O Monumento - edição 151

  • Published on
    06-Apr-2016

  • View
    216

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

rgo oficial do municpio de Mariana

Transcript

  • RGO OFICIAL DO MUNICPIO DE MARIANA - LEI 705/84 DE 22 DE MARO DE 1984Ano XXX - EDIO 151 - 6 A 12 DE NOVEMBRO DE 2014 - www.mariana.mg.gov.br - DISTRIBUIO GRATUITA

    As famlias que moram em reas de ocupao irregular e que esto cadastradas na Secretaria de Desenvolvimento Social de Mariana j podem comemorar. A prefeitura est construindo seis prdios, com 12 apartamentos cada, na regio dos bairros Santa Rita de Cssia (Cabanas) e Morada do Sol. O projeto prev 144 novos imveis de interesse social.

    FOTO: DIOGO QUEIROGA | PREFEITURA DE MARIANA

    Novas moradias mudam a vida de famlias marianenses

    Mariana j tem data para ficar toda iluminada. Natal de Luz comea em 21 de novembro.

    Pgina 10

    FOTO: LAURO SOARES | PREFEITURA DE MARIANA

    Pgina 11

    Palco do esporte no interior de Minas, Arena Mariana sedia este ano dois jogos da Superliga de Vlei. Neste sbado (08) tem Minas x So Bernardo.

    Pgina 10

  • 6 a 12 de novembro de 2014 - RGO OFICIAL DO MUNICPIO DE MARIANAo monumento

    Prefeiturade Mariana

    ExpedientePREFEITO Celso Cota VICE-PREFEITO Duarte Jnior SECRETRIO DE GOVERNO E RELAES INSTITUCIONAIS Raul Jos de Almeida Junior SECRETRIO ADJUNTO DE COMUNICAO Arlindo Lus COORDENADOR DE COMUNICAO Douglas Couto JORNALISTAS Kria Ribeiro e Joo Felipe Lolli DIAGRAMAO Whinter Gonalves COLABORAO Andressa Goulart, Carol Rooke, Diogo Queiroga, Gabriela da Costa, Gabriella Pinheiro, Iago Rezende, Kaio Barreto, Rafael Melo, Sandro Andrade e Thamira Bastos IMPRESSO Grfica Didtica TIRAGEM 3.000 exemplares DISTRIBUIO GRATUITA Acesse: www. mariana.mg.gov.br

    2PREFEITURA DE MARIANA

    PROCURADORIA

    DECRETOS

    DECRETO N 7.393, DE 22 DE JULHO DE 2014.

    Abre Transferencia ao FUNPREV

    O Prefeito Municipal de Mariana, Celso Cota Neto, no uso das atribuies que lhe so conferidas pela Lei Orgnica Municipal,

    Considerando o disposto no artigo 167, inciso VI, da Constituio Federal;

    Considerando as classificaes definidas pela Portaria SOF n 42/1999 e Por-taria Interministerial STN/SOF n 163/2001;

    Considerando as definies do artigo 3 e a autorizao do artigo 42, ambos da Lei Municipal n 2.727/2013 Lei de Diretrizes Oramentria para 2014;

    Considerando a necessidade de realocar crditos oramentrios dentro de uma mesma categoria de programao;

    D E C R E T A:

    Art. 1. Ficam transferidos os saldos oramentrios da categoria de progra-mao abaixo especificada, acrescendo o saldo das dotaes oramentrias no valor total de R$ 5.000,00 (cinco mil reais).

    04 FUNDO DE PREVIDENCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS FUNPREV 0401 FUNDO DE PREVIDENCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS 09.122.0004.8.001-339093 Indenizaes e Restituies...................5.000,00

    TOTAL DE CRDITOS.......................................R$ 5.000,00

    Art. 2 - Os recursos necessrios abertura do crdito de que trata o art. 1 decorrem de anulao parcial de dotaes oramentrias:

    04 FUNDO DE PREVIDENCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS FUNPREV 0401 FUNDO DE PREVIDENCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS 09.122.0004.8.001-339092 Despesas de Exerccios Anterio-res......................5.000,00

    TOTAL DE RECURSOS....................................R$ 5.000,00

    Art. 3. Este Decreto entra em vigor na data de sua publicao, revogando-se as disposies em contrrio.

