Orçamento Familiar - ufjf.br ?ão-Raquel... · análise da produção de significados dos estudantes…

Embed Size (px)

Text of Orçamento Familiar - ufjf.br ?ão-Raquel... · análise da produção de significados dos...

  • 1

    PROGRAMA DE PS-GRADUAO EM EDUCAO MATEMTICA

    MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCAO MATEMTICA

    Raquel Carvalho Gravina

    Juiz de Fora (MG)

    Novembro, 2014

    Educao Financeira Escolar:

    Oramento Familiar

  • 2

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA

    INSTITUTO DE CINCIAS EXATAS

    Ps-Graduao em Educao Matemtica

    Mestrado Profissional em Educao Matemtica

    Raquel Carvalho Gravina

    Educao Financeira Escolar: Oramento Familiar

    Orientador: Prof. Dr. Amarildo Melchiades da Silva

    Dissertao de Mestrado apresentada ao Programa de Mestrado profissional em Educao Matemtica, como parte dos requisitos para obteno do ttulo de Mestre em Educao Matemtica.

    Juiz de Fora (MG)

    Novembro, 2014

  • 3

  • 4

    Raquel Carvalho Gravina

    Educao Financeira Escolar: Oramento Familiar

    Dissertao de Mestrado apresentada ao Programa de Mestrado Profissional em Educao Matemtica, como parte dos requisitos para obteno do ttulo de Mestre em Educao Matemtica.

    Comisso Examinadora

    ___________________________________

    Prof. Dr. Amarildo Melchiades da Silva Orientador- UFJF ____________________________________ Prof. Dra. Chang Kuo Rodrigues Convidado interno-UFJF ____________________________________ Prof. Dra. Rosana de Oliveira Convidado externo- UERJ Aprovado em / /

  • 5

    Aos meus pais, meu marido Rodrigo e a

    minha filha querida Anna Caroline: Voc minha

    inspirao.

  • 6

    AGRADECIMENTOS

    Este o momento de fazermos nossos agradecimentos queles que, de

    alguma forma, contriburam para esse projeto de pesquisa se tornar realidade.

    Em primeiro lugar, agradeo a Deus, autor da minha vida.

    Nesta caminhada, pude conhecer profissionais que, no desempenho de suas

    funes, do exemplos de conduta contribuindo para que eu possa repensar e

    refletir sobre a minha prtica em sala de aula. Meu amigo, professor e orientador

    Amarildo Melchiades da Silva. Com ele aprendi a enxergar a educao matemtica

    por um olhar diferenciado, que vai muito alm de axiomas e teoremas. Muito

    obrigada por esses oito anos de convivncia e que eles se multipliquem por longos

    anos.

    Ao corpo discente do Mestrado Profissional em Educao Matemtica da

    Universidade Federal de Juiz de Fora, professores atuantes em diferentes

    segmentos de ensino: a diversidade realmente uma grande oportunidade de

    crescimento.

    Ao corpo docente e membros convidados deste programa. Cada disciplina

    que tive oportunidade de cursar era tambm um precioso momento de perceber que

    possvel ser um Educador.

    Agradeo de modo particular a algumas pessoas pela contribuio direta na

    construo desta dissertao, no poderia deixar de citar os nomes da Andreia

    Stambassi, Keller Lopes e Marclio Dias.

    Aos membros da banca que enriqueceram este trabalho com sua presena,

    sugestes e conhecimentos.

    Aos meus amigos do NIDEEM, obrigada por tudo.

    A todos os meus verdadeiros amigos que estiveram do meu lado me

    incentivando e dando foras.

    minha amada e sagrada famlia, meu pai Ismael, minha me Maria, e meus

    irmos Ismar e Anderson.

    Ao meu amado e querido esposo, muito obrigada por fazer parte da minha

    vida, por ser meu incentivo e estar ao meu lado em todos os momentos.

    Durante o mestrado Deus me deu um presente muito especial, uma

    criaturinha que chegou para alegrar meus dias e me tornar uma pessoa melhor,

    minha amada filha Anna Caroline, a voc dedico essa conquista.

  • 7

    a diferena que motiva a interao, que d a

    esta o sentido que me parece mais prprio.

