Plurale em revista edição 5

  • View
    252

  • Download
    3

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Plurale em revista edição 5

Text of Plurale em revista edição 5

  • ano um | n 5 | maro/abril 2008 | R$ 10 ,00 | AO | CIDADANIA | AMBIENTE

    plurale

    A FORA DO

    MICROSSEGURONA INCLUSO SOCIAL

    ETANOL E UM ENSAIO

    SOY LOCO POR TIAMERICA

    ENTREVISTA

    O RIO DO IRMODO BUSSUNDA

    200 ANOS

    DESMATAMENTOSUM DEBATE E UM FRUM NACIONAL

    em rev i s ta

    capaplurale:tecnologia.qxd 23/3/2008 23:32 Page 1

  • Plurale_02-03:tecnologia.qxd 23/3/2008 19:58 Page 1

  • Plurale_02-03:tecnologia.qxd 23/3/2008 19:58 Page 2

  • 28.

    Contexto

    ENSAIODEORQUESTRA

    4 PLURALE EM REVISTA | Maro/Abril 2008

    12.

    BPELO BRASIL18 A 21

    A HERANA DE D. JOO VI32 A 41

    RECIFES DECORAIS50

    CARBONO NEUTRO64

    Plurale_04-05:tecnologia.qxd 24/3/2008 14:49 Page 1

  • 42. 8.PELO MUNDO

    TODASAS CORES

    DOMICROCRDITO

    DEBATE PLURALPEGADA ECOLGICA EDESMATAMENTOS

    ENTR

    EVIS

    TAS

    RGIO

    BES

    SERM

    AN

    SANAA CIDADE ONDE

    O TEMPONO PASSA

    52.

    LORD JAY,LULA EA DEFESADO ETANOL

    47.

    22.MICROSSEGURO

    FATOR DE INCLUSO

    Bazar66tico

    Plurale_04-05:tecnologia.qxd 24/3/2008 14:49 Page 2

  • Quem faz a pluraleDiretores

    Carlos Francocarlosfranco@plurale.com.brSnia Araripesoniaararipe@plurale.com.br

    Diretor comercial

    Henrique Bertinicomercial@plurale.com.br

    Editor de arte

    Marcelo Begossoplurale@plurale.com.br

    Fotografia

    Luciana Tancredo, CacalosGarrastazu, Agncia Brasil eMaradentroColaboradores nacionais

    Mcio Bezerra, Isabel Capaverde,Marcelo Pinto, Vicente Senna, NciaRibas, Geraldo Samor, Srgio Lutz e Tiago RibeiroColaboradores internacionais

    Renata Mondelo, Virginia Silveira,Yume Ikeda, Marta Lage e Ivna Maluly

    Plurale a uma publicaoda Editora Olympia (CNPJ 07.596.982/0001-75)em parceria com a SA Comunicao Ltda(CNPJ 04980792/0001-69)Impresso: Grfica IdealRevista impressa em papel reciclado

    Rio de Janeiro | Rua Etelvino dos Santos 216/202CEP 21940-500 | Tel.: 0xx21-39040932So Paulo | Alameda Barros, 66/158CEP 01232-000 | Tel.: 0xx11-92310947Uberlndia (MG) | Avenida Afonso Pena, 547/sala95CEP 38400-128 | Tel.: 0xx34-32530708

    Os artigos s podero ser reproduzidos comautorizao dos editores Copyright Plurale em Revista

    6 PLURALE EM REVISTA | Maro/Abril 2008

    com sabor decana caana

    Chegamos a maro e A abril. O carnaval passou. E, h 200anos, no dia 7 de maro de 1808, D. Joo VI desembarcavana hospitaleira e ensolarada cidade do Rio de Janeiro.

    A sua chegada marcou novo tento na histria do Pas, quedeixou de ser apenas um quintal de explorao de riquezasnaturais e foi elevado condio de Imprio Ultramarino.

