O ESTÁGIO SUPERVISIONADO COMO CONTEXTO DE O ESTÁGIO SUPERVISIONADO... · Supervisionado em Educação

  • View
    215

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of O ESTÁGIO SUPERVISIONADO COMO CONTEXTO DE O ESTÁGIO SUPERVISIONADO... · Supervisionado em...

  • O ESTGIO SUPERVISIONADO COMO CONTEXTO DE FORMAO PARA

    A DOCNCIA NA EDUCAO INFANTIL

    Jacicleide Ferreira Targino da Cruz Melo UFRN/PPGED

    jacicleidemelo@hotmail.com

    RESUMO A formao do docente para a Educao Infantil articula-se s especificidades da

    atuao do professor frente s singularidades infantis. Agrega-se a ela, a crescente

    discusso da formao inicial em nvel de graduao em Pedagogia, curso que vem

    passando por transformaes em funo das Diretrizes Curriculares Nacionais para o

    Curso de Pedagogia (2006). Nesse contexto, insere-se esse trabalho recorte de uma

    pesquisa de Doutorado, que tem como objetivo discutir as contribuies do Estgio

    Supervisionado em Educao Infantil na construo de saberes especficos da docncia

    na Educao Infantil. O estudo foi realizado junto disciplina Estgio Supervisionado

    em Educao Infantil do curso de Pedagogia, com a participao de quatro graduandos

    que realizaram Estgio no perodo da pesquisa. A base terico-metodolgica teve como

    aportes as contribuies da abordagem histrico-cultural de Vygotsky e do dialogismo

    de Bakhtin atendo-se a seus postulados sobre os processos de aprendizagem, concebidos

    como essencialmente sociais e discursivos. Os procedimentos para construo e anlise

    de dados envolveram entrevistas semiestruturadas (individuais e coletivas) cuja

    premissa fundamental foi a produo-compreenso de sentidos numa perspectiva

    dialgica. As snteses construdas com os discursos dos partcipes apontam que no

    Estgio Supervisionado em Educao Infantil ocorrem processos de

    internalizao/apropriao e, portanto, de elaborao de sentidos pertinentes s

    significaes de criana, educao infantil, professor e seus saberes docentes especficos

    a essa etapa. O Estgio configura-se como um dos contextos de formao do professor

    em sua etapa inicial onde os Estagirios constroem aprendizagens em interao com

    os agentes do processo (Professor Supervisor, Professor Colaborador e as Crianas) e

    em articulao com outros componentes curriculares vivenciados no Curso.

    Palavras-chave: Estgio Supervisionado - Saberes docente - Educao Infantil.

    INTRODUO

    A preocupao com iniciativas concernente formao e atuao do docente da

    Educao Infantil envolve embates e debates entre concepes conflitantes, certamente

    sensveis s demandas no mbito do atendimento s crianas de 0 a 5 anos de idade. A

    necessidade de salvaguardar o desenvolvimento profissional dos que atuam com essas

    crianas deve ser considerada uma prioridade para assegurar a construo do

    conhecimento e consequentemente da qualidade do trabalho do educador da infncia.

    Esse domnio do processo tem de dar conta de todas as caractersticas da prtica

    educativa com as crianas de 0 a 5 anos que exige o conhecimento sobre o modo como

    a criana aprende, a conscincia da infncia enquanto construto social, conhecimento

    Didtica e Prtica de Ensino na relao com a Escola

    EdUECE- Livro 103128

    mailto:jacicleidemelo@hotmail.com

  • 2

    curricular relativo ao desenvolvimento pessoal e social, linguagem, abordagem escrita,

    matemtica, conhecimento e compreenso do mundo.

    Numa perspectiva mais alargada, desejvel que a formao desse profissional

    seja pensada, cuidada de maneira que possa despert-lo para interpretar o universo da

    criana e da Educao Infantil, importa, pois, que o currculo do curso de formao

    inicial (nesse caso especfico o Curso de Pedagogia) desde os primeiros anos de

    formao possibilite aos futuros profissionais analisar assuntos subjacentes a diferentes

    abordagens sobre a criana e sobre a Educao Infantil, independentemente da rea que

    vo optar por escolher para atuao profissional crucial que os graduandos (futuros

    profissionais) construam um conjunto de saberes que permitam observar, analisar,

    teorizar e intervir em contextos de atendimento a criana pequena de 0 a 5 anos de

    idade.

    No entanto, importante que a formao docente no se limite aquisio de

    fatos, estratgias e contedos, mas se alargue explorao de um campo vasto de

    conhecimentos e a sua anlise crtica, luz de experincias reais em contextos

    educativos so fundamentais momentos para experimentar e refletir individualmente e

    em grupo sobre aspectos percebidos no trabalho com crianas em diversos setores

    (servios e reas de ao) onde podero atuar. Visto que, como prxis humana - prtica

    intencionalizada a docncia se efetiva como mediao e deve ser guiada por referncias

    pensadas impregnadas tanto por construtos tericos quanto prticos.

