Click here to load reader

Pablo Picasso : Ciência & caridade / Science & Charity ... · PDF file Pablo Picasso : Ciência & caridade / Science & Charity, 1897, Museo Picasso, Barcelona, Spain ... questões

  • View
    231

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Pablo Picasso : Ciência & caridade / Science & Charity ... · PDF file Pablo...

Pablo Picasso : Cincia & caridade / Science & Charity,

1897, Museo Picasso, Barcelona, Spain

Rio+20: avaliao e desdobramentos

Complexidade sociedade civil funes

Organizacional

Efetividade e eficincia

Focos a destacar Abordagens

Fragmentao e articulao

Cpula dos Povos

dentro e fora do processo intergovernamental

Rio+20: avaliao e desdobramentos

Participao da sociedade civil

Apresentao elaborada por Rubens Born. Reproduo somente mediante autorizao prvia. Direitos autorais reservados

Objetivo formal Adequado?

Oportuno?

Foi atingido?

Processo preparatrio (Prepcoms e interessionais) Frequncia e Dinmica adequada?

Transparncia

Oportunidades de acesso e participao?

Metodologia de negociaes

Rio+20: avaliao e desdobramentos

Apresentao elaborada por Rubens Born. Reproduo somente mediante autorizao prvia. Direitos autorais reservados

Rio+20: avaliao e desdobramentos

Documento O Futuro que queremos

Fonte: Vitae Civilis, www.vitaecivilis.org.br 10 julho 2012

http://www.vitaecivilis.org.br/

Documento: O Futuro que queremos

Governana

Assemblia Geral par.80 a 81

Reiterao do papel do Ecosoc par. 82 a 83

Frum poltico de alto nvel par. 84 a 86

Governana ambiental: Fortalecimento do PNUMA ou Agencia mundial - par. 87 a 90

Instituies financeiras internacionais par. 91 a 96

Financiamento do Desenvolvimento Sust. (ver tambm Meios de implementao)

Apresentao elaborada por Rubens Born. Reproduo somente mediante autorizao prvia. Direitos autorais reservados

Documento: O Futuro que queremos

Objetivos de desenvolvimento sustentvel

Estabelecer processo internacional aberto para sociedade civil: Par. 248

Grupo de trabalho (30 representantes) e relatrio at 68. AG ONU: Par. 248

Agenda ps 2015: par. 249

Apresentao elaborada por Rubens Born. Reproduo somente mediante autorizao prvia. Direitos autorais reservados

Documento: O Futuro que queremos

Financiamento do DS (par. 253 a 268)

Estabelecimento de processo internacional na AG para avaliar necessidades e propor Estratgia de Financiamento do DS: 255

Comit de especialistas para preparar relatrio at 2014 : par 256

ODA (0,7% PIB): par. 258 e 259

Incoerncia e riscos de retrocesso do financiamento: par 262 e 263

Combate corrupo e fluxos financeiros ilcitos: par. 266

Apresentao elaborada por Rubens Born. Reproduo somente mediante autorizao prvia. Direitos autorais reservados

9

Rio+20: avaliao e desdobramentos

Abordagens e critrios de avaliao Abordagens - Regime multilateral ? - Horizonte temporal: 2 ou 20 anos ? - Perspectivas diplomtica x poltica - Bases dimensionais das decises

Focos - Resultados x objetivos - Processo & resultados

Critrios - Manuteno ou requalificao dos processos multilaterais - Eficcia - Engajamento de novos atores

Documento: O Futuro que queremos

Objetivos de desenvolvimento sustentvel

Estabelecer processo internacional aberto para sociedade civil: Par. 248

Grupo de trabalho (30 representantes) e relatrio at 68. AG ONU: Par. 248

Agenda ps 2015: par. 249

Documento: O Futuro que queremos

Financiamento do DS (par. 253 a 268)

Estabelecimento de processo internacional na AG para avaliar necessidades e propor Estratgia de Financiamento do DS: 255

Comit de especialistas para preparar relatrio at 2014 : par 256

ODA (0,7% PIB): par. 258 e 259

Incoerncia e riscos de retrocesso do financiamento: par 262 e 263

Combate corrupo e fluxos financeiros ilcitos: par. 266

Definindo uma nova economia:

questes centrais para a

transio

Economia verde ou economia a servio do desenvolvimento sustentvel?

Adjetivos no faltam para a nova economia: verde, justa, inclusiva, responsvel...

Independente do nome, a discusso sobre como o sistema econmico deve funcionar tema central na Rio+20, e ps Rio+20

Como podemos estruturar e acelerar a transio para um modelo seguro e justo para a humanidade?

Perspectiva: um espao justo e seguro para a humanidade

A SAFE AND JUST SPACE FOR HUMANITY

Perspectiva: um espao justo e seguro para a humanidade

Temas centrais para a transio:

Sustentabilidade e convivncia digna nos diferentes biomas e territrios [FBOMS]

Empregos Verdes, trabalho decente, produo e consumo sustentvel [CUT e Sustainlabour]

Governana do desenvolvimento sustentvel, integridade ambiental e justia social [IDS]

Instituies financeiras e instrumentos financeiros [Ethos]

Ciclo de debates e conversas focados na transio para a economia verde no contexto do

desenvolvimento sustentvel e erradicao para a pobreza (Rio+20)

Construir consensos e desarmar dissensos entre atores e lideranas

Aproximar stakeholders de diferentes segmentos

Trabalhar o conjunto da sociedade civil a partir de uma nova governana

RIO+20

AVALIAO E DESDOBRAMENTOS

Dr. Rubens Harry Born

[email protected]

Vitae Civilis Instituto para o Desenvolvimento, Meio Ambiente e Paz

www.vitaecivilis.org.br

Julho de 2012

mailto:[email protected]://www.vitaecivilis.org.br/

Search related