O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais ... ?· Nacional de Desempenho de Estudantes…

Embed Size (px)

Text of O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais ... ?· Nacional de Desempenho de...

Faculdade Maria Milza

Municpio: Cruz das Almas

FARMCIA

Apresentao

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Ansio

Teixeira (INEP) apresenta o Relatrio do Curso com os resultados do Exame

Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE) de 2007, realizado no dia 11 de

novembro em 1375 locais de provas de 613 municpios. A prova do ENADE/2007,

com durao total de 4 (quatro) horas, apresentou um componente de avaliao

da Formao Geral comum aos cursos de todas as reas e um Componente

Especfico de cada rea.

Neste relatrio, esto registrados o desempenho do(a) Faculdade Maria

Milza dos estudantes da prova de Farmcia e alguns resultados do

Questionrio de Impresses sobre a prova e do questionrio de Avaliao

Discente da Educao Superior.

O ENADE, como parte do Sistema Nacional de Avaliao da Educao

Superior (SINAES), objetiva aferir o desempenho dos estudantes em relao

aos contedos programticos previstos nas diretrizes curriculares do

respectivo curso de graduao, s suas habilidades para ajustamento s

exigncias decorrentes da evoluo do conhecimento e s suas competncias

para compreender temas exteriores ao mbito especfico de sua profisso,

ligados s realidades brasileira e mundial e a outras reas do conhecimento.

A avaliao do ENADE incluiu grupos de estudantes selecionados por

amostragem, os quais se encontravam em momentos distintos de sua graduao:

um grupo, considerado ingressante, que se encontrava no final do primeiro

ano e outro grupo, considerado concluinte, que estava cursando o ltimo ano.

Os dois grupos de estudantes foram submetidos mesma prova.

O ENADE foi operacionalizado por meio de um questionrio (Avaliao

Discente da Educao Superior) e de uma prova. A finalidade da aplicao do

questionrio foi a de compor o perfil dos estudantes, integrando informaes

do seu contexto s suas percepes e vivncias, e a de investigar a

capacidade de compreenso desses estudantes frente sua trajetria no curso

e na Instituio de Educao Superior (IES) por meio de questes objetivas

que exploraram a funo social da profisso e os aspectos fundamentais da

formao profissional.

As informaes constantes deste relatrio traduzem os resultados

obtidos a partir da anlise dos dados dos estudantes da(o) Faculdade Maria

Milza. A prova foi respondida por 32 estudantes, sendo todos ingressantes.

Todos os resultados do curso foram obtidos com base nas anlises que

consideraram o peso amostral de cada estudante convocado e presente no

exame, podendo, portanto, ser estendidos para o total de estudantes

ingressantes e concluintes da instituio.

Mesmo considerando as limitaes que os instrumentos utilizados podem

apresentar enquanto mecanismo de avaliao de curso, o INEP est convencido

que os dados relativos aos resultados da prova e a opinio dos estudantes

podem ser teis para orientar as aes pedaggicas e administrativas da

instituio e do curso, uma vez que se constituem em importantes referncias

para o conhecimento da realidade institucional e para a permanente busca da

melhoria da qualidade da graduao, aspectos que ratificam o carter

integrativo inerente avaliao.

Braslia, maio de 2008.

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS

ANSIO TEIXEIRA

1 Conceito do curso

A nota do curso tem como base um conceito bastante estabelecido da

estatstica chamado afastamento padronizado. A nota final do curso depende

de trs variveis, a saber:

- o desempenho dos estudantes concluintes no componente especfico;

- o desempenho dos estudantes ingressantes no componente especfico e

- o desempenho dos estudantes (concluintes e ingressantes) na formao

geral.

A essas trs variveis, que embasam o clculo da nota final do curso,

atriburam-se, respectivamente, os seguintes pesos: 60%, 15% e 25%. Assim, a

parte referente ao componente especfico contribui com 75% da nota final,

enquanto a parcela referente formao geral contribui com 25%, em

consonncia com o nmero de questes na prova, 30 e 10, respectivamente.

Todas as frmulas utilizadas para o cmputo das notas esto expressas no

relatrio completo da rea, disponibilizado na Internet.

O quadro seguinte indica os diferentes intervalos de notas possveis e

os conceitos correspondentes a esses intervalos. Os conceitos utilizados no

ENADE variaram de 1 a 5 e, medida que esse valor aumenta, melhor o

desempenho no exame. A linha destacada no quadro subseqente corresponde ao

conceito obtido pelo curso de Farmcia da(o) Faculdade Maria Milza:

Conceito Notas

1 0,0 a 0,9

2 1,0 a 1,9

3 2,0 a 2,9

4 3,0 a 3,9

5 4,0 a 5,0

Sem conceito

4

2 Desempenho dos estudantes na prova

Nesta seo apresenta-se o desempenho dos estudantes dessa instituio

no ENADE/2007. Para isso, foram calculadas as estatsticas bsicas da prova

como um todo e separadamente de Formao Geral e de Componente Especfico.

