Pesquisa FAPESP 199

  • Published on
    04-Mar-2016

  • View
    260

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Achado p alqumico na Royal Society

Transcript

  • Achado p alqumico na

    Royal SocietyPesquisadoras brasileiras

    encontram substncia perdida h 350 anos nos arquivos

    da instituio inglesa

    entReviStA bRuce AlbeRtS Editor da Science prope mudanas no ensino de cincia

    genticA Pesquisadores lutam contra doena causada pela luz do sol

    SuuARAnA Caa e estradas ameaam diversidade gentica

    cARRo eltRico Pequena empresa desenvolve primeira bateria brasileira

    ditAduRA Censura a livros atendia mais a critrios morais

    setembro de 2012 www.revistapesquisa.fapesp.brPe

    Squ

    iSA

    FA

    Pe

    SP

    se

    te

    mb

    ro

    de

    20

    12 n

    .19

    9

  • PESQUISA FAPESP 199 | 3

    Joias perigosasNo se deixe enganar pela aparncia de fio com pedras de

    ametista: melhor evitar o convvio com a larva do mosquito

    Anopheles homunculus. Junto com A. cruzii, essa espcie

    responsvel pela transmisso de malria na regio

    de Cananeia, litoral sul de So Paulo. Parasitologistas

    do Instituto Butantan esto estudando a gentica e a

    morfologia desses insetos para avaliar diferenas entre

    as populaes da plancie e do morro, que podem afetar

    sua eficincia como transmissores da doena. A beleza

    da colorao das larvas, a que os pesquisadores no

    so imunes quando as encontram dentro de bromlias

    na mata atlntica, o que diferencia as duas espcies.

    FotolAb

    Se voc tiver uma imagem relacionada a pesquisa, envie para imagempesquisa@fapesp.br, com resoluo de 300 dpi (15 cm de largura) ou com no mnimo 5 MB. Seu trabalho poder ser selecionado pela revista.

    Foto enviada por Camila LorenzLaboratrio de Parasitologia, Instituto Butantan

    Pau

    lo u

    rb

    ina

    tti /

    uSP

  • 4 | Setembro De 2012

    PoltIcA cIEntFIcA E tEcnolgIcA

    34 InvestimentoDispndios estaduais em P&D revelam fosso entre So Paulo e as outras unidades da federao

    38 Mudanas climticasWorkshop expe o desafio de converter informao cientfica em preveno de desastres

    42 Divulgao cientficaAgncia FAPESP ultrapassa a marca dos 100 mil assinantes

    43 Gesto administrativaPesquisadores discutem caminhos para reduzir o peso da burocracia

    cIncIA

    44 Pele frgilCientistas, mdicos e moradores de um povoado se unem para controlar uma doena hereditria agravada pelo sol

    50 NeurocinciaClulas cerebrais que controlam a fome tambm acionam os mecanismos da recompensa

    52 Fauna silvestreSuuaranas se movimentam em zonas de ocupao humana, mas encontram obstculos nas estradas

    56 Fauna do Pr-cambrianoNorte do Paraguai abriga a maior diversidade de fsseis dos primeiros animais com esqueleto do planeta

    60 Aquecimento globalEstudo revela que cana-de-acar emite menos xido nitroso, um dos gases causadores do efeito estufa, do que se estimava

    18 cAPAPesquisadoras brasileiras descobrem p alqumico em arquivo da Royal Society

    Foto da capa Original da carta enviada por Boutens a Oldenburg

    crDIto joanna hoPkinS/royal Society

    26 cAPA/EntREVIStAVice-presidente da Royal Society, Martyn Poliakoff, lamenta a falta de conhecimento de ingls de acadmicos

    EntREVIStA

    28 bruce AlbertsEditor-chefe da Science prope mudanas no ensino de cincias

    SEtEmbRo 2012

    n.199 63 Novos materiaisBrasileiros descobrem nova famlia de materiais capazes de conduzir eletricidade

