Click here to load reader

Portfolio Paes

  • View
    224

  • Download
    3

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Portfolio do artista pernambucano Paes

Text of Portfolio Paes

  • Fotogramas em sequncia nos iludem. A sensao de movimento fico, mas realidade. Porque verossmil, faz o espectador esquecer a tcnica e se concentrar na narrativa. Canes em sequncia muitas vezes so chamadas de lbum. H os que te pegam por inteiro, seu sentido se d pelo movimento. Arrancar, mudar ou saltar uma pgina de lugar como apagar fotogramas e fraturar o que aos olhos nos parece natural. Sem Despedida lbum, filme, livro ou qualquer outro objeto que seja capaz de reunir estrias.

  • Ao redor dos amigos de msica, recolhidos com o tempo e em parcerias de outros projetos, o msico Paulo Paes conseguiu sintetizar a sua inacabada concepo de arte porque ainda em construo num delicado registro de arranjos, vozes, imagens e melodias que se equili-bram na linha tnue que insiste em categorizar a msica popular brasileira feita atualmente. So sambas, falsos sambas. So ultrapops, assobiveis, e ainda assim experimentais, por fugir do que ordinrio, comum mesmo, msica pop. Timbres e melodias so as palavras-chave que caracterizam e me remetem, ime-diatamente, ao reverberar na memria a sonoridade do lbum de Paes.

  • Anos atrs, quando indagado por mim numa entrevista se a sua msica se fazia pela reinveno das tradies mais caras msica brasileira, Paes desviou do assunto e, acertadamente, afirmou que suas canes so influencia-das pelo cinema, fotografia e a poesia que h no olhar, atravs das pelculas que temos em nossas mentes, observando o cotidiano, as pessoas, os bichos, o cresci-mento urbano, as relaes das pessoas com o material e imaterial, com as crenas, ideais e os conflitos da socie-dade ou o meio em que estou inserido, com isso, imbuiu em mim a necessidade de reouvir sua msica, de perceber, ainda mais, que as canes so muito mais do que letra, msica ou qualquer tcnica que o valha.

    - Carlos Gomes editor do site e revista Outros crticos

  • Principais palcosCiclo Natalino da Prefeitura da Cidade do Recife (PE)Carnaval da Prefeitura da Cidade do Recife (PE) Festival de Inverno de Garanhuns (PE)Teatro Guararapes (PE)Festival Pr-amp (PE)Teatro Eva Herz (PE)

    Centro Cultural Laurinda Santos Lobo (RJ)Clube Democrticos e Sesc Tijuca (RJ)Manso dos Arquitetos (RJ)Tapas Clube e Berlin (SP)

    Casa de la Cultura de Madariaga (ARG)El Refugio del Rock (Arg)Muy Bravo (Arg)Melopea (ARG)

  • Imprensa

    rdio

    Coquetel Molotov / Rdio Universitria FMTema Livre (Rdio Folha de Pernambuco)SOAS Radio - University of London (UK)PE no Ouvido (Feira Msica Brasil)Radio Tuyu (ARG)Lusofonie (ITA)

    TV

    Som na Rural (TV Viva e TV Brasil)Canal 3 (ARG)

    WEB

    Coletnea no mnimo era isso (Outros crticos)Msica de Bolso (Programa audiovisual)Coletnea Rock In Press (RJ)Coletnea Hominis CanidaeE-Zine O Grito

    Mdia impressa

    Revista MI - Msica Independente em Pernambuco #1Livreto no mnimo era isso (Outros Crticos)Revista Outros Crticos #4Dirio de PernambucoFolha de PernambucoJornal do Comrcio

  • Em 2013 finaliza o primeiro lbum Sem despedida. Desde o seu lanamento, o lbum ganhou resenhas e crticas positivas em sites e revistas do pas, alm de ter msicas includas em diversas coletneas (MI, Hominis Canidae, Rockinpress e Outros Crticos). Em 2015 ganha tiragem de 1.000 cpias em CD, atravs de projeto aprovado no Funcultura (Fundo Pernambu-cano de Incentivo a Cultura) e ainda ser lanado nos formatos LP e K 7.

  • Em 2013 finaliza o primeiro lbum Sem despedida. Desde o seu lanamento, o lbum ganhou resenhas e crticas positivas em sites e revistas do pas, alm de ter msicas includas em diversas coletneas (MI, Hominis Canidae, Rockinpress e Outros Crticos). Em 2015 ganha tiragem de 1.000 cpias em CD, atravs de projeto aprovado no Funcultura (Fundo Pernambu-cano de Incentivo a Cultura) e ainda ser lanado nos formatos LP e K 7.

    Fotos: Camila Van der LindenArte do disco: Isabela StanpannonniProjeto grfico: Rodrigo Garcia