Alm disso, considerada a condio do estudante avaliado, se concluinte ou

ingressante. No quadro seguinte, so apresentadas as seguintes estatsticas:

tamanho da populao, tamanho da amostra, nmero de presentes, mdia, erro-

padro da mdia, desvio-padro, mediana, nota mnima e nota mxima.

Desempenho dos estudantes em Formao Geral e Componente Especfico da prova do ENADE/2007

ENADE Instituio Brasil

Ingressantes Concluintes Ingressantes Concluintes

Tamanho da populao 50 - 21605 11296

Tamanho da amostra 40 - 12466 6624

Nmero de presentes 32 - 10871 6348

Resultado Geral Mdia 31.0 - 34.7 45.2

Erro-padro da mdia 1.5 - 0.1 0.1

Desvio-padro 10.6 - 12.3 13.9

Mediana 30.8 - 34.3 45.9

Mnimo 1.9 - 0.0 0.0

Mximo 50.1 - 80.9 85.0

Formao Geral Mdia 39.3 - 47.4 52.6

Erro-padro da mdia 2.5 - 0.1 0.2

Desvio-padro 17.4 - 18.9 19.6

Mediana 37.8 - 47.0 53.0

Mnimo 7.5 - 0.0 0.0

Mximo 86.5 - 99.0 99.0

Componente

Especfico

Mdia 28.2 - 30.4 42.7

Erro-padro da mdia 1.5 - 0.1 0.1

Desvio-padro 10.6 - 12.4 14.0

Mediana 29.7 - 29.7 43.2

Mnimo 0.0 - 0.0 0.0

Mximo 46.3 - 78.3 86.5

5

A seguir encontra-se um grfico em que se compara o desempenho do curso

nessa instituio com o desempenho da rea, levando em conta a totalidade de

estudantes da rea no Brasil. Nesse grfico, so apresentadas as notas

mdias obtidas em Formao Geral e em Componente Especfico.

Notas mdias dos estudantes (ingressantes, concluintes) em Formao Geral na prova de Farmcia

Pode-se observar pelo grfico que, em Formao Geral, a nota mdia dos

estudantes ingressantes foi 39.3 na instituio e 47.4 no Brasil: h uma

diferena de 8.1 pontos entre os dois. Com relao aos concluintes, no

houve estudantes avaliados nesta instituio.

Notas mdias dos estudantes (ingressantes, concluintes) em Componente Especfico na prova de Farmcia

Pode-se observar pelo grfico que, em Componente Especfico, a nota

mdia dos estudantes ingressantes foi 28.2 na instituio e 30.4 no Brasil:

h uma diferena de 2.2 pontos entre os dois.

6

Os grficos a seguir ilustram a distribuio das notas dos estudantes,

respectivamente em Formao Geral e em Componente Especfico, e mostram em

quais intervalos de notas houve maior concentrao de ingressantes e de

concluintes. O intervalo utilizado foi de 10 em 10 unidades: de 0,0 a 10,5 =

primeiro intervalo; de 10,51 a 20,5 = segundo intervalo e assim por diante.

Percentual de notas obtidas pelos estudantes na parte de

Formao Geral da prova de Farmcia

Percentual de notas obtidas pelos estudantes na parte de

Componente Especfico da prova de Farmcia

7

3 Percentual de estudantes por quartil segundo as notas obtidas

O quadro subseqente apresenta, inicialmente, o percentual de

estudantes da instituio em cada quartil delimitado pelos percentis 25, 50

e 75 da distribuio das notas dos ingressantes e dos concluintes. O

percentil de ordem 25 (P25) representa o valor que separa as 25% menores

notas das demais. O percentil 50 (P50), tambm chamado de mediana, o valor

que separa as 50% das menores notas das demais e, de forma semelhante, o

percentil 75 (P75) o valor que separa as 75% menores notas das demais,

sempre em cada nvel de agregao. H, tambm, a indicao dos percentuais

de estudantes em cada nvel de agregao (regio, categoria administrativa e

organizao acadmica). As informaes referem-se prova como um todo,

considerando tanto a parte de Formao Geral e a de Componente Especfico e

a totalidade de questes utilizadas, sejam objetivas ou discursivas.

Agrupamento Ingressantes Concluintes

At P25 P25 a P50 P50 a P75 P75 a P100 At P25 P25 a P50 P50 a P75 P75 a P100

Instituio 28,1 31,3 28,1 12,5 - - - -

Brasil 25,6 24,8 24,8 24,8 25,0 25,1 24,8 25,0

Regio

Norte 27,4 28,1 24,6 19,9 32,8 28,6 25,8 12,7

Nordeste 26,9 21,6 21,6 29,8 18,7 22,4 31,0 28,0

Sudeste 24,0 25,3 26,3 24,4 24,9 25,2 24,5 25,5

Sul 25,6 23,2 24,2 27,0