    64 NobelCidade alem rene dezenas de laureados para inspirar novas geraes de cientistas

    tEcnologIA

    68 controle de doenasUm mosquito transgnico e outro irradiado so as novas armas contra a dengue

    72 Energia eltricaBateria de ltio desenvolvida em So Paulo comea a impulsionar caminhonetes

    75 Eletrnica orgnicaNovos tipos de lmpadas e clulas fotovoltaicas orgnicas so desenvolvidos por centro de pesquisa mineiro

    hUmAnIdAdES

    78 UrbanismoGlobalizao adotada com rapidez por So Paulo degradou a sua constituio urbana e social

    82 DitaduraLista de livros censurados revela critrios de apreenso

    87 obiturioAmaury de Souza contribuiu para o estabelecimento da cincia poltica no Brasil

    38

    SEES

    3 Fotolab6 Cartas7 Carta da editora8 Dados e projetos9 Boas prticas10 On-line 11 Wiki12 Estratgias14 Tecnocincia88 Memria90 Arte92 Conto94 Resenhas96 Classificados

    18

  • PESQUISA FAPESP 199 | 5

    90

    82

    52

    44

    75

  • 6 | Setembro De 2012

    Naturalmente, a promessa ou a j exis-tncia de vida em Tit foge a quaisquer semelhanas vida na Terra.Francisco J. b. S

    Salvador, BA

    FicoCumprimento Saulo Aride pelo belo con-to Partcula (edio 198). Relatei-o em palestra a pais de alunos da escola N-cleo Assistencial Joanna de ngelis, uma exemplar instituio de tempo integral e gratuita, situada no bairro Jardim Brasil, aqui em Botucatu. Parabns.Francisco habermann

    Faculdade de Medicina / Unesp

    Botucatu, SP

    correesNa reportagem Quebra-cabea em expan-so (edio 198), o quadro As partculas do Modelo Padro, na pgina 48, saiu com uma identificao trocada. Onde est escrito quarks leia-se lptons, e vice-versa.

    O autor da foto da entrevista de Brulio Ferreira de Souza Dias (edio 198) Renato Arajo/Br, e no Eduardo Cesar.

    O autor da foto da seo Fotolab (O faro da abelha, edio 198) Jos Nas-cimento Jr.

    cARtAS cartas@fapesp.br

    Empresa que apoia a cincia brasileira

    Cartas para esta revista devem ser enviadas para o e-mail cartas@fapesp.br ou para a rua Joaquim Antunes, 727, 10 andar - CEP 05415-012, Pinheiros, So Paulo-SP. As cartas podero ser resumidas por motivo de espao e clareza.

    Rockefeller e PirajA edio de agosto de 2012 tem excelen-tes reportagens de Carlos Haag, sobre a Fundao Rockefeller, e de Neldson Mar-colin, sobre o cientista Piraj da Silva. Um primeiro ponto controverso da matria sobre a Rockefeller no Brasil diz respeito relao entre o regime autoritrio de Vargas e a eficcia do trabalho sanitrio contra o mosquito. Na verdade, o que pesava no era o regime, mas a cultura brasileira, hierrquica, estratificada desde a Colnia em camadas sociais granti-cas. Algo surpreendente: a chave para a soluo dessa questo est na prpria matria: j na Repblica Velha era estreita a relao entre sade, nation-building e construo do Estado. Outro ponto con-troverso: a campanha do Nordeste contra o temido gambiae no foi um suposto e enganoso sucesso, que teria impedido o desenvolvimento de sistemas de sade local. A campanha do Nordeste conse-guiu impedir que a devastao mortal da epidemia fosse controlada. A matria citou a possvel existncia de dogmas da Rockefeller aplicados s polticas de sade no Brasil. Se houve ideologias e protocolos, no Brasil no viravam dog-mas. As aes concretas eram fruto de negociaes, de toma l d c. A matria sobre Piraj da Silva a chave: pases com tradies mdicas anteriores vinda da Rockefeller no se adaptaram tese do imperialismo e sade, defendida at hoje em estudos mal alicerados. Falta--nos uma histria comparativa dos estilos variados de atuao das misses Rocke-feller no estrangeiro, com ou sem dogmas. luiz Antonio de castro Santos

