Patologias Emocionais

  • View
    54

  • Download
    2

Embed Size (px)

Text of Patologias Emocionais

PATOLOGIAS EMOCIONAIS/COMPORTAMENTAIS

PERTURBAES INVASIVAS DO DESENVOLVIMENTOPERTURBAES DO ESPECTRO AUTISTA

Perturbaes Emocionais e Comportamentais na Criana ELI Montemor-o-Velho/Soure

PERTURBAES INVASIVAS DO DESENVOLVIMENTO

PERTURBAES DO ESPECTRO AUTISTA Manifestam-se nas reas

interao social, comunicao e interesses, associadas a dificuldadesno aproveitamento da imaginao, em aceitar alteraes de rotinas e exibio de comportamentos estereotipados e restritos. Estas perturbaes implicam um dfice na flexibilidade de pensamento e uma especificidade no modo de aprender, comprometendo, particularmente, o

contacto e a comunicao do indivduo com o meio.

Perturbaes Emocionais e Comportamentais na Criana ELI Montemor-o-Velho/Soure

PERTURBAES INVASIVAS DO DESENVOLVIMENTO

PERTURBAO AUTISTA O autismo uma alterao invasiva do desenvolvimento e compreende uma trade comportamental: dfices qualitativos na interao social, na comunicao e repertrio restrito de comportamentos, atividades e interesses. Sinais de Alerta/Caractersticas:

Observam-se distrbios a nvel da ateno, apego e outras particularidades da interao social. Os habituais jogos de imitao que decorrem durante a infncia no so aliciantes para estas crianas. Estas podem ainda despender uma grande quantidade de tempo a explorar o ambiente inanimado. As habilidades ldicas, alm da explorao sensorial dos brinquedos, podem estar completamente ausentes.

Perturbaes Emocionais e Comportamentais na Criana ELI Montemor-o-Velho/Soure

PERTURBAES INVASIVAS DO DESENVOLVIMENTO

PERTURBAO AUTISTA Podemos encontrar trs maneiras distintas, por parte destas crianas, para lidar com as dificuldades na interao: -a criana fecha-se e fica alheada do que a rodeia; -a criana responde a uma interao social, embora se possa revelar incapaz de inici-la; - a criana ativa, mas imprevisvel, que procura relacionar-se, contudo, flo de uma forma desajeitada dado a sua inexperincia em termos de relacionamento social.

Perturbaes Emocionais e Comportamentais na Criana ELI Montemor-o-Velho/Soure

PERTURBAES INVASIVAS DO DESENVOLVIMENTO PERTURBAO AUTISTA Os dfices no brincar podem incluir falha no desenvolvimento de padres usuais de desempenho de papis, ou no jogo simblico. A criana autista pode explorar aspetos no funcionais dos brinquedos ou usar determinadas partes do mesmo para a autoestimulao. Atrasos na aquisio da linguagem so as reclamaes mais frequentemente efetuadas pelos pais, no entanto, a problemtica do autismo reporta-se mais comunicao do que propriamente linguagem em si. Quando as crianas com autismo comeam a falar, a sua linguagem notria de vrias formas. Podem repetir o que lhes dito (ecollia imediata) ou o que ouvido, por exemplo, atravs da televiso (ecollia tardia). Pode haver omisso de pronomes no seu discurso, podendo referir-se a si mesmo como tu, ele ou ela, ou pelo seu nome, imitando o modo como ouvem os outros trat-las.Perturbaes Emocionais e Comportamentais na Criana ELI Montemor-o-Velho/Soure

PERTURBAES INVASIVAS DO DESENVOLVIMENTO PERTURBAO AUTISTA Estas crianas fazem uma compreenso literal do discurso, por isso o humor e o sarcasmo podem ser uma fonte de confuso, na medida em que estas podem no conseguir apreciar a intencionalidade da comunicao do falante, resultando numa interpretao literal do discurso. Em geral, a entoao da voz apagada ou montona e os demais aspetos comunicativos da voz, nfase, altura, volume e ritmo ou expresses, so idiossincrticos e pobremente modulados. As crianas autistas no conseguem compensar eficazmente a linguagem falada atravs de outros modos de comunicao, ou seja, os gestos que auxiliam o discurso so limitados e nunca recorrem a simbolismos, e a sua comunicao imprevisvel, difcil e utiliza expresses nicas.

Perturbaes Emocionais e Comportamentais na Criana ELI Montemor-o-Velho/Soure

PERTURBAES INVASIVAS DO DESENVOLVIMENTO

PERTURBAO AUTISTA

Para alm das dificuldades nos aspetos lingusticos da gramtica e da semntica, o tratamento da informao est alterado, o que faz com que a compreenso e o significado das coisas seja diferente, ou seja, h uma incapacidade notria dos mecanismos de execuo.Assim sendo, o seguir instrues, e, consequentemente, a aprendizagem (incluindo a sequenciao), (principalmente se forem dadas fora do contexto familiar e/ou no acompanhadas de indicadores visuais, como os gestos) esto dificultados. Estas crianas aprendem mais facilmente decorando, sendo-lhes muito difcil generalizar o que aprenderam.

Perturbaes Emocionais e Comportamentais na Criana ELI Montemor-o-Velho/Soure

PERTURBAES INVASIVAS DO DESENVOLVIMENTO PERTURBAO AUTISTA As crianas que padecem de um autismo clssico possuem um repertrio restrito de comportamentos, atividades e interesses. Esta caracterstica reflete-se na apresentao de comportamentos estereotipados repetitivos (andar nas pontas dos ps, estalar os dedos, balanar o corpo e outros maneirismos) e, em algumas crianas, numa reao exagerada face a qualquer alterao da rotina. Uma tentativa de alterar a sequncia de algumas atividades pode deparar-se com um terrvel sofrimento por parte destas crianas. A criana com autismo pode desenvolver ainda um interesse exagerado e obsessivo por uma atividade repetitiva.