    Ao debruarmo-nos sobre o contexto formativo no curso de Pedagogia,

    interessou-nos investigar que saberes especficos da docncia na Educao Infantil os

    acadmicos do curso de Pedagogia constroem a partir da vivncia no Estgio

    Supervisionado, e, por conseguinte, identificar que elementos do processo formativo no

    Estgio Supervisionado podem contribuir para a construo de aprendizagens sobre a

    docncia com a criana de 0 a 5 anos.

    A justificativa da pesquisa a partir do Estgio Supervisionado se consolidou,

    sobretudo, na medida em que reconhece no entorno dos processos formativos do mundo

    contemporneo a real necessidade em se estabelecer uma formao docente que no

    somente promova mera reproduo dos contedos, mas, principalmente, tenha como

    base a participao efetiva dos graduandos em contextos onde podero exercer sua

    profisso.

    Nos cursos de formao (nesse caso especfico Pedagogia) isso s possvel por

    meio da dialeticidade entre teoria-prtica, ou seja, atravs da inter-relao do graduando

    Didtica e Prtica de Ensino na relao com a Escola

    EdUECE- Livro 103129

  • 3

    no campo acadmico e no contexto onde poder atuar profissionalmente atravs da

    pesquisa, extenso e o Estgio Supervisionado.

    Nesse estudo, especialmente, abordamos o Estgio Supervisionado como

    contexto formativo que possibilita a construo de saberes especficos para a docncia

    na Educao Infantil. Por conseguinte, dada nfase na compreenso de que o Estgio

    Supervisionado um componente curricular que permite a compreenso da

    complexidade do processo educacional nas instituies educativas e das aes

    praticadas pelos profissionais - funciona como uma prtica social que possibilita a

    investigao, a anlise, a reflexo e consequentemente a construo de aprendizagens.

    Neste sentido, o Estgio assume a funo da mediao social nas relaes entre

    o graduando-criana-profissionais-contexto profissional, o campo mediador e de

    mediadores de saberes.

    As contribuies do Estgio Supervisionado em Educao Infantil na construo

    de saberes especficos para a docncia na Educao Infantil esto referenciadas em

    registros formalizados nos discursos de quatro graduandos do curso de Pedagogia que

    realizaram o Estgio Supervisionado na Educao Infantil no ano de 2013.

    O aparato terico para a construo e interpretao dos dados da pesquisa se

    ancora na discusso de Vygotsky (2008) sobre o significado da palavra como unidade

    de anlise e, em Bakhtin (2003) que assume a perspectiva de que a palavra est sempre

    carregada de um contedo ou de um sentido vises de mundo, valores. Desse modo,

    foram adotadas como estratgia para a construo dos dados as entrevistas

    semiestruturadas individuais e coletivas - realizadas no intuito de criar diferentes

    condies de produo do discurso e favorecer a situao dialgica para a produo e

    exposio de ideias por parte dos partcipes da pesquisa. Neste sentido, as falas dos

    partcipes so consideradas como produes de sentidos originadas pelas/nas prticas

    discursivas que tm lugar nas relaes marcadas pelas condies sociais em que se

    produzem.

    Com efeito, frente s inquietaes e indagaes que movem nossa prtica de

    formadores de professores, especialmente, nesse trabalho discutimos as contribuies

    que o componente curricular Estgio Supervisionado tem dado aos formandos em

    Pedagogia na construo de saberes especficos da docncia na Educao Infantil.

    Didtica e Prtica de Ensino na relao com a Escola

    EdUECE- Livro 103130

  • 4

    O ESTGIO SUPERVISIONADO NO CURSO DE PEDAGOGIA DO

    CAP/UERN

    O Estgio Supervisionado I em Educao Infantil, enquanto componente

    curricular do quinto perodo do curso de Pedagogia do CAP/UERN, est includo na

    categoria de especializao (atuao no ensino) e compreende conhecimentos

    especficos formao do professor, passveis de mudanas mediante as condies

    concretas e demandas do(s) campo(s) de atuao profissional estabelecido(s) no

    programa formativo. De maneira especfica, o projeto centra-se na atuao do Ensino e

    na atuao da Gesto Educacional, cuja nfase est atribuda primeira (PPC 2008,

    p.44).

    Na proposta formativa do Projeto Pedaggico de Curso (PPC) dessa instituio,

    o Estgio Supervisionado compreendido enquanto atividade terico-prtica, com

    finalidade instrumentalizadora da prxis, no se limitando aplicao de tcnicas ou

    conhecimentos adquiridos de forma isolada na formao acadmica, mas envolvendo a

    produo crtica de conhecimentos pelos formandos-estagirios.

    No Projeto Pedaggico do curso o Estgio tem como objetivo geral:

    Contribuir para a formao de um profissional reflexivo,

    pesquisador, comprometido com o pensar/agir diante das

    problemticas educacionais evidenciadas nos espaos escolares

    e no escolar lcus de ao profissional do futuro licenciado. O

    Estgio configura-se, assim, como