O Sistema Respiratório Dos Peixes

  • View
    48.687

  • Download
    6

Embed Size (px)

Transcript

Ao contrrio de outros animais aquticos

que possuem pulmes e por isso tm de vir frequentemente superfcie para respirar,

os peixes possuem brnquias (ou guelras) que lhes permite captar o oxignio da gua.

Boca; Brnquias ou guelras; Cavidade branquial; Fenda opercular, Oprculos (na maioria dos peixes).

Para a entrada da gua o peixe abre a boca (fechando o oprculo) e para a sada abre o oprculo (fechando a boca).

A gua, depois de chegar cmara branquial, banha as brnquias. A cede ao sangue o oxignio dissolvido e recebe o dixido de carbono, saindo, a seguir, pela fenda opercular.

A diviso das brnquias em muitas lamelas permite-lhes dispor de uma grande superfcie de contacto, quer com a gua quer com o elevado nmero de vasos sanguneos que as irrigam, facilitando as trocas gasosas.

Apesar de todos os peixes terem brnquias, nem todos possuem oprculos. Os peixes cartilagneos como os tubares e as raias, tm fendas branquiais em forma de pregas.

As trocas gasosas que ocorrem nas brnquias dos peixes so semelhantes s que acontecem nos pulmes: a gua expelida pelas aberturas operculares mais pobre em oxignio e mais rica em dixido de carbono do que a que entra pela boca do peixe.

A hematose branquial consiste nas trocas gasosas que se efectuam nas brnquias. Parte do oxignio dissolvido na gua passa para as brnquias (e destas para o sangue) e o dixido de carbono passa das brnquias (vindo do sangue) para a gua.