Paredes Internas - gail.com.br ©cnico-de-Execuأ§أ£o-Paredes- e rejuntamento de suas paredes internas

  • View
    1

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Paredes Internas - gail.com.br ©cnico-de-Execuأ§أ£o-Paredes- e rejuntamento de suas paredes...

  • Manual de Execução

    Paredes Internas

    03

    Co n

    su lt

    o ri

    a Té

    cn ic

    a 55

    ( 11

    ) 24

    23 -2

    6 0

    0 sa

    c@ g

    ai l.c

    o m

    .b r

  • 2

    ProjetoIntrodução

    • Normas

    • Equipe de Execução

    • Principais Ferramentas Utilizadas

    • EPI’s

    • Materiais

    • Armazenamento

    • Etapas da Obra

    04 08 • Normas de Desempenho

    • Juntas

    - A - Juntas de Assentamento

    - B - Juntas de Movimentação

    - C - Juntas de Dessolidarização

    - D - Juntas de Dilatação ou Estrutural

    • Especificação de Materiais

    Manual prático de orientação para a aplicação dos produtos Gail em paredes internas.

  • Sumário

    D es

    afi e

    su as

    id ei

    as |

    ga il.

    co m

    .b r

    3

    PatologiaExecução

    • Preparando para o Assentamento

    • Limpeza Prévia

    • Condições para Iniciar o Assentamento

    • Assentamento

    • Assentamento das Linhas Stones e Wood

    • Preparo do Revestimento para o Rejuntamento

    • Descolamento

    • Eflorescência ou Transpiração

    • Trincas de Placas

    • Falhas no Rejunte

    • Manchas de Umidade

    13 26 • Rejuntamento e Limpeza

    - Rejunte Cimentício

    - Rejunte Acrílico e Epóxi

    - Argamassa e Rejunte Vitra

    • Limpeza de Manutenção

    - Limpeza Diária

    - Limpeza Especial

    • Reformas de Paredes Internas

  • 4

    Introdução

    Este Manual foi desenvolvido para facilitar o processo de assentamento e rejuntamento de suas paredes internas. É importante lembrar, no entanto, que as informações presentes neste guia referem-se apenas e unicamente à aplicação dos produtos Gail. Todos os procedimentos e cuidados estão de acordo com conhecimentos técnicos atuais e partem da premissa de que você, Cliente, seguiu criteriosamente as normas para o bom desempenho de todas as etapas construtivas anteriores. É fundamental a contratação de profissionais capacitados para a definição de projeto, execução e utilização de materiais, com análise de cada situação e das condições de uso e exposição, além do total cumprimento da normatização pertinente em vigor, ainda que não mencionada neste manual.

    Desta forma, a decisão final e a responsabilidade pelo empreendimento e a correta instalação dos produtos Gail continua sendo única e exclusivamente do Cliente e do Profissional responsável pela obra.

    Em função das inúmeras possibilidades de falhas e erros de execução, da falta de um projeto executivo ou uso de material inadequado e o não cumprimento das normas técnicas em vigor, exclui-se a Gail de qualquer responsabilidade sobre danos ou prejuízos que possam resultar destes fatos.

    Conheça nossos outros Manuais de Execução:

    • Manual de Execução Fachadas

    • Manual de Execução Pisos

    • Manual de Execução Piscinas

    • Manual de Execução Industrial

    A Gail presta serviço de Atendimento ao Cliente e Assistência Técnica, através dos quais esclarece dúvidas e dá informações técnicas adicionais para a obra, incluindo as relativas ao assentamento e rejuntamento, com indicação dos melhores produtos para cada caso e como utilizá-los; treinamento de mão de obra; consultoria de especificação e projeto de paginação, limpeza e manutenção do revestimento cerâmico.

    Para mais informações entre em contato com a Consultoria Técnica Gail:

    Tel 55 (11) 2423-2600 sac@gail.com.br

  • É fundamental trabalhar com uma equipe de instalação habilitada para assentamento e rejuntamento cerâmico, com a qualificação e as competências exigíveis pela NBR 15825:2010.

    É preciso que haja também um engenheiro civil ou responsável técnico, ciente de suas responsabilidades e conhecedor das normas técnicas vigentes, às quais deve sempre respeitar.