    Ganhamos o Banco do Brasil. Aprendemos a usar talhe-res, a andar de liteiras, a produzir aqui o que antes era proi-bido e, com a abertura dos portos, a conviver com outrospovos. O resultado foi o desenvolvimento de um "jeitinho"peculiar de ser; o chamado "jeitinho brasileiro", fruto da con-vivncia entre os ento sditos com uma Corte europia fugi-tiva das tropas de Napoleo Bonaparte e que se viu em meioa bananeiras e matas verdejantes, alm de um mar e um cuazul profundos.

    A aventura nada segura dessa redescoberta do Brasil oponto de partida dessa edio, na qual trazemos uma entre-vista com Sergio Besserman, o irmo do falecido e saudosoBussunda, e uma reportagem especial sobre o microsssegu-ro. Uma atividade que cresce e d sustentao a projetosdaqueles que sonham construir redes de negcios e contri-buem diretamente para o melhor ambiente e a gerao de ren-da. So, afinal, micro, pequenos e mdios empresrios osmaiores empregadores desse Pas.

    Reforamos ainda o convite para a reflexo desses 200anos formulado pelo ex-ministro Joo Paulo dos Reis Vello-so, coordenador do Frum Nacional que revigora, a cada ano,o pensar com foco no Brasil.

    Numa Amrica Latina conturbada por crises, algumas devaidades como a do arrogante presidente colombiano lva-ro Uribe, a colocar em risco a vida de refns da guerrilha emseu pas, pegamos carona em belas imagens tiradas porirmos argentinos. No melhor estilo "easy rider", aquela tur-ma que saa por a sem fronteiras e sem destino, eles cruza-ram a Amrica Latina e registraram tudo em fotos. Alguns fica-ram pelo caminho, em Sana, no Estado do Rio de Janeiro,como relata Mcio Bezerra. Na capa, a fora da cana-de-a-car no debate sobre aquecimento global e mudanas clim-ticas que reuniu em Braslia parlamentares dos pases ricos eemergentes. Que a garapa e a mistura plural desses assuntostenha o sabor doce da cana caana. Boa leitura!

    editorial

    Expediente+Editorial:tecnologia.qxd 23/3/2008 20:10 Page 1

  • 7A Uma delcia o nmero 4 de Plurale. Li aos poucos, entreti-da com o debate plural e to salutar. Gostei especialmente docontraponto de cartas sobre o polmico projeto da trans-posio do Rio So Francisco, com Dom Luiz Cappio e a atrizLetcia Sabatella se opondo e o deputado e ex-ministro CiroGomes a favor. Interessantssimo para que cada um forme suaopinio.Gilda Vieira de Mello, Rio de Janeiro

    Fiquei entusiasmado com Plurale: a revista est muito bemelaborada com papel reciclado, tima paginao, fotografia eartigos muito bem trabalhados. Parabns e que continuemsempre com este trabalho de altssima qualidade.Lucio Marques Vice-presidente do Sindicato das Seguradoras do Rio de Janeiro e Esprito Santo e DiretorComercial da Previdncia do Sul

    "H duas grandes recompensas quando se faz um trabalhosocial: a incluso de pessoas, que passam a ter o destino nasprprias mos, e a disseminao de conceitos, que passam agerar novas iniciativas, numa progresso benfica a toda asociedade. Parabns pela bela matria sobre as vrias iniciati-vas sociais na comunidade da Mangueira. Possam outras sejuntar a estas".Jos David Martins Jnior, diretor da Bolsa de Mercadorias& Futuros-BM&F

    "Plurale, tal qual o Programa Social da Mangueira, fruto daousadia e da responsabilidade social que precisam pautar spessoas de bem que querem viver num mundo melhor".Chiquinho da Mangueira, Deputado Estadual e Vice-Presi-dente de Esportes e Desenvolvimento Social da EstaoPrimeira de Mangueira

    "Nesta poca, quando muito se fala sobre incluso e respons-abilidade sociais, a Plurale est de parabns por abrir espaopara mostrarmos sociedade uma nova maneira de ver e lidarcom o mundo." Brbara Machado, Coordenadora do Programa Social daMangueira

