of 67 /67
PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO DISTRITO FEDERAL ______________________________________________________________________________________________ TRE/DF: Praça Municipal de Brasília, SIG, Quadra 02, Lote 06, CEP: 70094-901. Comissão Permanente de Licitação: (61) 3048-4067, 3048-4232 e 3048-4024. 1 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 09/2018 ATENÇÃO No recente acórdão TCU nº 754/2015 – Plenário, houve expressa determinação para que a Administração Pública instaure processo com vistas à penalização das empresas que pratiquem, injustificadamente, ato ilegal tipificado no art. 7º da Lei 10.520/2002 tanto na licitação quanto no contrato. Nesse contexto, alerta-se para que a licitante analise detalhadamente o edital (e anexos) para formular proposta/lance firme e possível de cumprimento. A prática injustificada de atos ilegais, v. g.: não manter a proposta, deixar de enviar documentação exigida, fazer declaração falsa, não assinar o contrato e etc., sem prejuízo de outras infrações cometidas na licitação/contratação, sujeitará o licitante a penalidades as quais serão apuradas em regular processo administrativo.

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL …apps.tre-df.jus.br/Licitacao/anexo2018.92018.66296._.441... · poder judiciÁrio tribunal regional eleitoral do distrito federal _____ tre/df

  • Author
    lebao

  • View
    219

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL...

  • PODER JUDICIRIO

    TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO DISTRITO FEDERAL

    ______________________________________________________________________________________________ TRE/DF: Praa Municipal de Braslia, SIG, Quadra 02, Lote 06, CEP: 70094-901. Comisso Permanente de Licitao: (61) 3048-4067, 3048-4232 e 3048-4024. 1

    PREGO ELETRNICO N 09/2018

    ATENO

    No recente acrdo TCU n 754/2015 Plenrio, houve expressa determinao para que a Administrao Pblica instaure processo com vistas penalizao das empresas que pratiquem, injustificadamente, ato ilegal tipificado no art. 7 da Lei 10.520/2002 tanto na licitao quanto no contrato.

    Nesse contexto, alerta-se para que a licitante analise detalhadamente o edital (e anexos) para formular proposta/lance firme e possvel de cumprimento.

    A prtica injustificada de atos ilegais, v. g.: no manter a proposta, deixar de enviar documentao exigida, fazer declarao falsa, no assinar o contrato e etc., sem prejuzo de outras infraes cometidas na licitao/contratao, sujeitar o licitante a penalidades as quais sero apuradas em regular processo administrativo.

  • PODER JUDICIRIO

    TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO DISTRITO FEDERAL

    ______________________________________________________________________________________________ TRE/DF: Praa Municipal de Braslia, SIG, Quadra 02, Lote 06, CEP: 70094-901. Comisso Permanente de Licitao: (61) 3048-4067, 3048-4232 e 3048-4024. 2

    E D I T A L

    PREGO ELETRNICO N 09/2018

    PREMBULO

    MODALIDADE: PREGO; FORMA: ELETRNICA

    PROCESSO SEI N: 0004813-26.2017.6.07.8100

    OBJETO: PRESTAO DE SERVIO DE TRANSPORTE TERRESTRE DE PESSOAS, DOCUMENTOS E BENS DE PEQUENO VOLUME, A SERVIO DO TRE-DF, NO MBITO DO DISTRITO FEDERAL.

    FUNDAMENTAO LEGAL: Lei n 10.520/02, Decreto n 5.450/2005, Lei n 11.488/2007, Lei Complementar n 123/2006 (Estatuto da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte) com as alteraes da Lei Complementar n 147/2014, Decreto n 8.538/2015 e, subsidiariamente, da Lei n 8.666/1993.

    TIPO DE LICITAO: MENOR PREO

    CRITRIO DE ADJUDICAO: MENOR PREO GLOBAL

    REGIME DE EXECUO: EMPREITADA POR PREO UNITRIO

    DA SESSO PBLICA DESTE PREGO ELETRNICO:

    DIA: 04 de junho de 2018;

    HORRIO: 09:00 horas (horrio de Braslia/DF);

    ENDEREO ELETRNICO: www.comprasgovernamentais.gov.br

    UASG TRE/DF: 70025

    A UNIO, por meio do Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal TRE-DF, na forma do que dispe a Lei n 8.666, de 21 de junho de 1993, a Lei n 10.520, de 17 de julho de 2002 e o Decreto 5.450, de 31 de maio de 2005, observadas as disposies pertinentes da Lei Complementar n 123, de 14 de dezembro de 2006 (Estatuto da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte), alterada pela Lei Complementar n 147/2014, do Decreto n 8.538/2015, da Lei n 11.488, de 15 de junho de 2007, que cria o Regime Especial de Incentivos para o Desenvolvimento da Infra-Estrutura REIDI, e demais legislaes aplicveis espcie, torna pblico que far realizar licitao, na modalidade prego e na forma eletrnica, com a finalidade de selecionar as propostas mais vantajosas, mediante as condies estabelecidas neste instrumento convocatrio.

    1. OBJETO

    1.1. A presente licitao tem por objeto a contratao de empresa especializada para prestao de servio de transporte terrestre de pessoas, documentos e bens de pequeno volume, a servio do TRE-DF, no mbito do Distrito Federal, sob demanda e sem aporte exclusivo de mo-de-obra, mediante uso de qualquer meio regular e legalmente apto, diretamente ou por agenciamento, a exemplo de servio de Txi, Servio de Transporte Individual Privado de Passageiros Baseado em Tecnologia de Comunicao em Rede no Distrito Federal STIP/DF ou similares. Os servios devero, obrigatoriamente, ser prestados atravs de solues tecnolgicas que possibilitem a operao e a gesto das solicitaes das corridas, por meio de aplicao web e aplicativo mobile, em conformidade com as regras estabelecidas neste instrumento e no Termo de Referncia (Anexo I ao Edital).

    1.2. Integram este Edital: Anexo I Termo de Referncia e Anexo II Minuta de Contrato.

    1.3. Integram o Termo de Referncia: Anexo I Requisitos da Soluo Tecnolgica; Anexo II Requisitos da Soluo Tecnolgica Funcionalidades da Aplicao Web; Anexo III Requisitos da Soluo Tecnolgica Funcionalidades do Aplicativo Mobile; Anexo IV Instrumento de Medio de Resultado IMR; Anexo V Modelo de Proposta de Preos; Anexo VI Prova de Conceito POC; Anexo VII Localizao de Unidades Administrativas e Cartrios Eleitorais do TRE-DF; Anexo VIII Grfico Horo-Sazonal; Anexo IX Modelo de Declarao de Cincia ou Vistoria e Anexo X Cronograma de Implantao/Execuo da Soluo/Servios.

    1.4. As quantidades especificadas neste Edital representam o estimado por esta Corte para 12 (doze) meses. O TRE-DF no se obriga a utilizar todo o quantitativo de servios previstos, servindo apenas de limite mximo para o contrato, de forma que os pagamentos sero realizados pelos quantitativos de servios efetivamente demandados, prestados e atestados.

    2. CONDIES DE PARTICIPAO DA LICITAO

  • PODER JUDICIRIO

    TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO DISTRITO FEDERAL

    ______________________________________________________________________________________________ TRE/DF: Praa Municipal de Braslia, SIG, Quadra 02, Lote 06, CEP: 70094-901. Comisso Permanente de Licitao: (61) 3048-4067, 3048-4232 e 3048-4024. 3

    2.1. Podero participar da licitao todas as empresas especializadas no ramo das atividades pertinentes ao objeto deste certame e que atendam a todas as condies e especificaes constantes do corpo e dos anexos deste edital.

    2.1.1. As empresas devero estar previamente credenciadas no sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores SICAF, e perante o sistema eletrnico provido pela Secretaria de Logstica e Tecnologia da Informao do Ministrio do Planejamento, Desenvolvimento e Gesto, por meio do stio www.comprasgovernamentais.gov.br.

    2.2. O cadastramento no SICAF poder ser realizado pelo interessado em qualquer unidade de cadastramento dos rgos ou entidades da Presidncia da Repblica, dos ministrios, das autarquias e das fundaes que participam do sistema Integrado de Servios Gerais SISG, localizada nas unidades da federao.

    2.3. O credenciamento da licitante junto ao provedor do sistema dar-se- pela atribuio e chave de identificao e de senha, pessoal e intransfervel, para acesso ao sistema eletrnico. Referido credenciamento implica responsabilidade legal da licitante e presuno de sua capacidade tcnica para realizao das transaes inerentes ao prego na forma eletrnica.

    2.4. As licitantes devero se informar, junto ao provedor do sistema, a respeito do seu funcionamento e regulamento e receber instrues detalhadas para sua correta utilizao.

    2.5. O uso da senha de acesso pela licitante de sua responsabilidade exclusiva, incluindo qualquer transao por ela efetuada diretamente, ou por seu representante, no cabendo ao provedor do sistema ou ao TRE-DF responsabilidade por eventuais danos decorrentes do uso indevido da senha, ainda que por terceiros.

    2.6. Caber interessada em participar do prego na forma eletrnica:

    2.6.1. Remeter, no prazo estabelecido, exclusivamente por meio eletrnico, via internet, a proposta e, quando forem exigidos neste Edital, tambm os seus anexos.

    2.6.2. Acompanhar as operaes no sistema eletrnico durante o processo licitatrio, responsabilizando-se pelo nus decorrente da perda de negcios diante da inobservncia de quaisquer mensagens emitidas pelo sistema ou de sua desconexo.

    2.6.3. Comunicar imediatamente ao provedor do sistema qualquer acontecimento que possa comprometer o sigilo ou a inviabilidade do uso da senha, para imediato bloqueio de acesso.

    2.6.4. Utilizar-se da chave de identificao e da senha de acesso para participar do prego na forma eletrnica.

    2.6.5. Solicitar o cancelamento da chave de identificao ou da senha de acesso por interesse prprio.

    2.7. Alm dos casos previstos no art. 9 da Lei n 8.666/93, no ser admitida a participao de empresas:

    a) Que no estejam no rol taxativo do subitem 2.1.;

    b) Em processo de falncia, sob concurso de credores, em dissoluo ou em liquidao;

    c) Que estejam com o direito de licitar e contratar suspenso (REsp. 174.274/SP Recurso Especial 1998/0034745-3) ou impedidas de licitar e contratar com a Unio ou que tenham sido declaradas inidneas por qualquer rgo da Administrao Pblica enquanto perdurarem os motivos determinantes da punio ou at que seja promovida a reabilitao perante a prpria autoridade que aplicou a penalidade;

    d) Que tenham, em seu quadro societrio cnjuge, companheiro ou parente em linha reta, colateral ou por afinidade at o terceiro grau, inclusive, dos magistrados ocupantes de cargos de direo ou no exerccio de funes administrativas, assim como de servidores ocupantes de cargos de direo, chefia e assessoramento vinculados direta ou indiretamente s unidades situadas na linha hierrquica da rea encarregada da licitao (Res. n. 229/2016 do Conselho Nacional de Justia, que d nova redao ao artigo 2 da Res. CNJ n. 07/2005 e suas alteraes);

    e) Integrantes de um mesmo grupo econmico, assim entendidas aquelas que tenham diretores, scios ou representantes legais comuns, ou que utilizem recursos materiais, tecnolgicos ou humanos em comum, exceto se demonstrado que no agem representando interesse econmico em comum;

    f) Compondo consrcios de empresas, quaisquer que sejam suas formas de constituio (Acrdos n. 265/2010 e n. 887/2013, todos do Plenrio do TCU);

  • PODER JUDICIRIO

    TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO DISTRITO FEDERAL

    ______________________________________________________________________________________________ TRE/DF: Praa Municipal de Braslia, SIG, Quadra 02, Lote 06, CEP: 70094-901. Comisso Permanente de Licitao: (61) 3048-4067, 3048-4232 e 3048-4024. 4

    g) Que atuam na condio de Organizao da Sociedade Civil de Interesse Pblico, haja vista ser vedada a participao de OSCIP's em processos licitatrios promovidos pela Administrao Pblica Federal, a teor do acrdo TCU n 746/2014 Plenrio (TC-021.605/2012-2).

    h) Que tenham sido condenadas suspenso ou interdio de suas atividades, nos termos do art. 19, inciso II, da Lei n 12.846/2013;

    i) Proibidas de contratar com o poder pblico em virtude de condenao de seus dirigentes ou scios majoritrios, nos termos do art. 12 da Lei n 8.429/1992, observado o prazo fixado;

    j) De que sejam proprietrios, controladores ou diretores deputados e senadores (art. 54, II, da CF/88);

    k) Cujo o estatuto ou contrato social no inclua o objeto deste prego em seu objeto social.

