of 39 /39
PROAB 2012.2 DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13 PROAB 2012.2 DIREITO ADMINISTRATIVO PROFESSORA: GIOVANA GARCIA Aula 13

PROAB 2012.2 DIREITO ADMINISTRATIVO PROFESSORA: GIOVANA GARCIA Aula 13

  • Upload
    oriana

  • View
    33

  • Download
    1

Embed Size (px)

DESCRIPTION

PROAB 2012.2 DIREITO ADMINISTRATIVO PROFESSORA: GIOVANA GARCIA Aula 13. Controle da Administração Pública. OAB UNIFICADA – 38º EXAME - 2009.1. CONCEITO. - PowerPoint PPT Presentation

Citation preview

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

PROAB 2012.2DIREITO ADMINISTRATIVO

PROFESSORA: GIOVANA GARCIAAula 13

RESPONSABILIDADE CIVIL

AULA 1

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

OAB UNIFICADA – 38º EXAME -

2009.1

Controle da Administração Pública

RESPONSABILIDADE CIVIL

AULA 1

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

CONCEITO

É o conjunto de atos de fiscalização, correção e medidas repressivas, praticados pela AP dos três poderes, para o fim de confirmar, rever ou alterar condutas administrativas, tendo em vista os aspectos de legalidade, legitimidade, razoabilidade e proporcionalidade, oportunidade e conveniência da Administração.

É o conjunto de atos de fiscalização, correção e medidas repressivas, praticados pela AP dos três poderes, para o fim de confirmar, rever ou alterar condutas administrativas, tendo em vista os aspectos de legalidade, legitimidade, razoabilidade e proporcionalidade, oportunidade e conveniência da Administração.

RESPONSABILIDADE CIVIL

AULA 1

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

CLASSIFICAÇÃO

RESPONSABILIDADE CIVIL

AULA 1

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

1. QUANTO À NATUREZA DO CONTROLADOR

controle legislativo,

controle judicial

controle administrativo;

RESPONSABILIDADE CIVIL

AULA 1

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

2. QUANTO À LOCALIZAÇÃO DO ÓRGÃO interno - realizado pela entidade ou órgão responsável pela atividade controlada, no âmbito da própria Administração - Ex: controle da Corregedoria sobre os atos dos serventuários de justiça externo - realizado por órgão estranhos à Administração responsável pelo ato controlado. Ex: auditoria doTribunal de Contas sobre a efetivação de determinada despesa do Executivo;

RESPONSABILIDADE CIVIL

AULA 1

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

3. QUANTO AO ASPECTO CONTROLADO

de legalidade - verifica-se somente a

conformação do ato ou do procedimento

administrativo com as normas legais que o regem

(quando da ilegalidade, haverá a anulação do ato)

de mérito - visa à comprovação da eficiência, do

resultado, da conveniência ou oportunidade do ato

controlado (quando da sua inconveniência e

inoportunidade haverá a revogação do ato);

RESPONSABILIDADE CIVIL

AULA 1

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

4. QUANTO AO MOMENTO EM QUE SÃO REALIZADOSpreventivos - antecede a operatividade do ato, sendo requisito para sua eficácia. concomitantes – há um acompanhamento da realização do ato para verificar a regularidade de sua formação. Ex: realização de auditoria durante a execução do orçamento; subseqüentes - se dá após a conclusão do ato controlado, visando a corrigir eventuais defeitos, declarar sua nulidade ou dar-lhe eficácia. Ex: homologação do julgamento de uma concorrência;

RESPONSABILIDADE CIVIL

AULA 1

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

5.QUANTO À INICIATIVA: de ofício - executado pela própria Administração no regular exercício de suas funções (poder de autotutela da AP); provocado - deflagrado por terceiro. Ex.: recurso administrativo.