    A revista est um primor! Na qualidade grfica em papel reci-clado, nas fotos e na arte, com belo uso de cor e tipologias,por Simone e Heloneida (apesar do Jos Dirceu), na outrahomenagem verde-rosa e na entrevista praticamente indita deCartola. Sem falar nos anunciantes adequadssimos ao projeto.E valeu o bazar tico! timo! J estou distribuindo a revista,que vai chegar a cantos e recantos. O povo daqui tambmadorou! Vida longa ao projeto, vou sugerir pautas.Flavio Lenz, assessor de imprensa daOng Davida e da Daspu, RJ

    Plurale uma revista extremamente classuda, ecltica e bemfeita. Tomara que faa muito sucesso.Ivan Sant`Anna, escritor, Rio de Janeiro

    Plurale muito interessante, tanto pelo contedo, quandopelo visual.Luiz Miguel da Rocha, Assessor para Assuntos Polticos eEconmicos e Assessor Interino para Assuntos de Educaoe Diplomacia Pblica da Embaixada do Canad, Braslia(DF)

    Agradecemos em nome do Governador Jos Serra o envio dePlurale em revista. Aproveitamos para transmitir os nossossinceros cumprimentos.Luiz Carlos de Carvalho SilvaDiretor Tcnico do Departamento de Gesto da Documen-tao Tcnica do Governo do Estado de So Paulo

    Que bela revista! Alm do contedo interessantssimo e bemescrito, que prende a ateno do leitor.Wellington Moreira Franco, vice-presidente da CaixaEconmica Federal

    Muito interessante a abordagem do nmero 4 dePlurale. S no li o artigo do ex-ministro Jos Dirceu sobreHeloneida Studart.Ubiratan Iorio, economista, Rio de Janeiro

    Recebi o nmero 4 de Plurale. Fiquei muitssimo contente.Ficou genial a revista! Parabns a todos pelo contedo, design,relevncia e abordagem dos temas discutidos. Contem comigosempre que precisaremArmindo dos Santos de Sousa Teodsio (To), Professor daPUC Minas (MG)

    Desejamos sucesso no projeto de Plurale. uma revista mod-erna, com um contedo muito bom e uma apresentao fan-tsticaOdin Leandro, Porto Alegre (RS)

    Parabns a toda equipe pela revista e suas reportagens queabordam vrios assuntos de grande importncia para aspessoas. Gostaria de sugerir uma matria sobre novas idiase o que elas podem contribuir para a qualidade de vida. Souinventor e tenho um projeto que pode economizar at 9.000de gua na descarga de banheiro por pessoa por ano. O pro-jeto uma caixa de descarga com cordinhas para banheiroem dois estgios. A atual descarrega 9 litros cada vez que acionada. Trocando estas caixas j teremos uma enormeeconomia.lvaro Almiro Igncio, Blumenau (SC)

    p l u r a l e @ p l u r a l e . c o m . b r

    cartascartas:tecnologia.qxd 23/3/2008 20:11 Page 1

  • Artigos MARCIAPIMENTA

    PEGADA ECOLGICA

    ltimamente as questes ambientais vm gan-hando cada vez mais espao na mdia. Cos-tumo dizer que se por um lado isso bom,porque permite que grande parcela da socie-dade se informe a respeito dos problemasambientais que nos afetam, por outro sina-liza que a crise grave e todos os diasnovos conflitos se estabelecem e so notcia.

    O aquecimento global o tema domomento, e a mdia vem cobrindo o assun-to com freqncia, embora no contextua-

    lize de forma eficiente suas causas e conseqncias. Os efeitos das mudanasclimticas so ameaas que pairam sobre nossas cabeas, mas ao mesmo tem-po no sabemos o que fazer para reverter os impactos da degradao ambien-tal que causamos ao planeta.

    Embora o aquecimento global esteja no cerne das discusses, a degra-dao ambiental do planeta assume out