Pierre bourdieu

  • View
    4.449

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

Text of Pierre bourdieu

  • 1. Socilogo francs de muito destaque no sculo XXNascido em 01 de agosto de 1930 na FranaIniciou sua vida profissional como professorPublicou mais de 300 ttulos , entre livros e artigosMorreu no dia 23 de Janeiro, em Paris.

2. At ento, a instruo era tida como forma de elevaocultural sem relao com as tenses sociaisPierre Bourdieu, conseguiu detectar um jogo dedominao e reproduo de valoresCrticas em relao mdia, globalizao e aosgovernos esquerdistas daEuropa 3. Chamou os intelectuais a se mobilizaremno pode haver democracia efetiva sem um verdadeirocontra-poder crticoPesquisas sobre a vida cultural, as prticas de lazer e deconsumo de cultura entre os europeus, sobretudo, entre osfranceses. 4. Produo intelectual composta por uma variedade detemas de estudoCrtico dos mecanismos de reproduo das desigualdadessociais 5. Sociologia engajada e envolvida com a denncia dosmecanismos de dominao em uma sociedade injustaSociedade ocidental capitalista hierarquizada,organizada com uma diviso de poderes extremamentedesigual.O socilogo, como otrabalhador ferreiro oumanual, devepermanentementemelhorar suas ferramentas. 6. A estrutura social - sistema hierarquizado de poder eprivilgio:Relaes materiais e/ou econmicas (salrio, renda)Relaes simblicas (status) e/ou culturais(escolarizao) 7. Desigual distribuio de recursos e poderesRecursos ou poderes:Capital econmico (renda, salrios, imveis)Capital cultural (saberes e conhecimentos)Capital social (relaes sociais que podem serrevertidas em capital)Capital simblico (o que chamamos prestgio e/ouhonra). 8. Posio de privilgio ou no definida de acordo como volume e a composio dos capitaisConjunto de capitais dispostos em uma cultura seriadenominado habitusHabitus implica no modo de sentir, pensar e agir dosindivduos. 9. O gosto e as prticas de cultura de cada um de ns soresultados de condies especficas de socializaoO gosto cultural produto de um processo educativo,construdo na famlia e na escolaNo fruto de uma sensibilidade natural dos indivduosNas sociedades modernas podemos destacar o poder dasmdias. 10. O gosto resultado das relaes e influncia dasinstituies: famlia e a escolaAprendizado precoce e insensvelefetuado desde a primeira infnciano seio da famliaprolongado por um aprendizado escolar que ocompleta.Aprendizado tardio, metdico e aceleradoadquiridos nas instituies de ensino 11. Aprendizados nos ambientes familiaresdesprendimento e invisibilidadedesembarao no nervosismo e na apreciao cultural.Aprendizado escolar sistemticovoluntrio e conscientefamiliaridade tardia com a produo cultural.Essas formas de aprendizado so responsveis pelaformao do gosto cultural dos indivduos =capitalcultural incorporado. 12. Todas as relaes educativas e socializadoras so relaes decomunicaoA mensagem comunicativa, dependem da posse prvia decdigos de apropriao, conquistada no seio familiarPorm no so todas as famlias que possuem a bagagemculta e letrada para se apropriar e se identificar com osensinamentos escolares 13. Os de origem social superior tero mais facilidade do queoutros, pois j adquiriram parte desses ensinamentos emcasaO sistema de ensino no leva em considerao asdiferenas determinadas pelas desigualdades sociais 14. O sistema escolar limita o pleno aproveitamento dosindivduos pertencentes s famlias menos escolarizadas,pois cobraria deles um conhecimento cultural anterior.Essa cobrana escolar foi denominada violnciasimblica. 15. A escola um espao de reproduo de estruturas sociais ede transferncia de capitais de uma gerao para outraO capital cultural est diretamente relacionado aodesempenho dos alunos na sala de aula 16. Mecanismos de perpetuao da desigualdade:fracasso escolar leva alunos e suas famlias a investirmenos esforos no aprendizado formaldesenhando um crculo que se auto-alimentaBourdieu previa a possibilidade de superar essa situao,mas com o passar do tempo, o pessimismo foi crescendona obra do socilogo. 17. Bourdieu pe em discusso um dos maiores consensos dosculo gosto no se discutePara ele o gosto no uma propriedade natural dosindivduosO gosto produzido e resultado diversas condiesacumuladas no percurso de nossa trajetria educativa. 18. Bibliografiahttp://revistacult.uol.com.br/home/2010/03/uma-introducao-a-pierre-bourdieu/http://educarparacrescer.abril.com.br/aprendizagem/pierre-bourdieu-307908.shtmlhttp://www.pedagogiaaopedaletra.com.br/tags/producao-simbolica/http://pensamentos.aaldeia.net/pensamentos/educacao/ 19. Alunos:Carolina Menezes Franco N 09Pedro Tozzeto neto N 24Thamires Danielle de Faria N 293 ETrabalho SociologiaProf Silvia