49
Apresentação Institucional

Ogx management presentation_port v7

  • Upload
    ogx2011

  • View
    262

  • Download
    1

Embed Size (px)

Citation preview

Page 1: Ogx management presentation_port v7

Apresentação Institucional

Page 2: Ogx management presentation_port v7

Aviso Legal

2

Essa apresentação faz referência aos termos “recursos potenciais” e “recursos contingentes” para descrever quantidades de

óleo potencialmente recuperáveis de acumulações a serem descobertas. Devido à incerteza de comercialidade e à ausência de

atividades exploratórias de perfuração, os recursos potenciais não devem ser classificados como reservas. Recursos potenciais

têm alto grau de incerteza em relação à sua existência. Não há certeza de que recursos potenciais serão descobertos e, se

descobertos, se eles poderão ser desenvolvidos economicamente. Portanto, investidores são aconselhados a não assumir que

a totalidade ou qualquer parte dos recursos potenciais da OGX exista, ou possa ser desenvolvida economicamente.

Algumas informações e conclusões aqui disponibilizadas são baseadas em projeções. Estas projeções foram preparadas com o

propósito único de analisar os riscos e benefícios potenciais para um investimento em ativos, levando em consideração

determinadas premissas. Além disso, devido a julgamentos subjetivos e incertezas inerentes a essas projeções e devido ao

fato dessas projeções serem baseadas em hipóteses, que por sua vez estão sujeitas a incertezas significativas e contingências

que estão além do controle da OGX, não existe nenhuma garantia de que as projeções ou conclusões destacadas aqui serão

realizadas. Sob nenhuma circunstancia essas projeções devem ser consideradas como uma representação, garantia ou

previsão de que a OGX atingirá ou é susceptível a atingir um determinado resultado futuro. Não existe nenhuma garantia de

que os resultados futuros da OGX ou suas projeções não se diferenciarão significativamente daqueles apresentados aqui.

Assim, investidores podem perder todos os seus investimentos caso essas projeções e conclusões não se realizem.

Esta apresentação também contém afirmações prospectivas, que podem ser identificadas por conter algumas palavras como

"acreditar", "prever", "esperar", "contemplar", "provavelmente resultará" ou outras palavras ou expressões de acepção

semelhante. Tais afirmações estão sujeitas a uma série de expressivos riscos, incertezas e premissas.

Diversos fatores importantes podem fazer com que os resultados reais divirjam de maneira relevante dos planos, objetivos,

expectativas, estimativas e intenções expressos nesta apresentação. Em nenhuma hipótese a Companhia ou seus conselheiros,

diretores, representantes ou empregados serão responsáveis perante quaisquer terceiros (inclusive investidores) por decisões

ou atos de investimento ou negócios tomados com base nas informações e afirmações constantes desta apresentação, e

tampouco por danos indiretos, lucros cessantes ou afins. A Companhia não tem intenção de fornecer aos eventuais detentores

de ações uma revisão das afirmações ou análise das diferenças entre as afirmações e os resultados reais. É recomendado que

os investidores analisem detalhadamente o prospecto da OGX, incluindo os fatores de risco identificados no mesmo. Esta

apresentação não contém todas as informações necessárias a uma completa avaliação de investimento na Companhia. Cada

investidor deve fazer sua própria avaliação, incluindo os riscos associados, pra tomada de decisão de investimento.

Page 3: Ogx management presentation_port v7

Agenda

Destaques OGX

Portfólio OGX

Operações OGX

Rumo à Produção

Destaques Financeiros

Apêndice

3

Última atualização: 16/09/11

Page 4: Ogx management presentation_port v7

Destaques OGX

Page 5: Ogx management presentation_port v7

5

Destaques OGX

OGX está entre as 15 maiores empresas de E&P no mundo com valor de mercado deaproximadamente US$ 25 bilhões, e terceira ação mais negociada na América Latina

Portfólio de E&P de classe mundial com 10,8 bilhões de boe de recursos potenciais, emsua maioria em águas rasas e em blocos terrestres (de baixo custo e tecnologiaamplamente dominada)

Bilhões de barris descobertos e taxa de sucesso total acima de 90% em reservatórios dealta produtividade, entre os melhores no Brasil

Sólida posição de caixa para conduzir a maior e mais bem sucedida campanhaexploratória no Brasil e para sustentar o desenvolvimento da produção (mais de 60poços perfurados desde o início da campanha exploratória em Ago. 2009)

Equipe bem sucedida e experiente, combinando recursos intelectuais e habilidades deexecução diferenciados

Capacidade de execução comprovada (do planejamento ao primeiro óleo em temporecorde) com operações envolvendo mais de 5.000 pessoas

Histórica sub-exploração no Brasil traz enormes oportunidades de crescimento para aOGX

Page 6: Ogx management presentation_port v7

Histórico da OGX

6

Capacidade de execução comprovada, desde a concepção ao primeiro óleo em tempo recorde, com operações estabelecidas compreendendo mais de 5.000 pessoas

Criação daOGX

US$1,3 bi captados em oferta privada

21 blocos adquiridos durante a 9ª Rodada de Concessões

Jul/07

Nov/07

Jun/08

IPO: R$ 6,71 bi

Ago/09

Jan/10

Emissão de dívida: US$ 2,6 bi

Início da campanha exploratória

Aquisição de 70% de participação nos ativos na Bacia do Parnaíba

Jun/10

Alta produtividade em poço horizontal

Fev/11

OGX incluída no índice Ibovespa

FPSO assegurado por 20 anos

Levantamento e interpretação de dados sísmicos 3D

Contratação de bens e serviços para perfurações de poços

Abr/11

5 blocos terrestres adquiridos na Colômbia

Mai/11

OSX-1 e início da produção

Nov/ 2011

Set/09

Atualização do portfólio OGX para 10,8 bi boede recursos potenciais

Investimentos totais de

US$3,7 bi de Capex de

perfuração e Bônus de

assinatura + US$218 M

de campanha sísmica

Captação total de

recursos: US$8,0 bi

(1) Calculado pela OGX baseado no volume potencial, prospectivo e contingente contidos nos relatórios da DeGolyer and MacNaughton

1 bloco adquirido em Parnaíba (50%)

Sep/11

Page 7: Ogx management presentation_port v7

70%100%

Petróleo e Gás Ltda.

61% 39%

(1)

Petróleo e Gás Participações S.A.(Valor de mercado (3): ~ US$25 Bilhões)

99,99%

Free Float

Maranhão Petróleo e Gás Ltda.

