O Sopro Submerso de Oxignio na Aciaria

  • View
    57

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

O Sopro Submerso de Oxigênio na Aciaria. ABM – 43º Seminário de Aciaria Painel: “Tecnologias em Aciarias voltadas para Eficiência Energética” Maio 2012. MINITEC - Uma empresa de engenharia e tecnologia Remonta ao renomado siderurgista Willy Korf. Portfólio de produtos: Mini Sinterização - PowerPoint PPT Presentation

Text of O Sopro Submerso de Oxignio na Aciaria

  • O Sopro Submerso deOxignio na AciariaABM 43 Seminrio de AciariaPainel: Tecnologias em Aciarias voltadas para Eficincia EnergticaMaio 2012

  • MINITEC - Uma empresa de engenharia e tecnologiaRemonta ao renomado siderurgista Willy KorfPortflio de produtos:Mini SinterizaoMini Altos FornosTecnologia EOF de Aciaria a OxignioTecnologia EOF (Energy Optimizing Furnace):Altamente eficaz energeticamenteSuperou o desafio do desgaste da ventaneira campanhas > 1.100 corridas

  • Atualmente: crescente participao de gusa slido e lquido na carga do FEA Porque no aplicar ao FEA o sopro submerso de oxignio, pilar da eficincia do EOF?

  • EOF:Sopro submerso de oxignio, combinado com sopro na atmosferaPre-aquecimento de sucataDesescorificao sem interrupo do sopro excelente desfosforaoBaixo nvel de rudoElevadssima produtividade - 39 corridas/dia, durante 340 dias/ano

  • O PROCESSO EOF

  • O SOPRO SUBMERSO DE O2 Via ventaneiras adequadamente posicionadas, embutidas no refratrio Reao imediata de O2 com metalides e metais, com rendimento qumico 100%

    Agitao intensa do banho, provocando: splashing, que aumenta a superfcie do banho rpida homogeneizao

  • O SOPRO SUBMERSO DE O2Problemas que tiveram de ser resolvidos:

    Intensidade da gerao local de calor e temperatura (> 2.000 0C) O back attack, com agresso trmica e mecnica ventaneira e ao refratrio em seu entorno.

    Esses problemas foram resolvidos e atualmente as ventaneiras do EOF so as que apresentam a campanha mais longa, superando 1.100 corridas.

  • Esboo histrico das ventaneiras submersas:

    (1) Tubos concntricos(2) Depende da presso disponvel do oxignio

    ProcessoAnoTipo deVent.Refri-geranteVazo O2Nm/min (2)Dispo-sioVidaNo corr.AOD1958TC (1)Propano6 a 8Lateral100 - 150Wells/IISCO1977TCPropano6 a 12Lateral80PAINS/SM1978TCPropano6 a 12Lateral250PAINS/EOF1980TCgua6 a 12Lateral600OBM e outrosAnos 80DiversosPropanoVariadoFundo100EOFAnos 00TCgua8 a 15Lateral900/1.200EOF novo2012TCgua8 a 15Lateral1.200/1.500

  • O SOPRO SUBMERSO DE O2

  • Os ndices impressionantes do moderno FEA:(1) Lquido(2) Injetado por lanas supersnicas ( com e sem cojet) e por injetores atmosfricos. Esses ndices denotam elevadssima eficincia energtica Haver maneira de melhor-los ainda mais?

    FatorUnFaixa de variaoc/ gusas/gusaGusa na carga%30 - 40 (1)-En. EltricakWh/t250 a 280320GNNm/t5 a 10-Carvo injetadokg/t-20 - 30Oxignio (2)Nm/t5050Tempo tap-to-tapmin4550

  • O sopro submerso de O2 aplicado ao FEA capaz de superar o j excelente desempenho:Reduzindo o consumo de energia eltricaReduzindo ligeiramente o consumo especfico de O2 Reduzindo o consumo especfico de refratrio Reduzindo o tempo tap-to-tap Estendendo a durao da campanha

  • O quadro exemplifica os ganhos, de forma genrica:O ganho mais significativo ser a reduo no tempo de corrida, desde que o Lingotamento Contnuo consiga absorver o maior ritmo.

    FatorUnid.Com gusaSem gusaS/SSC/SSS/SSC/SSGusa na carga%30 - 40-En. EltricakWh/t250 a 2802032015GNNm/t5 a 105--Carvo injetadokg/t--20 - 3020 - 25Oxignio (2)Nm/t50455045Tempo tap-to-tapmin45425048

  • A MINITEC est instalando o processo em um forno a arco de uma usina brasileira: Start-up previsto para Junho prximo Investimento: cerca de R$ 1,8 milhes, para um FEA de 80 t Retorno do investimento: cerca de seis meses

  • A MINITEC orgulha-se de lanar mais esse desenvolvimento tecnolgico no mercado siderrgico.

  • OBRIGADO! www.minitec.eng.brpfeifer@minitec.eng.br

    ********************************