    2.8. Como requisito para participao neste prego, a licitante dever declarar, nos campos prprios do sistema eletrnico, que:

    a) Cumpre plenamente os requisitos de habilitao;

    b) Tem condies de apresentar proposta em conformidade com as exigncias deste Edital e seus anexos;

    c) Se microempresa, empresa de pequeno porte ou sociedade cooperativa (que se enquadre no disposto no artigo 34 da Lei n 11.488/2007), que atenda aos requisitos do art. 3 da LC n 123/2006 para fazer jus aos benefcios previstos nessa lei.

    2.8.1. A declarao falsa, relativa ao cumprimento dos requisitos de habilitao, conformidade da proposta e ao enquadramento a que se refere a alnea c, sujeitar a licitante s sanes previstas neste Edital, no Decreto n 5.450/2005 e no art. 93 da Lei n 8.666/93.

    2.9. A participao da licitante neste certame acarreta a presuno de que ela se comprometeu a ofertar e fornecer produto(s)/servio(s) que atenda(m) a todas as exigncias deste instrumento convocatrio.

    2.10. Fica assegurado o tratamento diferenciado e favorecido a microempresas, empresas de pequeno porte e cooperativas, nos termos da Lei Complementar 123/2006, alterada pela Lei Complementar 147/2014, e da Lei n. 11.488/2007.

    3. PROPOSTAS

    3.1. As propostas devero ser apresentadas exclusivamente por meio do endereo eletrnico www.comprasgovernamentais.gov.br, o que ocorrer a partir da data de divulgao da licitao at a data e horrio marcados para abertura da sesso, quando ento encerrar-se- automaticamente a fase de seu recebimento.

    3.2. A licitante dever consignar, via sistema eletrnico, o menor preo global, j incluso, em seu preo final, todos os tributos, obrigaes trabalhistas, transporte, alimentao, equipamentos, uniformes, tarifas e demais despesas acaso existentes decorrentes da execuo do objeto, no se olvidando de tambm lanar, em campo prprio, as informaes referidas no subitem 2.8.

    3.3. A omisso na descrio dos prazos e formas estabelecidos neste Edital no provocar a desclassificao da licitante omissa, presumindo-se que tenham sido aceitas todas as condies especificadas.

    3.4. As propostas em desacordo com os termos deste instrumento, que se opuserem a qualquer dispositivo legal vigente ou que apresentarem irregularidades insanveis, sero desclassificadas.

    3.5. A proposta apresentada e levada em conta para efeito de julgamento ser de exclusiva e total responsabilidade da licitante, de forma que, encerrada a fase de recebimento de propostas, no lhe caber o direito de pleitear qualquer alterao, inclusive no que diz respeito a especificaes do(s) servio(s) e preos apresentados, salvo alteraes de carter absolutamente formal, a critrio do pregoeiro.

    3.6. As propostas tero validade de 60 (sessenta) dias, se prazo superior no for estipulado na forma do subitem 10.2., alnea d, contados da data de abertura da sesso pblica estabelecida no prembulo deste Edital, podendo ser prorrogada a pedido do pregoeiro e com anuncia da licitante.

    3.7. INFORMAES RELEVANTES PARA FORMULAO DA PROPOSTA:

    3.7.1. O quantitativo anual estimado em anos no eleitorais de at 306.000 (trezentos e seis mil) quilmetros rodados, distribudos em aproximadamente 4.261 (quatro mil, duzentos e sessenta e um) chamados;

  • PODER JUDICIRIO

    TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO DISTRITO FEDERAL

    ______________________________________________________________________________________________ TRE/DF: Praa Municipal de Braslia, SIG, Quadra 02, Lote 06, CEP: 70094-901. Comisso Permanente de Licitao: (61) 3048-4067, 3048-4232 e 3048-4024. 5

    3.7.2. O quantitativo anual estimado em anos eleitorais de at 506.000 (quinhentos e seis mil) quilmetros rodados.

    3.7.3. O Contrato atual atende, em mdia, 20 solicitaes de transporte dirias, das quais 80% se do no perodo compreendido entre 12 horas e 18 horas, conforme se verifica no Anexo VIII ao Termo de Referncia - Grfico Horo-Sazonal;

    3.7.4. Do total das solicitaes de transporte, em consonncia com o histrico registrado, cerca de 60% correspondem a chamados tendo como local de embarque o Edifcio Sede deste Regional, enquanto 40% esto distribudas entre as demais Unidades Administrativas e Cartrios Eleitorais localizadas em todo o Distrito Federal, conforme se verifica no Anexo VII ao Termo de Refncia - LOCALIZAO DE UNIDADES ADMINISTRATIVAS E CARTRIOS ELEITORAIS DO TRE/DF;

    3.7.5. As solicitaes de corridas sero realizadas por demanda dos USURIOS, ressaltando que a sua quantidade no pode ser precisamente determinada em razo da imprevisibilidade de sua necessidade;

    3.7.6. Conforme consta do Relatrio de Quantificao da Demanda SEI [0385167], em anos eleitorais, a contratada dever estar preparada para suportar aumento de demanda em at 200.000 (duzentos mil) quilmetros, com acrscimo especial nos meses de agosto a novembro, no havendo necessidade de assinatura de aditivo, uma vez que j existir previso contratual;

    3.7.7. Apenas para referncia, a atual contratada presta os servios utilizando-se de frota com 25 veculos (em anos no eleitorais);

    3.7.8. No dia das Eleies (1 e 2 Turnos), poder ser exigida da contratada a disponibilizao de at 800 (oitocentos) automveis, com motoristas, simultaneamente.

    4. ABERTURA DA SESSO PBLICA

    4.1. A abertura da sesso pblica deste prego, conduzida pelo pregoeiro, ocorrer na data e na hora indicadas no prembulo deste Edital, no stio www.comprasgovernamentais.gov.br.

    4.1.1. Ocorrendo decretao de feriado ou qualquer fato superveniente que impea a realizao do certame na data marcada, ele ser, automaticamente, transferido para o primeiro dia til subsequente ao ora fixado.

    4.2. A comunicao entre o pregoeiro e as licitantes ocorrer exclusivamente mediante troca de mensagens, em campo prprio do sistema eletrnico.

    4.3. Cabe licitante acompanhar as operaes no sistema eletrnico durante a sesso pblica do prego, ficando responsvel pelo nus decorrente da perda de negcios diante da inobservncia de qualquer mensagem emitida pelo sistema ou de sua desconexo.

    5. CLASSIFICAO E JULGAMENTO DAS PROPOSTAS

    5.1. O pregoeiro verificar as propostas apresentadas e desclassificar, motivadamente, aquelas que no estejam em conformidade com os requisitos estabelecidos neste Edital.

    5.2. Para o julgamento das propostas, observados todos os critrios estabelecidos no corpo deste Edital e seus anexos, ser levado em considerao, como critrio de julgamento, o menor preo global.

    5.3. Qualquer elemento que possa identificar a licitante importar na desclassificao da proposta, sem prejuzo das sanes previstas neste Edital.

    5.4. Caso os prazos definidos neste Edital no estejam expressamente indicados na proposta, estes sero considerados como aceitos para efeito de julgamento deste prego eletrnico.

    5.5. O pregoeiro poder transferir o julgamento das propostas para outra data, caso necessite de mais tempo para apreci-las, marcando, na oportunidade, nova data e horrio em que voltar a se reunir.

    5.6. A desclassificao de proposta ser sempre fundamentada e registrada no sistema, com acompanhamento em tempo real de todos os participantes.

    5.7. O sistema ordenar, automaticamente, as propostas classificadas pelo pregoeiro.

    5.8. Se todas as propostas forem desclassificadas, o pregoeiro poder fixar s licitantes o prazo de 8 (oito) dias teis para apresentao de novas propostas escoimadas das causas que as desclassificaram.

    5.9. No caso do subitem anterior, as novas propostas tero validade de 60 (sessenta) dias, contados da data da sua apresentao.

  • PODER JUDICIRIO

    TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO DISTRITO FEDERAL

    ______________________________________________________________________________________________ TRE/DF: Praa Municipal de Braslia, SIG, Quadra 02, Lote 06, CEP: 70094-901. Comisso Permanente de Licitao: (61) 3048-4067, 3048-4232 e 3048-4024. 6

    6. FORMULAO DE LANCES

    6.1. Somente as licitantes com propostas classificadas nos termos do item 5 CLASSIFICAO E JULGAMENTO DAS PROPOSTAS, participaro da fase de lances.

    6.2. Classificadas as propostas, o pregoeiro dar incio etapa competitiva, na qual as licitantes classificadas podero encaminhar lances exclusivamente por meio do sistema eletrnico, sendo imediatamente informadas do recebimento, do respectivo horrio e do valor consignado no registro.

    6.3. As licitantes podero oferecer lances sucessivos, observados o horrio fixado para abertura da sesso e as regras estabelecidas neste Edital.

    6.4. A licitante somente poder oferecer lance inferior ao ltimo por ela ofertado e registrado no sistema.

    6.5. No sero aceitos dois ou mais lances iguais, prevalecendo aquele que for recebido e registrado primeiro.

    6.6. Durante o transcurso da sesso, as licitantes sero informadas, em tempo real, do menor preo registrado, vedada a identificao da ofertante.

    6.7. Os lances apresentados e levados em considerao para efeito de julgamento sero de exclusiva e total responsabilidade da licitante, no lhe cabendo o direito de pleitear qualquer alterao.

    6.8. Durante a fase de lances, o pregoeiro poder excluir, justificadamente, lance cujo valor seja manifestamente inexequvel.

    6.9. Se ocorrer a desconexo do pregoeiro no decorrer da etapa de lances e o sistema eletrnico permanecer acessvel s licitantes, os lances continuaro sendo recebidos, sem prejuzo dos atos realizados.

    6.10. No caso de desconexo do pregoeiro persistir por tempo superior a 10 (dez) minutos, a sesso do prego ser suspensa e ter reincio somente aps comunicao expressa aos participantes no stio eletrnico www.comprasgovernamentais.gov.br.

    6.11. O sistema eletrnico encaminhar aviso de fechamento iminente dos lances, aps o que transcorrer perodo de tempo de at 30 (trinta) minutos, aleatoriamente determinado pelo sistema, findo o qual ser automaticamente encerrada a recepo de lances.

