PERSONALIDADES CONSTRUÍDAS PERSONALIDADES

  • View
    220

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of PERSONALIDADES CONSTRUÍDAS PERSONALIDADES

  • UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIS FACULDADE DE ARTES VISUAIS

    PROGRAMA DE PS-GRADUAO EM CULTURA VISUAL MESTRADO

    PERSONALIDADES CONSTRUDAS PERSONALIDADES CONSTRUDAS PERSONALIDADES CONSTRUDAS PERSONALIDADES CONSTRUDAS A LINGUAGEM AUDIOVISUAL E O PODER CRIADOR DA

    CMERA NA FORMAO DA IMAGEM PBLICA

    Patrcia Quitero Rosenzweig

    Goinia/GO 2008

  • 2

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIS FACULDADE DE ARTES VISUAIS

    PROGRAMA DE PS-GRADUAO EM CULTURA VISUAL MESTRADO

    PERSONALIDADES CONSTRUDAS PERSONALIDADES CONSTRUDAS PERSONALIDADES CONSTRUDAS PERSONALIDADES CONSTRUDAS A LINGUAGEM AUDIOVISUAL E O PODER CRIADOR DA

    CMERA NA FORMAO DA IMAGEM PBLICA

    Patrcia Quitero Rosenzweig

    Goinia/GO 2008

  • 3

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIS FACULDADE DE ARTES VISUAIS

    PROGRAMA DE PS-GRADUAO EM CULTURA VISUAL MESTRADO

    PERSONALIDADES CONSTRUDAS PERSONALIDADES CONSTRUDAS PERSONALIDADES CONSTRUDAS PERSONALIDADES CONSTRUDAS A LINGUAGEM AUDIOVISUAL E O PODER CRIADOR DA

    CMERA NA FORMAO DA IMAGEM PBLICA

    Patrcia Quitero Rosenzweig

    Dissertao apresentada ao Programa de Ps-graduao em Cultura Visual Mestrado da Faculdade de Artes Visuais FAV/UFG como exigncia parcial para a obteno do ttulo de: MESTRE EM CULTURA VISUAL, sob orientao da Professora Doutora Rosa Berardo.

    Goinia / GO 2008

  • 4

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIS FACULDADE DE ARTES VISUAIS

    PROGRAMA DE PS-GRADUAO EM CULTURA VISUAL MESTRADO

    PEPEPEPERSONALIDADES CONSTRUDAS RSONALIDADES CONSTRUDAS RSONALIDADES CONSTRUDAS RSONALIDADES CONSTRUDAS A LINGUAGEM AUDIOVISUAL E O PODER CRIADOR DA

    CMERA NA FORMAO DA IMAGEM PBLICA

    Patrcia Quitero Rosenzweig

    Dissertao aprovada e defendida em 26 de novembro de 2008.

    BANCA EXAMINADORA:

    _____________________________________________ Prof. Dr. Rosa Berardo FAV/UFG Orientadora e Presidente da Banca

    ______________________________________________ Prof. Dr. Maria Luisa Mendona Facomb/UFG

    Membro Externo

    _____________________________________________ Prof. Dr. Raimundo Martins FAV/UFG

    Membro Interno

    _______________________________________

    Prof. Dr. Lizandro Nogueira FAV/UFG Suplente do Membro Externo

    _______________________________________ Prof. Dr. Maria Elzia Borges FAV/UFG

    Suplente Membro Interno

  • 5

    Dedico este projeto ao meu av paterno, in memoriam, Nicolau Rosenzweig refugiado do campo de concentrao de Auschwitz e aos meus dois amores incondicionais:, Humberto Monteiro Alves e Lorenzzo Alves Rosenzweig, pela compreenso da minha ausncia como esposa e me neste perodo de estudos.

  • 6

    AGRADECIMENTOS

    Agradeo imensamente a Deus, por ter dado a mim pais to sbios e

    maravilhosos que, por toda vida me proporcionaram a melhor formao

    humanstica e educacional, imprescindveis, para que eu conclusse esse

    trabalho. Sem eles eu nada seria.

    minha querida amiga orientadora professora Doutora Rosa Berardo,

    pela sua confiana, dedicao, ensinamentos sobre anlise flmica e projees

    cinematogrficas.

    A todos os professores do Programa de Mestrado em Cultura Visual da

    FAV/UFG, especialmente ao Dr. Raimundo Martins que com sua sabedoria

    didtica e suas ricas reflexes me fez apaixonar pela Cultura Visual.

    s contribuies e ponderaes da Dra. Maria Luisa Mendona -

    FACOMB que enriqueceu muito este trabalho desde sua qualificao.

    Agradeo-a pelo carinho e dedicao na leitura deste trabalho.

    professora Dra. Olga Izilda Ronchi vice-reitora da Universidade

    Catlica de Gois, por suas palavras de incentivo, pela confiana no meu

    potencial pedaggico e pela orientao do momento exato de se colocar o

    ponto final.

