PDDE – Programa Dinheiro Direto na DO ESTADO DE SO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAO COORDENADORIA DE ORAMENTO E FINANAS PDDE

  • View
    215

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of PDDE – Programa Dinheiro Direto na DO ESTADO DE SO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAO...

  • GOVERNO DO ESTADO DE SO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAO

    COORDENADORIA DE ORAMENTO E FINANAS

    PDDE Programa Dinheiro Direto na Escola

    Atleta na Escola: Destina recursos financeiros de custeio para formao esportiva de jovens de 12 a 17 anos, cujo objetivo desenvolver aes voltadas para a melhoria da qualidade do ensino nas escolas da educao bsica e promover por meios das prticas esportivas, fsicas e de lazer a promoo da sade e dos valores olmpicos e paraolmpicos. Resoluo/CD/FNDE n 11, de 7 de maio de 2013

    AQUISIES PERMITIDAS

    1 - Apito, bate-bate, cornetas 16 - Cartucho de tinta para impressora

    2 - Trena (no mnimo 10m) 17 - Fita zebrada

    3 - Cones 18 - Papel

    4 - Cal virgem 19 - Colete

    5 - Gesso / Giz 20 - Numerao para atletismo e voleibol

    6 - Areia / Serragem 21 - Transportes

    7 - Bandeirolas (branca e vermelha) 22 - Pagamento de servio de arbitragem

    8 - Rastelo (rodo) 23 - Bolas de voleibol

    9 - Medalhas 24 - Bases mveis (Voleibol)

    10 - Cordo ou fita para medalhas 25 - Postes (voleibol)

    11 - gua 26 - Redes oficiais (voleibol)

    12 - Gelo 27 - Antenas (voleibol)

    13 - KIT de Primeiros Socorros 28 - Faixas laterais (voleibol)

    14 - Impresso de diploma de participao 29 - Fitas adesivas para marcao de reas esportivas

    15 - Impresso de Modelo de smula 30 - Outros materiais de custeio necessrios para a realizao da competio

    Fonte: Programa Atleta na Escola 2014 - Itens Financiveis em Custeio, disponvel em: http://atletanausteiescola.mec.gov.br/anexos/ItensFinanciaveisCo2014.pdf.

    PDDE Qualidade

    Conta Bancria

    Atleta na Escola

    Somente Custeio

    Ensino Mdio Inovador

    Custeio 70% e Capital 30%

    Escola Sustentvel

    Custeio 80% e Capital 20%

    Mais Cultura

    Custeio 80 % e Capital 20%

    http://atletanaescola.mec.gov.br/anexos/ItensFinanciaveisCusteio2014.pdf

  • GOVERNO DO ESTADO DE SO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAO

    COORDENADORIA DE ORAMENTO E FINANAS

    ProEMI: Destina recursos financeiros na proporo de 70% custeio e 30% capital, para apoiar e fortalecer o desenvolvimento de propostas curriculares inovadoras nas escolas de ensino mdio, ampliando o tempo dos estudantes na escola e buscando garantir a formao integral com a insero de atividades que tornem o currculo mais dinmico, atendendo tambm as expectativas dos estudantes do Ensino Mdio e s demandas da sociedade contempornea. Resoluo/CD/FNDE n 31, de 22 de julho de 2013

    AQUISIES E SERVIOS PERMITIDOS

    1 - Material de consumo necessrio ao desenvolvimento de atividades didtico pedaggicas

    2 - Locao de espaos fsicos para utilizao espordica servios e/ou contratao de servios de infraestrutura, transporte, alimentao, hospedagem e demais despesas relacionadas realizao de eventos

    3 - Locao de equipamentos e/ou contratao de servios de sonorizao, mdia, fotografia, informtica e outros relacionados utilizao espordica de equipamentos especficos

    4 - Contratao de servios de consultoria de Instituies de Ensino Superior para prestao de apoio tcnico e gerencial necessrio ao fortalecimento da gesto escolar e ao aperfeioamento profissional dos professores

    5 - Aquisio de materiais didticos pedaggicos para o desenvolvimento das atividades de ensino e aperfeioamento profissional dos gestores e professores

    6 - Aquisio de equipamentos e mobilirios para o fortalecimento e apoio das atividades docentes e melhoria do ensino, como os destinados a laboratrios de cincias, informtica, sistema de rdio escola, cinema, mdia e outros relacionados dinamizao dos ambientes escolares

    7 - Aquisio de materiais e bens e/ou contrao de servios relacionados s tecnologias disponveis no Guia de Tecnologias atualizado

    8 - Aquisio de materiais e bens e/ou contratao de servios necessrios adequao dos ambientes escolares relacionados s prticas pedaggicas indicadas nos respectivos projetos

    ATENO: so considerados despesas de Capital os relativos a equipamentos e mobilirios. Aquisio de material, servios e locaes so considerados despesas de Custeio, observando as categorias e especificaes contidas na Portaria do STN/MF n 448, de 13 de setembro de 2002.

    Fonte: Documento Orientador ProEMI 2014, disponvel em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=15482-documento-orientador-proemi-2014-pdf&category_slug=abril-2014-pdf&Itemid=30192.