    7. BENEFCIO DA LEI COMPLEMENTAR N 123/06

    7.1. Aps a fase de lances, se a proposta mais bem classificada no tiver sido ofertada por microempresa ou empresa de pequeno porte e houver proposta apresentada por essas empresas at 5% (cinco por cento) superior melhor proposta, proceder-se- da seguinte forma:

    a) A microempresa ou a empresa de pequeno porte mais bem classificada poder, no prazo de 5 (cinco) minutos, apresentar uma ltima oferta, obrigatoriamente abaixo da primeira colocada, situao em que, atendidas as exigncias habilitatrias, ser adjudicado em seu favor o objeto deste prego;

    b) No sendo vencedora a microempresa ou empresa de pequeno porte mais bem classificada, na forma do subitem anterior, o pregoeiro convocar as licitantes remanescentes, que porventura se enquadrem na situao descrita nessa condio (situao de empate), na ordem classificatria, para o exerccio do mesmo direito;

    c) O convocado que no apresentar proposta imediatamente (dentro de 5 minutos, controlados pelo sistema), decair o direito previsto nos artigos 44 e 45 da Lei Complementar n 123/06.

    8. DESEMPATE

    8.1. Havendo empate que no se enquadre na hiptese prevista na Lei Complementar n 123/06, dever ser aplicado o direito de preferncia estabelecido no artigo 3, 2, da Lei n 8.666/93.

    8.2. Persistindo o empate ou comprovada a inviabilidade de aplicao da regra do subitem anterior, o pregoeiro proceder a sorteio, observado o disposto no art. 45, 2, da Lei n 8.666/1993.

    9. NEGOCIAO

    9.1. Encerrada a etapa de lances ou realizado desempate na forma do item anterior, o pregoeiro dever encaminhar, pelo sistema eletrnico, contraproposta licitante que tenha apresentado o lance de menor preo, para que seja obtida melhor proposta, observado o critrio de julgamento e o valor estimado para a contratao, no se admitindo negociar condies diferentes das previstas neste Edital.

    9.2. A negociao ser realizada por meio do sistema, podendo ser acompanhada pelas demais licitantes.

  • PODER JUDICIRIO

    TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO DISTRITO FEDERAL

    ______________________________________________________________________________________________ TRE/DF: Praa Municipal de Braslia, SIG, Quadra 02, Lote 06, CEP: 70094-901. Comisso Permanente de Licitao: (61) 3048-4067, 3048-4232 e 3048-4024. 7

    10. ACEITABILIDADE DA PROPOSTA

    10.1. Encerrada a etapa de lances e concluda a negociao, quando houver, o pregoeiro fixar prazo licitante detentora do lance de menor valor para o envio de sua proposta com o valor readequado ao lance vencedor ou ao valor negociado, caso ocorra, conforme disposto no item 13 ENCAMINHAMENTO DA DOCUMENTAO, do presente Edital.

    10.2. A proposta ser examinada quanto compatibilidade do preo em relao ao valor estimado e a adequao tcnica para a contratao, bem como dever conter:

    a) Razo social, CNPJ, endereo completo, telefone, e-mail e o nmero do Edital;

    b) Nome, RG e CPF de pessoa hbil para assinar contrato ou instrumento substitutivo, quando for o caso, juntamente com documentao que comprove esse poder;

    c) Descrio detalhada do objeto da licitao, com indicao do menor preo, conforme descrito no Termo de Referncia;

    d) Prazo mnimo de validade da proposta de 60 (sessenta) dias, contados da data de abertura da sesso pblica estabelecida no prembulo deste Edital. Caso o prazo de que trata este subitem no esteja expresso na proposta, esta ser entendida como vlida por 60 (sessenta) dias;

    e) Preos por unidade e total, em moeda nacional, em algarismo e por extenso, prevalecendo esse ltimo, em caso de divergncia;

    f) Declarao formal de que est ciente de que todas as despesas para a execuo do objeto, bem como todos os tributos incidentes e demais encargos ou outros custos diretos e indiretos, sero de responsabilidade da licitante. As despesas no inclusas nas propostas de preos sero de responsabilidade da licitante-vencedora, sendo certo que sero desconsideradas quaisquer reclamaes ou solicitaes, seja a que ttulo for, de alterao dos preos constantes da proposta apresentada.

    10.3. Os preos devero ser lquidos, cotados em real, devendo estar neles includos impostos, taxas e demais encargos, bem como deduzidos descontos que venham a ser concedidos.

    10.4. Quaisquer tributos ou encargos legais criados, alterados ou extintos, bem como a supervenincia de disposies legais, quando ocorridas aps a data da apresentao da proposta, de comprovada repercusso nos preos contratados, implicaro a reviso destes para mais ou menos, conforme o caso.

    10.5. Desclassificar-se- a proposta que no corrigir ou no justificar eventuais falhas apontadas pelo pregoeiro no prazo que lhe for concedido.

    10.6. Ser desconsiderada a parte da proposta que contenha oferta de vantagem no prevista neste Edital.

    10.7. Sendo aceitvel a oferta de menor preo, ser verificado o atendimento das condies habilitatrias da licitante que a tiver formulado.

    10.7.1. No sendo aceitvel ou no havendo atendimento das exigncias habilitatrias ou se a licitante deixar de reenviar proposta nos termos do subitem 10.1., o pregoeiro examinar a proposta subsequente e, assim, sucessivamente, na ordem de classificao, at a apurao de uma proposta que atenda a este Edital.

    10.8. No se admitir proposta que apresente preos simblicos, irrisrios ou de valor zero, incompatveis com os preos de mercado, acrescidos dos respectivos encargos, exceto quando se referirem aos bens de propriedade da prpria licitante, para os quais ela renuncie a parcela ou totalidade da remunerao.

    10.8.1. Considerar-se- inexequvel a proposta que no venha a ter demonstrada sua viabilidade por meio de documentao que comprove que os custos envolvidos na contratao so coerentes com os de mercado.

    10.9. No caso de o pregoeiro considerar qualquer proposta com valor manifestamente inexequvel, como forma de deciso quanto desclassificao, promover diligncia quanto verificao de compatibilidade dos preos propostos com os de mercado, na forma do 3, do artigo 43 da Lei n. 8.666/93.

    10.10. O pregoeiro poder solicitar parecer de tcnicos pertencentes ao quadro de pessoal do TRE-DF ou de pessoas fsicas ou jurdicas estranhas ao rgo, para orientar sua deciso.

    10.11. Tratando-se de adjudicao por menor preo global, no ser aceito valor em patamar superior aos respectivos preos estimados para esta licitao, salvo em caso de diligncia realizada pelo pregoeiro que retifique o valor mdio estimado, cujos atos devero estar devidamente registrados nos autos da licitao.

    11. PROVA DE CONCEITO

  • PODER JUDICIRIO

    TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO DISTRITO FEDERAL

    ______________________________________________________________________________________________ TRE/DF: Praa Municipal de Braslia, SIG, Quadra 02, Lote 06, CEP: 70094-901. Comisso Permanente de Licitao: (61) 3048-4067, 3048-4232 e 3048-4024. 8

    11.1. A licitante classificada provisoriamente em primeiro lugar ser convocada pelo pregoeiro, por meio do chat e mediante publicao no site do TRE-DF, com antecedncia mnima de 3 (trs) dias teis, para realizao de Prova de Conceito PoC, na Sede do TRE-DF em Braslia, visando aferir o atendimento dos requisitos e funcionalidades mnimas das solues tecnolgicas especificadas no Termo de Referncia (Anexo I ao Edital), nos moldes do item 4.9. do TR e seu Anexo VI.

    12. HABILITAO

    12.1. Para fins de habilitao, a licitante dever apresentar os documentos relacionados nos itens 4.5 e 4.6 do Termo de Referncia (Anexo I deste Edital), com prazo de validade no expirado, bem como os a seguir:

    a) Cpia do CNPJ, nome, RG e CPF do representante legal;

    b) Registro comercial, no caso de empresa individual; ato constitutivo, estatuto ou contrato social em vigor, devidamente registrado, em se tratando de sociedades comerciais, e, no caso de sociedades por aes, acompanhado de documentos de eleio de seus administradores; inscrio do ato constitutivo, no caso de sociedades civis, acompanhada de prova de diretoria em exerccio; e decreto de autorizao, em se tratando de empresa ou sociedade estrangeira em funcionamento no pas, alm do ato de registro ou autorizao para funcionamento expedido pelo rgo competente, quando a atividade assim o exigir;

    c) Prova de regularidade relativa ao Fundo de Garantia por Tempo de Servio FGTS, demonstrando situao regular no cumprimento dos encargos sociais institudos por lei.

    d) Prova de regularidade fiscal perante a Receita Federal do Brasil e a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional, abrangendo as contribuies sociais prevista nas alneas a a d do pargrafo nico do artigo 11 da Lei n 8.212/1991 - mediante a apresentao de certido negativa de dbitos relativos aos tributos federais e dvida ativa da Unio, observada a ressalva do item 12.12;

    e) Prova de inexistncia de dbitos inadimplidos perante a Justia do Trabalho, mediante a apresentao de certido negativa (CNDT), nos termos do Ttulo VII-A da Consolidao das Leis do Trabalho, aprovada pelo Decreto-Lei no 5.452, de 1 de maio de 1943;

    f) No caso de pessoa jurdica, certido negativa de falncia ou recuperao judicial expedida pelo distribuidor da sede da empresa licitante emitida h, no mximo, 60 (sessenta) dias da data de abertura do certame;

    g) Comprovao de patrimnio lquido no inferior a 10% (dez por cento) do valor estimado da contratao, quando qualquer dos ndices Liquidez Geral, Liquidez Corrente e Solvncia Geral for igual ou inferior a 1 (um);

    h) Declarao de que no emprega menores de dezoito anos em trabalho noturno, perigoso ou insalubre, nem menores de dezesseis anos em qualquer trabalho, salvo na condio de aprendiz, a partir dos quatorze anos; e

    i) declarao de que conhece os locais e condies para a execuo dos servios objeto desta licitao, nos termos do art. 30, III, da Lei n 8.666/1993, conforme Anexo IX ao Termo de Referncia, nada podendo alegar em seu favor caso seja vencedora do certame;

    j) Um ou mais atestados ou declaraes de capacidade tcnica emitidos em seu nome, expedido(s) por pessoa(s) jurdica(s) de direito pblico ou privado, que comprovem ter a licitante executado ou que executa satisfatoriamente, pelo perodo mnimo de 01 (um) ano, servios pertinentes e compatveis com o objeto desta licitao, em caractersticas que se amoldem s atividades descritas no Termo de Referncia e quantidades de, no mnimo, 50% do objeto a ser contratado, conforme previsto neste Termo de Referncia;

    j1) Entende-se como pertinente e compatvel com o objeto desta licitao, a prestao de servio de transporte de pessoas em contrato que contemple no mnimo 153.000 km (cento e cinquenta e trs mil quilmetros) no perodo de 12 (doze) meses e o uso de soluo tecnolgica para frota e gesto do contrato (conforme item 10.3, a do Anexo II-A da IN 5/2017 do MPDG);

    j2) Os atestados de capacidade tcnico-operacional devero referir-se a servios prestados no mbito da atividade econmica principal ou secundria da licitante especificadas no contrato social vigente (conforme item 10.3, b, do Anexo II-A da IN 5/2017 do MPDG);

    j3) O perodo (prazo) de prestao de servios exigido poder ser comprovado mediante a apresentao de mais de um atestado de capacidade tcnica (admite-se somatrio), desde que os perodos sejam sucessivos, no havendo obrigatoriedade de que os perodos sejam ininterruptos (conforme item 10.6.1 do Anexo II-A da IN 5/2017 do MPDG);

    j4) Poder ser admitida, para fins de comprovao de quantitativo mnimo de servio, a apresentao de diferentes atestados de servios, desde que executados de forma concomitante, pois

  • PODER JUDICIRIO

    TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO DISTRITO FEDERAL

    ______________________________________________________________________________________________ TRE/DF: Praa Municipal de Braslia, SIG, Quadra 02, Lote 06, CEP: 70094-901. Comisso Permanente de Licitao: (61) 3048-4067, 3048-4232 e 3048-4024. 9

    essa situao se equivale, para fins de comprovao de capacidade tcnico-operacional, a uma nica contratao (conforme item 10.9 do Anexo II-A da IN 5/2017 do MPDG);

    j5) Somente sero aceitos atestados expedidos aps a concluso do contrato ou decorrido no mnimo um ano do incio de sua execuo, exceto se houver sido firmado para ser executado em prazo inferior (conforme item 9.1.15 do Acrdo n 1214/2013 do Plenrio do TCU e item 10.8 do Anexo II-A da IN 5/2017 do MPDG);

    k) A licitante deve disponibilizar, sempre que solicitado pelo Pregoeiro, todas as informaes necessrias comprovao da legitimidade dos atestados solicitados, apresentando, dentre outros documentos, cpia do contrato que deu suporte contratao, endereo atual da contratante e local em que foram prestados os servios (conforme item 9.1.14 do Acrdo n 1214/2013 do Plenrio do TCU e item 10.10 do Anexo II-A da IN 5/2017 do MPDG).