  • 7

    A verdade que poucos cineastas esto preparados para admitir, atravs do tecido e da textura de sua obra, que todo filme uma forma de discurso que fabrica seus prprios efeitos, impresses e pontos de vista.

    Bill Nichols

  • 8

    RESUMO

    A definio do gnero documentrio talvez seja to complexa quanto

    definio de cultura. H quem opte pelo contraste a outros gneros flmicos, h

    quem conteste veementemente esta pressuposio. O documentrio pode ser

    delineado a partir de um tnue conceito de valores advindo de mltiplos olhares:

    desde o olhar virgem de um cinfilo espectador, variando at a mais profunda visada

    crtica de um crtico de cinema. Acredita-se no existir uma definio exata deste to

    polmico gnero flmico de limites permeveis e aparncia camalenica

    (NICHOLS, 2004, p.64). Impossvel no reconhecer o impacto que a linguagem

    audiovisual adotada causa ao imaginrio social coletivo. O documentrio

    democratiza a informao, populariza o saber, espalha o conhecimento. Atravs de

    uma anlise contextual histrica, poltica e cultural este estudo objetiva-se, a partir

    da referenciao dos Estudos Culturais Britnicos e sua abertura multiperspectvica,

    a anlise dos pontos de convergncia de dois documentrios de cunho poltico,

    sobretudo em duas vertentes: uma relacionada aos aparatos de poder, simbolizada

    pela imponncia do objeto avio e outra de ordem tecnolgica e social,

    evidenciada pelo intimismo providencial entre o poltico e o pblico, proporcionado

    pelas cmeras portteis digitais que, ao olhar vvido do cineasta cria relaes mais

    humanas e envolventes onde, pblico, atores sociais e personalidades do mundo

    poltico, protagonizam experincias de vida atravs da tela do cinema, ecoando

    vozes aos documentrios. Nas anlises de ambas as produes foram considerados

    os momentos: histrico, cultural e poltico. E, embora, mltiplas sejam as

    possibilidades analticas de uma produo cinematogrfica, o estudo em questo

    privilegia a anlise da significao da imagem cinematogrfica, ou seja, o

    entendimento da tcnica como criadora de significaes e as suas implicaes

    ideolgicas, como: a apreciao de poder, notoriedade e expresso pblica,

    essenciais na formao da imagem pblica (leia construo de personalidades).

    Para tanto, serviro de objetos de anlise para essa dissertao o legendrio

    documentrio Triunfo da Vontade, da cineasta Leni Riefenstahl, filmado na cidade

    de Nuremberg Alemanha (1934) durante o sexto congresso do partido nazista,

    considerado um dos documentrios polticos de maior visibilidade e crticas e o

    documentrio contemporneo Entreatos Lula a 30 dias do poder dirigido pelo

  • 9

    cineasta brasileiro Joo Moreira Salles. Um registro das pausas no-pblicas e os

    bastidores nos ltimos meses (setembro e outubro) da campanha presidencial de

    Luiz Incio Lula da Silva em 2002, atual presidente da Repblica do Brasil, hoje em

    seu segundo mandato presidencial. Este projeto prope, acima de tudo, uma

    reflexo da relao: homem, sociedade, imagem e aparatos de poder em busca de

    significaes: sociais e culturais dos objetos flmicos e a verificao da

    intencionalidade discursiva dessa significao na construo da imagem poltica de

    Adolf Hitler (1934) e Luis Incio Lula da Silva (2002).

    Palavras-chaves: documentrio, cinema, identidade e imagem poltica.

  • 10

    ABSTRACT

    The definition of the documentary genre is perhaps as complex as the definition of

    culture. Some people choose by contrast other film genres. There are those who

    strongly contest to this assumption. The documentary can be sketched by a subtile

    concept of values which comes from multiple views: from the pure look of a film

    studious spectator, ranging up to the deepest target of criticism of a film critic. It is

    believed there is no exact definition of this very controversial film genre of

    "permeable boundaries and mutable appearance (NICHOLS, 2004, p.64). It is

    impossible not to recognize the impact that the audiovisual language used in this kind

    of movie causes to the social collective imagination. The documentary democratizes

    the information, popularize and spread the knowledge. From a historical, political and

    cultural contextual analysis, this study aims, from the referral of British Cultural

    Studies and its multiperspective opening, to analyze the convergent points between

    two documentaries of political subjects, especially in two parts: one related to the

    pomps of the power, symbolized by the magnificence of the object "airplane" and

    the other related to the technological and social aspects, evidenced by providential

    intimate relation between the political and public, provided by portable digital

    cameras, that, by the film maker view, creates more human and hot relationships

    where, public, social actors and personalities of the political world, interpret life

    experiences through the movie screen, echoing voices to the documentaries. In the

    analysis of both productions were considered the following moments: historical,

    cultural and political. And, although there are many analytical possibilities of a film

    production, this study focuses on the analysis of the meaning of the film image ", in

    other words, the understanding of the" technique "as the creator of meanings and

    their ideological implications, such as: an appreciation of power, fame and public

    expression, essential to build a public image (read construction of personalities). In

    this way, the objects of analysis of this dissertation