RESPONSABILIDADE CIVIL

AULA 1

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

CONTROLE ADMINISTRATI

VO

CONTROLE ADMINISTRATI

VO

RESPONSABILIDADE CIVIL

AULA 1

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

CONCEITO

É o controle exercido pelos órgãos de administração dos Poderes sobre suas próprias atividades, com o objetivo de que atividade pública seja realizada com legitimidade e eficiência, seguindo os princípios da legalidade e da autotutela administrativa, podendo a Administração anular, revogar ou alterar seus próprios atos e punir seus agentes

É o controle exercido pelos órgãos de administração dos Poderes sobre suas próprias atividades, com o objetivo de que atividade pública seja realizada com legitimidade e eficiência, seguindo os princípios da legalidade e da autotutela administrativa, podendo a Administração anular, revogar ou alterar seus próprios atos e punir seus agentes

RESPONSABILIDADE CIVIL

AULA 1

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

MEIOS DE CONTROLE ADMINISTRATIVO

RESPONSABILIDADE CIVIL

AULA 1

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

1. CONTROLE HIERÁRQUICO: É decorrente do poder hierárquico, do princípio da hierarquia (orgânica), da subordinação; resulta automaticamente do escalonamento vertical dos órgãos e agentes O controle hierárquico pressupõe as faculdades de supervisão,coordenação, orientação, fiscalização, aprovação, revisão e avocação das atividades controladas, bem como os meios corretivos dos agentes responsáveis.

RESPONSABILIDADE CIVIL

AULA 1

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

2. CONTROLE FINALÍSTICO (tutela administrativa): princípio do controle da Administração Indireta – controle dos Ministérios (União) e Secretarias (Estados, DF e Municípios) da Administração Direta sobre as pessoas da Administração Indireta. Quando exerce sobre as entidades da administração descentralizada federal recebe a denominação “controle ou supervisão ministerial” (DL 200/67, art. 19). O controle da Administração Direta sobre a Indireta é apenas um controle finalístico, restrito e limitado aos termos da lei que o estabelece. Sugere vinculação dos entes federativos com os entes administrativos, e não subordinação;

RESPONSABILIDADE CIVIL

AULA 1

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

3 - CONTROLE POPULAR (social, do cidadão)para a reivindicar a modificação dos atos administrativos na AP, a) Direito de petição (art. 5º, XXXIV, "a"), que consiste na faculdade genérica, não prevista em lei,que têm os indivíduos (administrados) de formular aos órgãos públicos qualquer tipo de postulação. A Administração deve garantir, no direito de petição, o devido processo legal,o contraditório e a ampla defesa (CF, art. 5º, LIV e LV);

RESPONSABILIDADE CIVIL

AULA 1

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

b) recursos administrativos são meios formais, previstos em diversas leis, de controle administrativo, através dos quais o interessado inconformado postula, junto a órgãos da Administração superiores, a revisão de determinado ato administrativo de órgãos inferiores, lesivos ou não a direito próprio, visando à reforma de determinada conduta, por ilegalidade, inoportunidade ou inconveniência.

RESPONSABILIDADE CIVIL

AULA 1

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

CLASSIFICAÇÕES DOUTRINÁRIAS DOS

RECURSOS ADMINISTRATIVOS

RESPONSABILIDADE CIVIL

AULA 1

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

1. RECURSOS DEFLAGRADORES OU AUTÔNOMOSsão aqueles que formalizam a própria instauração do processo, são interpostos sem que haja qualquer processo anterior em curso sobre o tema objeto do pedido. A petição que o formaliza será ela própria o instrumento de instauração do processo;

RESPONSABILIDADE CIVIL

AULA 1

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

2. RECURSOS INCIDENTAIS são interpostos pelo interessado quando já está em curso o processo administrativo e se dá contra algum ato praticado no processo. Ex: se servidor recorre, para a autoridade superior, contra ato punitivo em que culminou o processo disciplinar, o recurso é incidental.