66,67% (4)

Estrutura Societária OGX

7

(1) EBX representada através da Centennial Asset Mining Fund LLC (Nevada, USA) (“CAMF”)(2) OGX é operadora(3) Dados de mercado 30 de junho de 2011(4) MPX S.A. possui 33,33% de participação

•Volume negociadodiário

(1 mês): ~ US$184 milhões

• ~33 mil investidores

• 3ª ação maisrepresentativa do

índice Ibovespa 4,1%

• Ação entre as maislíquidas do mercado

OGX Campos Petróleo e Gás S.A.

30%

99,99%

7 Blocos

7 - Parnaiba (70%) (2)

1 – Parnaíba (50%) (2)

7 Blocos

5 - Campos (100%) (2)

2 - Campos (50%)

20 Blocos

5 - Santos (100%) (2)

5 - Espirito Santo (50%)

5 - PAMA (100%) (2)

5 - Colombia (100%) (2)

100%

Page 8: Ogx management presentation_port v7

Equipe altamente qualificada, combinando capital intelectual e habilidades de execução diferenciados

ComercializaçãoJoaquim Dib Cohen (32)

Diretor GeralPaulo Mendonça (38)

Diretor ExploraçãoPaulo Mendonça (38)

Diretor JurídicoJosé Roberto Faveret

CFOMarcelo Torres

Diretor de ProduçãoReinaldo Belotti (34)

CEOEike Batista

Exploração Campos-ESPaulo Ricardo (28)

Reservas & ReservatórioRoberto Toledo (31)

Bacias TerrestresCelso Martins (34)

ContrataçõesOlavo Foerch (32)

PerfuraçãoRicardo Juiniti (27)

LogísticaBilly Pinheiro (30)

Desenvolvimento da ProduçãoJosé Brito (42)

InternacionalErnani Posrche (33)

Operações GeológicasMoacir Santos (38)

ProduçãoRicardo Abiramia (24)

Laboratório E&PDolores Carvalho (35)

Tecnologia AplicadaMarcos Amaral (28)

Gerente Executivo Novas ÁreasPaulo de Tarso Guimarães (34)

Exploração Santos e Margen Eq.Edmundo Marques (24)

Alianças EstratégicasLuiz Reis (45)

SMSLeandro Leme (31)

Estrutura Organizacional da Equipe (1)

8

(1) Entre parênteses os anos de experiência na indústria de E&P

Page 9: Ogx management presentation_port v7

Índice de prob. de sucesso

Equipe exploratória

Paulo Mendonça liderou a

equipe de exploração da

Petrobrás de 2002 a

2007

Índice de sucesso maior

que 60%, em média, nas

bacias marítimas do

Brasil de 2002-2007,

enquanto na Petrobras

Mais de 10 bilhões de

boe e mais de 50 novos

campos descobertos

Experiência comprovada com a descoberta de novas fronteiras, incluindo o pré-sal, e mais de 50 novos campos de petróleo

Equipe de Exploração Altamente Qualificada

9

Page 10: Ogx management presentation_port v7

Grande Potencial Inexplorado no Setor de Óleo & Gás Brasileiro

10

País

Produção histórica de Óleo

& Gás (bi boe)

EUA (1900-2010)

440

EX-USSR(1900-2010)

335

ARÁBIA SAUDITA(1938-2010)

145

BRASIL (1941-2010)

14,5

Fonte: BP Statistical Review of World Energy 2010, Saudi Aramco, UPPSALA University, Petrobrás, ANP e análise OGX

Fonte: ANP

Ainda significativamentesubexplorado

Volume Óleo & Gás Descoberto(2003 – 2008)

Fonte: IHS

Maiores descobertasmundiais

Fonte: BP Statistical Review of World Energy 2009 & estimativas de analistas

Novas províncias podem levar o Brasil para o topo da lista de maiores reservas

Recursos de Óleo & Gás - Dezembro 2008 (bi boe)

% de bacias sedimentares concedidas

0 10 20 30 40

Bi Boe

Brasil

Turcomenistão

Irã

Cazaquistão

China

Rússia

Austrália

Kuwait

Israel

Arábia Saudita

Índia

Indonésia

Venezuela

Papua

Nova Guiné

Gana

+ 35 bi boe 265

172

138

115

102

100

98

74

44

40

37

33

28

27

15

14

13

Arábia Saudita

Venezuela

Irã

Iraque

Kuwait

Brasil pós-Tupi

EAU

Rússia

Líbia

Cazaquistão

Nigéria

Canadá

EUA

Quatar

China

Angola

Brasil

Licensed 4%

Enorme potencial exploratório sustenta extraordinária perspectiva de crescimento

Licenciado4%

Não-licenciado

96%

Óleo & gás no mundo

Nãolicenciado

96%

Page 11: Ogx management presentation_port v7

Portfólio OGX

Page 12: Ogx management presentation_port v7

35 blocos: 30 blocos nas 5 bacias sedimentares brasileiras e 5 blocos terrestres em 3 bacias sedimentares colombianas

Portfólio único com potencial de 10,8 bilhões de barris recuperáveis de óleo equivalente

Plano de negócios da OGX baseado em 4,1 bilhões de barris já descobertos em águas rasas na Bacia de Campos

Portfólio

Águas profundas~1,000m

Águas rasas~150m

Águas rasas~120m

Águas rasas~60m

12

Portfólio OGX

Page 13: Ogx management presentation_port v7

5,7 bi bbl de recursos 3C

líquidos, de delineação

líquidos e prospectivos

riscados estimativa média,

avaliados pela D&M (pré-sal

não incluído)

5 blocos operados pela OGX

(100% de participação) e 2

operados pela Maersk Oil

(50% de participação)

Área total de 1.177 km2

Lâmina d’água média de

~120m

46 poços perfurados

100% de taxa de sucesso

Bacia de Campos

Acumulações descobertas da OGX confirmam uma nova província petrolífica no sul da bacia de campos

Bacia de Campos: Menor Risco Relativo e Maiores Volumes

13

Legenda

Blocos OGX

Blocos OGX | Maersk

Campos em Produção

0-50 Metros

50-100 Metros

100-200 Metros

200-1.000 Metros

1.000-2.000 Metros

Oceano

Atlâ

ntic

o

Rio de Janeiro

Page 14: Ogx management presentation_port v7

Bacia de Santos: Alto Potencial

14

Bacia de Santos

1,8 bi boe de recursos riscados prospectivos líquidos (PoS de 27%), avaliado pela D&M

5 blocos operados pela OGX (100% de participação)

