PROAB 2012.2 DIREITO AMBIENTAL PROFESSORA: ELAINE RIBEIRO Aula 1

  • View
    25

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

PROAB 2012.2 DIREITO AMBIENTAL PROFESSORA: ELAINE RIBEIRO Aula 1. DIREITO AMBIENTAL NA CONSTITUIÇÃO FEDERAL. - PowerPoint PPT Presentation

Text of PROAB 2012.2 DIREITO AMBIENTAL PROFESSORA: ELAINE RIBEIRO Aula 1

  • RESPONSABILIDADE CIVILAULA 1

    A Constituio brasileira de 1988 trata do meio ambiente no art. 225, ao definir que todos tm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial sadia qualidade de vida, impondo-se ao poder pblico e coletividade o dever de defend-lo e preserv-lo para as presentes e futuras geraes.Proteo constitucional para as reas de pesquisa, lavra, refino, transporte de petrleo, gs e energia no pas, at como uma diretriz para a implementao das polticas pblicas, vedando, assim, uma explorao e produo predatria no meio ambiente.Direito Ambiental parmetro legal coercitivo, preventivo e reparatrio, sempre visando preservao ambiental para que esse patrimnio seja mantido para as futuras geraes.DIREITO AMBIENTAL NA CONSTITUIO FEDERAL

    RESPONSABILIDADE CIVILAULA 1

    BATE PRONTO

    PRINCIPAIS PRINCPIOS DO DIREITO AMBIENTAL ESTUDE OS DEMAIS EM CASA

    RESPONSABILIDADE CIVILAULA 1

    .

    RESPONSABILIDADE CIVILAULA 1

    PROTEO LEGAL DA DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA E DA MANUTENO DA VIDA NO PLANETA TERRAIMPORTNCIA REGE TODOS OS DEMAIS PRINCPIOS CONSTITUCIONAISREFLEXOS - NAS RELAES JURDICAS E SOCIAIS DA PESSOA COM O MEIO AMBIENTE QUE ELA HABITA E NAS RELAES ENTRE OS GRUPOS SOCIAIS

    RESPONSABILIDADE CIVILAULA 1

    LEGISLAES QUE ENUNCIAM TAL PRINCPIO- Declarao de Estocolmo de 1972, que protege a pessoa humana como o centro das preocupaes em relao ao desenvolvimento sustentvel, por ter direito a uma vida agradvel, produtiva e harmoniosa com o meio ambiente.- Cdigo de Defesa do Consumidor com a preservao da dignidade da pessoa consumidora , entre outras legislaes afins.

    RESPONSABILIDADE CIVILAULA 1

    PROTEO LEGAL PREVENO E REPRESSO DOS ILCITOS AMBIENTAISIMPORTNCIA OBRIGAO DE INDENIZAR EM DANOS AMBIENTAISREFLEXOS - NAS ATIVIDADES DE RISCO OU PERIGOSA PARA A SADE HUMANA, TANTO NA ESFERA MORAL, MATERIAL OU ESTTICA

    RESPONSABILIDADE CIVILAULA 1

    LEGISLAES:-Art. 5, V e X, da CF/88 proteo do princpio Neminem Laedere, o no lesar, pois todo aquele que causa um dano injusto tem a obrigao de reparar de forma moral, material ou esttica.Reparao ambiental vem da responsabilidade de indenizar, que poder ser civil, penal ou administrativa.- Art. 225, 3, da CF/88, que trata da trplice responsabilidade do poluidor pessoa fsica ou jurdica nos aspectos penais, administrativos e civis.-Outras legislaes, tais como as Resolues do Conama, o Cdigo Florestal.

    RESPONSABILIDADE CIVILAULA 1

    Proteo ambiental, publicidade, transparncia nas decises governamentais sobre direitos ambientais nas esferas federais, estaduais e municipais.Dar ingerncia populao nas questes que envolvam alterao do meio ambiente, promoo de audincias pblicas com a participao da populao.Legislaes:art.5, inciso XXXIII, CF; art. 10, da declarao sobre o meio ambiente na conferncia do rio de janeiro em 1992 e lei n 10.650, de 2003, que trata da transparncia ambiental.

