OUTUBRO/NOVEMBRO/DEZEMBRO DE 2018 ANO 14 N 4 PDF OUT-NOV-DEZ-2018.pdf  2 Desenvolvemos para os

  • View
    213

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of OUTUBRO/NOVEMBRO/DEZEMBRO DE 2018 ANO 14 N 4 PDF OUT-NOV-DEZ-2018.pdf  2 Desenvolvemos para os

ANO 14OUTUBRO/NOVEMBRO/DEZEMBRO DE 2018 N 4

Conveno Coletiva 2018/2019 Pg. 4

Jardinagem - Dicas e Solues Pg. 5

Cursos Pg. 7

Caju - Anacardium occidentale Pg. 7

Saiba maisFibra ptica

Fbula empresarial Dois Burros

Pg. 8

EditorialCamels e aPrefeitura Municipal

Pg. 2

SINDICATO DO COMRCIO VAREJISTA DE FLORES E PLANTAS ORNAMENTAIS DO ESTADO DE SO PAULOAv. Francisco Matarazzo, 455 Parque da gua Branca Prdio do Fazendeiro 1 Andar Sala 15 So Paulo - SP CEP 05001-000 Fone (11) 3865-7475Site: www.sindiflores.com.br E-mail: secretaria@sindiflores.com.brFanpage: www.facebook.com/sindifloressp (11) 9 9524-2048

DIRETORIAPresidente Edison Alexandre

Vice Presidente Celino Brbara

Tesoureiro Emlio Hirano

Secretrio Jos Odair Modelli 2 Secretrio Suely D. Kuhn Jubram

2 Tesoureiro Luciana Kuhn Jubram1 Membro Conselho Fiscal Silvia da Silva Guedes2 Membro Conselho Fiscal Manuel A. F. Gonalves3 Membro Conselho Fiscal Marcos Alexandre1 Suplente Conselho Fiscal Sara Cougil Sanches2 Suplente Conselho Fiscal Heloiza H.M. de Almeida3 Suplente Conselho Fiscal Ana Lcia da S. Guedes

Diretora Adjunta Luciane Guedes

INFORMATIVO DE CIRCULAOINTERNA, EXCLUSIVO PARA ASSOCIADOS CRDITOS Coordenao geral Carlos Roberto RomeuColaborao Ana CarolineDiagramao Selma Capelas

CCT - CONVENO COLETIVA DE TRABALHOCOMERCIRIOS DA CIDADE DE SO PAULO 2018-2019

Este informativo pode ser lido tambm na internet, no endereo www.sindiflores.com.br

Negcios com floresParadoxo da Proscrastinao

Pg. 3

O Sindiflores informa que concluiu as negociaes com os Comercirios da cidade de So Paulo, relativas ao perodo de 2018-2019, com data-base em 1 de setembro, com o ndice de 4,4%, aplicvel a toda a categoria do Comrcio Varejista de Flores e Plantas Ornamentais, com os seguintes pisos salariais:

Veja as novidadesPossibilidade das empresas aderirem ao Regime Especial de Piso Salarial REPIS e praticarem

salrios com pisos diferenciados.Somente para empresas de Pequeno Porte (EPPs); Microempresas (MEs) e Microemprendedores

Individuais (MEIs)

Jornadas de Trabalho 12 x 36; Semana Espanhola; Regime Intermitente; Termo de Quitao Anual de Obrigaes Trabalhistas e Assistncia nas Rescises dos Contratos de Trabalho. Leia mais na pgina 4.

Pg. 8

DENNCIAS DE COMRCIO ILEGALO Sindiflores recepciona as denncias das empresas que esto sendo

prejudicadas por camels que vem praticando a venda ilegal de flores, em suas imediaes. Pegamos a denncia, devidamente documentada (at com foto) e enviamos para a Subprefeitura pertinente. A maioria das resposta, aps vrios meses, desoladora. Veja alguns casos na pgina 2.

2

Desenvolvemos para os nossos contribuintes um sistema de atendimento rpido e eficiente, para que o comrcio irregular na cidade de So Paulo fosse combatido, obedecendo a lei e as diretrizes da Prefeitura Municipal. Criamos uma pgina no nosso site para recepcionar as denncias dos contribuintes legalmente estabelecidos. Muitas denncias vieram pelo exerccio da prtica ilegal em datas comemorativas, porm, a maioria de marreteiros que exercem a venda permanente em diversos locais. Os contribuintes nos enviam fotos e aspectos rotineiros desses ambulantes. De posse dessa documentao, protocolamos as denncias junto s regionais da Prefeitura, mas para nosso espanto, as respostas chegam a demorar, em mdia, um ano e, quando chegam, so evasivas, tais como: Realizada vistoria no local no dia tal e no foi constatada nenhuma irregularidade, conforme legislao vigente. Pior ainda quando so passados vrios meses e recebemos este tipo de resposta: Prezado muncipe, estamos atualizando nosso sistema de fiscalizao para melhor atendermos a populao. Caso voc tenha uma solicitao que no foi atendida a contento, um novo pedido poder ser feito em um dos canais de atendimento SP156. Um exemplo: A solicitao foi feita em maio de 2017 e a resposta s veio em outubro de 2018. Ao recebermos esse tipo de resposta, conclumos que o servio da Prefeitura Municipal, atravs de suas regionais, no est funcionando. Por curiosidade, fizemos checagem dos locais denunciados, atravs do Google Maps e para nossa surpresa os camels aparecem nesses locais, porm, para os fiscais, eles so invisveis. Recentemente a TV Globo, no programa do Fantstico, fez uma reportagem sobre a venda de orqudeas que so ilegalmente retiradas da Serra do Mar e vendidas por camels no bairro da Liberdade. A venda de orqudeas e bromlias na cidade de So Paulo regida com base na lei n 14.065, de 14 de outubro de 2005, que permite sua venda somente quando forem provenientes de viveiros devidamente cadastrados e autorizados pela autoridade competente, possurem embalagens e rotulagens contendo nmero do lote, nmero de cadastro de produtor rural etc. Esse produto de acordo com a lei s vamos encontrar numa floricultura, mas a falta de fiscalizao tanta, que os marreteiros esto cada vez mais ousados e praticando essa venda. triste vir nesta tribuna e falar isso, mas a pura realidade! Neste informativo mostramos abaixo alguns casos, que apesar de encaminhados Prefeitura Municipal no foram solucionados.

