Click here to load reader

PROCEDIMENTOS DE MONTAGEM DO PAQUÍMETRO ... - sct. · PDF file1 Estagiários da Embrapa Tabuleiros Costeiros, Estudantes de Engenharia Florestal da UFS, 2 ... tamanho de frutos como

  • View
    213

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of PROCEDIMENTOS DE MONTAGEM DO PAQUÍMETRO ... - sct. · PDF file1 Estagiários da...

  • PROCEDIMENTOS DE MONTAGEM DO PAQUMETRO FAMILIAR PARA MEDIO DE FRUTOS EM ESTUDOS DE SISTEMAS AGROFLORESTAIS

    Tatiana R. Santana1; Alex C. Barbosa1; Joo P. S. Sousa2; Anderson N. Vasco2; Daniel O.

    Ribeiro3; Evandro A. Tupinamb4; Edson D. Tavares4; Luis C. Nogueira4 1 Estagirios da Embrapa Tabuleiros Costeiros, Estudantes de Engenharia Florestal da UFS, 2

    Estagirio da Embrapa Tabuleiros Costeiros, Estudante de Eng. Agronmica da UFS, 3 Estagirio da Embrapa Tabuleiros Costeiros, Estudante de Eng. Agronmica da UESC, 4 Pesquisadores da

    Embrapa Tabuleiros Costeiros. Contato: [email protected] RESUMO Os Sistemas Agroflorestais (SAF) tem sido vistos como alternativas potencialmente rentveis para os agricultores familiares. A participao efetiva dos membros da famlia do produtor um dos fatores que contribuiro para o sucesso das atividades e poder ter efeito multiplicador junto aos demais produtores da comunidade. Para evitar a perda de dados e garantir um melhor acompanhamento e avaliao da rea de SAF, os familiares do produtor podero controlar a produtividade e a medio dos produtos antes de serem consumidos ou vendidos. Para a medio do tamanho dos produtos, pode-se utilizar rguas e trenas de baixo custo, entretanto, erros de medio de diversos graus podem ocorrer. Na medio do comprimento e dimetro dos frutos, erros podem ocorrer em funo da pessoa que realiza a medio, especialmente se diferentes pessoas realizam a tarefa ao longo do tempo, sendo o erro de paralaxe um dos principais. Neste trabalho, so apresentados os procedimentos de montagem de um paqumetro prtico para realizar essas medies na propriedade do produtor familiar e garantir a preciso das medies de frutos, independente da pessoa que mede. O paqumetro foi desenvolvido com materiais simples e baratos e foi testado com frutos colhidos no SAF implantado no Campo Experimental de Itaporanga, da Embrapa Tabuleiros Costeiros. O instrumento foi denominado de Paqumetro Familiar e os seus testes provaram sua eficincia e constncia da preciso na medio de dimenses de frutos. Sugere-se a montagem de pelo menos uma unidade do Paqumetro Familiar para cada famlia que conduza um SAF. Isso ir contribuir para haver acompanhamento, avaliao e melhoria, de forma contnua, do sistema agroflorestal. Palavras-chave: Agrofloresta, Agricultura Familiar, Erro de Paralaxe, Preciso de Medies. 1. INTRODUO Sistema agroflorestal (SAF) uma forma de cultivo mltiplo em que pelo menos duas espcies de plantas interagem biologicamente, pelo menos uma das espcies arbrea e pelo menos uma das espcies manejada para obter produo agrcola (Somarriba, 1992). Como tcnica alternativa de uso da terra, o SAF visa proporcionar um rendimento sustentvel ao longo do tempo, introduzindo espcies anuais nos primeiros anos, seguidas de frutferas semi-perenes e perenes e, por fim, as espcies produtoras de madeira, podendo ainda consorciar com animais em uma mesma rea (Ferreira, 2006). Com o aumento da importncia de estudos que busquem alternativas para a agricultura familiar e considerando a sustentabilidade scio-ambiental, os Sistemas Agroflorestais tm despertado maior ateno de instituies de ensino e pesquisa. A implantao de reas de SAF em campos experimentais permite aprimorar e adaptar tcnicas de estudo que podero ser adotadas em reas de experimentao participativa em propriedades de produtores familiares. A participao dos diversos membros de cada famlia em atividades mais sistemticas e tecnolgicas, dentro das aes da experimentao participativa, dever gerar um salto nos nveis de treinamento das pessoas. As participaes em diversas atividades serviro de estmulo ao crescimento pessoal e profissional dos membros das famlias, pois realizaro tarefas cada vez mais complexas e importantes, como medies, acompanhamento de produtividade, avaliaes de crescimento etc. De acordo com Cardoso et al. (2004), a experimentao participativa permite ao agricultor aprender com os erros e acertos sobre uma tecnologia e sua adaptao s suas condies. O paqumetro o instrumento de preciso mundialmente conhecido para tomar medidas de espessura e dimetro de peas diversas, porm com tamanho reduzido. Para o caso medio de tamanho de frutos como mamo, melo, melancia etc., para acompanhamento da melhoria de produtividade em agroflorestas familiares, necessrio um tipo de paqumetro de maior porte e com caractersticas mais apropriadas a esses casos. Neste trabalho, so apresentados os materiais e os procedimentos de montagem de um instrumento simples, denominado Paqumetro Familiar, que visa dar um maior suporte s medies de campo