Área total de 820 km²

Lâmina d’água média de ~150 m

9 poços perfurados

~ 65% de taxa de sucesso

Bacia de santos é uma das mais promissoras áreas exploratórias no brasil com significativo potencial para gás e

óleo leve

Legenda

Blocos OGX

Campos em Produção

0-50 Metros

Oceano Atlântico

São

Paulo

130 Km

50-100 Metros

100-200 Metros

200-1.000 Metros

Page 15: Ogx management presentation_port v7

Bacia de nova fronteira com alto potencial para produção de gás

Bacia do Parnaíba

Bacia do Parnaíba: Nova Província de Gás

15

1,0 bi boe de recursos prospectivos riscados líquidos estimativa média (POS 17%) e recursos 3C líquidos, avaliados pela D&M

7 blocos operados pela OGX Maranhão (47% de participação)

Área total de 21.500 km²

Monetização do gás através de usinas termoelétricas a serem desenvolvidas pela MPX/Petra (3.722 MW já licenciados)

>75% taxa de sucesso (9 poços perfurados)

Comercialidade declarada para 2 acumulações

Page 16: Ogx management presentation_port v7

Bacia do Pará-Maranhão: Nova Fronteira Promissora

16

Bacia do Pará-Maranhão

447 MM boe de recursos

prospectivos riscados

líquidos estimativa média

(PoS of 21%), avaliado

pela D&M

5 blocos operados pela

OGX (100% participação)

Area total de 960 km²

Lâmina d’água média de

~60m

1º poço a ser perfurado

no 2S11

Nova fronteira com modelo geológico similar a costa oeste da África onde foram feitas descobertas significativas

recentemente

Legenda

Blocos OGX

Campos em Produção

0-50 Metros

3.000-5.000 MetrosOceano Atlântico

Pará

160 Km

Maranhão

128 Km

Page 17: Ogx management presentation_port v7

Bacia do Espírito Santo: Nova Fronteira em Águas Profundas

17

Bacia do Espírito Santo

817 MM boe recursosprospectivos riscadoslíquidos estimativamédia (PoS of 33%), avaliado pela D&M

5 blocos operados pelaPerenco (50% participação)

Area total de 3.620 km²

Lâmina d’água médiade ~1,000 m

1º poço a ser perfuradoem 2S11

A nova fronteira do Espírito Santo provou ter um sistema petrolífero ativo

Legenda

Blocos OGX

Campos em Produção

0-50 Metros 50-100

Metros

200-1.000

Metros

2.000-3.000 Metros

Oceano Atlântico

Espírito

Santo

1.000-2.000 Metros

Page 18: Ogx management presentation_port v7

Colômbia: Bacias de Cesar-Ranchería, Vale Médio Madalena e Vale Inferior Madalena

18

MARACAIBO

BASIN

Bacias da Colômbia

1,1 bi boe de recursos prospectivos líquidos e quantidades potenciais líquidas avaliados pela D&M

5 blocos operados pela OGX (100% participação), sendo 3 localizados próximo a Bacia de Maracaibo (~80bi boedescobertos e ~50bi boejá produzidos)

Início da campanha sísmica no 2S11

Portfólio equilibrado de ativos exploratórios combinando regiões produtoras com áreas pouco exploradas próximas da bacia de maracaibo, uma das províncias de petróleo mais prolíferas do

mundo

Legenda

Blocos OGX

Mar do Caribe

Panamá

Venezuela

Colômbia

Baía de

Maracaibo

Rio

Magdalena

Oceano

Pacífico

Page 19: Ogx management presentation_port v7

79%Óleo

21%Gás

73%Águasrasas

19%Terrestre

8%Águas

profundas

Abertura do portfólio

Descobertas em águas rasas na bacia de campos de 4,1 bilhões de barris, com base nos

modelos geológicos da companhia, já em desenvolvimento da produção

Portfólio Potencial OGX (1)

bilhões de boe (7)OGXNet (6)

CAMPOS 5,7

Contingente (2) 3,0

Delineação (3) 1,3

Prospectivo (PoS = 56,2%) 1,4

SANTOS (4) (PoS = 27,0%) 1,8

ESPÍRITO SANTO(4) (PoS = 32,6%) 0,8

PARÁ-MARANHÃO(4) (PoS = 21,3%) 0,4

PARNAÍBA 1,0

Contingente (2) 0,1

Convencional Prospectivo (PoS = 16,5%)(4) 0,6

Não Convencional Prospectivo (PoS = 18,2%)(4) 0,4

COLOMBIA 1,1

Prospectivo (PoS = 10,4%)(4) 0,1

Quantidades potenciais de petróleo(5) 1,0

Portfólio OGX 10,8

Abertura do Portfólio Potencial da OGX

19

Nota: “PoS “ definida como probabilidade geológica de sucesso

(1) O potencial do portfólio da OGX foi calculado pela OGX baseado nas estimativas de volume contidas nos relatórios da DeGolyer and MacNaughton

(2) Consideramos recursos contingentes 3C na soma aritmética do potencial do portfólio baseado na premissa de que esses recursos serão convertidos em recursos 2C e 1C após a campanha de delimitação e que serão convertidos em reservas após a remoção das contingências

(3) Consideramos a estimativa alta e não-riscada para os recursos prospectivos em área de delineação por acreditar que a área de delineação seja área 3C

(4) Recursos prospectivos líquidos riscados (estimativa média). Para Colômbia foram consideradas as bacias de Vale Médio e Inferior Madalena

(5) Inclui quantidades potenciais de petróleo na bacia colombiana de Cesar-Rancheria

(6) Participações líquidas da OGX nessa tabela não são as mesmas contidas no relatório da DeGolyer and MacNaughton de setembro de 2009, devido ao fato de que a OGX possui atualmente 100% de participação nas concessões incluídas nesse relatório

(7) Volumes de gás foram convertidos pela OGX para barris de óleo, usando a taxa de conversão de 5.615 pés cúbicos de gás natural para um barril de óleo equivalente

Page 20: Ogx management presentation_port v7

Operações OGX

Page 21: Ogx management presentation_port v7

Perfuração TerrestrePerfuração Marítima

Ocean Lexington:

Taxa diária e: US$ 335k

Max. Prof.: 20.000 ft

Período contrato: Fev.2013 (+ 1 ano opcional)

Ocean Ambassador:

Taxa diária: US$ 260k

Max. Prof.: 20.000 ft

Período contrato: Set.2012 (+ 1 ano opcional)

Ocean Quest:

Taxa diária : US$ 270k

Max. Prof.:25.000 ft

Período contrato: Dez.2012 (+ 1 ano opcional)