Os Camels e a Complacncia da Prefeitura Municipal

Editorial

Dr. Edison AlexandrePresidente do Sindiflores

3OUTUBRO/NOVEMBRO/DEZEMBRO 7

Responsabilidade social

Procura-se - Jovens talentos em Arte FloralNo dia 27 de setembro de 2018 iniciamos o projeto: Jovens Talentos em Arte Floral, que se prope a descobrir novos talentos em arte floral, para que futuramente possam ingressar na profisso. O curso contou com a docncia da design floral Val du Arte e foram realizadas 2 turmas, somando um total de 21 participantes. Foi um sucesso e vamos dar continuidade no projeto realizando a 3 turma no ms de dezembro de 2018.A realizao do Sindiflores e conta com a parceria da Escola Tcnica de Arte Floral, da Festejare Decoraes e Espuma Mizuo.

Caju Anacardium occidentale Nome Cientfico: Anacardium occidentale Sinonmia: Anacardium microcarpum, Cassuvium pomiverum, Acajuba occidentalis, Cassuvium pomiferum, Cassivium reniforme, Cassivium solitarium Nomes Populares: Caju, Cajueiro, Caju-manso, Acajaba, Acajuba, Caju-banana, Caju-manteiga, Acaju, Caju-comum, Cajueiro-comum, Cajuil, Cajuzeiro, Ocaju Famlia: Anacardiaceae Categoria: rvores, rvores Frutferas Clima: Equatorial, Semi-rido, Subtropical, Tropical Origem: Amrica do Sul, Brasil Altura: 3.6 a 4.7 metros, 4.7 a 6.0 metros, 6.0 a 9.0 metros, 9.0 a 12 metros, acima de 12 metros Luminosidade: Sol Pleno Ciclo de Vida: PereneO cajueiro uma rvore monica, frutfera, nativa das regies litorneas do nordeste brasileiro, onde forma extensos bosques de cajueiros. Atualmente, o cajueiro tambm se desenvolve no semi-rido, nos vales e ao longo dos rios, principalmente no norte e nordeste do Brasil, assim como em outros pases tropicais e subtropicais, com destaque para a ndia, Tanznia, Moambique e o Vietn, que esto entre os maiores produtores mundiais de castanha-de-caju. A rvore do cajueiro possui copa ampla e espalhada, com galhos muito ramificados e tortuosos. O tronco

apresenta ritidoma acinzentado e fissurado em placas. Dele extrado uma resina, semelhante goma arbica, e de vrias aplicaes industriais. As folhas so grandes, glabras, coriceas, obovadas, de venao bem marcada e cor verde a ocasionalmente rosada, de acordo com a poca do ano em que surgem. A inflorescncia do tipo pancula, com pequenas e delicadas flores rseas a verdes.

As flores so perfumadas e atraem abelhas, sendo excelentes para a produo de mel.

Fonte: Medicina Natural

4

Assinada a conveno coletiva de trabalho dos comercirios da Capital - 2018/2019

O Sindiflores assinou o Termo de Adeso Conveno Coletiva de Trabalho da Fecomercio Federao do Comrcio de Bens, Servios e Turismo do Estado de So Paulo junto com o Sindicato dos Comercirios da Capital, relativa ao perodo 2018 2019, com data base em 1 de setembro, aplicvel sua base, cujas clusulas principais destacamos:

- Reajuste Salarial Percentual de 4,4% (quatro virgula quatro por cento)- Jornada de trabalhoFlexibilizao e equalizao da jornada de trabalho, permitida sua distribuio durante

a semana, com adoo de jornadas especiais, como a parcial, reduzida e a 12x36, mediante celebrao de termo de aditamento.

- Semana espanholaAdoo do sistema de compensao de horrio denominado semana espanhola, que alterna jornada de 48 (quarenta e oito) horas em

uma semana e de 40 (quarenta) horas em outra. Tambm mediante termo de aditamento.- Regime de Trabalho IntermitenteAdoo do regime de trabalho intermitente atravs da celebrao de acordo coletivo entre a empresa interessada e o sindicato laboral,

sendo obrigatria e assistncia da respectiva entidade patronal.- Termo de Quitao Anual de Obrigaes TrabalhistasTermo de Quitao Anual de Obrigaes Trabalhistas e acordo extrajudicial entre empregado e empregador atravs da CINTEC.- Assistncia nas Rescises dos contratos de trabalhoSomente para empresas aderentes ao Regime Especial de Piso Salarial REPIS,- Caracterizao de Grupo EconmicoClusula dispondo que a caracterizao de grupo econmico, para efeitos de reconhecimento de vnculo empregatcio e de

responsabilida