    12.1.1. A comprovao referida nas alneas c, d e e ser verificada mediante consulta on-line ao sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores SICAF.

    12.2. Em se tratando de cooperativas, estas devero apresentar, quando solicitado pelo pregoeiro, os seguintes documentos, com prazo de validade no expirado:

    12.2.1. A relao dos cooperados que atendem aos requisitos tcnicos exigidos para a contratao e que executaro o contrato, com as respectivas atas de inscrio e a comprovao de que esto domiciliados na localidade da sede da cooperativa, respeitado o disposto no inciso XI do art. 4, inciso I do art. 21 e 2 a 6 do art. 42 da Lei n 5.764, de 1971.

    12.2.2. A Declarao de Regularidade de Situao do Contribuinte Individual (DRSCI) de cada um dos cooperados relacionados.

    12.2.3. A comprovao do capital social proporcional ao nmero de cooperados necessrios prestao do servio.

    12.2.4. O registro previsto no art. 107 da Lei n 5.764, de 1971.

    12.2.5. A comprovao de integrao das respectivas quotas-partes por parte dos cooperados que executaro o contrato.

    12.2.6. Comprovao do envio do Balano Geral e o Relatrio do exerccio social ao rgo de controle, conforme dispe o art. 112 da Lei n 5.764, de 1971.

    12.2.7. Os seguintes documentos para a comprovao da regularidade jurdica da cooperativa:

    12.2.7.1. Ata de fundao.

    12.2.7.2. Estatuto social com a ata da assemblia que o aprovou.

    12.2.7.3. Regimento dos fundos institudos pelos cooperados, com a ata da assemblia que os aprovou.

    12.2.7.4. Editais de convocao das trs ltimas assemblias gerais extraordinrias.

    12.2.7.5. Trs registros de presena dos cooperados que executaro o contrato em assemblias gerais ou nas reunies seccionais.

    12.2.7.6. Ata da sesso que os cooperados autorizaram a cooperativa a contratar o objeto da licitao.

    12.2.8. As cooperativas esto dispensadas da apresentao da certido negativa de falncia ou recuperao judicial por no estarem sujeitas falncia, por fora da lei.

    12.3. A licitante dever apresentar habilitao parcial vlida no SICAF ou apresentar os documentos que supram tal habilitao.

    12.4. As exigncias habilitatrias que no puderem ser comprovadas pelo SICAF devero ser demonstradas mediante encaminhamento da devida documentao para o correio eletrnico [email protected], no prazo definido neste Edital, aps solicitao do pregoeiro no sistema eletrnico.

    12.4.1. O encaminhamento da referida documentao deve ser feito na forma do item 13 ENCAMINHAMENTO DA DOCUMENTAO.

  • PODER JUDICIRIO

    TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO DISTRITO FEDERAL

    ______________________________________________________________________________________________ TRE/DF: Praa Municipal de Braslia, SIG, Quadra 02, Lote 06, CEP: 70094-901. Comisso Permanente de Licitao: (61) 3048-4067, 3048-4232 e 3048-4024. 10

    12.4.2. Alm das pesquisas no SICAF, em ateno ao artigo 97, pargrafo nico, da Lei n. 8.666/93, e determinao do TCU, constante do acrdo n. 1.793/11-Plenrio, o pregoeiro dever realizar as seguintes pesquisas para comprovar a habilitao da licitante:

    12.4.2.1. No CEIS Cadastro Nacional de Empresas Inidneas e Suspensas/CGU, disponvel no Portal da Transparncia (http://www.portaltransparencia.gov.br/ceis), quanto existncia de registros impeditivos da contratao;

    12.4.2.2. No CNCIA Cadastro Nacional de Condenaes Cveis por Ato de Improbidade Administrativa, disponvel no Portal do Conselho Nacional de Justia CNJ (www.cnj.jus.br/improbidade_adm/consultar_requerido.php), quanto existncia de registros impeditivos de contratao por improbidade administrativa;

    12.4.2.3. Relao de licitantes inidneos do Tribunal de Contas da Unio TCU, no stio http://portal.tcu.gov.br/responsabilizacao-publica/licitantes-inidoneas/.

    12.5. A consulta aos cadastros ser realizada em nome da empresa licitante e tambm de seu scio majoritrio, por fora do artigo 12 da Lei n 8.429/92, que prev, dentre as sanes impostas ao responsvel pela prtica de ato de improbidade administrativa, a proibio de contratar com o Poder Pblico, inclusive por intermdio de pessoa jurdica da qual seja scio majoritrio.

    12.6. Constatada a existncia de sano que a impea de licitar ou contratar, o pregoeiro reputar a licitante inabilitada, por falta de condio de participao.

    12.7. Para fins de habilitao, a verificao em stios oficiais de rgos e entidades emissores de certides constitui meio legal de prova.

    12.8. Todos os documentos emitidos em lngua estrangeira devero ser entregues acompanhados da traduo para lngua portuguesa, efetuada por tradutor juramentado, e tambm devidamente consularizados (excetuando-se aos documentos dispensados pelo Decreto n. 8.660/2016).

    12.9. Documentos de procedncia estrangeira, mas emitidos em lngua portuguesa, tambm devero ser apresentados devidamente consularizados (excetuando-se aos documentos dispensados pelo Decreto n. 8.660/2016).

    12.10. Sob pena de inabilitao, os documentos encaminhados para habilitao devero estar em nome da licitante, e, preferencialmente, com o nmero do CNPJ e o respectivo endereo.

    12.11. Se a licitante for a matriz, todos os documentos devero estar em nome da matriz, e se a licitante for a filial, todos os documentos devero estar em nome da filial, exceto aqueles documentos que, pela prpria natureza, comprovadamente, forem emitidos somente em nome da matriz.

    12.11.1. As irregularidades nos cadastros previstos no subitem 12.4.2., e respectivos subitens, apuradas em nome da matriz, obstruem a participao de quaisquer de suas filiais, e vice-versa.

    12.12. Em relao s licitantes que fazem jus aos benefcios da Lei Complementar n 123/06, a comprovao de regularidade fiscal somente ser exigida para efeito de assinatura do contrato, entretanto devero apresentar, no momento da habilitao, toda a documentao exigida para efeito de comprovao de regularidade fiscal, mesmo que apresente alguma restrio.

    12.12.1. Havendo restrio na comprovao da regularidade fiscal, ser assegurado o prazo de 5 (cinco) dias teis, cujo termo inicial corresponder ao momento em que a proponente for declarada vencedora do certame, prorrogveis por igual perodo, a critrio da Administrao Pblica, para a regularizao da documentao, pagamento ou parcelamento do dbito, e emisso de eventuais certides negativas ou positivas com efeito de certido negativa.

    12.12.2. A no regularizao da documentao, no prazo previsto no subitem anterior, implicar decadncia do direito contratao, sem prejuzo das sanes previstas neste Edital e em lei sendo facultado Administrao convocar as licitantes remanescentes, na ordem de classificao, para a assinatura do contrato, ou revogar a licitao.

    12.13. Se a licitante no atender s exigncias habilitatrias, o pregoeiro examinar a proposta subsequente e, assim sucessivamente, na ordem de classificao, at a obteno de uma proposta que atenda ao Edital.

    12.14. Ultrapassada a fase de habilitao das licitantes, no caber desclassific-las por motivo relacionado com a habilitao, salvo em razo de fatos supervenientes ou s conhecidos aps o julgamento.

    12.15. Constatado o atendimento s exigncias fixadas neste Edital, a licitante ser declarada vencedora.

  • PODER JUDICIRIO

    TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO DISTRITO FEDERAL

    ______________________________________________________________________________________________ TRE/DF: Praa Municipal de Braslia, SIG, Quadra 02, Lote 06, CEP: 70094-901. Comisso Permanente de Licitao: (61) 3048-4067, 3048-4232 e 3048-4024. 11

    12.16. Se todas as licitantes forem inabilitadas, o pregoeiro poder fixar o prazo de 8 (oito) dias teis para que elas apresentarem nova documentao escoimada das causas que as inabilitaram.

    13. ENCAMINHAMENTO DA DOCUMENTAO

    13.1. A proposta ajustada ao lance final da licitante vencedora e os documentos exigidos para habilitao que no estejam contemplados no SICAF ou que no puderem ser obtidos por esse meio, inclusive quando houver necessidade de envio de anexos, devero ser remetidos para o endereo eletrnico [email protected], no prazo de 02 (duas) horas, contados da solicitao do pregoeiro.

    13.2. A proposta, os documentos e os anexos remetidos por meio eletrnico devero ser encaminhados em original ou por cpia autenticada por cartrio competente, salvo se apresentarem a forma de publicao oficial, no prazo de 2 (dois) dias teis, contados da solicitao do pregoeiro, Coordenadoria de Material e Patrimnio, situada no segundo andar do edifcio-sede deste Tribunal (end.: Praa Municipal de Braslia, SIG, Quadra 02, Lote 06, Braslia-DF, CEP: 70094-901), que integraro o instrumento contratual respectivo.

    14. ESCLARECIMENTOS E IMPUGNAO AO EDITAL

    14.1. At 2 (dois) dias teis antes da data fixada para abertura da sesso pblica, qualquer pessoa, fsica ou jurdica, poder impugnar o ato convocatrio deste prego.

    14.2. No ter efeito de recurso a alegao oferecida aps o termo marcado para a apresentao da impugnao.

    14.3. O pregoeiro, auxiliado pelo setor do TRE-DF responsvel pela elaborao deste Edital, decidir sobre a impugnao no prazo de at 24 (vinte e quatro) horas.

    14.4. Acolhida a impugnao, ser designada nova data para a realizao do certame.

    14.5. Os pedidos de esclarecimentos referentes a este processo licitatrio devem ser enviados ao pregoeiro, at 3 (trs) dias teis anteriores data fixada para abertura da sesso pblica, exclusivamente para o correio eletrnico [email protected]

    14.6. Qualquer modificao neste Edital exige divulgao pelos mesmos instrumentos de publicao em que se deu o texto original, reabrindo-se o prazo inicialmente estabelecido, exceto quando, inquestionavelmente, a alterao no afetar a formulao das propostas.

    14.7. As respostas s impugnaes e aos esclarecimentos solicitados sero disponibilizadas no endereo eletrnico www.comprasgovernamentais.gov.br, por meio do link Acesso Livre > Preges > Agendados, para conhecimento da sociedade em geral e dos fornecedores, cabendo aos interessados em participar do certame acess-lo para obteno das informaes prestadas.

    15. RECURSOS ADMINISTRATIVOS

    15.1. Declarado o vencedor, o pregoeiro abrir prazo de 30 (trinta) minutos, durante o qual qualquer licitante poder, de forma imediata e motivada, em campo prprio do sistema, manifestar sua inteno de recorrer.

