Pontos de Função na Engenharia de ?· 1983 primeiro curso de APF no Brasil ... Completo em si mesmo…

Embed Size (px)

Text of Pontos de Função na Engenharia de ?· 1983 primeiro curso de APF no Brasil ... Completo em si...

  • www.metricas.com.br < 1>

    Pontos de Funo naEngenharia de Software

    Este documento contm informaes extradas do Manual de Prticas de Contagem do IFPUG.

    Essas informaes so reproduzidas com a permisso do IFPUG.

    Diana Baklizky, CFPS

  • www.metricas.com.br < 2>

    Agenda

    Engenharia de Software

    Performance do Processo

    Medida do Tamanho do Produto

    Quando Medir

    Anlise de Pontos de Funo

    Obtendo o Esforo

    Indicadores

  • www.metricas.com.br < 3>

    Engenharia de Software

    uma rea do conhecimento da informtica voltada

    para a especificao, desenvolvimento e manuteno

    de sistemas de software aplicando tecnologias e

    prticas de cincia da computao, gerncia de

    projetos e outras disciplinas, objetivando organizao,

    produtividade e qualidade.

  • www.metricas.com.br < 4>

    Acompanhando a Performance do Processo

    No se

    consegue controlar

    o que no se

    consegue medir

    Tom DeMarco, Controlling Software Projects, Yourdon Press, 1982.

  • www.metricas.com.br < 5>

    Acompanhando a Performance do Processo

    Eficincia do Processo - Produtividade

    Estamos cumprindo os compromissos atuais e objetivos

    planejados?

    Eficcia do Processo Defeitos, Retrabalho

    Quanto esforo adicional est sendo despendido devido a

    retrabalho?

  • www.metricas.com.br < 6>

    Produtividade no Desenvolvimento de Sistemas

    A medida do produto do

    trabalho deve ser

    padronizada e uniforme

    para tarefas iguais ou

    similares.

    Produtividade = Medida do Produto do TrabalhoEsforo para Produzi-lo

  • www.metricas.com.br < 7>

    Medida do Tamanho do Produto

    Os Pontos de Funo podem ser utilizados para medir

    sistemas em vrias fases do ciclo de vida, no

    desenvolvimento ou na manuteno.

  • www.metricas.com.br < 8>

    APF Anlise de Pontos de Funo

    Histrico

    1979 Allan Albrecht (IBM) cria as primeiras regras da APF

    1983 primeiro curso de APF no Brasil (Unisys)

    1984 primeiro manual de APF

    1986 criao da primeira diretoria do IFPUG *

    1996 primeiro exame CFPS no Brasil

    1998 criao do BFPUG

    2004 CFPS no Brasil = 200

    2007 CPM (Manual de Prticas de Contagem) verso 4.2.1 em

    portugus

    2010 CPM verso 4.3

    * International Function Point Users Group

  • www.metricas.com.br < 9>

    \\

    Nece

    ssid

    ades

    do u

    surio Funcionalidades

    Soft

    ware

    Tecnologia

    Qualidade

    APF

    Requisitos do usurio

  • www.metricas.com.br < 10>

    Quando medir funcionalidades

    Ciclo de vida de desenvolvimento de sistemas

    Requisitos formais

    Especifi-cao

    ProjetoImplemen-

    taoImplan-tao

    ContagemIndicativa

    Ou Estimada

    Contagem DetalhadaProjeto

    Contagem detalhadaAplicao

    Estudo preliminar

  • www.metricas.com.br < 11>

    APF Anlise de Pontos de Funo

    Objetivos

    Medir a funcionalidade que o usurio solicita e recebe

    Independe da tecnologia e consideraes tcnicas

    Benefcios

    Fator de normalizao e comparao de softwares

    Estimativa de custos e recursos

    Linguagem comum usurio x fornecedor

    Transparente

    Reduz conflitos de negociao

    Permite auditagem

    Possibilita gerao de histrico de projetos

    Indicador de qualidade de projetos

  • www.metricas.com.br < 12>

    Obtendo o Tamanho Funcional

    Procedimentos de contagem

    Determinar o tipo de contagem

    Determinar escopo e

    fronteira

    Contar funes

    de dados

    Contar funes de

    transao

    Determinar pontos de funo no

    ajustados

    Determinar fator de

    ajuste

    Calcular os pontos defuno

    ajustados

  • www.metricas.com.br < 13>

    APF Componentes bsicos

    Funes de dado

    Funcionalidade para atender

    requisitos de dados externos e

    internos

    ALI Arquivo Lgico Interno

    Dados mantidos dentro da

    aplicao contada

    AIE Arquivo de Interface

    Externa

    Dados mantidos fora da

    aplicao e apenas

    referenciados por ela

    Funes de transao

    Funcionalidades da aplicao

    para processamento de dados

    Tipos de transao

    EE Entrada Externa

    SE Sada Externa

    CE Consulta Externa

  • www.metricas.com.br < 14>

    Conceitos antes de comear a contagem

    Usurio

    Descreve necessidades do negcio

    interage com o aplicativo (pessoa ou outro sistema)