    ROMULO CAMPOS LINS

  • 8

    RESUMO

    A presente pesquisa tem por objetivo investigar a produo de significados de

    estudantes para tarefas de Educao Financeira, perante as situaes problemas

    voltadas temtica Oramento Familiar. O projeto parte de uma proposta de

    insero da Educao Financeira como tema transversal ao currculo de Matemtica

    da Educao Bsica. A investigao se caracteriza por uma abordagem qualitativa e

    adota como base terica o Modelo dos Campos Semnticos como possibilidade de

    anlise da produo de significados dos estudantes para as tarefas propostas. A

    pesquisa de campo aconteceu em uma escola pblica. Parte da investigao teve

    como objetivo a produo de tarefas sobre o tema Oramento Familiar para uso em

    sala de aula do Ensino Fundamental. O produto educacional resultante do estudo

    constituiu-se num texto direcionado a professores de matemtica apresentando o

    conjunto de tarefas utilizadas na pesquisa de campo, numa proposta de insero da

    Educao Financeira na formao matemtica dos estudantes do Ensino

    Fundamental.

    Palavras-chave: Educao Matemtica. Produo de Significados. Oramento

    Domstico. Educao Financeira. Ensino Fundamental.

  • 9

    ABSTRACT

    The present work is aimed at investigating the meaning produced by students

    in Financial Education tasks involving problem-solving situations in the area of

    Household Budget. The project is part of a proposal to include Financial Education as

    one of the cross-curricular Maths topics in primary education. The investigation has a

    qualitative approach and is theoretically based on the Semantic Fields Model as a

    possible analysis of meaning production by the students for the proposed tasks.

    Fieldwork took place in a public school. Part of the investigation was aimed at

    producing tasks on the topic of Household Budget for use in primary school

    classrooms. The educational product resulting from the study was a text geared at

    Maths teachers, presenting a set of tasks used in the fieldwork as a proposal for

    including Financial Education in Maths teaching for primary school students.

    Key words: Mathematics Education; meaning production; Household Budget;

    Financial Education; primary schools.

  • 10

    Lista de Figuras

    Figura1: imagem do livro Faa seu Salrio Render .................................... p.24

    Figura 2: imagem do livro Faa seu Salrio Render .................................... p.25

    Figura 3: imagem do livro Organize suas Finanas ..................................... p.28

    Figura 4: Imagem do livro Organize suas Finanas ..................................... p.29

    Figura 5: imagem do livro do aluno Educao Financeira nas Escolas ....... p.35

    Figura 6: imagem do livro do aluno Educao Financeira nas Escolas ....... p.36

    Figura 7: registro escrito de Joo ................................................................. p.75

    Figura 8: registro escrito de Carol ................................................................ p.76

    Figura 9: registro escrito de Joo ................................................................. p.77

    Figura 10: registro escrito de Carol .............................................................. p.77

    Figura 11: registro escrito de Carol .............................................................. p.78

    Figura 12: registro escrito de Joo ............................................................... p.78

    Figura 13: registro escrito de Joo ............................................................... p.82

    Figura 14: registro escrito de Carol .............................................................. p.83

    Figura 15: registro escrito de Carol .............................................................. p.84

    Figura 16: registro escrito de Carol .............................................................. p.84

    Figura 17: registro escrito de Joo ............................................................... p.85

    Figura 18: registro escrito de Carol .............................................................. p.89

    Figura 19: registro escrito de Joo ............................................................... p.90

    Figura 20: registro escrito de Carol .............................................................. p.91

    Figura 21: registro escrito de Joo ............................................................... p.91

    Figura 22: registro escrito de Carol .............................................................. p.94

    Figura 23: registro escrito de Joo ............................................................... p.94

    Figura 24: registro escrito de Joo ............................................................... p.95

    Figura 25: registro escrito de Carol .............................................................. p.97

    Figura 26: registro escrito de Carol .............................................................. p.100

    Figura 27: registro escrito de Joo ............................................................... p.100

    Figura 28: registro escrito de Carol .............................................................. p.101

    Figura 29: registro escrito de Carol .............................................................. p.101

    Figura 30: registro escrito de Joo ............................................................... p.102

    Figura 31: registro escrito de Vitria ............................................................. p.104

    Figura 32: registro escrito de Tatiana ........................................................... p.104

  • 11

    Figura 33: registro escrito de Marcos ........................................................... p.105

    Figura 34: registro escrito de Gabriel .......................................