RESPONSABILIDADE CIVIL

AULA 1

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

2.a) RECURSOS HIERÁRQUICOS PRÓPRIOSTramitam na via interna de órgãos ou pessoas administrativas. Ex: recurso do ato de um diretor de divisão para o diretor do departamento-geral. Dispensam previsão legal ou regulamentar expressa, porque derivam normalmente do controle hierárquico. Ao examiná-las, a autoridade administrativa tem amplo poder revisional, e pode decidir até mesmo além do que foi pedido no recurso, em respeito à autotutela da Administração;

RESPONSABILIDADE CIVIL

AULA 1

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

2.b) RECURSOS HIERÁRQUICOS IMPRÓPRIOS São dirigidos a autoridades ou órgãos diversos daquele de onde se originou o ato impugnado. Devem ter previsão expressa na lei, porque não há uma subordinação direta, mas sim uma relação de vinculação. Porém, mesmo que a lei seja silente, deve a autoridade examinar o recurso, ainda que não como recurso, mas como exercício do direito de petição.

RESPONSABILIDADE CIVIL

AULA 1

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

EFEITOS DOS RECURSOS ADMINISTRATIVOS

RESPONSABILIDADE CIVIL

AULA 1

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

a) devolutivo

b) suspensivo

OBS: interrompe o prazo prescricional para recorrer

ao Poder Judiciário. Após o julgamento do recurso

que teve efeito suspensivo, confirmando-se o ato

impugnado, recomeçará a correr o prazo

prescricional para recorrer ao Poder Judiciário.

RESPONSABILIDADE CIVIL

AULA 1

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

EXIGÊNCIA DE GARANTIA (DEPÓSITO PRÉVIO) NO PROCESSO ADMINISTRATIVO Há leis que exigem como garantia um depósito prévio ou caução. A Lei 9784/99, Art. 56, § 2º diz que “salvo exigência legal, a interposição de recurso administrativo independe de caução” (a contrario sensu, será legítima a cobrança quando a lei fizer a previsão). OBS: Segundo o STF é inconstitucional a exigência do depósito prévio para a interposição de recurso administrativo porque:I.ofenderia o direito de ampla defesa (CF, art. 5º, LV); II.ofenderia o direito de petição, que é gratuito (CF, art. 5º, XXXIV, a);

RESPONSABILIDADE CIVIL

AULA 1

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

COISA JULGADA ADMINISTRATIVA

“é a imutabilidade que adquire a prestação

jurisdicional do Estado quando entregue

definitivamente”. (Frederico Marques).

RESPONSABILIDADE CIVIL

AULA 1

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

PROCESSO ADMINISTRATIVO

Cada ente administrativo terá o seu próprio processo

administrativo. A União tem a Lei 9784/99. As

normas dessa lei têm caráter genérico e

subsidiário, sendo aplicadas apenas nos casos em

que não haja lei específica regulando o respectivo

processo administrativo ou, em havendo, seja

aplicável para complementar as regras especiais

RESPONSABILIDADE CIVIL

AULA 1

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

FASES DO PROCESSO ADMINISTRATIVO EM

REGRA:

1)Instauração,

2) instrução,

3)defesa,

4)relatório

5)julgamento.

RESPONSABILIDADE CIVIL

AULA 1

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

CONTROLE LEGISLATIVO OU PARLAMENTAR

CONTROLE LEGISLATIVO OU PARLAMENTAR

RESPONSABILIDADE CIVIL

AULA 1

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

É o controle externo exercido pelos órgãos

legislativos (Congresso Nacional, Assembléias

Legislativas e Câmaras de Vereadores) sobre os

atos da AP nos Poderes Executivo e Judiciário. O

Poder Legislativo também controla sua

administração, mas este controle é interno. É

controle indireto, não pode o Congresso anular atos

administrativos ilegais, nem exercer sobre as

autoridades executivas poderes de hierarquia ou de

tutela.

