Click here to load reader

O bebe do seculo XXI Bebes recém nascidos: um convite a reflexões teóricas

  • View
    217

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of O bebe do seculo XXI Bebes recém nascidos: um convite a reflexões teóricas

O bebe do seculo XXI

O bebe do seculo XXIBebes recm nascidos: um convite a reflexes tericasO estudo do recm nascido: histria e importnciaSenso comum divulga muitas coisas compromisso dos cientistas.

Teorias do desenvolvimento tem dupla tarefa: explicar ponto de partida e processos que a transformam.

Constante dilogo inatismo x empirismo.Estudo de bebes, desenvolvimento pr natal so indispensveis para verificar universais

Conhecimento sobre bebes pouco disseminado

Pouca investigao no Brasil (ou publicao)1995 estudo sobre a concepo de brasileiros a respeito do desenvolvimento infantil.1- Esse conhecimento parece ser domnio das mulheres que seriam mais sensveis e atentas s informaes acerca da natureza e caractersticas do RN2- mulheres consideram o bebe capaz de discriminao, apegos e dotado de capacidades perceptivas complexas que o tornam sensvel s interaes.Mulheres avaliaram mais positivamente do que homens as competencias dos bebes e as que tinham maior nvel de escolaridade avaliaram de forma mais positiva.

Ainda verificamos muito desconhecimento e atividades erradas. No esperam atividades interessantes ou inteligentes.

Isso est de acordo com a viso que prevalece sobre natureza humana.

O que sabemos deriva da observao de nossos parceiros sociais dentro do clima intelectual do tempo em que estamos

A viso secular Wundt Teoria no religiosa = tbula rasa = origem atribuida a john Locke = nada h na mente antes da experinciaNobre selvagem: Rousseau (homem essencialmente bom e corrompido pela civilizao. Quando nascemos nada sabemos ou percebemos mas temos capacidade.

Fantasma na maquina : Descartes - atividade mental se realiza em paralelo ao fsicaAs 3 aparecem em concepes psicolgicas contemporneas que recentemente esto sendo questionadas.1808 1892: Darwin que inaugura estudo com bebes verificando a relao entre princpios evolutivos que funcionam na filognese e ontognese (erro na avaliao sobre a capacidade inicial de viso e audio) Vygotsky e Luria: (1930 a 1996) tambm reconhecem a importancia do desenvolvimento mas apresentam noo equivocada sobre recm nascidos. (ser isolado e indiferenciado)

Piaget quem estabelece a pesquisa em desenvolvimento inicial - base inestimvel para as investigaes posteriores. Bebe nasce com as ferramentas bsicas para a construo do conhecimento , as invariantes funcionais adaptao e organizao.Admite uma organizao biolgica inicial que inclui um conjunto de reflexos e que se transformar pela ao do bebe no mundo, assimilando e se acomodando ao que foi assimilado. NO incio se parece com Vygotsky e Lria.

O inicio dos estudos tratavam do aspecto social e emocional influenciados pela psicanlise wolf, harry harlow, bowlby, etc... Que demonstraram a importancia dos cuidadores no desenvolvimento inicial e algumas caractersticas desse desenvolvimentoEm seguida, interesse pelo estudo da ateno e cognio formulou-se a hiptese de privao. A relao entre maturao e ambiente de mo nica e os efeitos ambientais dependem da maturao para ocorrer.

Estudos sobre experiencia inicial mostram significativas mudanas no tecido neural como resultado de estimulao precoce (efeito de mo dupla)

Enriquecimento ou privao ambiental podem mudar certos aspectos como desenvolvimento do cortex visualA partir de 1958 nos EUA, estudos a partir do paradigma de habituao, que faz com que o organismo elimine respostas superfluas ou redundantes a estimulos biolgicamente irrelevantes permitindo que o organismo conserve energia e se mantenha alerta para o que demanda aproximao ou distanciamento em termos de sobrevivncia.Mecanismo primitivo de aprendizagem (mais intenso nas primeiras 10 semanas de vida)

Em 1979 primeiro peridico especializado: Infant behavior and development apontam para a competencia dos RNs quanto a capacidade de perceber, imitar e se comunicar.

No existe isoladamente na ontogenese (sofisticado processo evolucionario) Os RNs como membros da espcie e seus cuidadoresLongo perodo gestacional e maturao lenta

Nascimento fisiologicamente pr termo no capaz de sobreviver sem o cuidado dos adultos de sua cultura

Apesar das diferenas culturais, uma estrutura parece ter evoludo na histria da especie constituindo propenses para cuidar ou interagir com bebes sob o formato de 4 sistemas parentais:No so exclusivos da espcie1 Sistema de cuidados primrios

2 sistema de contato corporal: permitir experincia de bem estar ou calor emocional

Exclusivos da espcieDistinguem espcie humana: muito importantes na relao me bebe.

3 Sistema de estimulao: comunicao corporal, atividade exclusivamente didica em que mes e pais se envolvem.4 Sistema de trocas face a face: contato visual mtuo e uso da linguagem.Sinais do bebe so processados como informaes relevantes.

Propenses so universais variando na forma (topografia), quantidade e durao de ocorrncia.Nos 4 sistemas apesar das diferenas individuais dos cuidadores dois componentes independentes parecem estar presentes: contingncia e calor emocional Contingncias: mes a reagem a bebes em espao muito curto de tempo

Ocorrem em funo de caractersticas do bebe envolvendo 2 sistemas motivacionais bsicos presentes no bebe desde o nascimento1- motivao para detectar contingencias2- motivao para experimentar calor emocionalNo caso das contingncias experinciam causa

No segundo caso (trocas face a face) experienciam calor emocional por meio de contato corporal e afeto positivo.

Sistemas motivacionais esto nos RNs como funo adaptativa numa relao bebe x sistemas parentaisProgramas abertos genticamente determinados mas sensveis ao ambiente que o preparam para obter informaes do meio por intermdio de trocas sociais precoces

1 capacidade de atrair ateno de adultos (esquemas de aspectos infantis)

Lorenz:- cabea relativamente grandePredominncia da capsula do cerebroOlhos grandes e implantados mais baixoProeminncia da regio da bochechaExtremidades curtas e grossasMovimentos desajeitados. (unio dessas caractersticas)