  • realizadas em reas de sistema agroflorestal no mbito da agricultura familiar. O propsito desse paqumetro, como o prprio nome indica, estimular cada vez mais a participao dos produtores e seus familiares em atividades que iro aumentar o conhecimento sobre esses sistemas produtivos. 2. METODOLOGIA O Campo Experimental de Itaporanga (CEI), pertencente Embrapa Tabuleiros Costeiros, est localizado no municpio de Itaporanga d'Ajuda, Sergipe, um abiente tpico de paisagem Baixada Litornea, com solos arenosos, do tipo Neossolo Quartzarnico, onde encontram-se atividades de manejo em reas de Sistema Agroflorestal (SAF), implantadas a partir de 2005, como local de experimentao preliminar, com a finalidade de coletar informaes diversas que possam contribuir no ganho de conhecimento sobre esses sistemas nesse tipo de ambiente. Na rea de SAF em estudo, as fruteiras como banana e mamo entraram em produo (Figura 1A). Com o incio das medies dos frutos de mamo, verificou-se a necessidade de padronizar o processo de tomada de medidas, visando evitar erros que poderiam prejudicar as avaliaes regulares desse sistema de cultivo. Para a medio da dimenso dos frutos, podem-se utilizar rguas e trenas de baixo custo. Entretanto, erros de medio de diversos graus podero ocorrer na medio do comprimento (Figura 1B) e dimetro (Figura 1C), em funo da pessoa que realiza a medio, especialmente se diferentes pessoas realizam essa tarefa ao longo do tempo. Nesse caso, o principal erro que pode ocorrer chamado de erro de paralaxe, que est em funo, principalmente, da posio de colocao da rgua em relao ao fruto, combinada com a posio de visualizao da pessoa que faz a leitura.

    (A) (B) (C)

    Figura 1 Aspectos do mamoeiro do SAF em frutificao (A) e da medio de comprimento (B) e dimetro (C) dos frutos de mamo usando rgua, quando ocorrem erros de paralaxe. (Fotos: Luis Carlos Nogueira).

    A criao do paqumetro visou evitar a dependncia do posicionamento da rgua e tambm evitar o problema do ngulo de viso da pessoa que mede, o que geraria erros de preciso na tomada das medidas. Na construo do prottipo, houve a preocupao em usar materiais simples e baratos, mas que tambm permitissem boa resistncia ao manuseio, alm de fcil uso e manuteno. Na Figura 2 so mostradas as peas em madeira e a sequncia de montagem do prottipo do Paqumetro Familiar. Foram utilizadas peas reaproveitadas de madeira de pinho, que foram serradas e lixadas com dimenses apropriadas para montar um paqumetro de 45 cm de comprimento por 30 cm de largura. A base de madeira foi feita com uma tbua de 2 cm de espessura (Figura 2A) e as laterais foram feitas com barras de 5 x 8 cm (Figura 2B). Abaixo da base, foram fixadas duas ripas de 1.5 x 3.0 cm, que serviro de ps para o paqumetro (Figura 2C). Todas as peas foram unidas usando parafusos para poder permitir fcil desmontagem, se necessrio. As peas complementares do paqumetro so as corredias (tipo gaveta) em ferro galvanizado, a barra de alumnio (25,0 mm x 3,0 mm) e a rgua plstica graduada em centmetro (com divises em milmetro). As corredias servem de trilhos para a movimentao do cursor (parte mvel), que deve tangenciar o fruto que est sendo medido. Foram utilizadas duas corredias metlicas, uma em cada lado da base de madeira, para dar estabilidade ao cursor do paqumetro. Esse tipo de corredia foi escolhida entre os modelos disponveis no comrcio por ser do tipo prisioneira, em que a parte interna no se destaca da parte externa (Figura 2D). A rgua plstica foi cuidadosamente furada e parafusada na parte superior da barra lateral mais longa (Figura 2E). Para montagem do cursor do paqumetro, uma barra de alumnio foi dobrada em ngulo de 90 e perfurada nas extremidades para fixao nas duas corredias laterais (que so os trilhos para o cursor). Foram usados dois parafusos em cada extremidade da barra de alumnio para maior firmeza e para garantir a posio do cursor em ngulo reto com a corredia. Para completar a pea que servir de cursor, um pequeno pedao de tbua foi fixado barra de alumnio para permitir o tangenciamento do fruto e apontar para o ponto de leitura na rgua graduada.

  • (A) (B) (C)

    (D) (E) (F)

    Figura 2 Aspectos das peas e da montagem do Paqumetro Familiar: (A) tbua, barras e ripas, (B) fixao das barras laterais em L, (C) base de madeira pronta, (D) fixao da corredia lateral (E) e da rgua plstica (F) na base de madeira e (F) detalhe da fixao do cursor (com dois parafusos) na corredia. (Fotos: Luis Carlos Nogueira).

    3. RESULTADOS E REFLEXO Na Figura 3, so apresentados aspectos do Paqumetro Familiar pronto e do seu uso para medio de frutos de mamo do SAF em estudo. Os testes do paqumetro com diversos frutos provaram sua eficincia e constncia da preciso na medio de dimenses de frutos, independente do operador. A corredia utilizada possibilita um mecanismo de travamento (Figura 2A), que permite travar a parte mvel do paqumetro durante o transporte. O cursor (pea mvel) do paqumetro permite o tangenciamento adequado ao fruto para medio precisa do dimetro (Figura 4B). A rgua graduada em centmetro permite a preciso de 0,1 cm (1,0 mm) nas medidas, sem possibilidade de haver erro de paralaxe. O ponto exato de leitura apontado pelo cursor diretamente na escala da rgua. Do mesmo modo, para medio do comprimento do fruto, o mecanismo mve

Search related