNATIVAS

    8

    quase equilbrio produo / consu