    Mariana, 22 de julho de 2014.

    Celso Cota NetoPrefeito Municipal

    DECRETO N 7.483, DE 07 DE OUTUBRO DE 2014.

    Abre Transposio ao FUNPREV

    O Prefeito Municipal de Mariana, Celso Cota Neto, no uso das atribuies que lhe so conferidas pela Lei Orgnica Municipal,

    Considerando o disposto no artigo 167, inciso VI, da Constituio Federal;

    Considerando as classificaes definidas pela Portaria SOF n 42/1999 e Por-taria Interministerial STN/SOF n 163/2001;

    Considerando as definies do artigo 3 e a autorizao do artigo 42, ambos da Lei Municipal n 2.727/2013 Lei de Diretrizes Oramentria para 2014;

    Considerando a necessidade de realocar crditos oramentrios dentro de uma mesma categoria de programao;

    D E C R E T A:

    Art. 1. Ficam transportados os saldos oramentrios da categoria de progra-mao abaixo especificada, acrescendo o saldo das dotaes oramentrias no valor total de R$ 10.000,00 (dez mil reais).

    04 FUNDO DE PREVIDENCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS FUNPREV 0401 FUNDO DE PREVIDENCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS 09.122.0004.8.001-339039 Outros Servios de Terceiros Pessoa Jurdi-ca..........................10.000,00

    TOTAL DE CRDITOS...............................R$ 10.000,00

    Art. 2 - Os recursos necessrios abertura do crdito de que trata o art. 1 decorrem de anulao parcial de dotaes oramentrias:

    04 FUNDO DE PREVIDENCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS FUNPREV 0401 FUNDO DE PREVIDENCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS 09.122.0004.8.001-339036 Outros Servios de Terceiros Pessoa Fsi-ca..........................10.000,00

    TOTAL DE RECURSOS...................................R$ 10.000,00

    Art. 3. Este Decreto entra em vigor na data de sua publicao, revogando-se as disposies em contrrio.

    Mariana, 07 de outubro de 2014.

    Celso Cota NetoPrefeito Municipal

    DECRETO N. 7.497, DE 29 DE OUTUBRO DE 2014.

    Exonera servidor a pedido

    O Prefeito Municipal de Mariana, Celso Cota Neto, no uso das suas atribuies

    legais e na forma prescrita no artigo 92, VII da Lei Orgnica Municipal, e

    Considerando, a instituio do regime jurdico do servidor pblico do muni-cpio de Mariana Regime Estatutrio, a partir do dia 01/01/2002;

    Considerando o teor da Lei Complementar nmero 003/2001, que introduziu o Plano de Cargos, Carreira e Salrios do servidor pblico municipal; Considerando a solicitao formal de desligamento efetuado pelo servidor mencionado atravs do Processo Administrativo PRO n 4889/2014,

    D E C R E T A:

    Art. 1 - Fica exonerado, a pedido, o servidor Itamar da Cunha Severino, ocu-pante do cargo efetivo de Guarda Municipal, Matrcula n 13.906, a partir do dia 03/11/2014. Art. 2o. Este Decreto entra em vigor na data da sua publicao.Art. 3o. Revogam-se as disposies em contrrio. MANDO, portanto, a todos a quem o cumprimento deste Decreto pertencer, que o cumpram e o faam cumprir, to integralmente como nele se declara.

    Celso Cota NetoPrefeito Municipal

    DECRETO N 7.498, DE 29 DE OUTUBRO DE 2014.

    Concede Aposentadoria Voluntria ao servidor que menciona e d outras providncias.