Sea Explorer:

Taxa diária : US$ 220k

Max. Prof.:20.000 ft

Período contrato: Nov.2013

Ocean Star:

Taxa diária : US$ 310k

Max. Prof.:25.000 ft

Período contrato: Fev.2013 (+ 1 anoopcional)

Pride Venezuela:

Taxa diária : US$ 235k

Max. Prof.:20.000 ft

Período contrato: Nov.2013

Ocean Scepter:

Taxa diária : US$ 135k

Max. Prof.:30.000 ft

Período contrato : Dez.2011 (+2 anos opcionais)

Expansão da campanha de perfuração – oito sondas operando simultaneamente

Equipamentos de Perfuração Contratados

21

QG-1:Taxa diária : US$ 28kMax. profundidade : 14.750 ftPeríodo contrato : Jan. 2012

BCH-05E (BCH): Taxa diária : US$ 32k

Max. profundidade : 11.500 ft

Período contrato : Fev. 2012

3ª sonda sendo contratada

Poços pioneiros e de delimitação 2009 2010 2011 2012 2013 Total

Campos 5 18 18 4 0 45

Santos 1 6 3 4 0 14

Espírito Santo 0 0 2 3 1 6

Pará-Maranhão 0 0 3 3 1 7

Parnaíba 0 2 9 4 0 15

Total 6 26 35 18 2 87

Page 22: Ogx management presentation_port v7

FORNECEDORES QUALIFICADOS

ESTRUTURA ALTAMENTE

QUALIFICADA

SUPORTE LOGÍSTICO OPERACIONAL

PLATFORM SUPPLY VESSEL (PSV)

QUANTIDADE :5

EMPRESA: EDISON CHOUEST/ TIDE WATER

ANCHOR HANDLING TUG SUPPLY (AHTS)

QUANTIDADE: 6

EMPRESA : EDISON CHOUEST/NORSKAN/MAERSK

FAST SUPPLY VESSEL (FSV)

QUANTIDADE : 1

EMPRESA : EDISON CHOUEST

HELICÓPTERO MÉDIO

QUANTIDADE : 4

EMPRESA : AERÓLEO

Equipe OGX : ~270 funcionários

Mais de 5.000 pessoas

Sala 3D / CIAO

Estrutura e Capacidades Operacionais

22

EFICIÊNCIA,

AGILIDADE E

SEGURANÇA

OPERACIONAL

Page 23: Ogx management presentation_port v7

Rumo à Produção

Page 24: Ogx management presentation_port v7

Estratégia e Resultados de Perfuração Exploratória na Bacia de Campos

24

Estratégia 1ª fase (mar/08 a dez/10)

— Campanha sísmica para melhor

visualização das áreas e redução de

riscos

— Descobrir a máxima quantidade de

petróleo

— 19 poços perfurados ¹

Estratégia 2ª fase (dez/10 a mar/13)

— 22 poços perfurados ²

— Continuar o programa exploratório com

a perfuração de poços pioneiros

— Campanha de perfuração de delimitação

de descobertas realizadas

— Início da produção em outubro de 2011

Perfuração de 41 poços com

hidrocarbonetos

Análise da OGX suporta reservas

recuperáveis estimadas em 4,1 bilhões de

barris

Colunas de óleo de até ~250 metros

Net pay de até ~150 metros

Resultados dos poços confirmam os

modelos geológicos da OGX para a Bacia de

Campos

Testes de formação suportam uma

produção conservadora estimada em 10 –

20 kbpd

Um dos melhores testes de formação já

realizados no Brasil, com potencial

produtivo de 40.000 barris por dia

Reservas e produção estimadas da OGX são

suportadas por resultados de outros

campos na Bacia de Campos utilizando as

tecnologias atuais

Estratégia de Perfuração Resultados de Perfuração

Notas:1 Número de poços concluídos em 2010 e incluídos nos relatórios da D&M

2 Número de poços concluídos em 2011

Page 25: Ogx management presentation_port v7

26 poços pioneiros e 19 poços de delimitação perfurados com hidrocarbonetos e resultados que sustentam as expectativas

Bacia de Campos: Foco em Poços Pioneiros e de Delimitação

25

Nota:1 Números indicam a área de perfuração do poço em relação ao relatório da D&M de dez/10 e net pay

Poços de DelimitaçãoPoços Pioneiros

2009

OGX-1

OGX-2 A

OGX-3

2010

OGX-4

OGX-5

OGX-6

OGX-7 A

OGX-8

OGX-10

OGX-14

OGX-15

OGX-18

OGX-20

MRK-3/4P

2011

OGX-25/27

OGX-28D

OGX-29/32

OGX-31

MRK-5

OGX-33

OGX-37

OGX-52

OGX-58DP

2010

OGX-9D

OGX-13

OGX-21/OGX-26HP

2011 - 1C Área de Perfuração

OGX-50D/OGX-55HP Albian 52m

OGX-53D/ OGX-60HP Albian 71m

2011 - 2C Área de Perfuração

OGX-40D Albiano 107m

OGX-41D/ OGX-44HP Albiano 92m

2011 - 3C Área de Perfuração

OGX-35D Albiano 80m

OGX-36D/ OGX-39HP Albiano 60m

OGX-42D Albiano 82m

OGX-48 Albiano 12m

OGX-56D Albiano 60m

2011 – Delineação Área de Perfuração

OGX-43D Albiano 50m

OGX-45D Maastric. 5m

OGX-54D Albiano 24m

Page 26: Ogx management presentation_port v7

Bacia de Campos: Desenvolvimento do Plano de Negócios

26

Projeto 1Complexo Waimea

Data 1º óleo : Out. 2011

42 poços de desenvolvimento

— 28 produção

— 14 injetores

3 FPSOs e2 WHPs

— OSX-1, OSX-2 e WHP-1

Óleo de 20 API

Lâmina d’água: 140m

Produção média por poço 10 – 20 Kbpd

Projeto 2 Complexo WaikikiData 1º óleo: 4T13

22 poços de desenvolvimento

— 14 produção

— 8 injetores

1 FPSO e 1 WHP

— OSX-3 e WHP-2

Óleo de 23 a 28 API

Lâmina d’água: 120m

Produção média por poço 15 – 20 kbpd

Plano de desenvolvimento da Bacia de Campos

4,1 bilhões de barris

Águas rasas

Produção média por

poço de 10 – 20 kbpd

12 FPSOs e 11 WHPs

— 5 FPSOs e 2 WHPs já

contratados

Vida média do campo

— Capex de US$2/barril

— Opex <US$16/barril

Ilustrativo

Projetos iniciais

Page 27: Ogx management presentation_port v7

Waimea OGX – 26HP

Capacidade de produção de até 20K bbl/dia

Qualidade do óleo de 20 API

Testado em Jan/2011

Recent Horizontal Wells TestedBacia de Campos: Resultados Positivos de Poços Horizontais Testados

