O que deve ser observardo? - Amazon S3 ... Cooperativa Singular de Crأ©dito .. • II – necessidade

  • View
    0

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of O que deve ser observardo? - Amazon S3 ... Cooperativa Singular de Crأ©dito .. • II –...

  • O que deve ser observardo?

    • Existe um requisito FUNDAMENTAL no paragrafo 2º e um COMPLEMENTAR em cada INCISO para que a regra de segurança seja excepcionalizada ...

    • Então serão SEMPRE dois requisitos !!! • Vejamos agora os artigos marcados ..

    41

  • Cooperativa Singular de Crédito ..

    • § 2o O Poder Executivo estabelecerá, considerando a reduzida circulação financeira, requisitos próprios de segurança para as cooperativas singulares de crédito e suas dependências que contemplem, entre outros, os seguintes procedimentos:

    • I – dispensa de sistema de segurança para o estabelecimento de cooperativa singular de crédito que se situe dentro de qualquer edificação que possua estrutura de segurança instalada em conformidade com o art. 2o desta Lei; (Incluído pela Lei nº 11.718, de 2008)

    42

    http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2008/Lei/L11718.htm#art7 http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2008/Lei/L11718.htm#art7

  • Cooperativa Singular de Crédito ..

    • II – necessidade de elaboração e aprovação de apenas um único

    plano de segurança por cooperativa singular de crédito, desde que detalhadas todas as suas dependências; (Incluído pela Lei nº 11.718, de 2008)

    • III – dispensa de contratação de vigilantes, caso isso inviabilize economicamente a existência do estabelecimento. (Incluído pela Lei nº 11.718, de 2008)

    43

    http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2008/Lei/L11718.htm#art7 http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2008/Lei/L11718.htm#art7 http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2008/Lei/L11718.htm#art7 http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2008/Lei/L11718.htm#art7

  • Cooperativa Singular de Crédito ..

    • § 3o Os processos administrativos em curso no âmbito do Departamento de Polícia Federal observarão os requisitos próprios de segurança para as cooperativas singulares de crédito e suas dependências. (Incluído pela Lei nº 11.718, de 2008)

    44

    http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2008/Lei/L11718.htm#art7

  • PA e ECA

    • Art. 2º - O sistema de segurança referido no artigo anterior inclui pessoas adequadamente preparadas, assim chamadas vigilantes; alarme capaz de permitir, com segurança, comunicação entre o estabelecimento financeiro e outro da mesma instituição, empresa de vigilância ou órgão policial mais próximo; e, pelo menos, mais um dos seguintes dispositivos:

    45

  • PA e ECA

    • I - equipamentos elétricos, eletrônicos e de filmagens que possibilitem a identificação dos assaltantes;

    • II - artefatos que retardem a ação dos criminosos, permitindo sua perseguição, identificação ou captura; e

    • III - cabina blindada com permanência ininterrupta de vigilante durante o expediente para o público e enquanto houver movimentação de numerário no interior do estabelecimento.

    46

  • 47

  • Questão de PROVA

    • BCB – Técnico do Banco Central (Segurança) – 2010 – Cesgranrio. O Banco ZY decide abrir uma agência bancária na cidade de Fortaleza. Para tanto, contrata especialistas para elaboração do sistema de segurança do estabelecimento, de acordo com as disposições legais. Dos itens abaixo, considerando a Lei no 7.102/1983, NÃO deveria(m) necessariamente estar presente(s) no relatório dos especialistas como obrigatório. Marques AS ALTERNATIVAS:

    a) cabina blindada com permanência ininterrupta de vigilante durante o expediente para o público e enquanto houver movimentação de numerário no interior do estabelecimento.

    48

  • Questão de PROVA

    B) pessoas adequadamente preparadas, assim chamadas vigilantes. c) ALARME capaz de permitir, com segurança, comunicação entre o estabelecimento financeiro e outro da mesma instituição, empresa de vigilância ou órgão policial mais próximo. d) Equipamentos elétricos, eletrônicos e de filmagens que possibilitem a identificação de assaltantes. e) ARTEFATOS que retardem a ação dos criminosos, permitindo sua perseguição, identificação ou captura •

    49

  • Reflexão ....

