Portfolio 5 Semestre Analise de Sistemas UNOPAR

  • View
    24

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Portfolio 5 Semestre Analise de Sistemas UNOPAR

ABNT - UNOPAR - Completo

PAGE

SUMRIO1 INTRODUO.......................................................................................................3

2 DESENVOLVIMENTO...........................................................................................42.1 Prototipao...........................................................................................................42.2 WBS de um projeto de software............................................................................72.3 Cronograma de projeto..........................................................................................82.4 Aspecto de usabilidade em IHC para ambiente web............................................102.5 Segurana em sistemas web ..............................................................................123 CONCLUSO......................................................................................................14REFERENCIAS..........................................................................................................151 INTRODUO

A tecnologia da informao oferece recursos tecnolgicos e computacionais para a gerao de informao, sendo que os sistemas de informao esto cada vez mais sofisticados propondo mudanas nos processos, estruturas e estratgias de negcios.No se admite hoje uma empresa que queira competir com vantagem sem a utilizao dessas ferramentas. Estes fatos abrem lacunas para que os novos gestores, com novas vises busquem o aperfeioamento continuo para suas empresas.

O crescimento e a crescente evoluo das organizaes fruto da evoluo do conhecimento e da informao. As transformaes decorrentes do desenvolvimento tecnolgico nas reas de informao e comunicao afetaram significativamente a sociedade. Para acompanhar essas transformaes, tanto as pessoas quanto s organizaes tem procurado formas mais rpidas para se inserir nesse modelo atual de mercado.Esse modelo chamado de era da informao, o qual necessrio ter em mente a tecnologia da informao e os sistemas de informao com grandes precursores e responsveis pelo valor adicional s tomadas de deciso e sendo utilizada para melhorar o desempenho das atividades das empresas e por consequncia a reengenharia dos processos empresariais.

Este trabalho tem como objetivo, apresentar os mtodos de como funciona a construo e aplicao do desenvolvimento web, tendo como ferramentas os ambientes integrados para desenvolvimento de software, as linguagens de programao e os mtodos de segurana na internet.

Abordaremos tambm um projeto de sistemas e seu cronograma que ter como modelo o ciclo de vida que mais se adequar a um projeto de sistemas e a criao da estrutura analtica do projeto (WBS).

2 DESENVOLVIMENTO2.1 Prototipao

Num dos modelos de ciclo de vida, muito comum utilizao da prototipao quando se utiliza linguagem apropriada para este fim. Porm, alm dessa caracterstica a prototipao tem como finalidade auxiliar processo de identificao e refinamento dos requisitos.

Mas o que prottipo?

uma representao visual do produto que est sendo desenvolvido.

construdo geralmente com os mesmos materiais do produto final e j traz os mecanismos necessrios para fazer funcionar.

Toda ideia que envolve a prototipao est voltada para o tempo e o custo de desenvolver algo que possa ser testado pelo usurio.Por meio de prottipos, os analistas de negcios e/ou de sistemas utilizam-se artefato para potencializar a comunicao com os usurios finais durante a fase de levantamento de dados. Diferentemente do benchmarking de produtos similares, a prototipao o desenho efetivo de janelas ou relatrios construdos para materializar a interface (janelas ou relatrios) entre o usurio e o sistema.

Da prototipao aproveitam-se duas atividades:

Levantamento de requisitos;

Validao de requisitos.

O usurio final tem maior segurana e pode afirmar certos requisitos por meio de visualizao de um prottipo.O processo de prototipao utiliza-se de quatro fases: Definio dos objetivos do prottipo: feito um estudo das regras de negcio do sistema que dever ser criado. Definio das funcionalidades do prottipo: Este o momento em que so combinadas e registradas quais so as funcionalidades mais desejadas e mais importantes que devem esto presentes. Desenvolvimento do prottipo: Nesta fase construdo o prottipo de acordo com as especificaes geradas nas fases anteriores

Entrega e avaliao do produto: O final de uma interao no desenvolvimento de um prottipo a entrega do mesmo, podendo este ser demostrado ao usurio, extraindo a opinio dos mesmos a respeito do prottipo verificando assim, as possibilidades de modificao e novas ideias sobre o objeto final a ser entregue.

Figura 1 Processo de prototipao

Figura 2 Exemplo de tela de prottipo2.2 WBS de um projeto de software

2.3 Cronograma do projeto

2.4 Aspectos de usabilidade em IHC para ambiente webA usabilidade em IHC a medida na qual um produto pode ser usado por usurios especficos para alcanar objetivos especficos com eficcia, eficincia e satisfao em um contexto especfico de uso.

