Portfolio Individual 6 Semestre

  • Published on
    05-Aug-2015

  • View
    2.272

  • Download
    0

Embed Size (px)

Transcript

<p>SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANALISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS MARCELO ALVES MACHADO</p> <p>ATIVIDADE INTERDISCIPLINAR INDIVIDUAL</p> <p>Belo Horizonte 2012</p> <p>MARCELO ALVES MACHADO</p> <p>ATIVIDADE INTERDISCIPLINAR INDIVIDUAL</p> <p>Trabalho interdisciplinar apresentado ao Curso Superior de Tecnologia em Anlise e Desenvolvimento de Sistemas da Universidade Norte do Paran - UNOPAR, como requisito parcial para a obteno de mdia nas disciplinas do 6 semestre. Orientadores: Anderson MacedoVeronice Freitas Adriane Loper Dorival Magro Jr</p> <p>Belo Horizonte 2012</p> <p>SUMRIO INTRODUO..............................................................................................................3 OBJETIVO.....................................................................................................................4 DESENVOLVIMENTO...................................................................................................5 CONCLUSO..............................................................................................................24 REFERNCIAS...........................................................................................................25</p> <p>3</p> <p>INTRODUO Nesta etapa devemos trabalhar o contedo do eixo temtico, incentivar a interatividade e a regionalidade e auxiliar na aplicao dos conceitos estudados. Neste ltimo semestre viabilizada a elaborao do TCC em complemento s atividades realizadas no estgio; so combinados: programao de computadores com utilizao de bancos de dados e redes de computadores em sistemas de informao; so estudadas maneiras do ser humano interagir com os sistemas; abordado o processo de gesto do conhecimento desde sua gerao at a tomada de deciso nas empresas. Este trabalho foi baseado no cenrio proposto Nossa Locadora de Livros. Nele apresentaremos uma pesquisa realizada para implementar um sistema em uma locadora de livros, onde foi estudado e-business, que uma ampliao das aes de e-commerce, ou seja, uma componente da transio da empresa de um negcio tradicional para um e-business a incorporao do fluxo de e-commerce nas operaes dirias da mesma. Com isso veremos que e-business e e-commerce no a mesma coisa. A importncia do CRM no e-business, assim como as diversas fases do CRM. Ser apresentado tambm Segurana no desenvolvimento de aplicao web para a locadora de livro ficar com um sistema seguro e confivel s Vulnerabilidades mais comuns e para tornar mais seguro veremos a utilizao de firewalls e protocolo HTTPS. Veremos tambm os sistemas operacionais mveis, tambm conhecidos como: Mobile OS, plataforma mvel, ou sistema operacional de bolso. o sistema operacional que controla um dispositivo mvel como, em princpio, um sistema operacional como o Linux ou Windows. Que o cdigo Java simples, seguro, compacto e por ser orientado a objetos permite reuso e formas coerentes de explorar recursos como interfaces, encapsulamento e polimorfismo. Um Exemplo CRM e e-business.</p> <p>4</p> <p>OBJETIVO Desenvolver um trabalho de pesquisa para implantao de um sistema seguro e de fcil acesso para usurio de uma locadora de livros assim como em dispositivo mvel para a mesma. Pesquisar e verificar a diferena entre e-business e e-commerce e a importncia de um CRM para este sistema de locaes de livros. Mostrar os tipos de sistemas operacionais mveis e qual que mais se adequa para a locadora de livros. Mostrar tambm como fazer um sistema seguro para os usurios destes sistemas e tambm as vulnerabilidade comum entre os sistemas.</p> <p>5</p> <p>DESENVOLVIMENTO</p> <p>1.1 CENRIO DA NOSSA LOCADORA A empresa proposta e uma empresa privada com fins lucrativos e situada numa regio central da cidade de So Paulo. Fundada na data de 20 de Janeiro de 1990 atende a demanda de locao de livros. Contem um quadro de 07(sete) funcionrios que atuam e diversas reas da empresa. Seu fundador o Sr. Joo Carlos o diretor e conta com um quadro de 7 funcionrios que atuam em diversas reas, sendo: Paulo Rodrigues, Ana Paula e Jos Roberto (departamento de locao), Mrcia Regina (departamento de compras), Andr Augusto (departamento de controle estoque) e Maria Helena (departamento financeiro); desde o incio de sua operao a direo continua sendo o seu fundador. Seu estoque atual possui 20.000 ttulos, que so classificados como: diamante, ouro, prata e bronze. Sendo os valores da locao distribudos pela classificao, respectivamente: R$ 20,00; R$ 15,00; R$ 10,00 e R$ 5,00. Em 1995, a empresa adquiriu o seu primeiro computador e teve a necessidade de contratar uma empresa de TI (Tecnologia da Informao) para informatizar as primeiras rotinas de escritrio (uso do editor de texto para gerao de documentos internos, planilhas eletrnicas para controle financeiro e um gerenciador de tabelas eletrnicas para controlar os emprstimos e devolues). A empresa Alunos da UNOPAR assumiu esse compromisso e atua plenamente no desenvolvimento do sistema de locao de livros. A empresa Nossa Locadora de Livros conta com uma rea total de 200m2 e tem sua estrutura apresentada no organograma abaixo.