    •Será que as instituições financeiras poderiam constituir empresas especializadas ?

    50

  • Resposta ..

    • Art. 3º A vigilância ostensiva e o transporte de valores serão executados: (Redação dada pela Lei nº 9.017, de 1995)

    • I - por empresa especializada contratada; ou (Redação dada pela Lei nº 9.017, de 1995)

    • II - pelo próprio estabelecimento financeiro, desde que organizado e preparado para tal fim, com pessoal próprio, aprovado em curso de formação de vigilante autorizado pelo Ministério da Justiça e cujo sistema de segurança tenha parecer favorável à sua aprovação emitido pelo Ministério da Justiça

    51

    http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9017.htm#art14 http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9017.htm#art14 http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9017.htm#art14

  • Regra para transporte de numerários

    52

  • Regra para transporte de numerários

    53

  • Regras para assegurar ..

    54

  • Questão de PROVA

    55

  • Direção 03: empresa de vigilância e transporte de valores • Art. 11 - A propriedade e a administração das empresas

    especializadas que vierem a se constituir são vedadas a estrangeiros. • Art. 12 - Os diretores e demais empregados das empresas

    especializadas não poderão ter antecedentes criminais registrados. • Art. 13. O capital integralizado das empresas especializadas não pode

    ser inferior a cem mil Ufirs

    56

  • • Art. 14 - São condições essenciais para que as empresas especializadas operem nos Estados, Territórios e Distrito Federal:

    • I - autorização de funcionamento concedida conforme o art. 20 desta Lei; e

    • II - comunicação à Secretaria de Segurança Pública do respectivo Estado, Território ou Distrito Federal.

    57

  • Questão de PROVA

    58

  • Direção 04: Normas do VIGILANTE – ART 16

    59

  • Normas do VIGILANTE

    60

  • QUESTÃO 01

    61

  • QUESTÃO 01

    62

  • QUESTÃO 02

    63

  • QUESTÃO 03

    64

  • QUESTÃO 04

    65

  • QUESTÃO 05

    66

  • QUESTÃO 06

    67

  • QUESTÃO 07

    68

  • INFRAÇÕES E PENALIDADES

    69

  • Infrações e Penalidades

    70

    Legislação aplicada à PF Considerações Iniciais Número do slide 3 Número do slide 4 Número do slide 5 Organização administrativa Entrando na Lei 7102/83 Lei 7102/83 Como estudar essa lei? MJ – quem estuda pouco não passa !� MJ MJ MJ� �� Complementando ..� QUESTÃO DE PROVA QUESTÃO DE PROVA Via transversa .. Segurança privada Art. 10 Art.10 Art 144 CRFB Número do slide 23 Número do slide 24 Número do slide 25 com exclusividade1 - STF com exclusividade1 - STF com exclusividade2 - STF Art 144 Art 144 Art 144 Art 144 Art 144 �Direção 02: Estabelecimento Financeiro� � Lotéricas Cooperativa Singular de Crédito .. Cooperativa Singular de Crédito .. Cooperativa Singular de Crédito .. Cooperativa Singular de Crédito .. QUESTÃO DE PROVA O que deve ser observardo? Cooperativa Singular de Crédito .. Cooperativa Singular de Crédito .. Cooperativa Singular de Crédito .. PA e ECA PA e ECA Número do slide 47 Questão de PROVA Questão de PROVA Reflexão .... Resposta .. Regra para transporte de numerários Regra para transporte de numerários Regras para assegurar .. Questão de PROVA Direção 03: empresa de vigilância e transporte de valores Número do slide 57 Questão de PROVA Direção 04: Normas do VIGILANTE – ART 16 Normas do VIGILANTE QUESTÃO 01 QUESTÃO 01 QUESTÃO 02 QUESTÃO 03 QUESTÃO 04 QUESTÃO 05 QUESTÃO 06 QUESTÃO 07 INFRAÇÕES E PENALIDADES Infrações e Penalidades