    Viso do usurio

    Descrio das necessidades do negcio do usurio, na linguagem do

    usurio

    Processo elementar

    Menor atividade significativa para usurio

    Completo em si mesmo (auto-contido)

    Deixa o negcio suportado pela aplicao em estado consistente

    Mantido pela aplicao

    Habilidade de modificar dados atravs de um processo elementar

  • www.metricas.com.br < 15>

    Exemplo de contagem de aplicao

    Usurio

    Incluir Nota Fiscal

    1.1

    Listar Nota Fiscal

    1.2

    Consultar detalhes da Nota Fiscal

    1.3

    Cliente

    Nota Fiscal

    AIE Arquivo de Interface Externa

    EE Entrada Externa

    SE Sada Externa

    CE Consulta Externa

    ALI Arquivo Lgico Interno

  • www.metricas.com.br < 16>

    Determinar o tipo de contagem

    Desenvolvimento

    Primeira instalao

    Funcionalidades de converso

    Melhoria ( = manuteno)

    Modificaes (incluses, alteraes, excluses e converso)

    Aplicao

    Funcionalidades j disponveis

    Determinar o tipo de contagem

    Determinar escopo e

    fronteira

    Contar funes

    de dados

    Contar funes de

    transao

    Determinar pontos de funo no

    ajustados

    Determinar fator de

    ajuste

    Calcular os pontos de

    funo ajustados

  • www.metricas.com.br < 17>

    Determinar escopo e fronteira

    Escopo

    Identifica funcionalidades do software que sero medidas

    influenciado pelo propsito

    Fronteira

    Limite entre sistema e usurio

    Aplicao sendo

    contada

    ALIAIE

    EE

    SE

    CE

    Determinar o tipo de contagem

    Determinar escopo e

    fronteira

    Contar funes

    de dados

    Contar funes de

    transao

    Determinar pontos de funo no

    ajustados

    Determinar fator de

    ajuste

    Calcular os pontos de

    funo ajustados

  • www.metricas.com.br < 18>

    Funes de dados - prtica

    Exemplos

    Determinar o tipo de contagem

    Determinar escopo e

    fronteira

    Contar funes

    de dados

    Contar funes de

    transao

    Determinar pontos de funo no

    ajustados

    Determinar fator de

    ajuste

    Calcular os pontos de

    funo ajustados

    Arquivos de configurao mantidos pela aplicao

    Dados de negcio mantidos pela aplicao

    Arquivos mantidos pela aplicao e por outra tambm

    Arquivos mantidos por outra aplicao

    Arquivos de backup

    Tabelas de dado de cdigo (dados do desenvolvedor)

    Arquivo movimento para manter dados de negcio

    Arquivos de segurana mantidos pela aplicao

    Arquivos de help, mantidos por outra aplicao

    Arquivo para processamento em outra aplicao

    ALI

    ALI

    ALI

    ALI

    AIE

    AIE

    -

    -

    -

    -

  • www.metricas.com.br < 19>

    Contar funes de dados

    DER Dado Elementar Referenciado

    Campo nico no repetido e reconhecido por usurio

    RLR Registro Lgico Referenciado

    Subgrupo de dados reconhecido pelo usurio dentro de ALI/

    AIE

    Complexidade e contribuio

    RLRs / DETs 1 19 20 50 > 50 AIE ALI

    1 Baixa Baixa Mdia Baixa 5 7

    2 - 5 Baixa Mdia Alta Mdia 7 10

    > 5 Mdia Alta Alta Alta 10 15

    Determinar o tipo de contagem

    Determinar escopo e

    fronteira

    Contar funes

    de dados

    Contar funes de

    transao

    Determinar pontos de funo no

    ajustados

    Determinar fator de

    ajuste

    Calcular os pontos de

    funo ajustados

  • www.metricas.com.br < 20>

    Contar funes de transao

    DER Dado Elementar Referenciado

    Campo nico no repetido e reconhecido por usurio

    Capacidade de envio de mensagem de resposta

    Habilidade de especificar uma ao a ser executada

    ALR Arquivo Lgico Referenciado

    ALI mantido ou AIE referenciado pela funo de transao

    Determinar o tipo de contagem

    Determinar escopo e

    fronteira

    Contar funes

    de dados

    Contar funes de

    transao

    Determinar pontos de funo no

    ajustado