</p> <p>6</p> <p>A empresa Nossa Locadora de Livros conta com uma rea total de 200m2 e tem sua estrutura apresentada no organograma abaixo. As entrevistas com os usurios comearam pelo Sr. Joo Carlos, que apresentou os principais processos de uma forma macro, pois os detalhes sero tratados com os funcionrios especficos de cada rea. Hoje a empresa conta com um controle dos seus livros, sendo que cada livro tem um vnculo com seu autor (lembrando que um livro pode ter mais de um autor e que um autor tambm pode escrever vrios livros diferentes), neste controle dever apresentar tambm o tipo de classificao como diamante, ouro, prata ou bronze, o livro s pode ter uma nica classificao. No cadastro do livro dever ser informada a quantidade de exemplares que ele possui, ou seja, um livro poder ter um ou mais exemplares. Atualmente, quando um cliente vem locar algum livro, ele pode solicitar o emprstimo de vrios livros de uma s vez e a devoluo est condicionada a entrega de todos os exemplares que ele levou. Um exemplar de um livro poder ser emprestado vrias vezes para vrios clientes diferentes em datas diferentes. A Nossa Locadora de Livros, possui tambm um controle de usurios para gerenciar todos os acessos e manipulaes realizados pelos seus funcionrios. Estes usurios que realizam todas as operaes no atual sistema, lembrando que um emprstimo feito sempre por apenas um usurio, mas que este usurio poder registrar vrios emprstimos. Aps a realizao do levantamento de requisitos foi elaborado o</p> <p>7</p> <p>caso de uso da figura a seguir pela empresa Alunos da UNOPAR, onde teve a aprovao dos stakeholders.</p> <p>Diagrama de Caso de Uso Emprstimo</p> <p>Devido grande demanda, a empresa fez um planejamento e est se preparando para abrir uma filial na cidade do Rio de Janeiro. A maioria das empresas assim como a Nossa Locadora de Livros j percebeu que a Internet veio para ficar. Lderes empresariais percebem que para manter a sua vantagem competitiva tm que se tornar num e-business (negcio eletrnico). Mas qual a diferena entre e-commerce e um e-business, e como se sabe que um negcio, tem um site de e-commerce, ou um verdadeiro e-business? 1.2 DIFERENA ENTRE E-BUSINESS E E-COMMERCE E-commerce e e-business no a mesma coisa. Atualmente muitas pessoas tm acesso Internet so cerca de vinte milhes de usurios no Brasil, e a tendncia que essa quantidade aumente cada vez mais ( s comear a navegar que o usurio comea a se deparar com vrios termos exclusivos, a maioria deles com o "e" no comeo: e-commerce, e-business, e-mail, Este "E" vem de eletrnico (electronic em ingls), ou seja, ele sempre aparece diante de palavras que tm alguma relao com eletrnico. Essas palavras so chamadas de buzzwords e so rtulos que foram dados a certas atividades no mundo dos negcios na Internet. Todas essas expresses chamadas de buzzwords so ditas normalmente em ingls porque as atividades de e-commerce, e-business, e enfim, a internet, teve sua</p> <p>8</p> <p>origem nos Estados Unidos e com o tempo passaram a serem palavras comuns em todo mercado mundial da Internet. o mesmo processo que ocorreu com palavras e expresses como CD (Compact Disc), videocassete, software, swap (troca de uma posio financeira para outra) etc. "A globalizao um bom motivo para no traduzir estas expresses", explica Leandro Idesis, administrador de empresas e especialista em E-commerce. "Agora no Brasil as pessoas esto comeando a falar comrcio eletrnico no lugar de E-commerce, mas a mais difundida ainda a expresso original, em ingls. Imagine um produto que ser negociado na Internet e que ser exposto em todo o mundo. Com certeza o potencial de transaes entre diversos pases fica muito mais fcil com a padronizao de alguns termos, principalmente os mais utilizados como o caso de E-commerce e E-business. um erro de quem est no mercado utilizar estas duas expresses para descrever sobre a mesma coisa, explica o especialista. Um gerente de Ecommerce de uma empresa, por exemplo, aquele profissional responsvel pelas relaes comerciais da empresa na Internet. O gerente de E-business, por sua vez, responsvel pelas negociaes da empresa na internet. Um tem em seu trabalho a atividade de vendas e o outro no. Esta a principal diferena. Para trabalhar numa destas duas ocupaes. Principalmente em e-commerce essencial ter uma facilidade de comunicao para manter uma relao direta com cliente conhecer internet e entender de Marketing. A inteno deve ser sempre atender a satisfao do consumidor, assim como em todas as outras maneiras que existem de firmar uma relao de custo-benefcio.