    15.2. A licitante-recorrente dever registrar as razes do recurso, em campo prprio do sistema, no prazo de 3 (trs) dias, ficando as demais licitantes, desde logo, intimadas a apresentar contrarrazes, tambm via sistema, em igual prazo, que comear a correr do trmino do prazo da recorrente, sendo-lhes assegurada vista imediata dos elementos indispensveis defesa dos seus interesses.

    15.3. A falta de manifestao imediata e motivada da inteno de interpor recurso, no momento da sesso pblica deste prego, implica decadncia desse direito, ficando o pregoeiro autorizado a adjudicar o objeto licitante vencedora.

    15.4. O acolhimento do recurso importar na invalidao apenas dos atos insuscetveis de aproveitamento.

    16. ADJUDICAO E HOMOLOGAO

    16.1. O objeto deste prego ser adjudicado (s) licitante(s) vencedora(s) aps decidido(s) o(s) recurso(s), quando houver, sujeito homologao por autoridade superior do TRE-DF.

    17. ATRIBUIES DO PREGOEIRO E DA EQUIPE DE APOIO

    17.1. Cabem ao pregoeiro as atribuies dispostas no art. 11 do Decreto n 5.450/2005.

    17.2. facultado ao pregoeiro ou autoridade superior, em qualquer fase deste prego, promover diligncias destinadas a esclarecer ou completar a instruo do processo, vedada a incluso posterior de informao ou de

  • PODER JUDICIRIO

    TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO DISTRITO FEDERAL

    ______________________________________________________________________________________________ TRE/DF: Praa Municipal de Braslia, SIG, Quadra 02, Lote 06, CEP: 70094-901. Comisso Permanente de Licitao: (61) 3048-4067, 3048-4232 e 3048-4024. 12

    documentos que deveriam constar originariamente da proposta ou da documentao. Poder, inclusive, realizar diligncias para verificao das instalaes fsicas e equipamentos da licitante provisoriamente classificada em primeiro lugar, a fim de comprovar as condies por ela declaradas (Acrdo TCU n 10049/2017).

    17.3. No julgamento das propostas e na fase de habilitao, o pregoeiro poder sanar erros ou falhas que no alterem a substncia das propostas, dos documentos e sua validade jurdica, mediante despacho fundamentado, registrado em ata e acessvel a todos, atribuindo-lhes validade e eficcia para fins de classificao e habilitao.

    17.4. Caber equipe de apoio, dentre outras atribuies, auxiliar o pregoeiro em todas as fases do processo licitatrio.

    18. CONTRATO E NOTA DE EMPENHO

    18.1. Aps homologado o resultado da licitao, a Administrao do TRE-DF convocar a licitante vencedora, por meio do e-mail cadastrado na forma do Item 25 deste Edital, durante a validade da sua proposta, para assinar o respectivo termo contratual e receber a nota de empenho dentro do prazo de 05 (cinco) dias teis, sob pena de decair o direito contratao, sem prejuzo das sanes previstas neste edital e no artigo 81 da Lei n 8.666/93.

    18.1.1. O prazo para a assinatura do contrato poder ser prorrogado uma nica vez, por igual perodo, quando solicitado pela licitante vencedora durante o seu transcurso, desde que ocorra motivo justificado e aceito pela Administrao.

    18.2. A assinatura do contrato est condicionada verificao da regularidade da habilitao parcial da licitante vencedora junto ao SICAF.

    18.3. Em cumprimento ao disposto no artigo 6 da Lei n 10.522/02, a Contratante realizar consulta ao Cadastro Informativo de Crditos no Quitados do Setor Pblico Federal - CADIN, cujo resultado ser anexado aos autos do processo correspondente. (Acrdo TCU n. 1.427/10-Plenrio e Acrdo TCU n 6.246/10-2 Cmara).

    18.4. Quando a convocada, dentro do prazo de validade da sua proposta, no mantiver sua condio de habilitao, ou quando, injustificadamente, recusar-se a assinar o contrato e receber a nota de empenho no prazo estabelecido no item 18.1, decair a licitante vencedora do direito contratao, sendo, neste caso, facultado ao pregoeiro, no prazo e nas condies j estabelecidas neste edital, convocar outra licitante para assinar o contrato, obedecida a ordem de classificao estabelecida no 2 do artigo 64 da Lei n 8.666/93, para, aps comprovados os requisitos habilitatrios e feita a negociao, assinar o contrato e receber a nota de empenho, sem prejuzo das penalidades previstas neste edital e nas demais cominaes legais, em especial ao disposto no artigo 7 da Lei n 10.520/02.

    18.6. Decorrido o prazo de validade das propostas, sem convocao para contratao, ficam as licitantes liberadas dos compromissos assumidos.

    19. EXECUO CONTRATUAL

    19.1. A execuo da contratao decorrente desta licitao dar-se- nos termos estabelecidos no Anexo I (Termo de Referncia) e no Anexo II (Minuta de Contrato) a este Edital.

    20. CUSTO ESTIMADO E DOTAO ORAMENTRIA

    20.1. O valor total estimado para a contratao de R$ 1.132.200,00 (um milho, cento e trinta e dois mil e duzentos reais), tendo como base o valor mdio dos preos obtidos por meio de cotaes de fornecedores e preo de outras contrataes pblicas, atendidas as diretrizes fixadas na IN SLTI/MPOG n. 5/2014, conforme discriminado abaixo:

    Descrio Unid. Quant. VALORES

    Vlr Unit. Vlr Total

    Prestao de servio de transporte terrestre de pessoas, documentos e bens de pequeno volume, a servio do TRE-DF, no mbito do Distrito Federal.

    Quilmetro rodado 306.000 R$ 3,70 R$ 1.132.200,00

    TOTAL R$ 1.132.200,00

    20.2. A despesa decorrente deste certame correr s expensas do oramento de 2018 e seguintes, na Ao Julgamento de Causas e Gesto Administrativa no Distrito Federal e Pleitos Eleitorais, no elemento de despesa 33.90.33 Passagens e Despesas com Locomoo.

  • PODER JUDICIRIO

    TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO DISTRITO FEDERAL

    ______________________________________________________________________________________________ TRE/DF: Praa Municipal de Braslia, SIG, Quadra 02, Lote 06, CEP: 70094-901. Comisso Permanente de Licitao: (61) 3048-4067, 3048-4232 e 3048-4024. 13

    21. PAGAMENTO

    21.1. O pagamento decorrente da execuo contratual, a cargo do TRE-DF, ser realizado nos termos estabelecidos no item PAGAMENTO do Anexo II a este Edital (Minuta de Contrato).

    22. PENALIDADES

    22.1. Quem, convocado dentro do prazo de validade da sua proposta, no celebrar o contrato, deixar de entregar ou apresentar documentao falsa exigida para o certame, ensejar o retardamento da execuo de seu objeto, no mantiver a proposta, falhar ou fraudar na execuo do contrato, comportar-se de modo inidneo ou cometer fraude fiscal, ficar impedido de licitar e contratar com a Unio, estados, Distrito Federal e municpios, bem como ser descredenciado no SICAF, ou nos sistemas de cadastramento de fornecedores a que se refere o inciso XIV do artigo 4 da Lei n 10.520/02, pelo prazo de at 05 (cinco) anos, sem prejuzo da multa prevista em edital e no contrato e nas demais cominaes legais.

    22.2. A configurao de quaisquer das hipteses previstas no artigo 7 da Lei n 10.520/2002, que se refira fase pr-contratual, ou seja, antes da assinatura do contrato ou de seu substitutivo, salvo o expresso reconhecimento pelo TRE-DF da ocorrncia de causa exculpante, enseja ao Tribunal o direito:

    22.2.1 aplicao da penalidade de multa no percentual de at 10% (dez por cento) sobre o valor total estimado da licitao, independentemente da aplicao das penalidades previstas no subitem 22.1. e da adoo das medidas estabelecidas nos subitens 22.2.2. e 22.2.3.

    22.2.2 convocao das licitantes remanescentes, na ordem de classificao, para assinar o contrato, sem prejuzo da aplicao das sanes cabveis, podendo o pregoeiro negociar diretamente com a licitante para obteno de menor preo.

    22.2.3 revogao da licitao.

    22.3. Em cumprimento aos acrdos do Plenrio do TCU n 1.793/2011 e n 754/2015, devero ser autuados processos administrativos ou adotadas providncias com vistas responsabilizao das empresas que praticarem, injustificadamente, na licitao, na contratao ou na execuo contratual, ato ilegal tipificado no art. 7 da Lei 10.520/2002, facultando-se ao interessado a apresentao de defesa prvia no prazo de 5 (cinco) dias teis.

    22.4. Toda e qualquer penalidade aplicada licitante ser registrada no SICAF Sistema Integrado de Cadastro de Fornecedores, e no Cadastro Nacional de Empresas Inidneas e Suspensas da Controladoria-Geral da Unio - CEIS.

    22.5. Sanes por atos praticados durante a execuo contratual esto previstas na minuta de contrato (Anexo II ao Edital).

    23. CRITRIOS DE SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL

    23.1. Para a execuo dos servios, objeto deste Edital, a contratada dever observar os critrios de sustentabilidade ambiental contidos no Decreto n. 7.746/12 e na IN SLTI/MPOG n. 1/10, no que couber, sem prejuzo de observncia obrigatria de normas e regulamentos que disponham sob as boas prticas no uso racional de energia, gua etc.

    24. CASOS OMISSOS

    24.1. Os casos omissos neste Edital sero resolvidos pelo pregoeiro, que se basear nas disposies contidas na Lei n 10.520/2002, na Lei n 8.666/1993 que institui normas gerais para licitaes e contratos no mbito da Administrao Pblica e nas demais normas que disponham sobre este tipo de contratao e/ou sobre o objeto aqui contratado, bem como pelos preceitos de Direito Pblico, aplicando-se-lhes, supletivamente, os princpios de Teoria Geral dos Contratos e as disposies de Direito Privado, na forma do artigo 54 c/c o inciso XII do art. 55 da Lei 8.666/1993.

    25. CREDENCIAMENTO NO SISTEMA ELETRNICO DE INFORMAES - SEI

    25.1. Os interessados, nos termos da Portaria Conjunta TRE-DF n 5/2017, devero se credenciar no Sistema Eletrnico de Informaes (SEI) para realizar as aes inerentes a contratao e sua execuo, como: assinar documentos eletronicamente, tomar cincia de atos, receber notificaes, visualizar processos, realizar requerimentos, interpor recursos (exceto quanto aos recursos referentes licitao), dentre outros.

    25.2. O credenciamento de usurios externos para acesso ao Sistema Eletrnico de Informaes (SEI) ato pessoal e intransfervel e ser efetivado mediante o seguinte procedimento:

  • PODER JUDICIRIO

    TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO DISTRITO FEDERAL

    ______________________________________________________________________________________________ TRE/DF: Praa Municipal de Braslia, SIG, Quadra 02, Lote 06, CEP: 70094-901. Comisso Permanente de Licitao: (61) 3048-4067, 3048-4232 e 3048-4024. 14

    I cadastro no SEI, mediante o preenchimento do formulrio disponvel no portal do TRE-DF (www.tre-df.jus.br), na internet;

    II entrega, pelo e-mail [email protected] ou pessoalmente, Seo de Protocolo SEPRO, telefone 3048-4076, das cpias da seguinte documentao:

    a) Pessoa Fsica (representante da empresa):

    1. Documento de identidade e Cadastro de Pessoa Fsica CPF; e

    2. Comprovante de residncia.

    25.2.1. Se encaminhadas por e-mail, as cpias devem ser digitalizadas individualmente, possuir o formato PDF, pesquisvel, com tamanho mximo de 10MB.

    25.2.1.1. Para a finalizao do credenciamento do usurio externo, o TRE-DF poder, a qualquer tempo, solicitar a apresentao de documento original ou complementar.

