Perfeição Moral

  • View
    27

  • Download
    2

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Perfeio Moral. Departamento de Doutrina Encontro 52/52 26 de Dezembro de 2011. Perfeio Moral. - PowerPoint PPT Presentation

Transcript

Perfeio Moral

Perfeio MoralDepartamento de Doutrina

Encontro 52/5226 de Dezembro de 2011

Perfeio Moral

George Bernard ShawEscritor irlands, vencedor do prmio Nobel de literatura em 1925"O nico homem que eu conheo que se comporta sensatamente o meu alfaiate; ele toma minhas medidas novamente a cada vez que ele me v. O resto continua com suas velhas medidas e espera que eu me encaixe nelas."Nascimento26 de julhode1856LocalDublinFalecimento2 de novembrode1950(94anos)LocalAyot Saint LawrencePerfeio MoralCantor e compositor brasileiroPrefiro ser esta metamorfose ambulante. Do que ter aquela velha opinio formada sobre tudo."Nascimento28 de julhode1945LocalSalvadorFalecimento21 de agosto de 1989 (44anos)LocalSo Paulo

Raul Santos SeixasGuerraHistria da guerraA Arte da GuerraEstratgiaPerfeio MoralVirtudes e VciosPaixesEgosmoCaractersticas do homem de bemConhecimento de si mesmoPerfeio MoralGuerra do PeloponesoPerfeio MoralA HISTRIADA GUERRA

Guerra do PeloponesoPerfeio MoralA HISTRIADA GUERRA

Sculo5 a.C.DataDe 431 a 404 a.C. (27 anos)OponentesAtenas(centropolticoe civilizacional) eEsparta(cidadede tradiomilitar)HistricoDe acordo com Tucdides, a razo fundamental daguerrafoi o crescimento do poder ateniense e o temor que o mesmo despertava entre os espartanos. A cidade deCorintofoi especialmente atuante, pressionando Esparta a fim de que esta declarasse guerra contra Atenas.ObjetivoPoder / ControleGuerra PnicasPerfeio MoralA HISTRIADA GUERRA

Guerra PnicasPerfeio MoralA HISTRIADA GUERRASculo3 a.C.DataDe 264 a 146 a.C. (118 anos)OponentesRepblica Romanae Repblica deCartago (uma antiga cidade, originariamente uma colnia fencia no norte dafrica).HistricoConsistiram numa srie de trs conflitos que opuseram aRepblica Romanae a Repblica deCartago,cidade-estadofencia na poca. Depois de quase um sculo de lutas, ao fim das Guerras Pnicas, Cartago foi totalmente destruda e Roma passou a dominar omar Mediterrneo.ObjetivoPoder / Controle

Cruzadas na Idade MdiaPerfeio MoralA HISTRIADA GUERRA

9Cruzadas na Idade MdiaPerfeio MoralA HISTRIADA GUERRASculo11 a 13DataDe 900 a 1400 dC. (500 anos)OponentesOcidente a Europeu (Sobretudo ROMA) e os Turquia de Saladin.HistricoChama-secruzadaa qualquer um dosmovimentos militaresde inspiraocristque partiram daEuropa Ocidentalem direo Terra Santa(Palestina) e cidade deJerusalm com o intuito de conquist-las, ocup-las e mant-las sob domnio cristo. ObjetivoPoder / Controle e o domnio cristo.

SaladinoTemplriosGngis Khan e as conquistas MongisPerfeio MoralA HISTRIADA GUERRA

11Perfeio MoralA HISTRIADA GUERRASculoTodo sculo 13Data1187 a 1304 (117 anos)OponentesMonglia, China, Corsmia, Ir, etc.HistricoOExrcito Mongolfoi durante muitosanoso mais poderoso do mundo, comarcosde longo alcance eatiradoresmontados, muito habilidosos em combatescampais. Era formado por pastores nmades que viviam nas selas dos seuspneis. Desde cedo estes pastores aprendiam a montar e a usar oarco, em especial oarco composto. Este arco era maior, mais leve, mais fcil de usar e com mais alcance que o arco normal.ObjetivoPoder / Controle, territrio e comercio.

Gngis Khan e as conquistas Mongis

DA GUERRAPerfeio MoralA HISTRIA30 anosSculo 17 entre Alemanha, Sucia, Frana e Austrlia

NapolenicasSculo 18 e 19Frana e o restante da Europa

SecessoSculo 19Norte e Sul

1 GuerraSculo 20Frana, Russia, EUA, Alemanha, Italia

2 GuerraSculo 20Todas as potenciasDA GUERRAPerfeio MoralA ARTE

DA GUERRAPerfeio MoralA ARTE

SUN TZUDA GUERRAPerfeio MoralA ARTE

AS SEIS LIES BSICAS DE SUN TZUSUN TZUDA GUERRAPerfeio MoralA ARTE

SUN TZUDesenvolva Planos

O general que vence uma batalha o que gasta muitas horas no templo, em reflexes, antes de a batalha ser encetada.Tenha moral