Vamos definir esses objetivos:

Eficcia: est ligada acurcia e completude com as quais os usurios alcanam objetivos especficos. Eficincia: relaciona-se com o nvel de eficcia alcanada no consumo de recursos relevantes, como esforo mental e fsico, tempo, custos materiais ou financeiros. Satisfao: tem a ver com o conforto e com atitude positiva m relao ao uso de um produto, podendo ser medida pela avaliao subjetiva em escala de desconforto experimentado, gosto pelo produto, satisfao com o uso do produto ou aceitao da carga de trabalho, quando a realizao de diferentes tarefas, ou a extenso dos objetivos de usabilidade que foram alcanadas. Contexto de uso: refere-se a usurios, tarefas, equipamentos e o ambiente fsico e social, com o propsito de alcanar objetivos especficos.

Figura 3: Estrutura de usabilidadeNa especificao de usabilidade devem descrever os aspectos pretendidos e os componentes do contexto de uso com usurio, tarefas, equipamentos e ambiente, detalhando-se os aspectos que influenciam a usabilidade e descrevem-se, tambm os valores reais ou desejados de eficcia e satisfao para o objetivo do contexto que so necessrios. Suas Vantagens!

Segundo ISSO (2007), no campo de usabilidade, necessrio ter as medidas de eficcia, eficincia e satisfao, de acordo com o contexto de uso e das propostas. O nvel de detalhes de cada medida depende dos objetivos das partes envolvidas na medio, devendo ser considerada a importncia relativa de cada medida para os objetivos. Essas medidas podem ser especificas para objetivos globais ou para objetivos menores.2.5 Segurana de sistemas webEm relao segurana de sistemas web, descreverei alguns aspectos de como funciona o protocolo SSL.

O SSL um protocolo que fornece privacidade e integridade entre os dois aplicativos de comunicao, utilizando o TCP/IP. O Hypertext Transfer Protocol (HTTP) para o World Wide Web utiliza SSL para executar comunicaes seguras.

Os dados que vem e voltam entre o cliente e o servidor criptografado utilizando um algoritmo simtrico, como DES ou RC4. Um algoritmo de chave pblica normalmente RSA utilizado para trocar as chaves criptografadas e para as assinaturas digitais. O algoritmo utiliza a chave pblica no certificado digital do servidor. Com o certificado digital do servidor, o cliente pode verificar a identidade do servidor. As verses 1 e 2 do protocolo SSL fornece somente autenticao do servidor. A verso 3 inclui autenticao do cliente, utilizando os certificados digitais do servidor e do cliente.

O Protocolo de reconhecimento SSL

Uma conexo SSL iniciada sempre pelo cliente. No inicio da sesso do SSL, um protocolo de reconhecimento executado. Esse protocolo de reconhecimento produz os parmetros criptogrficos da sesso.

Uma viso geral simplificada de como o protocolo de reconhecimento processada, ser mostrado abaixo. Esse exemplo assume a conexo SSL est sendo estabelecida entre um navegador da web e um servidor da web.Vantagens:O SSL preenche todos os critrios que o fazem aceitvel para o uso das transmisses das mais sensveis informaes, como dados pessoais e nmeros de carto de credito. A aplicao pode optar entre utilizar todos ou somente uma parte desses critrios dependendo do tipo ou natureza das transaes que esto sendo efetuadas.A criptografia a arte de empregar certas regras em mensagens ou informaes de forma a esconder seu verdadeiro contedo. A mensagem ou informao codificada pelo uso da criptografia, que pode ser transmitida por meio de comunicao considerada insegura, pois s o receptor conhecedor das regras poder reverter p processo e ler o documento original.Veja um exemplo onde a conexo SSL est sendo estabelecida entre um navegador da web e um servidor da web.

Figura 4 Protocolo de reconhecimento SSL com autenticao do servidor

3 CONCLUSOConcluindo, aqui foram mostrados alguns aspectos de ciclo de vida baseado em prottipos que ajudam de desenvolver projetos de sistemas que ter como modelos uma WBS e um cronograma desse projeto. Alm de ter interao do sistema com o homem, um protocolo ser estabelecido para a segurana desse sistema.REFERNCIASMORAES, Everson Matias. Interao Humano-Computador/Everson Matias de Morais; Adriane Aparecida Loper Londrina: UNOPAR, 2014.

SOLER, Luciano; MORAES, Everson Matias. Desenvolvimento de Aplicao Web. So Paulo, Pearson 2013.

HISATOMI, Marco Ikuro. Projeto de Sistemas. So Paulo, Pearson 2013.http://www.dextra.com.br/prototipacao-e-sua-importancia-no-desenvolvimento-de-software/http://www.tiespecialistas.com.br/2010/11/wbs-%E2%80%93-uma-ferramenta-importante-para-o-gerente-de-projetos/Sistema de Ensino Presencial Conectado

anlises e desenvolvimento de sistemas

ANDR GALEANO DE OL