    25.2.2. Se entregues pessoalmente, as cpias podero ser autenticadas por servidor do TRE-DF desde que apresentada a documentao original.

    25.2.3. As cpias dos documentos de autoridades e agentes pblicos no necessitam de autenticao.

    25.3. So de exclusiva responsabilidade do usurio externo:

    I o sigilo da senha relativa assinatura eletrnica;

    II a equivalncia entre os dados informados para o envio do documento e os constantes do documento protocolado;

    III a consulta peridica ao endereo de e-mail cadastrado e ao SEI-TRE-DF, a fim de verificar o recebimento de comunicaes eletrnicas a atos processuais; e

    IV a atualizao de seus dados cadastrais no SEI-TRE-DF.

    25.3.1. O usurio no poder alegar o uso indevido de sua senha relativa assinatura eletrnica.

    26. CONSIDERAES GERAIS

    26.1. Em caso de discordncia existente entre as especificaes do objeto descrito no Compras Governamentais e as constantes deste Edital, prevalecero as ltimas.

    26.2. O pregoeiro, por despacho fundamentado, poder desclassificar a licitante, sem que a esta caiba direito de reclamar indenizao ou ressarcimento, sem prejuzo de outras sanes cabveis, caso tome conhecimento de qualquer fato que desabone a idoneidade, capacidade financeira ou tcnica.

    26.3. A critrio do Tribunal, por meio da autoridade competente e mediante despacho fundamentado, a presente licitao poder ser transferida, revogada no todo ou em parte, por razes de interesse pblico decorrente de fato superveniente devidamente comprovado, pertinente e suficiente para justificar tal conduta, ter as quantidades do seu objeto diminudas ou aumentadas e ser anulada, por possvel ilegalidade, no sendo cabvel, no ltimo caso, s licitantes a reclamao de quaisquer indenizaes, nos termos do artigo 29 do Decreto n 5.450/2005, ressalvado o disposto no 2 do mesmo dispositivo.

    26.4. Da sesso pblica de realizao do prego, ser lavrada ata, que ser assinada pelo pregoeiro, e mencionar todas as licitantes participantes, os lances oferecidos, bem como as demais ocorrncias que interessarem ao julgamento da licitao, em obedincia ao disposto no artigo 30, XI, do Decreto n 5.450/2005.

    26.5. Independente de declarao expressa, a simples participao de empresas nesta licitao, implica a aceitao plena das condies estipuladas neste Edital e submisso total s prescries legais vigentes.

    26.6. facultado ao pregoeiro ou autoridade superior, em qualquer fase desta licitao, promover diligncias destinadas a esclarecer ou complementar a instruo de assunto a ela relacionado.

    26.7. As decises do pregoeiro somente sero consideradas definitivas aps homologao pela autoridade competente do Tribunal.

    26.8. Mais informaes sobre esta licitao podero ser obtidas junto Coordenadoria de Material e Patrimnio, no 2 andar, sala 205, do edifcio-sede do TRE-DF, situado na Praa Municipal de Braslia, SIG, Quadra 2, Lote 6, no horrio compreendido entre 13h30 e 18h30 e por meio dos telefones (61) 3048-4067, 3048-4232 e 3048-4024.

  • PODER JUDICIRIO

    TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO DISTRITO FEDERAL

    ______________________________________________________________________________________________ TRE/DF: Praa Municipal de Braslia, SIG, Quadra 02, Lote 06, CEP: 70094-901. Comisso Permanente de Licitao: (61) 3048-4067, 3048-4232 e 3048-4024. 15

    26.9. Para dirimir as questes oriundas deste Edital, ser competente a Justia Federal, Seo Judiciria do Distrito Federal, com expressa renncia a qualquer outra, por mais privilegiada que seja.

    Braslia-DF, de de 2018.

    KLISSIA FREIRE DA SILVA

    Coordenadora de Material e Contrataes

  • PODER JUDICIRIO

    TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO DISTRITO FEDERAL

    ______________________________________________________________________________________________ TRE/DF: Praa Municipal de Braslia, SIG, Quadra 02, Lote 06, CEP: 70094-901. Comisso Permanente de Licitao: (61) 3048-4067, 3048-4232 e 3048-4024. 16

    ANEXO I AO EDITAL PREGO ELETRNICO N. 09/2018 - TERMO DE REFERNCIA -

    PROCESSO SEI N: 0004813-26.2017.6.07.8100

    1. OBJETO, ESTIMATIVAS E JUSTIFICATIVAS 1.1. Contratao de Pessoa Jurdica para prestao de servio de transporte terrestre de pessoas,

    documentos e bens de pequeno volume, a servio do TRE-DF, no mbito do Distrito Federal, sob demanda e sem aporte exclusivo de mo-de-obra, mediante uso de qualquer meio regular e legalmente apto, diretamente ou por agenciamento, a exemplo de servio de Txi, Servio de Transporte Individual Privado de Passageiros Baseado em Tecnologia de Comunicao em Rede no Distrito Federal STIP/DF (regulamentado pela Lei Federal n 13.640/2018, Lei Distrital n 5.691/2016 e Decreto Distrital 38.258/2017) ou similares.

    1.2. Os servios devero, obrigatoriamente, ser prestados atravs de solues tecnolgicas que possibilitem a operao e a gesto das solicitaes das corridas, por meio de aplicao web e aplicativo mobile, conforme requisitos e funcionalidades especificadas neste Termo de Referncia - TR.

    1.3. Os servios sero contratados dentro dos parmetros e rotinas estabelecidos, com fornecimento de todos os meios necessrios execuo dos servios, com observncia s recomendaes aceitas pela boa tcnica, pelas normas e legislaes aplicveis.

    1.4. A prestao dos servios ora propostos de natureza continuada, sendo imprescindveis e necessrios continuamente para as unidades do Tribunal, visando atender s demandas de transporte de autoridades, servidores e bens de pequeno volume, e garantindo assim a execuo das funes institucionais deste Regional.

    1.5. O valor estimado da contratao de R$ 94.350,00 (noventa e quatro mil, trezentos e cinquenta reais) mensais, e de R$ 1.132.200,00 (um milho, cento e trinta e dois mil e duzentos reais) anuais, conforme estudos preliminares registrados no Sistema Eletrnico de Informaes SEI [0318342] e posteriormente complementados por meio do Relatrio de Quantificao da Demanda SEI [0385167].

    1.6. O quantitativo global estimado de quilmetros rodados de at 306.000 (trezentos e seis mil) quilmetros anuais, podendo, em anos eleitorais, atingir o quantitativo adicional de at 200.000 (duzentos mil quilmetros), perfazendo at 506.000 (quinhentos e seis mil) quilmetros rodados, conforme indica tambm o Relatrio de Quantificao da Demanda.

    1.7. A contratao ter vigncia de doze meses, a contar de sua assinatura, podendo ser prorrogada nos termos e limites fixados no art. 57, inciso II, da Lei 8.666, de 1993, mediante a celebrao de termo aditivo, desde que a empresa tenha realizado bons servios e o valor ofertado esteja de acordo com o praticado no mercado. O incio da execuo est definido no item 9 deste Termo de Referncia, devendo os servios serem prestados a contar de 18 de julho de 2018, data imediatamente posterior ao trmino da vigncia do contrato atual deste Tribunal (consoante Termo Aditivo n 05 ao Contrato n 12/2013 PA 0002035-20.2016.6.07.8100).

    1.8. Conforme consta do DOD [0313551], a contratao se alinha ao previsto no Plano Estratgico 2015-2020, nas Diretrizes: (3) Buscar a excelncia da prestao jurisdicional, tornando-a mais clere e econmica; (5) Contribuir para o desenvolvimento da responsabilidade socioambiental no TRE-DF; e (11) Dispor dos recursos oramentrios necessrios para o cumprimento de sua misso.

    2. DEFINIES: Para perfeito entendimento deste TR, so adotadas as seguintes definies e siglas:

    2.1. AGENCIAMENTO Pela dico do art. 710 do Cdigo Civil, contrato de agncia aquele pelo qual uma pessoa assume, em carter no eventual e sem vnculos de dependncia, a obrigao de promover, conta de outra, mediante retribuio, a realizao de certos negcios, em zona determinada, caracterizando-se a distribuio quando o agente tiver sua disposio a coisa a ser negociada;

    2.2. ANO ELEITORAL Ano em que se realizam eleies gerais ou municipais (coleta de justificativas no Distrito Federal), e, excepcionalmente, quando determinada a realizao de eleies suplementares;

    2.3. CENTRAL DE ATENDIMENTO unidade da CONTRATADA responsvel por registrar as solicitaes com o uso de servio telefnico e por orientar os USURIOS na soluo de problemas ou dificuldades na execuo dos servios;

  • PODER JUDICIRIO

    TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO DISTRITO FEDERAL

    ______________________________________________________________________________________________ TRE/DF: Praa Municipal de Braslia, SIG, Quadra 02, Lote 06, CEP: 70094-901. Comisso Permanente de Licitao: (61) 3048-4067, 3048-4232 e 3048-4024. 17

    2.4. CONTRAN Conselho Nacional de Trnsito; 2.5. CPF Cadastro de Pessoas Fsicas; 2.6. CRLV Certificado de Registro e Licenciamento de Veculo; 2.7. CROSS-SITE REQUEST FORGERY - tipo de ataque informtico malicioso a um website no qual

    comandos no autorizados so transmitidos atravs de um utilizador em quem o website confia; 2.8. CROSS-SITE SCRIPTING - tipo de vulnerabilidade de sistema de segurana de um computador,

    encontrado normalmente em aplicaes web que activam ataques maliciosos das pginas web; 2.9. DDD Discagem Direta Distncia; 2.10. DF Distrito Federal; 2.11. E-MAIL endereo de correio eletrnico; 2.12. GESTOR CENTRAL Representante do TRE-DF, devidamente designado, vinculado SETRA

    responsvel pela gesto do contrato, pelo monitoramento e pelo acompanhamento da execuo dos servios em nvel geral;

    2.13. GESTOR SETORIAL Representante do TRE-DF, devidamente designado, responsvel pelo monitoramento e pelo acompanhamento da execuo dos servios em nvel de Presidncia e unidades vinculadas, Corregedoria e unidades vinculadas, Diretoria Geral e unidades vinculadas, Secretarias e Coordenadorias e;

    2.14. GESTOR DE UNIDADE Representante do TRE-DF, devidamente designado, responsvel pelo monitoramento e pelo acompanhamento da execuo dos servios no mbito das Sees, Ncleos e Cartrios Eleitorais;

    2.15. GNV Gs Natural Veicular; 2.16. HORA PARADA correspondente ao valor cobrado por hora, ou frao, por ocasio da espera do

    USURIO cuja contagem se inicia aps a primeira parada, enquanto o veculo permanecer parado, aps o embarque do USURIO e o incio do percurso (conforme definido neste Termo de Referncia, somente ser devido o pagamento de horas paradas nos dias em que se realizarem eleies);

    2.17. HTML5 - Hypertext Markup Language, verso 5, linguagem para estruturao e apresentao de contedo para a internet;

    2.18. IN Instruo Normativa; 2.19. INJECTION - tipo de ameaa de segurana que se aproveita de falhas em sistemas que interagem

    com bases de dados; 2.20. IMR Instrumento de Medio de Resultado - mecanismo que define, em bases compreensveis,

    tangveis, objetivamente observveis e comprovveis, os nveis esperados de qualidade da prestao do servio e respectivas adequaes de pagamento;