    O Prefeito Municipal de Mariana, Celso Cota Neto, no uso das suas atribuies legais e,

    Considerando, a instituio do regime jurdico do servidor pblico do muni-cpio de Mariana Regime Estatutrio, a partir do dia 01/01/2002;

    Considerando o teor da Lei Complementar 003/2001, que introduziu o Plano de Cargos, Carreira e Salrios do servidor pblico municipal; Considerando a instituio do Regime Prprio de Previdncia Social e criao do Fundo de Previdncia dos Servidores Municipais de Mariana FUNPREV, Lei Complementar 064/2008;

    Considerando o disposto art. 40, 1, inciso III, alnea b da CF/88, com reda-o da Emenda Constitucional n 41/2003 c/c art. 17 da Lei Complementar Municipal n 064/21008;

    D E C R E T A:

    Art. 1 - Fica concedida Aposentadoria Voluntria Por Idade ao servidor Joo Crescncio Guido, brasileiro, portador do CPF n 915.856.786-00 e RG n M-5. 915.110 SSP/MG, ocupante do cargo efetivo de Servente de Obras, Matrcula n 14.469, lotado na Secretaria Municipal de Obras e Planejamento Urbano, a partir do dia 03 de novembro de 2014.

    Art. 2 Este Decreto entra em vigor na data da sua publicao.

    MANDO, portanto, a todos a quem o cumprimento deste Decreto pertencer, que o cumpram e o faam cumprir, to integralmente como nele se declara.

    Celso Cota NetoPrefeito Municipal

    PORTARIA

    PREFEITURA MUNICIPAL DE MARIANA MGSECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAOPORTARIA N. 68 DE 06 DE NOVEMBRO DE 2014.

    O Secretrio Municipal de Administrao, no uso de suas atribuies legais e considerando o disposto na Lei Complementar n. 005/2001 e Decreto Mu-nicipal de n. 6.322 de 25 de maio de 2012, e em especialmente o fato de que a autoridade que tomar cincia de eventual irregularidade cometida no Servio Pblico est obrigada a promover a sua imediata apurao;

    A portaria instauradora da sindicncia, entre outras funes, designa a comis-so sindicante, define sinteticamente as irregularidades a serem apuradas e individua a pessoa do acusado.RESOLVEM:Art. 1 Instaurar, com fulcro nos artigos 156 da Lei Complementar n 005/2001, e Decreto Municipal de n. 6322 de 25 de maio de 2012, Sindicn-cia Administrativa objetivando apurar em carter de urgncia os fatos deline-ados na CI de n 552A/2014, oriunda da SMDSC.

    Art. 2 A Comisso de Sindicncia Administrativa ser constituda pelos ser-vidores ANA FLVIA DELGADO OLIVEIRA, matrcula 16.021, FRANKES RICAR-DO VIEIRA, matrcula 13.887 e GERALDO DE OLIVEIRA BARBOSA, matrcula 11.354, os quais integram a Comisso Permanente, instituda pela Portaria n 21 de 10 de Abril de 2014, sob a presidncia do primeiro, bem como em seus impedimentos eventuais e regulamentares, do segundo e terceiro res-pectivamente. Art. 3 A sindicncia administrativa dever ser ultimada dentro de 30 (trinta) dias contados a partir da data de sua instaurao pela Comisso Sindicante, prorrogveis por igual prazo, mediante justificativa fundamentada, em con-formidade com o art. 6 do Decreto 6.322 de 25 de maio de 2012. Art. 5 Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicao.

    Registre-se, Publique-se, Cumpra-se.

    Rangel Allan da SilvaSecretrio Municipal de Administrao.

    PREFEITURA MUNICIPAL DE MARIANA MGSECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAOPORTARIA N. 72 DE 06 DE NOVEMBRO DE 2014.O Secretrio Municipal de Administrao, no uso de suas atribuies legais e considerando o disposto na Lei Complementar n. 005/2001 e Decreto Mu-nicipal de n. 6.322 de 25 de maio de 2012, e em especialme