Perturbaes Emocionais e Comportamentais na Criana ELI Montemor-o-Velho/Soure

PERTURBAES INVASIVAS DO DESENVOLVIMENTO PERTURBAO DE ASPERGER

Perturbaes Emocionais e Comportamentais na Criana ELI Montemor-o-Velho/Soure

PERTURBAES INVASIVAS DO DESENVOLVIMENTO PERTURBAO DE ASPERGER As Crianas com Sndrome de Asperger so usualmente caracterizadas por um dfice de empatia. O contacto ocular encontra-se afetado e caracterizado por ser evitante, fugaz, escasso, pouco intenso ou apresentar uma fixao excessiva no interlocutor. traduzido, pelos familiares, por no olha para os outros ou desvia o olhar. Os gestos bizarros, peculiares ou estranhos so evidentes em crianas que tm esta sndrome. Estas crianas apresentam frequentemente tiques ou mmicas faciais agrestes, uma expresso facial pobre e, por vezes, aproximam-se demasiado do interlocutor. Por vezes estas crianas andam aos encontres s pessoas e aos mveis.

Perturbaes Emocionais e Comportamentais na Criana ELI Montemor-o-Velho/Soure

PERTURBAES INVASIVAS DO DESENVOLVIMENTO PERTURBAO DE ASPERGER -inabilidade destas crianas no relacionamento com os pares -estas crianas isolam-se com muita frequncia -estas crianas no tm um amigo especial -estas crianas sofrem muitas vezes discriminao por parte dos pares -tm uma enorme dificuldade em interiorizar regras sociais, -o contacto fsico outra questo problemtica para estas crianas

-antes dos cinco anos evidente um fascnio incontrolvel por folhear livrose revistas, um determinado vdeo, anncios de televiso e um interesse intenso numa histria particular e atividades repetitivas, como abrir e fechar portas de forma ritmada -as rotinas e rituais rgidos so caractersticos destas crianas -as estereotipias motoras so manifestaes muito comunsPerturbaes Emocionais e Comportamentais na Criana ELI Montemor-o-Velho/Soure

PERTURBAES INVASIVAS DO DESENVOLVIMENTO PERTURBAO DE RETT

Perturbaes Emocionais e Comportamentais na Criana ELI Montemor-o-Velho/Soure

PERTURBAES INVASIVAS DO DESENVOLVIMENTO PERTURBAO DE RETT Nos primeiros meses de vida verifica-se um desenvolvimento normal, no entanto, por volta dos 6-18 meses de idade, comeam a aparecer os primeiros sinais clnicos associados perda de aquisies motoras e cognitivas adquiridas anteriormente. O quadro clnico que est mais presente nas crianas com Sndrome de Rett est relacionado com a desacelerao do crescimento craniano, perda da fala e das competncias motoras adquiridas, particularmente, do movimento ativo da mo, desenvolvendo movimentos estereotipados das mesmas e atraso mental. As crianas podem, ainda, desenvolver irregularidades respiratrias, ataxia e convulses.

Perturbaes Emocionais e Comportamentais na Criana ELI Montemor-o-Velho/Soure

PERTURBAES INVASIVAS DO DESENVOLVIMENTO PERTURBAO DE RETT O padro de regresso desta Sndrome tem o seu incio antes dos quatro anos de idade, habitualmente durante o 1 ou 2 ano de vida e a perda de aptides persistente e progressiva. A fala est sempre muito comprometida e, muitas vezes, totalmente ausente. Algumas crianas chegam a falar, contudo medida que a deteriorao avana esta capacidade vai sendo gradualmente perdida. Uma nfima minoria destas crianas aprende alguns vocbulos isolados.

Perturbaes Emocionais e Comportamentais na Criana ELI Montemor-o-Velho/Soure

PERTURBAO DESINTEGRATIVA DE SEGUNDA INFNCIA

Perturbaes Emocionais e Comportamentais na Criana ELI Montemor-o-Velho/Soure

PERTURBAO DESINTEGRATIVA DE SEGUNDA INFNCIA

PERTURBAO DESINTEGRATIVA DE SEGUNDA INFNCIA Perturbao Desintegrativa da Segunda Infncia, uma condio muito rara que atinge, sobretudo, o sexo masculino, geralmente associada a causa orgnica. Corresponde a uma evidente e bem comprovada regresso em diversas reas do funcionamento psicomotor, antecedida por um perodo, nunca inferior a dois anos, do desenvolvimento aparentemente convencional. Depois dos primeiros dois anos de vida (sempre antes dos dez anos), so verificadas perdas significativas de competncias psicomotoras adquiridas.

Perturbaes Emocionais e Comportamentais na Criana ELI Montemor-o-Velho/Soure

PERTURBAO DESINTEGRATIVA DE SEGUNDA INFNCIA

PERTURBAO DESINTEGRATIVA DE SEGUNDA INFNCIA A regresso deve ser notada em pelo menos duas das seguintes reas: - Linguagem expressiva ou compreensiva - Comportamento social ou adaptativo - Controlo do intestino ou bexiga - Capacidade de brincar - Capacidades motoras

Estabelecida a regresso, estas crianas apresentam alteraes comportamentais muito semelhantes