27

3 testes de formação realizados em poços horizontais preparados para produção e mais a caminho no segundo semestre

Pipeline OGX-39HP

Capacidade de produção de aprox. 10k bbl/dia

Qualidade do óleo de 19 API

Testado em Jul/2011

Waikiki OGX-44HP

Capacidade de produção de até 20K bbl/dia

Qualidade do óleo de 23 API

Testado em Jun/2011

Testes de formação realizados em poços horizontais

Poços horizontais testados

Page 28: Ogx management presentation_port v7

Produção Começará na Acumulação de Waimea

28

Início da ProduçãoPoço horizontal já perfurado, completado e testado com sucesso

Hydraulic Power Unit (HPU)

instalada

Umbilicais entregues

Linhas Flexíveis entregues Sistema de ancoragem

(estacas e amarras) entregues

Navio de instalação entregue

Árvore de natal molhada

instalada Bomba centrífuga submersa

instalada

TLD aprovado pela ANP

(Agência Nacional de Petróleo)

Conceito de Produção 1º Óleo

Primeiro óleo da OGX esperado para novembro através de Teste de Longa Duração (TLD)

Principais características:

Potencial de produção de 40kbpd com capacidade limitada a 20kbpd

Qualidade do óleo de 20 API

Lâmina d’água de 140 metros

BóiaOSX-1

Risers e umbilicais

Linhas flexíveis

Estacas e amarras

Árvore de natal molhada

Bomba centrífuga submersa

Foto Ilustrativa

Licença Prévia (LP) e Licença de

Instalação (LI)

Page 29: Ogx management presentation_port v7

Embarcação Aker Wayfarer

Árvore de Natal Molhada

Linhas Flexíveis

FPSO OSX-1

Bacia de Campos: Equipamentos Contratados

29

Equipamentos

— Árvore de Natal Molhada (WCT): Já instalada

— Terminal Umbilical de Controle (UTA):

Contratado

— Hydraulic Power Unit (HPU): Entregue em abril

de 2011

— Linhas Flexíveis: Contratada com a Wellstream

— Bomba Submersível Elétrica (ESP): Contratada

com a Baker Hughes

Serviços

— Embarcação de instalação – Sistema de

Ancoragem, Linhas Flexíveis e Umbilicais:

Contratadas com Wellstream e Aker

— Análise Mud line e de subsuperfície para

ancoragem de FPSO e estacagem de WHP:

Contratada com FUGRO – Já completada

— Pesquisa área de Waimea: Contratado com

FUGRO

Equipamentos críticos e serviços Principais equipamentos

80 kbpd de capacidade

de produção e

capacidade de

armazenamento de 950

mil barris

Chegada esperada:

Out/11

Já instalada

Produzido pela GE Oil &

Gas

Já produzido

Produzido pela

Wellstream

Contratado com Aker

Carregado com o

sistema de ancoragem

para o OSX-1

Page 30: Ogx management presentation_port v7

Conexão linhas flexíveis/umbilicais

e instalação dos risers

Instalação das estacas e amarras

Chegada da bóia e instalação

Chegada do FPSO OSX-1 Içamento da bóia e conexão ao FPSO

Início da produção

Passos Finais em Direção à Produção

30

1

54

32

6

Fotos ilustrativas

Page 31: Ogx management presentation_port v7

Conceito de Produção no Complexo de Waimea

31

Projeto pioneiro de desenvolvimento

5 poços de desenvolvimento

conectados ao FPSO OSX-1

— 3 poços horizontais de produção

— 1º poço produtor, OGX-

26HP, pronto para produção

— 2º poço produtor, OGX-

55HP, sendo perfurado

— 3º poço produtor, OGX-

60HP, sendo perfurado

— Produção média por poço 10–

20 kbpd

— 2 poços submarinos injetores

1 FPSO: OSX-1

— OSX-1 chegada esperada para

Outubro/2011

OGX-55HP e OGX-60HP irão ser

conectados ao OSX-1 após o processo

de declaração de comercialidade no

próximo ano

Com 3 poços em produção no ano que

vem, a OGX deverá atingir níveis de

produção de ~50 kbpd

Foto ilustrativa

Coneito de produção pioneiro

Poços de desenvolvimento

Poço Produtor 1 (OGX-26HP)

Poço Produtor 2(OGX-55HP)

Poço Produtor 3(OGX-60HP)

Poço IInjetor 1

Poço Injetor 2

Page 32: Ogx management presentation_port v7

OPEX(Equipamentos afretados)

CAPEX

FPSOCapacidade de óleo: 100 K bpd

Capacidade de líquido: 160 K bpdÓleo será descarregado

WHPCapacidade: 30 poçosPacote de perfuração notopside

Perfuração + CompletaçãoPoços de desenvolvimento com completações secasGás será reinjetado, usado para gas lift ou geração de energiaInjeção de água

Linhas submersas de fluxo da WHPLinha elétrica

Linha de gas liftLinha de serviço

Linha de injeção de águaLinha de produção

Linha de teste

Bacia de Campos: Conceito de Desenvolvimento Replicável

32

Opex<US$ 16/barril

CapexUS$ 2/barril

Nota:Ver detalhes no Apêndice: slide “Bacia de Campos – Conceito de Produção Replicável”

Page 33: Ogx management presentation_port v7

OSX-1 a ser entregue em outubro de 2011

OSX-2 e OSX-3 a serem construídos em estaleiros de classe mundial de Cingapura pela SBM e Modec

Cascos do OSX-4 e OSX-5 já adquiridos pela OSX

OSX-1

OSX-2

OSX-3

OSX-4

OSX-5

OSX-6

OSX-7

OSX-8

OSX-9

OSX-10

OSX-11

OSX-12

Unidade 2011 … 2013 2014 2015 2016

WHP-1 e WHP-2 com engenharia detalhada em andamento (EPC concedida à Techint pela OSX)