    Escola Sustentvel: Destina recursos financeiros na proporo de 80% custeio e 20% capital, a escolas pblicas da educao bsica a fim de favorecer a melhoria da qualidade de ensino e a promoo da sustentabilidade socioambiental nas unidades escolares, considerando a gesto, o currculo e o espao fsico. Resoluo/CD/FNDE n 11, de 7 de maio de 2013; Resoluo/CD/FNDE n 18 de 21 de Maio de 2013// Resoluo/CD/FNDE n 18, de 03 de Setembro de 2014

    AQUISIES E SERVIOS PERMITIDOS (CRITRIOS AMBIENTAIS)

    CATEGORIAS

    1 - Contratao de servios de terceiros

    2 - Aquisio de materiais diversos para adequaes ou manuteno no espao fsico da escola

    3 - Aquisio de equipamentos e ou material permanente

    4 - Produo e ou aquisio de materiais didtico-pedaggicos

    Fonte: Guia de Orientaes Operacionais, disponvel em: http://www.seduc.mt.gov.br/educadores/Documents/FNDE/ESCOLAS%20SUSTENT%C3%81VEIS/Guia_PDDE_2014_Sustentavel.pdf.

    Mais Cultura: Destina recursos financeiros na proporo de 80% custeio e 20% capital, com a finalidade de fomentar aes que promovam o encontro entre o projeto pedaggico de escolas

    http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=15482-documento-orientador-proemi-2014-pdf&category_slug=abril-2014-pdf&Itemid=30192http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=15482-documento-orientador-proemi-2014-pdf&category_slug=abril-2014-pdf&Itemid=30192http://www.seduc.mt.gov.br/educadores/Documents/FNDE/ESCOLAS%20SUSTENT%C3%81VEIS/Guia_PDDE_2014_Sustentavel.pdfhttp://www.seduc.mt.gov.br/educadores/Documents/FNDE/ESCOLAS%20SUSTENT%C3%81VEIS/Guia_PDDE_2014_Sustentavel.pdf

  • GOVERNO DO ESTADO DE SO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAO

    COORDENADORIA DE ORAMENTO E FINANAS

    pblicas contempladas com os Programas Mais Educao e Ensino Mdio Inovador e experincias culturais em curso nas comunidades locais e nos mltiplos territrios. Os parceiros Culturais s podem ser pessoas jurdicas ou MEI (Microempreendedor Individual) RESOLUO N 10, DE 18 de Abril de 2013//RESOLUO N 4, DE 31 DE MARO DE 2014

    AQUISIES E SERVIOS PERMITIDOS

    DESCRIO CUSTEIO CAPITAL

    I - aquisio de materiais de consumo

    Podem ser comprados materiais de consumo relacionados especificidade de cada projeto, como, por exemplo: tintas, tecidos, pincis, sprays, partituras, cordas de instrumentos, entre outros.

    II - contratao de servios culturais necessrios s atividades artsticas e pedaggicas

    Esta ao deve destinar recursos para a contratao da Iniciativa Cultural Parceira, por seus servios pedaggicos e artsticos prestados na escola, de acordo com a sua dedicao ao desenvolvimento do projeto.

    III - contratao de servios diversos relacionados s atividades culturais

    Devem suprir os gastos com servios, como, por exemplo: servios de costureira, para confeco de figurinos; servios especializados em realizao de estudo do meio; servios de grfica e impresso para elaborao de material, entre outros.

    IV - locao de instrumentos, transporte e equipamentos

    Devem suprir os gastos com outros tipos de servios, como, por exemplo: aluguel de equipamentos e instrumentos, aluguel de nibus para transporte dos estudantes.

    V - aquisio de materiais permanentes

    Este recurso destina-se aquisio de mobilirio, instrumentos musicais e equipamentos eletrnicos etc., todos de carter permanente.

    Fonte: Programa Mais Cultura nas Escolas - Manual de Desenvolvimento das Atividades, disponvel em: http://www.cultura.gov.br/documents/10883/1171222/manualdesenvolvimento_maisculturanasescolas_periodo+eleitoral_19-08.pdf/ecf78e5c-f9bd-4528-a427-a1c906d12c56.

    PDDE Estrutura

    Conta Bancria

    Escola do Campo

    Custeio 70% e Capital 30%

    Escola Acessvel

    Custeio 80% e Capital 20%

    PDE Escola

    Custeio 70% e Capital 30%

    http://www.cultura.gov.br/documents/10883/1171222/manualdesenvolvimento_maisculturanasescolas_periodo+eleitoral_19-08.pdf/ecf78e5c-f9bd-4528-a427-a1c906d12c56http://www.cultura.gov.br/documents/10883/1171222/manualdesenvolvimento_maisculturanasescolas_periodo+eleitoral_19-08.pdf/ecf78e5c-f9bd-4528-a427-a1c906d12c56

  • GOVERNO DO ESTADO DE SO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAO

    COORDENADORIA DE ORAMENTO E FINANAS

    Escola do Campo: Destina recursos financeiros na proporo de 70% custeio e 30% capital, para

    contribuir para o desenvolvimento inclusivo dos sistemas de ensino, voltado valorizao das

    diferenas e da diversidade, promoo da educao inclusiva, dos direitos humanos e da

    sustentabilidade socioambiental, visando efetivao de polticas pblicas transversais e Inter

    setoriais.

    RESOLUO CD/FNDE n 32 de 02 de agosto de 2013 aquisies permitidas

    AQUISIES E SERVIOS PERMITIDOS

    CUSTEIO CAPITAL

    1. Obras de reparo nas paredes internas e externas (reboco, pintura, colocao de rodaps, correo de rachaduras e infiltraes, colocao de azulejos nas partes frias banheiro e cozinha etc.).

    1. Aquisio de equipamentos para cozinha (fogo a gs, botijo, geladeira, prateleiras etc.).

    2. Instalao rede hidrulica. 2. Aquisio de mobilirio escolar (carteiras e mesas para estudantes, em conformidade com a idade e em observncia s normas ergonmicas, mesa e cadeira p