    2.21. IPCA ndice de Preos ao Consumidor Amplo; 2.22. PDF formato de arquivo denominado Portable Document Format; 2.23. PERODO ELEITORAL Meses de agosto a novembro em anos eleitorais e, em caso de

    realizao de eleies suplementares, conforme regulamentao especfica; 2.24. PoC Prova de Conceito, procedimento realizado durante o processo licitatrio para verificao do

    atendimento dos requisitos e funcionalidades da soluo tecnolgica a ser disponibilizada; 2.25. PPA Plano Plurianual; 2.26. RESPONSE TIME TESTING teste de desempenho para verificao do tempo de resposta de

    uma aplicao web e aplicativo mobile; 2.27. RESTfull - design de arquitetura construdo para servir aplicaes em rede; 2.28. SECURE SOCKETS LAYER - protocolo de comunicao criptografado que protege as

    transferncias de dados via internet para servios como e-mail, navegao por pginas e outros tipos; 2.29. SETRA - Seo de Transportes; 2.30. SICAF Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores; 2.31. SIGEPE Sistema de Gesto de Pessoas do Governo Federal; 2.32. STIP/DF - Servio de Transporte Individual Privado de Passageiros Baseado em Tecnologia de

    Comunicao em Rede: modalidade de servio de transporte urbano, individual e remunerado de passageiros, prestado por pessoa natural, mediante uso de automvel, cuja contratao seja disponibilizada exclusivamente por meio de acesso a aplicativo on-line de agenciamento de viagens, operado por pessoa jurdica, com a qual se relaciona direta ou indiretamente o prestador do servio (definio conforme Decreto Distrital n 38.258/2017);

  • PODER JUDICIRIO

    TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO DISTRITO FEDERAL

    ______________________________________________________________________________________________ TRE/DF: Praa Municipal de Braslia, SIG, Quadra 02, Lote 06, CEP: 70094-901. Comisso Permanente de Licitao: (61) 3048-4067, 3048-4232 e 3048-4024. 18

    2.33. VECULO ADAPTADO - veculo especial que atende as exigncias individuais ou coletivas de deslocamento das pessoas com deficincia fsica, com necessidades especiais ou restries de mobilidade;

    2.34. TR Termo de Referncia; 2.35. TRANSPORTE REMUNERADO PRIVADO INDIVIDUAL DE PASSAGEIROS: servio remunerado

    de transporte de passageiros, no aberto ao pblico, para a realizao de viagens individualizadas ou compartilhadas solicitadas exclusivamente por usurios previamente cadastrados em aplicativos ou outras plataformas de comunicao em rede (Lei n 13.640/2018);

    2.36. TRE-DF - Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal; 2.37. UASG Unidade Administrativa de Servios Gerais; 2.38. UNIDADE ADMINISTRATIVA unidade da estrutura organizacional do TRE-DF, responsvel pelo

    monitoramento e pelo acompanhamento da execuo dos servios no mbito de sua atuao; 2.39. UNIDADE GESTORA UNIDADE ADMINISTRATIVA responsvel pela gesto contratual,

    fiscalizao, ateste, monitoramento e pelo acompanhamento da execuo e recebimento dos servios no mbito geral;

    2.40. UNIDADE SETORIAL UNIDADES ADMINISTRATIVAS integrantes da Presidncia, Corregedoria, Diretoria Geral, Secretarias e Coordenadorias cadastradas no sistema terceirizado de gesto de servios de transporte, responsveis pelo ateste, fiscalizao, monitoramento e acompanhamento da execuo dos servios no mbito da atuao da unidade;

    2.41. USURIO - Servidores e Colaboradores usurios dos servios contratados; 2.42. USURIO EXTERNO pessoa sem vnculo com o TRE-DF, quando a servio do Tribunal; 2.43. USURIO INTERNO servidor, magistrado ou colaborador (inclusive terceirizado), quando a

    servio do TRE-DF e devidamente autorizado a utilizar o servio de transporte; 2.44. WEB SERVICE - soluo utilizada na integrao de sistemas e na comunicao entre aplicaes

    diferentes; 2.45. XLM formato de arquivo, sigla para Extensible Markup Language, que significa em portugus

    Linguagem Extensvel de Marcao Genrica; 2.46. XLS Excel Binary File Format, formato de arquivo padro do aplicativo Excel.

    3. FUNDAMENTAO

    3.1. Conforme prevem os Estudos Preliminares [0318342], a contratao visa propiciar o transporte clere e eficiente de servidores e colaboradores a servio do TRE-DF, alm de documentos e bens de pequenos volumes, visando garantir meios eficientes e eficazes para que possam promover a prestao de suas funes institucionais no mbito do DF.

    3.2. A demanda busca a reduo de custos no intuito de promover a efetivao dos princpios da eficincia e economicidade, norteadores da Administrao Pblica, atravs da modernizao dos servios de transporte com utilizao de soluo tecnolgica terceirizada na operao e gesto do processo, devidamente adequadas s recomendaes contidas nos Acrdos TCU N. 214/2017, de 15/2/2017 e 1223/2017, de 14/6/2017 ambos do Plenrio, no Processo 025.964/2016-0.

    3.3. Alm de possibilitar a aplicao eficiente do dinheiro pblico, o modelo de contratao permitir o uso intensivo de tecnologia da informao e comunicao de modo a propiciar melhorias na operao e na gesto do servio, possibilitando a necessria transparncia e o controle efetivo do gasto pblico.

    3.4. Ademais, o modelo de contratao para prestao do servio adotado atende as disposies do Decreto n 9.287/2018, que dispe sobre a utilizao de veculos oficiais pela Administrao Pblica Federal e autarquias e fundaes federais, especialmente o artigo 8 abaixo transcrito:

    Art. 8 Os rgos, as autarquias e as fundaes da administrao pblica federal devero considerar todos os modelos de contratao praticados pela administrao pblica federal para prestao de servio de transporte de material e de pessoal a servio, de que trata o art. 4, e adotar aquele que for comprovadamente mais vantajoso em comparao ao modelo vigente.

    3.5. Importa informar que parte do modelo de negcio pretendido, qual seja a utilizao de servios de transporte terceirizados, j se encontra implementada neste Regional. Porm a gesto atual apresenta dificuldade de controle em funo da necessidade de gesto manual das requisies, dos vouchers de

  • PODER JUDICIRIO

    TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO DISTRITO FEDERAL

    ______________________________________________________________________________________________ TRE/DF: Praa Municipal de Braslia, SIG, Quadra 02, Lote 06, CEP: 70094-901. Comisso Permanente de Licitao: (61) 3048-4067, 3048-4232 e 3048-4024. 19

    autorizao e da conferncia por meio de planilhas, ignorando as tecnologias j comumente disponveis no mercado e, prejudicando, sobremaneira, o desenvolvimento, o planejamento e a gesto do processo.

    3.6. Pretende-se, por fim, prover o perodo eleitoral com servios de transporte mais cleres e menos onerosos aos cofres pblicos, considerando a peculiaridade da Justia Eleitoral de aumento sazonal da demanda por servios.

    4. FORMA E CRITRIOS DE SELEO DO FORNECEDOR 4.1. Os servios em questo so enquadrados como comuns, considerados aqueles cujos padres de

    desempenho e de qualidade possam ser objetivamente definidos, por meio de especificaes usuais no mercado.

    4.2. Em decorrncia, o enquadramento da propositura de licitao se d na modalidade prego, na forma eletrnica, com fundamento no artigo 1 e seu pargrafo nico e no pargrafo 1 do artigo 2 da Lei n 10.520/2002, bem como o artigo 1 e pargrafo nico e o artigo 2 e pargrafo 1 do Decreto n 5.450/2005.

    4.3. Ser permitida a participao de cooperativas, desde que apresentem modelo de gesto operacional adequado ao objeto desta licitao, com compartilhamento ou rodzio das atividades de coordenao e superviso da execuo dos servios, e desde que os servios contratados sejam executados obrigatoriamente pelos cooperados, vedando-se qualquer intermediao ou subcontratao, excetuada a subcontratao da CENTRAL DE ATENDIMENTO e desenvolvimento do aplicativo eletrnico, conforme especificado neste Termo de Referncia. Devero ser observadas, ademais, as regras prprias para a participao de cooperativas no Edital.

    4.4. No podero participar desta licitao consrcio de empresas, qualquer que seja a sua forma de constituio, uma vez que no se trata de servio complexo, de grande vulto ou a ser prestado em diversas localidades (cidades ou estados da federao distintos), que poderia ensejar a reunio de empresas para sua execuo.

    4.5. DA HABILITAO DECLARAO DE VISTORIA OU DECLARAO DE CINCIA

    4.5.1. Fica facultada a realizao de vistoria por parte das licitantes, em ateno ao art. 3, caput e 1, I, da Lei 8.666/93. Entretanto, ser exigido, como condio de habilitao, a apresentao de Declarao de Vistoria emitida pelo TRE-DF ou, caso a empresa opte por no realiz-la, de Declarao de Cincia de todas as informaes e condies necessrias para a prestao dos servios e cumprimento das obrigaes, nos termos do art. 30, III, da Lei n 8.666/93, conforme modelos constantes do Anexo IX a este Termo de Referncia (Acrdo 234/2015 do Plenrio do TCU);

    4.5.2. Caso a licitante tenha interesse em vistoriar os locais de prestao dos servios para a emisso da Declarao de Vistoria citada no item anterior, seu agendamento poder ser realizado junto a Seo de Transportes SETRA (telefone 61-3048-1990), das 13 s 18 h em dias teis, endereo SGON QD.03 LT.160/180 - Galpo de Transportes do TRE-DF (atrs da garagem dos Correios - Cep.70.610-630). A vistoria, devidamente agendada, somente poder ser realizada em at 02 (dois) dias teis antes da realizao da sesso da licitao.

    4.6. DA HABILITAO QUALIFICAO TCNICA

    4.6.1. Alm dos demais requisitos de habilitao previstos no Edital, ser exigida da licitante a apresentao dos seguintes documentos relativos Qualificao Tcnica (Art. 30, inciso II, da Lei 8.666/93):

    4.6.1.1. Um ou mais atestados ou declaraes de capacidade tcnica emitidos em seu nome, expedido(s) por pessoa(s) jurdica(s) de direito pblico ou privado, que comprovem ter a licitante executado ou que executa satisfatoriamente, pelo perodo mnimo de 01 (um) ano, servios pertinentes e compatveis com o objeto desta licitao, em caractersticas que se amoldem s atividades descritas no Termo de Referncia e quantidades de, no mnimo, 50% do objeto a ser contratado, conforme previsto neste Termo de Referncia;

  • PODER JUDICIRIO

    TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO DISTRITO FEDERAL

    ______________________________________________________________________________________________ TRE/DF: Praa Municipal de Braslia, SIG, Quadra 02, Lote 06, CEP: 70094-901. Comisso Permanente de Licitao: (61) 3048-4067, 3048-4232 e 3048-4024. 20

    4.6.1.1.1. Entende-se como pertinente e compatvel com o objeto desta licitao, a prestao de servio de transporte de pessoas em contrato que contemple no mnimo 153.000 km (cento e cinquenta e trs mil quilmetros) no perodo de 12 (doze) meses e o uso de soluo tecnolgica para frota e gesto do contrato (conforme item 10.3, a do Anexo II-A da IN 5/2017 do MPDG);

    4.6.1.2. Os atestados de capacidade tcnico-operacional devero referir-se a servios prestados no mbito da atividade econmica principal ou secundria da licitante especificadas no contrato social vigente (conforme item 10.3, b, do Anexo II-A da IN 5/2017 do MPDG);

    4.6.1.3. O perodo (prazo) de prestao de servios exigido poder ser comprovado mediante a apresentao de mais de um atestado de capacidade tcnica (admite-se somatrio), desde que os perodos sejam sucessivos, no havendo obrigatoriedade de que os perodos sejam ininterruptos (conforme item 10.6.1 do Anexo II-A da IN 5/2017 do MPDG);

    4.6.1.4. Poder ser admitida, para fins de comprovao de quantitativo mnimo de servio, a apresentao de diferentes atestados de servios, desde que executados de forma concomitante, pois essa situao se equivale, para fins de comprovao de capacidade tcnico-operacional, a uma nica contratao (conforme item 10.9 do Anexo II-A da IN 5/2017 do MPDG);

    4.6.1.5. Somente sero aceitos atestados expedidos aps a concluso do contrato ou decorrido no mnimo um ano do incio de sua execuo, exceto se houver sido firmado para ser executado em prazo inferior (conforme item 9.1.15 do Acrdo n 1214/2013 do Plenrio do TCU e item 10.8 do Anexo II-A da IN 5/2017 do MPDG);

    4.6.1.6. A licitante deve disponibilizar, sempre que solicitado pelo Pregoeiro, todas as informaes necessrias comprovao da legitimidade dos atestados solicitados, apresentando, dentre outros documentos, cpia do contrato que deu suporte contratao, endereo atual da contratante e local em que foram prestados os servios (conforme item 9.1.14 do Acrdo n 1214/2013 do Plenrio do TCU e item 10.10 do Anexo II-A da IN 5/2017 do MPDG).