Unidade 2013 2014

WHP-1

WHP-2

WHP-3

WHP-4

WHP-5

WHP-6

WHP-7

WHP-8

WHP-9

WHP-10

WHP-11

Out

1º Tri

1º Tri

4º Tri

1º Tri

3º Tri

4º Tri

4º Tri

4º Tri

2º Tri

3º Tri

2º Tri

1º Tri

2º Tri

3º Tri

4º Tri

4º Tri

4º Tri

1º Tri

2º Tri

3º Tri

4º Tri

4º Tri

WHPsFPSOs

FPSOs e WHPs : Datas de Entrega Esperadas

33

Equipamentos de produção alocados para início das operações até 2013

Waimea

Waimea

Waikiki

Waikiki

Waimea

Page 34: Ogx management presentation_port v7

Equipamentos de Produção Encomendados

34

FPSOs WHPs

OSX-1:

Capacidade de produção de

80Kbpd e capacidade de

armazenamento de 950 mil

barris

Taxa média diária US$ 263

mil

Chegada esperada: Out/11

OSX-2:

Capacidade de produção de

100 Kbpd e capacidade de

armazenamento de 1,3

milhão de barris

Taxa média diária US$ 290

mil

Contratado pela OSX com

SBM

OSX-3:

Capacidade de produção de

100 Kbpd e capacidade de

armazenamento de 1,3

milhão de barris

Contratdo pela OSX com a

MODECWHP-1:

Capacidade de perfurar até

30 poços

Quatro poços em produção

até o final de 2013

Engenharia detalhada em

andamento (EPC concedida

à Techint pela OSX)

WHP-2:

Capacidade de perfurar até

30 poços

Três poços em produção

até o final de 2013

Engenharia detalhada em

andamento (EPC concedida

à Techint pela OSX)

OSX-4:

Capacidade de produção

de 100 Kbpd e

capacidade de

armazenamento de 1,3

milhão de barris

Encomendada com

contrato de leasing e

EPCI em contratação

OSX-5:

Capacidade de

produção de 100 Kbpd

e capacidade de

armazenamento de 1,3

milhão de barris

Encomendada com

contrato de leasing e

EPCI em contratação

VLCC s (Very Large

Crude Oil Carriers)

comprados em

novembro de

2010 pela OSX a

serem convertidos

para FPSOs

Page 35: Ogx management presentation_port v7

Estratégia da OGX para Acelerar a Produção

35

Estratégia de Perfuração Recursos de Perfuração Disponíveis

Ocean Lexington (Diamond):

Taxa diária e: US$ 335 mil

Max. Prof.: 20.000 ft

Período contrato: Fev.2013 (+ 1 ano opcional)

Ocean Ambassador (Diamond):

Taxa diária: US$ 260 mil

Max. Prof.:20.000 ft

Período contrato: Set.2012 (+ 1 ano opcional)

Ocean Quest (Diamond):

Taxa diária : US$ 270 mil

Max. Prof.: 25.000 ft

Período contrato: Dez.2012 (+ 1 ano opcional)

Sea Explorer (Pride):

Taxa diária : US$ 220 mil

Max. Prof.:20.000 ft

Período contrato: Nov.2013

Ocean Star (Diamond):

Taxa diária : US$ 310 mil

Max. Prof.:25.000 ft

Período contrato: Fev.2013 (+ 1 ano opcional)

Pride Venezuela (Pride):

Taxa diária : US$ 235 mil

Max. Prof.20.000 ft

Período contrato: Nov.2013

Dado o número significativo de descobertas e suassemelhanças, a OGX tem o benefício de acelerar oprocesso de procurement através do uso de FPSOsflex

FPSOs flex tem capacidade de processamento deóleo para um amplo intervalo de APIs e GOR (razãogás:óleo)

Design padrão (mesmas características para todosFPSOs)

Economias de escala

FPSOs Flex

Agilizar o processo de perfuração e acelerar o

ramp-up da produção

A OGX pretende perfurar uma média de 5 poços

horizontais antes da chegada das WHPs através de

sondas semissubmersíveis

Após a chegada de cada WHP, os poços perfurados

previamente devem atingir o plateau de produção

em aproximadamente três trimestres

Page 36: Ogx management presentation_port v7

Bacia de Campos: Ramp-up da Produção

36

Equipamento (Entrega Física)

OSX-1 (Outubro) -OSX-2 (2T13)OSX-3(3T13)

Projeto: Equipamento (Primeiro Óleo)

Waimea: OSX-1 (Nov/11) Cont. Waimea: OSX-1Waimea: OSX-2 (3T13)Waikiki: OSX-3 (4T13)

Poços Horizontais em Produção

1 (OGX-26) 2 7

Nº Acumulado de Poços Horizontais em Produção

1 3 10

Capacidade de Produção Instalada

80 Kbpd 80 Kbpd 280 Kbpd

Meta de Produção de Óleo (kbpd) ¹

50

20

150

2011 2012 2013

Nota:1 A ser atingida até o final do período

Page 37: Ogx management presentation_port v7

Gavião Real

Gavião Azul

Avançando no Plano de Negócios na Bacia do Parnaíba

37

Declaração de comercialidade para 2

campos (Gavião Real & Gavião Azul) já

apresentadas à ANP

Início da produção esperado para 2S12

Baixo custos operacionais e de capital

— Produção de 5,7 M m³por dia em

2013 (2,7 M m³por dia líquidos

para a OGX S.A. ou ~15 kboepd)

Segunda equipe sísmica contratada para os

blocos mais ao sul

Aprovada a contratação de 2 novas sondas

terrestres

Gás a ser vendido para as usinas

termoelétricas da MPX

MPX obteve licença de instalação adicional

de 1.859 MW, totalizando 3.722 MW

Complexo termoelétrico MPX Parnaíba terá

capacidade total de 1.500 MW

Energia gerada pela MPX será vendida no

mercado de energia

Complexo do Parnaíba

Legenda:

Linhas sísmicas

Projeto 11º gás: 2S12

23 poços produtores

Page 38: Ogx management presentation_port v7

Poços

Bacia do Parnaíba: Desenvolvimento do Projeto

38

InvestimentoMPX + Petra

Investimento OGX Maranhão (70%) + Petra (30%)

Manifolds

Gasodutocurto

(<2Km)

Usinas Termoelétricas

Linhas de Trasmissão

Instalação de Produção para Gás

seco

Sistemade

Captação

Linhas

Desenvolvimento das Termoelétricas

Capex vida do campo

Custo total perfuração: US$340 M ( inclui custos de recompletação)

Custo total de instalações(1):

US$110M

Opex vida do campo ²

Menos de $0,30/1.000 pés cúbicos

Desenvolvimento Esquemático de Parnaíba

Notas:1 Custos de instalações incluem: sistema de captação (linhas e manifolds), instalação de produção para gás seco e gasoduto curto2 Incluem instalações operacionais e de manutenção da produção, linhas, gasodutos e poços