RESPONSABILIDADE CIVIL

AULA 1

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

CONTROLE POLÍTICO Tem por base a possibilidade de fiscalização e decisão sobre atos ligados à função administrativa e de organização do Executivo e do Judiciário. arts. 49 a 52 e 165 da CF.

CONTROLE ATRAVÉS DAS COMISSÕES. CF, art. 58.

RESPONSABILIDADE CIVIL

AULA 1

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

CONTROLE FINANCEIROControla a receita, a despesa, a gestão dos recursos públicos. Não é a natureza do órgão ou da pessoa que a obriga a prestar contas, mas sim a origem pública do bem administrado ou do dinheiro gerido. A CF estabelece duas formas básicas de controle financeiro: o controle interno (realizado, dentro de cada Poder, por órgãos destinados à verificação dos recursos do erário), e o controle externo (exercido pelo Congresso Nacional, com o auxílio do Tribunal de Contas da União).

RESPONSABILIDADE CIVIL

AULA 1

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

OBS: TRIBUNAL DE CONTAS são órgãos independentes, auxiliares dos Poderes Legislativos com função de auxiliar no controle financeiro externo da AP. A função do TCU é eminentemente administrativa, sujeitando-se o exame por ele realizado a controle pelo Poder Judiciário. CF, art. 71 a 75 e 31.

RESPONSABILIDADE CIVIL

AULA 1

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

CONTROLE JUDICIA é o poder de fiscalização da legalidade e constitucionalidade que os órgãos do Poder Judiciário exercem sobre os atos administrativos do Executivo, Legislativo e do próprio Judiciário. O Brasil adota o sistema da unidade de jurisdição, monopólio da jurisdição ou sistema da jurisdição única (sistema inglês), onde todos os litígios, administrativos ou não, estão sujeitos ao controle judicial (princípio da inafastabilidade controle judicial ou acesso à justiça - CF, art. 5º, XXXV).

RESPONSABILIDADE CIVIL

AULA 1

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

Constituição Federal

Constituição Federal

CONSTITUIÇÃO FEDERAL

RESPONSABILIDADE CIVIL

AULA 1

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

LXIX - conceder-se-á mandado de segurança para proteger direito líquido e certo, não amparado por "habeas-corpus" ou "habeas-data", quando o responsável pela ilegalidade ou abuso de poder for autoridade pública ou agente de pessoa jurídica no exercício de atribuições do Poder Público;  LXX - o mandado de segurança coletivo pode ser

impetrado por:a) partido político com representação no Congresso

Nacional;b) organização sindical, entidade de classe ou

associação legalmente constituída e em funcionamento há pelo menos um ano, em defesa dos interesses de seus membros ou associados;

RESPONSABILIDADE CIVIL

AULA 1

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

LXXI - conceder-se-á mandado de injunção sempre que a falta de norma regulamentadora torne inviável o exercício dos direitos e liberdades constitucionais e das prerrogativas inerentes à nacionalidade, à soberania e à cidadania;

RESPONSABILIDADE CIVIL

AULA 1

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

LXXII - conceder-se-á "habeas-data":a) para assegurar o conhecimento de informações

relativas à pessoa do impetrante, constantes de registros ou bancos de dados de entidades governamentais ou de caráter público;b) para a retificação de dados, quando não se

prefira fazê-lo por processo sigiloso, judicial ou administrativo;

RESPONSABILIDADE CIVIL

AULA 1

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

LXXIII - qualquer cidadão é parte legítima para

propor ação popular que vise a anular ato lesivo

ao patrimônio público ou de entidade de que o

Estado participe, à moralidade administrativa, ao

meio ambiente e ao patrimônio histórico e cultural,

ficando o autor, salvo comprovada má-fé, isento de

custas judiciais e do ônus da sucumbência;

RESPONSABILIDADE CIVIL

AULA 1

PROAB 2012.2

DIREITO ADMINISTRATIVO – AULA 13

Ação Civil Pública – Lei 7347/85

Ação Civil Pública – Lei 7347/85