    Instituto de Medicina Social/Uerj

    Rio de Janeiro, RJ

    notcias on-lineParabns pela nota publicada na seo On-line sobre as pesquisas em Saturno, particularmente na lua Tit. A presena de molculas orgnicas em choque em lago de metano lquido realmente pode ser um sinal significativo de possveis formas de vida naquele satlite. Ou, mesmo, de que est prximo um est-gio que propicia a existncia de vida.

    CElSO lAFERPreSiDente

    EDUARDO MOACyR KRIEgERvice-PreSiDente

    conSElho SUPERIoR

    AlEJANDRO SzANTO DE TOlEDO, CElSO lAFER, EDUARDO MOACyR KRIEgER, FERNANDO FERREIRA COSTA, HORCIO lAFER PIVA, HERMAN JACOBUS CORNElIS VOORWAlD, JOO gRANDINO RODAS, MARIA JOS SOARES MENDES gIANNINI, JOS DE SOUzA MARTINS, lUIz gONzAgA BEllUzzO, SUEly VIlElA SAMPAIO, yOSHIAKI NAKANO

    conSElho tcnIco-AdmInIStRAtIVo

    JOS ARANA VARElADiretor PreSiDente

    CARlOS HENRIqUE DE BRITO CRUzDiretor cientfico

    JOAqUIM J. DE CAMARgO ENglERDiretor aDminiStrativo

    conSElho EdItoRIAlCarlos Henrique de Brito Cruz (Presidente), Caio Tlio Costa, Eugnio Bucci, Fernando Reinach, Jos Eduardo Krieger, luiz Davidovich, Marcelo Knobel, Marcelo leite, Maria Hermnia Tavares de Almeida, Marisa lajolo, Maurcio Tuffani, Mnica Teixeira

    comIt cIEntFIcoluiz Henrique lopes dos Santos (Presidente), Adolpho Jos Melfi, Carlos Eduardo Negro, Douglas Eduardo zampieri, Eduardo Cesar leo Marques, Francisco Antnio Bezerra Coutinho, Joo Furtado, Joaquim J. de Camargo Engler, Jos Arana Varela, Jos Roberto de Frana Arruda, Jos Roberto Postali Parra, luis Augusto Barbosa Cortez, Marcelo Knobel, Marie-Anne Van Sluys, Mrio Jos Abdalla Saad, Paula Montero, Roberto Marcondes Cesar Jnior, Srgio luiz Monteiro Salles Filho, Srgio Robles Reis queiroz, Wagner do Amaral, Walter Colli

    cooRdEnAdoR cIEntFIcoluiz Henrique lopes dos Santos

    dIREtoRA dE REdAo Mariluce Moura

    EdItoR chEFE Neldson Marcolin

    EdItoRES Carlos Haag (Humanidades), Fabrcio Marques (Poltica), Marcos de Oliveira (Tecnologia), Ricardo zorzetto (Cincia), Carlos Fioravanti (Editor especial), Marcos Pivetta (Editor especial), Dinorah Ereno (Editora assistente)

    REVISo Mrcio guimares de Arajo, Marg Negro

    ARtE laura Davia (Editora), ana Paula Campos, Maria Cecilia Felli

    FotgRAFoS Eduardo Cesar, lo Ramos

    mdIAS ElEtRnIcAS Fabrcio Marques (Coordenador) IntERnEt Pesquisa FAPESP onlineMaria guimares (Editora executiva) Isis Nbile Diniz (Editora assistente) RdIo Pesquisa BrasilBiancamaria Binazzi (Produtora)

    colAboRAdoRES Ana lima, Anglica T. Benatti Alvim, Daniel Bueno, Daniel das Neves, Evanildo da Silveira, gustavo Fioratti, Francisco Bicudo,