OS VERTEBRADOS PROFESSORA FERNANDA LANDIM. Os vertebrados são representados pelos peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos. Esses animais apresentam

  • View
    109

  • Download
    4

Embed Size (px)

Text of OS VERTEBRADOS PROFESSORA FERNANDA LANDIM. Os vertebrados são representados pelos peixes,...

  • Slide 1
  • OS VERTEBRADOS PROFESSORA FERNANDA LANDIM
  • Slide 2
  • Os vertebrados so representados pelos peixes, anfbios, rpteis, aves e mamferos. Esses animais apresentam um esqueleto interno. Alm disso, apresenta uma caracterstica exclusiva: a coluna vertebral. O esqueleto sustenta o corpo, protege os rgos internos e serve de apoio para os msculos. A coluna vertebral formada por grande quantidade de pequenos ossos que se articulam, chamada de vrtebras.
  • Slide 3
  • PEIXES Os peixes foram os primeiros vertebrados do planeta. Os antepassados dos peixes atuais devem ter surgido h cerca de 500 milhes de anos. Veja alguns tipos de peixes: Quando ameaado, faz seu corpo inchar com gua lanada no estmago. um peixe venenoso Cavalo-marinho. Desloca-se na gua em posio vertical com o auxlio da nadadeira dorsal. Raias (ou arraias) A moreia tem corpo alongado, semelhante a de uma cobra.
  • Slide 4
  • Caractersticas Ectotrmicos (pecilotrmicos) Sua temperatura varia de acordo com a temperatura da gua, e por tanto, no gastam energia para regular a temperatura corporal. Respirao branquial respiram por brnquias (tambm chamadas guelras). A gua, que contm oxignio dissolvido, entra pela boca do peixe e sai por abertura na faringe, as fendas branquiais. Forma hidrodinmica Corpo alongado e achatado lateralmente (fusiforme). Presena de nadadeiras e a cauda. Presena de escamas que so cobertas por um muco.
  • Slide 5
  • Classificao dos peixes Ciclostomados (gnatos) Ostectes Condrictes (cartilaginosos) Lampreia Peixe-bruxa (feiticeira) Tubaro, arraias e quimeras Maioria dos peixes, sardinhas, os robalos, cavalo- marinhos, tucunar, pirarucu, baiacu etc.
  • Slide 6
  • Peixe por fora
  • Slide 7
  • Peixe por dentro
  • Slide 8
  • rgos sensoriais Viso - no possuem plpebras, o sentido da viso bastante limitado. Audio bastante aguado, conseguem ouvir o som a grandes distncias. Olfato Capacidade de perceber cheiros. Possuem duas narinas, que contm clulas sensoriais responsveis por detectar a presena de substncias dissolvidas na gua. O sentido olfativo ajuda o animal a encontrar alimento e a orientar-se. Paladar Os peixes apresentam botes gustativos ao redor da boca, captam o gosto das substncias qumicas dissolvidas na gua. Em algumas espcies, os botes gustativos localizam-se em prolongamentos parecidos com bigodes, denominados barbilhes. Os barbilhes tambm realizam funo ttil. Linha lateral Formada por escamas porosas pelas laterais do corpo do animal. Possui clulas especializadas que percebem as vibraes e a presena de substncias na gua. Funcionam como orientao do peixe, detectam as variaes de presso, temperatura e a concentrao salina da gua. Ampolas de Lorenzini Presente somente nos condrictes e localizam-se prximas ao rgo olfativo do animal. Captam, de maneira eficiente, a fraca corrente eltrica gerada pela atividade de contrao muscular dos animais que servem como presas ao condrictes.
  • Slide 9
  • A gua, que contm oxignio dissolvido, entra pela boca do peixe e sai por aberturas existentes na faringe, as fendas branquiais. Ao sair, a gua entra em contato com as brnquias, que so lminas finas e cheias de sangue, e o gs carbnico passa do sangue para a gua, que sai do corpo. Respirao
  • Slide 10
  • Sistema cardiovascular Composto por artrias, veias, capilares sanguneos e um corao com duas cmara: um trio e um ventrculo. A funo do corao bombear o sangue para todo o corpo. No corao dos peixes, s circula sangue venoso (rico em gs carbnico). Ciclo do sanguneo : O sangue sai das brnquias e transporta oxignio para os tecidos Nos tecidos captam o gs carbnico O sangue retorna ao corao e o sangue venoso bombeado em direo s brnquias Nas brnquias geralmente oxigenado.
  • Slide 11
  • Sistema digestrio Sistema digestrio completo boca, faringe, esfago, estmago e intestino. Peixe sseo: o intestino termina no nus. Peixe cartilaginoso: o intestino termina na cloaca (urinrio e genital) - Vlvula espiral estrutura que aumenta a rea de absoro de nutrientes, presente nos peixes cartilaginosos. A medida que os alimentos passam pelos rgos do sistema digestrio, os nutrientes vo sendo simplificados e absorvido pelo intestino. O transporte de nutrientes realizado pelo sangue, que circula em vasos fechados. (circulao fechada) O sangue transporta nutrientes e gases respiratrios.
  • Slide 12
  • Sistema urinrio O sistema urinrio regula a gua do corpo, mantm o equilbrio salino adequado e elimina os resduos que foram produzidos. Os rgos excretores dos peixes so um par de rins alongados e finos. Peixes cartilaginoso: as excrees so eliminadas pelas cloacas. Peixes sseos: a urina liberada pelo poro excretor, que fica prximo ao nus. Obs. Nos tubares, as excrees tambm eliminada pelas brnquias.
  • Slide 13
  • Reproduo Reproduo sexuada, pois ocorre a participao de clulas reprodutoras. Ciclostomados Dioicos Fecundao externa Desenvolvimento indireto. Larva: amocete
  • Slide 14
  • Reproduo Condrictes Fecundao interna, possui rgo copulador compostos por duas estruturas chamadas claspers. Os espermatozoides so introduzidos dentro da cloaca da fmea. Alguns so ovparas, com desenvolvimento direto. Outros so ovovivparas. Algumas espcies so vivparas. Ostectes Fecundao externa Desenvolvimento indireto. Larva: alevino.
  • Slide 15
  • Slide 16
  • Ns e os peixes O peixe um alimento rico em protena, um nutriente importante para a construo do corpo: 100 gramas de peixe equivalem, em termos de protena, a uma coxa de galinha ou trs ovos. Mas precisa ser bem conservado. necessrio prestar ateno no cheiro dele, peixes frescos possuem brnquias vermelhas ( e no esbranquiadas ou acinzentadas); a carne firme e elstica a presso dos dedos. Os olhos so salientes, ocupam totalmente a rbita; e as escamas no soltam facilmente. A carne do peixe perece com facilidade, por isso, se o peixe no for consumido logo, deve ser conservado no congelador. recomendvel consumi-lo em dois dias e se congelados, devem ser consumidos no mximo em 30 dias.