    RESPONSABILIDADE CIVILAULA 1

    Proteo a informao, acesso aos dados, direito de peticionar nos rgos por meio dos remdios constitucionais (mandado de segurana, habeas data, etc). Estabelecer a transparncia das polticas pblicas e do acesso do setor privado na utilizao dos recursos ambientais. Consentimento informado do consumidor ou do cidado diante das alteraes ambientais, a fim de proteger o meio ambiente para as futuras geraes.

    RESPONSABILIDADE CIVILAULA 1

    Legislaes- arts. 3, inc.II, 225, inc.IV e VI, 216, 2, da CF/88;lei n 6.938/91, instituiu a poltica nacional do meio ambiente, que tem como um dos seus objetivos a divulgao de dados e informaes ambientais e tambm a criao de uma conscincia pblica sobre a necessidade de preservar-se a qualidade ambiental e o equilbrio ecolgico. Artigos 4 e 6, do CDC.

    RESPONSABILIDADE CIVILAULA 1

    Proteo legal dos recursos ambientais que so escassos para a populao mundial e nacional, regular a economia ambiental, evitar o desperdcio de energia e de bens naturais;Importncia evitar o desgaste dos recursos ambientais, impondo ao explorador da atividade petrolfera ou energtica que internalize os custos gerados pela poluio ocasionada com sua atividade;

    RESPONSABILIDADE CIVILAULA 1

    Reflexos - a vantagem econmica ocasiona o dever de assuno dos nus da atividade e gera em contrapartida a conscincia ambiental de no poluir.LEGISLAES OCDE(Organizao para a Cooperao e Desenvolvimento Econmico) de 1972 e Lei n. 6.938/91,no seu 4, VII:"A imposio, ao poluidor e ao predador, da obrigao de recuperar e/ou indenizar os danos causados, e ao usurio, de contribuio pela utilizao de recursos ambientais com fins econmicos

    RESPONSABILIDADE CIVILAULA 1

    Proteo legal proteger e preservar os bens ambientais, de natureza difusa, para as presentes e futuras geraes.Importncia busca gerenciar ou atenuar riscos de danos ao meio ambiente, com base em possibilidade terica de risco ambiental.

    Reflexos - no princpio da preveno, pois se objetiva atuar com prudncia.

    Legislaes que enunciam tal princpio art. 225, da cf/88, Art.10, da lei 11.105/2005

    RESPONSABILIDADE CIVILAULA 1

    BATE PRONTO

    Declarao do Rio de Janeiro sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentvel 1992

    Princpio 15:Com o fim de proteger o meio ambiente, o princpio da precauo dever ser amplamente observado pelos Estados, de acordo com suas capacidades. Quando houver ameaa de danos graves ou irreversveis, a ausncia de certeza cientfica absoluta no ser utilizada como razo para o adiamento de medidas economicamente viveis para prevenir a degradao ambiental.

    RESPONSABILIDADE CIVILAULA 1

    Proteo legal preveno em face de riscos ou danos graves ao meio ambienteCriao de uma conscincia ecolgica, por meio de uma poltica de educao ambiental, por danos que so irreversveis e irreparveis ao meio ambiente, criao de instrumentos de proteo e preveno, eia/rima.Legislaes: -art. 225, DA CF/88; declarao do rio de janeiro sobre meio ambiente e desenvolvimento sustentvel 1992, art. 10, da lei 11.105/2005Preveno de danos ao meio ambiente surge aps a anlise do impacto ambiental de certa atividade em uma rea, e com isso busca-se evitar mais danos no futuro.