</p> <p>1.2.1 e-commerce Comrcio eletrnico ou "e-commerce" cobre a gama de atividades empresariais online para produtos e servios: business to - business (b-2-b) e business to - consumer (b-2-c), atravs da Internet. Significa comrcio eletrnico, ou seja, o conjunto de atividades comerciais que acontecem on-line. A diferena entre e-comerce e e-business, expresses que muitas pessoas confundem, existe. E-business no envolve transaes comerciais, um negocio eletrnico, uma negociao feita pela internet,</p> <p>9</p> <p>mas que no envolve necessariamente uma transao comercial. O e-commerce engloba dois componentes: Atividades que proporciona ao cliente a informao que precisa para Venda ou locaes e promoo online - o conjunto de informaes e administrar o seu negcio tomar uma deciso informada de locao ou compra. Compra ou locaes e pagamento online - a infraestrutura tecnolgica necessria para a troca de dados e a locaes de um livro atravs da Internet. Locaes online uma metfora usada em comrcio electrnico business-2business por proporcionar aos clientes um mtodo electrnico de fazer um pedido, submeter uma ordem de compra ou locao, ou pedir uma informao. Quando voc procura informao sobre produtos ou servios na Internet, est a usar servios de venda online. Enquanto procura online pode encontrar um livro que deseja comprar ou locar, e assim coloca-o dentro de um carro de compras virtual. Quando a procura est terminada e est pronto a comprar ou locar, clica num boto de compra. Voc transferido ento para um local seguro para que leve a cabo locar ou compra e pagamento electrnico do produto. Para completar a transao, voc precisa indicar o seu endereo de entrega e o seu nmero do carto de crdito. Estes so os processos fundamentais de venda e compra online. Estes processos so as aes que se referem como ecommerce.</p> <p>1.2.2 e-business O e-business uma ampliao das aes de e-commerce. Uma componente da transio da sua empresa de um negcio tradicional para um ebusiness a incorporao do fluxo de e-commerce nas operaes dirias da sua empresa. Por exemplo, quando as suas vendas e departamento de entrega podem controlar as vendas pela internet da mesma forma que tratam de vendas por telefone ou correio, comeou a transio para e-business. O seu site Internet pode ter outras atividades de venda sem ser o ecommerce. A maioria dos sites de Internet, tal como centros comerciais de pedra tm outras atividades sem ser a transao de bens. Por exemplo, quando voc vai</p> <p>10</p> <p>prximo do Natal ao centro comercial local pode encontrar um Pai Natal. O centro comercial apresenta-o como uma atividade que influencia o trfego dos clientes. O Pai Natal no apoia as compra ou ajuda diretamente os clientes que compram artigos a qualquer das lojas, porm ajuda a criar um ambiente geral no centro comercial de acordo com a poca festiva que se vive. Da mesma forma, poder encontrar outras atividades ao fazer pesquisas no seu servio de vendas de Internet, por exemplo, especificaes avanadas de produto, testemunhos de clientes, e crticas aos seus produtos. Poder ter tambm atividades associadas compra em seu site, por exemplo, impressos para encomendas, carros de compras, e processamento de pagamentos com carto de crdito. Para atrair os clientes ao seu site voc pode incluir atividades de promoo, por exemplo, cursos de eLearning, entradas para uma rifa, grupos de discusso, ou umas colunas com conselhos para uma boa utilizao dos seus produtos. O e-commerce recorre s atividades de venda e infraestrutura de transaes existentes no seu site de Internet. Muitas empresas tm um site de e-commerce no sendo, contudo um e-business. O E-commerce a componente de venda online de um site Internet. O E-business a integrao das atividades de uma empresa inclusive produo, procedimentos, e servios com a Internet. Transforma a sua empresa num e-business quando integrar as suas vendas ou locaes, comercializao, contabilidade, fabricao, e operaes dirias com as suas atividades de Internet. Um E-business usa a Internet como um canal completamente integrado para todas as atividades empresariais. O seguinte exemplo apresenta-nos o caso de uma empresa que ainda no se tornou um e-business: Voc visita o site Internet de um retalhista e compra uma camisa. Quando a camisa chega ao local estipulado para entrega vem no tamanho errado. Decide ento devolver a camisa atravs da loja local da marca em vez de devolv-la para o vendedor. Porm, quando chega loja lhe indicado que no esto autorizados a proceder a trocas de produtos vendidos atravs do seu site Internet. Uma vez que o site de Internet no est integrado com o resto das atividades empresariais esta empresa no um e-business. Se a companhia tivesse integrado o seu site com as suas lojas locais, disponibilizando no local acesso ao site Internet, aceitando trocas de vendas feitas online, e treinado os seus colaboradores para apoiar clientes do seu site de vendas electrnico, ela seriam um</p> <p>11</p> <p>e-business. O e-business no considera o site Internet como uma atividade separada dos seus negcios centrais: O siternam-se e-Busineon-line parte integrante de todas as suas atividades. Empresas executam atividades B-2-B tornam-se usinasses quando integram as suas atividades Standards com o seu site Internet. Um vendedor considera o seu site uma ferramenta de vendas. Quando visita um cliente leva-o ao seu site empresarial para fazer apresentaes de produtos, di...</p>