Page 39: Ogx management presentation_port v7

Metas de Produção

39

Metas de produção OGX Demanda de equipamentos offshore OGX

FPSO 19 unidades

12 unidades para descobertas na Bacia de Campos

TLW

PW

HP

5 unidadesEsperados a serem usados na Bacia do Espírito Santo(únicos blocos em águas profundas do portfólio OGX)

24 unidades 11 unidades para descobertas na Bacia de Campos

Potencial do portfólio de 10,8 bi de boe recuperáveis:

mais de 10 anos de crescimento de produção

Descobertas em Campos e Parnaíba (4,2 bi boe)

podem sustentar nível de 730 mil boepd de produção

Portfólio potencial adicional (6,6 bi boe) permite um

plateau mais longo estimado em aproximadamente

1,4 milhões de boepd de 2019 em diante

Em kboepd

Demanda esperada de 48 unidades offshore

Total estimado pela OGX de 23 unidades para

projetos na Bacia de Campos (12 FPSOs e 11 WHPs)

Estratégia de acelerar o desenvolvimento com

equipamentos de produção assegurados com 2-3

anos de antecedência

Desenvolvimento das descobertas

de Campos e Parnaíba

2050

165

730

1.380

Equipamentos offshore essenciais para

produção inicial já assegurados (OSX-1,

2 e 3 e WHP-1 e 2)

2011 2012 2013 20152014

Page 40: Ogx management presentation_port v7

Destaques Financeiros

Page 41: Ogx management presentation_port v7

Fontes e Usos de Recursos Financeiros da OGX (2T11 – 4T13)

41

Notas:¹ Inclui resultados financeiros líquidos² Representa 40% de capex de Exploração e 60% de Desenvolvimento nas Bacias de Campos e Parnaíba

Fontes e Usos de Recursos Financeiros

$4,5 bi

$0,5 - $ 1,0 bi

$3,5 - $ 4,5 bi

$1,0 - $ 1,5 bi

Posição de caixa 2T11 Fluxo de caixa operacional (2011-2013) ¹

Capex (2011-2013) ² Posição final de caixa

Page 42: Ogx management presentation_port v7

Apêndice

Page 43: Ogx management presentation_port v7

Atividades em Andamento

1OGX Maranhão has 70% W.I

Poço Bloco Prospecto SondaDistância da

CostaLâminad’água

Status Net Pay

AT OGX-47 BM-S- 59 Maceió Ocean Quest 110 Km 185m Em andamento desde 24/05 Santoniano: 51m

AZ OGX-54 BM-C-41 Fuji - 2 Ocean Lexington 81 Km 136m Em andamento desde 25/07 Albiano:24m

AW OGX-55HP BM-C-41 Waimea – 3HP Sea Explorer 84 Km 131m Em andamento desde 24/07

BA OGX-56D BM-C-41 Fuji – 1D Ocean Star 77 Km 128m Em andamento desde 26/07 Albiano: 60m

BC OGX-58DP BM-C-41 TamboraOcean

Ambassador93 Km 128m Em andamento desde 07/08

BD OGX-59 PN-T-49 Fazenda Torrão BCH-05 Bloco Terrestre Em andamento desde 19/08

AY OGX-60HP BM-C-41 Waimea – 2D Pride Venezuela 84 Km 132m Em andamento desde 22/08

BE GVR-1D PN-T-68 Gavião Real QG-1 Bloco Terrestre Em andamento desde 05/09

Bacia do ParnaíbaBacia de Campos Bacia de Santos

43

Page 44: Ogx management presentation_port v7

Poços Concluídos (1 de 4)

44

Poço Bloco Prospecto Sonda Distância da costaLâminad’água

Net Pay

A 1- MRK - 2B BM-S-29 Abacate Sovereign Explorer 130 km 100 m Índicios de óleo

B OGX-1 BM-C-43 Vesuvio Ocean Ambassador 85 km 140 m Eoceno: 57m

J OGX-9D BM-C-41Vesúvio

DirecionalOcean Ambassador 87 km 142 m Eoceno: 60m

N OGX-13 BM-C-41 Vesúvio Vertical Ocean Lexington 87 Km 138m Eoceno: 10m

C OGX-2A BM-C-41 Pipeline Ocean Ambassador 77 km 130 m

Eoceno: ShowsCretac.: ShowsAlbiano: 100mAptiano: 50mBarremiano: 15m

G OGX-6 BM-C-41 Etna Ocean Quest 82 km 137 mAlbiano: 74mAptiano: 17m

D OGX-3 BM-C-41 Waimea Sea Explorer 83 km 130 mAlbiano: 80mApt./Barrem: 50m

I OGX-8 BM-C-41 Fuji Ocean Star 82 km 125 mAlbiano: 43mAptiano: 44m

E OGX-4 BM-C-42 Kilawea Ocean Quest 79 km 150 m Eoceno: 17m

F OGX-5 BM-C-43 Krakatoa Ocean Ambassador 79 km 145 mMaastric.: ShowsAlbiano: 30mAptiano: 20m

H OGX-7A BM-C-42 Huna Ocean Lexington 86 km 152 mAlbiano: >17mAptiano: 35m

K OGX-10 BM-C-42 Hawaii Sea Explorer 79 km 158 mCenomaniano: 11mAlbiano: >13m Aptiano: 40m

L OGX-11D BM-S-59 Natal Ocean Quest 84 km 180m Santoniano: 75m

M OGX-12 BM-S-57 Niterói Ocean Star 95 Km 150m -

O OGX-14 BM-C-40 Peró Ocean Lexington 96 Km 104mAlbiano: 35m & 27m

P OGX-15 BM-C-41 Santa Helena Ocean Ambassador 78km 130mAlbiano: 32mAptiano: 31m

Page 45: Ogx management presentation_port v7

Poços Concluídos (2 de 4)

45

Poço Bloco Prospecto Sonda Distância da costaLâminad’água

Net Pay

Q OGX-16 PN-T-681 California QG-1 Bloco TerrestreDevoniano: indícios de óleo, 23m & 25m (column)

R OGX-17 BM-S-56 Belém Ocean Star 85 Km 136m Albiano: 43m

S OGX-18 BM-C-40 Ingá Ocean Lexington 95 Km 105mSantoniano: indícios de óleoAlbiano: 12m (coluna de óleo)