    D es

    afi e

    su as

    id ei

    as |

    ga il.

    co m

    .b r

    5

    NBR 6118:1980 – Projeto e execução de obras de concreto armado – Procedimento;

    NBR 7200:1998 – Execução de revestimento de paredes e tetos de argamassas inorgânicas – Procedimento;

    NBR 8214:1983 – Assentamento de azulejos – Procedimento;

    NBR 13754:1996 – Revestimentos de paredes internas com placas cerâmicas e com utilização de argamassa colante – Procedimento;

    NBR 14081:2004 – Argamassa colante industrializada para assentamento de placas de cerâmica – Especificação;

    NBR 14992:2004 – Argamassa à base de cimento Portland para rejuntamento de placas cerâmicas – Requisitos e métodos de ensaios;

    NBR 15575-1:2013 – Edifícios Habitacionais – Desempenho: Parte 1: Requisitos gerais;

    NBR 15575-4:2013 – Edificações habitacionais – Desempenho: Parte 4: Requisitos para os sistemas de vedações verticais internas e externas – SVVIE;

    NBR 15825:2010 – Qualificação de pessoas para a construção civil – Perfil profissional do assentador e do rejuntador de placas cerâmicas e porcelanato para revestimentos.

    NORMAS EQUIPE DE EXECUÇÃO

  • Introdução

    6

    FERRAMENTAS A SEREM UTILIZADAS

    O assentador deve se certificar de que possui todas as ferramentas e equipamentos necessários para a instalação antes de começar a colocar a cerâmica, o que vai poupar tempo e trabalho durante a execução dos serviços. A seguir relacionamos alguns dos equipamentos e ferramentas básicas.

    Ganhe tempo! Você precisa ter em mãos todas as ferramentas necessárias. Cuide de sua segurança pessoal, isto é fundamental.

    • Argamassadeira;

    • Balde plástico;

    • Bloco de espuma para limpeza;

    • Colher de pedreiro e espátula;

    • Copo dosador;

    • Cortador de vídia manual e serra elétrica portátil com disco de corte diamantado;

    • Desempenadeiras de aço dentada, de madeira e emborrachada/fugalizador;

    • Espátula de silicone;

    • Esquadro de alumínio;

    • Furadeira elétrica com misturador, serra copo ou broca tubular;

    • Lápis de carpinteiro;

    • Linha de nylon;

    • Martelos de borracha e aço;

    • Materiais deformáveis (isopor, corda betumada, borracha alveolar, cortiça, espuma de poliuretano etc.);

    • Nível de bolha e mangueira de nível;

    • Prego de aço;

    • Prumo;

    • Recipiente para mistura;

    • Régua de perfil alumínio tubular com aproximadamente 2m;

    • Trena e/ou metro;

    • Vassoura e rodo.

    Desempenadeira de aço dentada

    Materiais deformáveis (isopor, corda betumada, borracha alveolar, cortiça, espuma de poliuretano etc.)

    Prumo Recipiente de mistura

    Prego de aço

    Nível de bolhaMartelos de borracha e aço

    Mangueira de nível

    Linha de nylon

    Serra copo ou broca tubular

    Lápis de carpinteiro

    Rodo VassouraRégua de alumínio Trena

    Esquadro de alumínio

    Desempenadeira de madeira

    Espátula de silicone

    Balde plásticoArgamassadeira Bloco de espuma para limpeza

    Cortador de vídia manual

    Copo dosadorColher de pedreiro

    Serra elétrica portátil com disco diamantado

    Desempenadeira emborrachada

    Furadeira elétrica com misturador

  • D es

    afi e

    su as

    id ei

    as |

    ga il.

    co m

    .b r

    7

    EPI’s O cliente e seu assentador devem cuidar da segurança de si próprios, do ambiente e de terceiros. Para isso eles devem usar todos os equipamentos de proteção indicados nas normas vigentes, tais como capacete, óculos de segurança, luvas de borracha e quantos mais forem exigidos e necessários.

    Materiais Para a instalação dos revestimentos cerâmicos são necessários os seguintes materiais:

    • Água limpa;

    • Argamassa colante – Confira na embalagem as indicações de uso, prazo de validade, condições de armazenamento, instruções e cuidados necessários para a aplicação e manuseio, bem como quantidade de água de amassamento e tempo de maturação ou repouso;

    • Argamassa de rejuntamento – Como existem vários tipos, escolha sempre a argamassa de rejuntamento adequada às necessidades da obra;

    • Revestimento cerâmico – O produto escolhido deve atender às necessidades da obra, por isso verifique na embalagem a tonalidade, o tamanho, quantidade, a classe de resistência à abrasão e o grupo de absorção.

    Armazenamento Argamassas e Rejuntes: Conferir na embalagem as condições de armazenagem, tempo de validade e cuidados.

    As sacarias devem ser empilhadas sobre estrados secos e protegidas de umidade, sol e chuva.

    Cerâmicas: Devem ser empilhadas em paletes ou estrados (conferir na embalagem o empilhamento máximo). Armazenar as caixas protegidas de umidade, sol e chuva.

    EPI’S MATERIAIS ARMAZENAMENTO

  • Introdução

    8

    ETAPAS DA OBRA

    Existem duas grandes etapas na realização de uma obra: a de Projeto (consiste no planejamento e detalhamento) e a de Execução