    RESPONSABILIDADE CIVILAULA 1

    Proteo legal sade pblica, preservao dos recursos ambientais para as futuras geraes, manuteno da produo regular dos recursos ambientais e seu consumo sustentvelCoexistncia harmnica entre o meio ambiente e a economia, a fim de desenvolver de forma sustentvel ou planejada o uso dos recursos ambientais.Manuteno do homem e de suas atividades, garantindo igualmente uma relao satisfatria entre a reproduo, a produo humana e o meio ambiente.Legislaes -art. 225, da CF/88.

    RESPONSABILIDADE CIVILAULA 1

    Poder ser federal, estadual, municipal ou distrital, em relao ao ente pblico que legislar ou exercer o Poder de Polcia.Repartio de competncias legislativas aplica-se o princpio da predominncia dos interesses, de modo que Unio cabero as matrias de interesse nacional, aos Estados, as de interesse regional, enquanto que aos Municpios tocaro as competncias legislativas de interesse local.Competncia legislativa ser privativa, concorrente ou comum.

    RESPONSABILIDADE CIVILAULA 1

    Art. 22 , CF, determina a competncia privativa da Unio em legislar sobre guas, energia, minas, recursos minerais e nucleares.Art. 23, competncia comum dos entes para a proteo do meio ambiente, combatendo a poluio, com a preservao da fauna, flora, das reas florestais, para dispor sobre concesses nas reas de pesquisa e desenvolvimento de atividades ligadas ao petrleo e gs, entre outros casos.

    RESPONSABILIDADE CIVILAULA 1

    Competncia concorrente dos entes federativos se instaura na possibilidade de legislar sobre florestas, caa, pesca, fauna, conservao da natureza, defesa do solo e dos recursos naturais, proteo do meio ambiente e controle da poluio, responsabilidade por dano ao meio ambiente, ao consumidor, a bens e direitos de valor artstico, esttico, histrico, turstico e paisagstico, art. 24.Competncia municipal na proteo ao meio ambiente,combate poluio, mediante planejamento e controle do uso, do parcelamento e da ocupao do solo urbano, a proteo do patrimnio histrico-cultural local, com base na ao fiscalizadora federal e estadual, em acordo com o art. 30, da CF.

    RESPONSABILIDADE CIVILAULA 1

    POLTICA NACIONAL DO MEIO AMBIENTE

    Lei n 6.938, de 1981, estabelece a Poltica Nacional do Meio Ambiente e institui o Sisnama (Sistema Nacional do Meio Ambiente) e o Cadastro de Defesa Ambiental, para realizar a proteo e melhoria da qualidade ambiental e proteger o ecossistema.

    Por meio de tal poltica pblica, h diretrizes, objetivos e so citados rgos que fazem a proteo do meio ambiente.

    RESPONSABILIDADE CIVILAULA 1

    RESPONSABILIDADE CIVILAULA 1

    DIVIDE-SE EM 5 PARTES:

    POLTICA NACIONAL DO MEIO AMBIENTE

    Art 2 - A Poltica Nacional do Meio Ambiente tem por objetivo a preservao, melhoria e recuperao da qualidade ambiental propcia vida, visando assegurar, no Pas, condies ao desenvolvimento scio-econmico, aos interesses da segurana nacional e proteo da dignidade da vida humana, atendidos os seguintes princpios:

    RESPONSABILIDADE CIVILAULA 1

    OBJETIVO PNMA

    PRESERVAO, MELHORIA E RECUPERAO DA QUALIDADE AMBIENTAL

    RESPONSABILIDADE CIVILAULA 1

    PARA QUE?

    DESENVOLVIMENTO SCIO-ECONMICO

    INTERESSES DE SEGURANA NACIONAL

    PROTEO DA VIDA HUMANA

    RESPONSABILIDADE CIVILAULA 1

    I - ao governamental na manuteno do equilbrio ecolgico, considerando o meio ambiente como um patrimnio pblico a ser necessariamente assegurado e protegido, tendo em vista o uso coletivo; II - racionalizao do uso do solo, do subsolo, da gua e do ar; Ill - planejamento e fiscalizao do uso dos recursos ambientais; IV - proteo dos ecossistemas, com a preservao de reas representativas; V - controle

Recommended

View more >