Um soberano deve ter a confiana de seu povo para conseguir lev-lo guerra e arriscar suas vidas.DA GUERRAPerfeio MoralA ARTE

SUN TZUO fator clima

Compreenso e bom uso das estaes do ano.Terreno

As condies fsicas da geografia local e o clculo das distncias.DA GUERRAPerfeio MoralA ARTE

SUN TZUComando

As cinco qualidades bsicas de um general: Coragem, o rigor, a sabedoria, a sinceridade e a humanidade.Doutrina

Tudo que concerne manuteno e administrao das tropas.ESTRATGIAPerfeio Moral

O QUE ESTRATGIA?Perfeio Moral

Forma de pensar no futuro, integrada no processo decisrio, com base em um procedimento formalizado e articulador de resultados.MintzbergPerfeio Moral

Estratgia a determinao dos objetivos bsicos de longo prazo de uma empresa e a adopo das aes adequadas e afetao de recursos para atingir esses objetivos.Chandle (1962)O QUE ESTRATGIA?Perfeio Moral

Se voc conhece o inimigo e conhece a si mesmo, no precisa temer o resultado de cem batalhas. Se voc se conhece, mas no conhece o inimigo, para cada vitria ganha sofrer tambm uma derrota. Se voc no conhece nem o inimigo nem a si mesmo, perder todas as batalhas.Sun TzuPerfeio MoralO que nos leva a guerra?Perfeio MoralTodos os homens buscam a felicidade. E no h exceo. Independentemente dos diversos meios que empregam, o fim o mesmo. O que leva um homem a lanar-se guerra e outros a evit-la o mesmo desejo, embora revestido de vises diferentes. O desejo s d o ltimo passo com este fim. isto que motiva as aes de todos os homens, mesmo dos que tiram a prpria vida.

Blaise Pascal Fsico, matemtico, filsofo moralista e telogoNascimento19 de junhode1623LocalClermont-FerrandFalecimento19 de agosto de 1662(39anos)LocalParis25E VIRTUDESPerfeio MoralVICIOSQual o pior vicio?GulaA Soberba ou VaidadePreguiaInvejaIraLuxriaAvarezaBebidaFumoE VIRTUDESPerfeio MoralVICIOSQual a mais meritria das virtudes?Todas as virtudes tm seu mrito, porque indicam progresso no caminho do bem. H virtude sempre que h resistncia voluntria ao arrastamento das ms tendncias; mas a sublimidade da virtude o sacrifcio do interesse pessoal pelo bem de seu prximo, sem segundas intenes. A mais merecedora das virtudes nasce da mais desinteressada caridade.

Questo 893E VIRTUDESPerfeio MoralVICIOSBaseado em nossos vcios e virtudes, como lidar com nossas paixes?Perfeio MoralPAIXES o exagero de uma necessidade ou de um sentimento e esse exagero se torna mau quando tem por consequncia algum mal um estado mrbido, onde a satisfao, a plenitude, o estar bem nunca alcanadoA paixo est no excesso acrescentado vontade, j que o princpio foi dado ao homem para o bem, e as paixes podem lev-lo a realizar grandes coisas. no seu abuso que est a causa do mal.KardecIracema GiorginiIracema GiorginiEGOSMOPerfeio MoralDo egosmo deriva todo mal. Estudai todos os vcios e vereis que no fundo de todos existe egosmo. Vs os combatereis inutilmente e no conseguireis arranc-los enquanto no tiverdes atacado o mal pela raiz, enquanto no tiverdes destrudo a causa. Que todos os vossos esforos tendam para esse objetivo, porque a est a verdadeira chaga da sociedade. Aquele que deseja se aproximar, j nesta vida, da perfeio moral, deve arrancar de seu corao todo sentimento de egosmo, por ser incompatvel com a justia, o amor e a caridade: ele neutraliza todas as outras qualidades.

Questo 913CARACTERISTICASPerfeio MoralPrtica da lei de Deus (justia, amor e caridade);Interroga sua conscincia sobre os atos realizados;Se questiona se no violou alguma lei e se no praticou o mal; cheio do sentimento de caridade e amor ao prximo; bom, humano e benevolente para com todosNo vingativo;Respeita em seus semelhantes todos os direitos que as leis da natureza lhes concedem, assim como gosta que respeitem os seus.

Questo 918DO HOMEM DE BEMCONHECIMENTOPerfeio MoralPela dor;Convvio com o prximo;Autoanlise;DE SI MESMOComo podemos nos conhecer?

CONHECIMENTOPerfeio MoralNo fim do dia, interrogava minha conscincia, passava em revista o que havia feito e me perguntava se no havia faltado com o dever, se ningum tinha do que se queixar de mim.DE SI MESMO

Que bom que voc veio!Volte sempre e v com Jesus de Nazar!!!

Perfeio Moral