T OGX-19 BM-S-58 Aracaju Ocean Quest 112 Km 172m Santoniano: 40m

U OGX-20 BM-C-41 TupungatoOcean

Ambassador84 Km 132m

Maastrichtiano: 9m & 3mAlbiano: 50mAptiano: 42m

V OGX-21D BM-C-41Waimea

DirecionalSea Explorer 84 Km 134m Albiano: 14m

W OGX-22 PN-T-681 Fazenda São José QG-1 Bloco TerrestreDevoniano superior: 49m Devoniano inferior: 47m

X OGX-23 BM-S-58 Ilhéus Ocean Quest 107 Km 152m -

Y OGX-24 BM-S-56 Itagi Ocean Star 94 Km 140m -

Z MRK-3/ 4P BM-C-372 Carambola-A Blackford Dolphin 74 Km 134mSantoniano: 14mAlbiano: 43mAptiano: 12m

AA OGX-25/ 27P BM-C-39 Waikiki Pride Venezuela 94 Km 105mEoceno: 8m (gás)Albocenomaniano: 145m

V OGX-26HP BM-C-41Waimea

HorizontalSea Explorer 84 Km 134m

Albiano: 1,000m (coluna horizontal)

AB OGX-28D BM-C-41 Illimani Ocean Star 80 Km 126m Albiano: 24m

AC OGX-29/ 32 BM-C-39 Itaipu Ocean Lexington 86 Km 104m Indícios de óleo

AE OGX-31 BM-C-41 OsornoOcean

Ambassador79 Km 136m

Albiano: 48mAptiano: 23m

Page 46: Ogx management presentation_port v7

Poços Concluídos (3 de 4)

46

¹ OGX Maranhão tem 70% de participação

² OGX detém 50% da concessão e a Maersk é a operadora

Poço Bloco Prospecto SondaDistância da

costaLâminad’água

Net Pay

AJ OGX-36D BM-C-41 Pipeline D Ocean Star 77 Km 128m Albiano: 60m

AH OGX-35 BM-C-39Waikiki

DirecionalOcean Lexington 89 Km 104m Albocenomaniano: 80m

AG MRK-5 BM-C-37 2 Carambola B Blackford Dolphin 80 Km 130m Albiano: 17m

AF OGX-33 BM-C-41 Chimborazo Pride Venezuela 84 Km 127m Albiano: 42m

AK OGX-37 BM-C-43 PotosiOcean

Ambassador87 Km 140m Indícios de óleo

AO OGX-41DBM-C-39 / BM-C-40

Waikiki - 2 D Ocean Lexington 90 Km 110m Albiano: 92m

AN OGX-40D BM-C-41 Pipeline - 2 D Sea Explorer 79 Km 130m Albiano: 107m

AD OGX-30 BM-S-58 Salvador Ocean Quest 105 Km 151m Albiano: 50m

AI OGX-34 PN-T-68 1 Bom Jesus QG-1 Onshore Block Devoniano: 23m

AQ OGX-43D BM-C-41 Illimani -1 DOcean

Ambassador80 km 140 m Albiano: 50m

AO OGX-44HPBM-C-39/BM-C- 40

Waikiki Ocean Lexington 90 Km 110mAlbocenomaniano: 1.063m (coluna horizontal)

AL OGX-38 PN-T-68 1 Fazenda São José BCH-05 Bloco Terrestre Devoniano: 43m

AS OGX-46D PN-T-68 1 Califórnia - D QG-1 Bloco Terrestre Devoniano: 15m

AU OGX-48 BM-C-41 Pipeline - 4Ocean

Ambassador75 Km 128m Albiano: 12m

AP OGX-42D BM-C-41 Pipeline -3 D Pride Venezuela 78 km 120mEoceno: 6mAlbiano: 82m

AW OGX-50D BM-C-41 Waimea – 3 D Sea Explorer 84 Km 131mSantoniano: 1,7mAlbiano: 52m

Page 47: Ogx management presentation_port v7

Poços Concluídos (4 de 4)

47

¹ OGX Maranhão tem 70% de participação

² OGX detém 50% da concessão e a Maersk é a operadora

Poço Bloco Prospecto SondaDistância da

costaLâminad’água

Net Pay

AR OGX-45D BM-C-40 Waikiki – 3 D Ocean Lexington 96 Km 109m Maastrichtiano: 5m

AM OGX-39HP BM-C-41Pipeline

HorizontalOcean Star 77 Km 128m

Albiano: 1.000m (coluna horizontal)

AX OGX-52 BM-C-41 TamboraOcean

Ambassador93 Km 128m

Santoniano: 5mAlbiano: 96m

AS OGX-51DP PN-T-68Califórnia - 2

DPQG-1 Bloco Terrestre Devoniano: 8m

AV OGX-49 PN-T-68Fazenda São

JoséBCH-05 Bloco Terrestre -

AY OGX-53D BM-C-41 Waimea – 2D Pride Venezuela 84 Km 132m Albiano: 71m

BB OGX-57 PN-T-68Fazenda São

José - 2QG-1 Bloco Terrestre -

Page 48: Ogx management presentation_port v7

Bacia de Campos: Conceito de Produção Replicável

48

Premissas para projetos típicos replicáveis na Bacia de Campos

Distância da costa: 80 km

Profundidade: 100 a 150 metros

Volume recuperável: 500 milhões de barris (razão gás óleo (GOR): todo gás produzido será utilizado na geração deenergia ou na reinjeção de gás, se aplicável)

Capacidade processamento de óleo das unidades de produção:

— 1 FPSO: 100 kbpd

— 1 WHP: 30 poços

Poços perfurados: 16 poços de produção horizontais e 9 poços injetores

— 5 poços de produção horizontais pré-perfurados por sondas semissubmersíveis

— 11 poços de produção e 9 injetores perfurados pela WHP

Capex: Custo unitário estimado em aproximadamente US$2/barril

— Poços pré-perfurados = US$50M (75 dias por poço)

— Poços perfurados pela WHP = US$20M (75 dias por poço)

— Poços completados = US$15M (30 dias por poço)

— Pacote de linhas flexíveis submarinas = US$65M

Opex: Custo unitário estimado menor que US$16/barril

— Taxas diárias de equipamento afretados com alto conteúdo local (FPSOs US$ 350k/dia e WHPs US$ 160k/dia)

— Despesas com operação e manutenção de US$ 85 mil/dia

— Custo operacional variável de US$ 3,5/barril

— Custo de abandono no final da vida do campo de US$ 100 milhões

Perfil de produção:

— Alcançar plateau de produção em 3 trimestres

— Plateau mantido por 4 anos adicionais

— 20 a 22 anos de declínio de produção posteriormente ao plateau

Page 49: Ogx management presentation_port v7