    4.7. INFORMAES RELEVANTES PARA FORMULAO DA PROPOSTA.

    4.7.1. O quantitativo anual estimado em anos no eleitorais de at 306.000 (trezentos e seis mil) quilmetros rodados, distribudos em aproximadamente 4.261 (quatro mil, duzentos e sessenta e um) chamados;

    4.7.2. O quantitativo anual estimado em anos eleitorais de at 506.000 (quinhentos e seis mil) quilmetros rodados.

    4.7.3. O Contrato atual atende, em mdia, 20 solicitaes de transporte dirias, das quais 80% se do no perodo compreendido entre 12 horas e 18 horas, conforme se verifica no Anexo VIII - Grfico Horo-Sazonal;

    4.7.4. Do total das solicitaes de transporte, em consonncia com o histrico registrado, cerca de 60% correspondem a chamados tendo como local de embarque o Edifcio Sede deste Regional, enquanto 40% esto distribudas entre as demais Unidades Administrativas e Cartrios Eleitorais localizadas em todo o Distrito Federal, conforme se verifica no Anexo VII - LOCALIZAO DE UNIDADES ADMINISTRATIVAS E CARTRIOS ELEITORAIS DO TRE/DF;

    4.7.5. As solicitaes de corridas sero realizadas por demanda dos USURIOS, ressaltando que a sua quantidade no pode ser precisamente determinada em razo da imprevisibilidade de sua necessidade;

    4.7.6. Conforme consta do Relatrio de Quantificao da Demanda SEI [0385167], em anos eleitorais, a contratada dever estar preparada para suportar aumento de demanda em at 200.000 (duzentos mil) quilmetros, com acrscimo especial nos meses de agosto a

  • PODER JUDICIRIO

    TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO DISTRITO FEDERAL

    ______________________________________________________________________________________________ TRE/DF: Praa Municipal de Braslia, SIG, Quadra 02, Lote 06, CEP: 70094-901. Comisso Permanente de Licitao: (61) 3048-4067, 3048-4232 e 3048-4024. 21

    novembro, no havendo necessidade de assinatura de aditivo, uma vez que j existir previso contratual;

    4.7.7. Apenas para referncia, a atual contratada presta os servios utilizando-se de frota com 25 veculos (em anos no eleitorais);

    4.7.8. No dia das Eleies (1 e 2 Turnos), poder ser exigida da contratada a disponibilizao de at 800 (oitocentos) automveis, com motoristas, simultaneamente;

    4.8. DA FORMULAO DA PROPOSTA E JULGAMENTO

    4.8.1. Observadas as demais regras previstas no Edital, a proposta dever ser preenchida na forma do Anexo V - Modelo de Proposta de Preos, documento em que sero indicados os valores unitrios e totais exclusivamente para os quilmetros rodados, conforme quantitativos estimados previamente pelo TRE-DF para anos no eleitorais (at 306.000 km).

    4.8.2. O julgamento das propostas levar em considerao o menor preo global , observados todos os critrios estabelecidos neste Edital.

    4.8.2.1. Os valores unitrios foram definidos em pesquisa de mercado, realizada mediante composio de uma cesta de preos, conforme orientao do Tribunal de Contas da Unio e IN 5/2014 da Secretaria de Gesto do MPDG.

    4.8.3. Os valores mximos aceitos pelo TRE-DF, de acordo com o relatrio de Quantificao da Demanda, salvo em caso de diligncia do Pregoeiro que retifique os valores mdios de mercado, sero de:

    Descrio Quantitativo

    estimado em anos no eleitorais

    Valor unitrio

    Valor total em anos no eleitorais

    Quilmetros rodados 306.000 km R$ 3,70 R$ 1.132.200,00

    4.9. PROVA DE CONCEITO - PoC

    4.9.1. A licitante classificada provisoriamente em primeiro lugar ser convocada pelo pregoeiro, por meio do chat e mediante publicao no site do TRE-DF, com antecedncia mnima de 3 (trs) dias teis, para realizao de Prova de Conceito PoC, na Sede do TRE-DF em Braslia, visando aferir o atendimento dos requisitos e funcionalidades mnimas da soluo tecnolgica especificadas neste TR e conforme Anexo VI.

    4.9.2. A PoC ser realizada por equipe tcnica designada, responsvel pela aferio do atendimento dos itens descritos no Anexo VI, e poder ser acompanhada pelos demais licitantes.

    4.9.3. O acompanhamento dos testes ficar limitado participao de at 2 (dois) representantes de cada licitante.

    4.9.4. Todas as despesas decorrentes de participao ou acompanhamento da PoC so de responsabilidade de cada um dos licitantes.

    4.9.5. A equipe tcnica elaborar relatrio com o resultado da PoC, informando se a soluo tecnolgica est ou no de acordo com os requisitos e funcionalidades estabelecidas.

    4.9.5.1. Caso o relatrio indique que a soluo tecnolgica est em conformidade com as especificaes exigidas, o licitante ser declarado vencedor do processo licitatrio e, caso indique motivadamente a no conformidade, o licitante ser desclassificado do processo licitatrio.

    4.9.5.2. Ser considerada aprovada com ressalvas a soluo que, embora possua todas as funcionalidades previstas na PoC, venha a apresentar falha durante o teste.

    4.9.5.3. Caso o relatrio indique que a soluo foi aprovada com ressalvas, as no conformidades sero listadas e o licitante ter prazo de 3 (trs) dias teis, no

  • PODER JUDICIRIO

    TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO DISTRITO FEDERAL

    ______________________________________________________________________________________________ TRE/DF: Praa Municipal de Braslia, SIG, Quadra 02, Lote 06, CEP: 70094-901. Comisso Permanente de Licitao: (61) 3048-4067, 3048-4232 e 3048-4024. 22

    prorrogveis, a contar da data de cincia do respectivo relatrio, para proceder aos ajustes necessrios na soluo e disponibiliz-la, para a realizao de testes complementares, para aferio da correo ou no das inconformidades indicadas.

    4.9.5.4. Caso o novo relatrio indique a no conformidade da soluo ajustada s especificaes tcnicas exigidas, a licitante ser desclassificada do processo licitatrio.

    4.9.6. No caso de desclassificao do licitante, o pregoeiro convocar o prximo licitante, tambm no prazo de 3 (trs) dias teis de antecedncia para a realizao da Prova de Conceito, por meio do chat e mediante publicao no site do TRE-DF, obedecida a ordem de classificao, sucessivamente, at que um licitante cumpra os requisitos e funcionalidades previstas no Anexo VI, e seja declarado vencedor.

    5. DESCRIO DA SOLUO 5.1. Contratao de Pessoa Jurdica para prestao de servio de transporte terrestre de pessoas,

    documentos e bens de pequeno volume, a servio do TRE-DF, no mbito do Distrito Federal, sob demanda e sem aporte exclusivo de mo-de-obra, mediante uso de qualquer meio regular e legalmente apto, diretamente ou por agenciamento, a exemplo de servio de Txi, Servio de Transporte Individual Privado de Passageiros Baseado em Tecnologia de Comunicao em Rede no Distrito Federal STIP/DF (regulamentado pela Lei Federal n 13.640/2018, Lei Distrital n 5.691/2016 e Decreto Distrital 38.258/2017) ou similares;

    5.2. Os servios devero, obrigatoriamente, ser prestados atravs de solues tecnolgicas que possibilitem a operao e a gesto das solicitaes das corridas, por meio de aplicao web e aplicativo mobile, conforme requisitos e funcionalidades especificadas neste Termo de Referncia TR;

    5.3. As solicitaes sero atendidas sob demanda pela Contratada que fornecer a tecnologia para viabilizar o transporte, alm de todos os meios necessrios execuo dos servios no mbito do Distrito Federal DF.

    5.4. A soluo dever se basear em tecnologia de comunicao de rede podendo ser prestada, inclusive, por meio de empresas cujos servios se enquadram no art. 2 do Decreto Distrital n 38.258, de 7 de Junho de 2017 (Servio de Transporte Individual Privado de Passageiros Baseado em Tecnologia de Comunicao em Rede STIP/DF), alm de empresas de transporte, cooperativas de txis e similares;

    5.5. A viabilizao do processo das solicitaes, das corridas, do acompanhamento e monitoramento at o ateste por meio do aplicativo parte integrante da soluo a ser contratada, assim como a gesto de cadastros e senhas conforme os requisitos e funcionalidades especificadas neste Termo de Referncia;

    5.6. Os servios que incluem a operao, o registro e a gesto das solicitaes e realizao das viagens, entre outros, sero realizados atravs de solues tecnolgicas por meio de aplicao web e aplicativo mobile, enquanto o transporte propriamente dito ser realizado por meio de veculos automotores, combustvel e condutores providos pela contratada no mbito do Distrito Federal - DF, nos termos do Termo de Referncia, do Edital e seus anexos;

    5.7. A soluo tecnolgica dever ser apresentada mediante Prova de Conceito (PoC) durante o processo licitatrio, devendo atender aos requisitos de acessibilidade, disponibilidade, segurana e funcionalidade nos termos do Edital e seus anexos;

    5.8. A execuo dos servios no gera vnculo empregatcio entre os empregados ou credenciados da CONTRATADA e a CONTRATANTE, vedando-se qualquer relao entre estes que caracterize pessoalidade e subordinao direta.

    6. REMUNERAO: 6.1. O servio ser remunerado mensalmente, exclusivamente mediante quantificao do pagamento por

    quilmetro rodado, no sendo admitido o pagamento por horas paradas, salvo as hipteses excepcionais contidas neste Termo de Referncia;

  • PODER JUDICIRIO

    TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO DISTRITO FEDERAL

    ______________________________________________________________________________________________ TRE/DF: Praa Municipal de Braslia, SIG, Quadra 02, Lote 06, CEP: 70094-901. Comisso Permanente de Licitao: (61) 3048-4067, 3048-4232 e 3048-4024. 23

    6.1.1. Exclusivamente nos dias de eleio, poder ser autorizada, pela Contratante, a realizao de at 12.500 horas paradas por dia para remunerar a disponibilidade dos veculos ao TRE-DF e atender demandas inadiveis, considerando-se o valor vigente, ao tempo da prestao dos servios, conforme previsto em regulamento do Governo do Distrito Federal para o servio de Txi;

    6.1.2. A opo por remunerar a hora parada mostra-se mais vantajosa do que a locao de veculos conforme demonstrado em relatrio de quantificao da demanda e est condicionada a no obteno, ou obteno parcial, de veculos de outros rgos pblicos pelo TRE-DF, no dia das eleies;

    6.1.3. Os aplicativos web e mobile devero permitir medir as supracitadas horas paradas, conforme autorizao prvia do TRE-DF;

    6.2. Em nenhuma hiptese ser remunerada a bandeirada mnima.