Produção Textual Individual 2 semestre - Análise de Sistemas - UNOPAR

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Portfólio individual do 2o semestre do curso de Análise de Sistemas - Unopar EAD

Text of Produção Textual Individual 2 semestre - Análise de Sistemas - UNOPAR

  • UNOPARUniversidade Do Norte Do ParanSISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADOANLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

    Estudo de Caso - Telecine Mozer:Aspectos tcnicos, conceituao e utilizao da linguagem Html; Diagrama

    organizacional do caso em tela; Processos de software.

    Por: Noberto Maciel2 Semestre

    Feira de Santana Bahia2014.2

  • Noberto Maciel

    Estudo de Caso - Telecine Mozer:Aspectos tcnicos, conceituao e utilizao da linguagem Html; Diagrama

    organizacional do caso em tela; Processos de software.

    Trabalho interdisciplinar (Tpicos emdesenvolvimento de sistemas, Metodologiacientfica, Processos de negcio e software,Lgica e tcnicas de programao)apresentado a Universidade Norte do Paran -UNOPAR

    Professores: Merris Mozer Reinaldo Nishikawa Marco Hisatomi

    Anderson Macedo

    Feira de Santana Bahia2014.2

  • Feira de Santana Bahia2014.2

  • SUMRIO

    1 INTRODUO 03

    2 OBJETIVO 04

    3 DESENVOLVIMENTO DO PROJETO TELECINE MOZER 06

    3.1 O que um documento HTML? 06

    3.1.1 Comandos em HTML - Tags 06

    3.1.2 Melhorando a aparncia dos documentos 07

    3.1.3 Inserindo vdeos 08

    3.1.4 Tabelas 08

    3.1.5 Variveis 08

    3.1.5.1 Passagem por valor 09

    3.1.5.2 Passagem por referncia 09

    3.2 Organograma Telecine Mozer 10

    4 CONCLUSO 11

    5 REFERNCIAS 12

    Feira de Santana Bahia2014.2

  • 3

    1 INTRODUO

    O presente trabalho interdisciplinar visa a fixao do contedo abordado em sala,bem como de todo o material apresentado nas web aulas das disciplinas: Tpicos emdesenvolvimento de sistemas; Metodologia cientfica; Processos de negcio e software; eLgica e tcnicas de programao. Onde abordaremos tpicos e metodologias estudadasaplicando-as ao cenrio proposto, desenvolvendo, assim, uma soluo para os problemasapresentados.

    O trabalho de pesquisa no de natureza mecnica,mas requer imaginao criadora e iniciativa individual[] acrescenta que a pesquisa no uma atividadefeita ao acaso, porque todo o trabalho criativo pede oemprego de procedimentos e disciplinas determinadas.Rudio (2006, p. 16).

    De forma simples, podemos definir pesquisa cientfica como toda atividade para sedescobrir a resposta de alguma indagao que temos a respeito de um assunto. Paratanto, precisamos utilizar alguns meios que tm respaldo nas cincias sob pena de noalcanarmos objetivos confiveis. Neste aspecto, o emprego da metodologia de pesquisase faz necessrio para que a coleta e a apresentao dos dados dessa pesquisa atinjam aconfiabilidade necessria execuo dos processos

    Os sistemas informatizados promovem um fluxo maisconfivel, menos burocrtico, e de menor custo, dasinformaes [...] apresentam como vantagens: maioragilidade no tratamento das informaes; maissegurana e confiabilidade; menor custo operacional;maior rendimento e eficincia dos profissionaisenvolvidos. Maciel, Noberto, 2014.1 (PortflioIndividual, Sistemas Informatizados)

    Aliado aos mtodos utilizados na coleta de dados da pesquisa, os Processos deSoftware alinham metodologia cientfica s necessidades organizacionais. Neste ponto, opapel do Engenheiro de Software torna-se indispensvel execuo e desenvolvimentodos projetos de informatizao, seja na reduo de custos operacionais, otimizandoprocessos de negcio, ou na melhoria da qualidade e eficcia do software.

    A primeira regra de qualquer tecnologia utilizada nosnegcios que a automao aplicada a uma operaoeficiente aumentar a eficincia. A segunda que aautomao aplicada a uma operao ineficienteaumentar a ineficincia." Bill Gates

    .

    Feira de Santana Bahia2014.2

  • 4

    2 OBJETIVO

    Nesta produo textual trataremos da anlise da implantao do projeto deinformatizao do cenrio proposto para a Telecine Mozer, discutindo, de maneirainterdisciplinar, todos os tpicos relacionados.

    2.1 Cenrio:

    ESTUDO DE CASO - TELECINE MOZER Apresentao:

    Telecine Mozer uma empresa do grupo Todos. O negcio Telecine Mozer:

    Telecine Mozer possibilita uma locao de filmes que estaro disponveis,alm dos canais que voc j paga em sua assinatura de TV a cabo. Asmensalidades so de R$ 15,50 para que tenham acesso biblioteca de filmesdisponveis. Estes filmes podero ser locados por valores que variam de R$2,50 aR$4,00. A abrangncia deste servio em todo o Brasil. Locao:

    A maioria das locaes no necessita de uma reserva antecipada. A escolhados filmes feita pelo site, que no horrio devido disponibilizar o filme locado nocanal 654 especfico para filmes locados. O pagamento ser executadodiretamente no boleto da mensalidade. O telecine Mozer possui um cadastro deseus clientes, suas locaes e registros de algum contratempo. Pois est seimplementando no novo site ofertas para os clientes fiis, mostras antecipadasdos filmes disponveis. Restries:

    O telecine Mozer s poder ser acessado pelo assinante que recebe umasenha com seu boleto mensal. Sem esta senha no ser possvel fazer a comprapelo site. Mensalmente esta senha alterada mediante o pagamento..

    Na elaborao do projeto utilizaremos a linguagem HTML estudada, Tcnicas deProgramao, algortimo e estruturao, bem como o contedo abordado em Processosde software, processos de negcio, engenharia de software, engenharia de requisitos emodelagem de software.

    Feira de Santana Bahia2014.2

  • 5

    Feira de Santana Bahia2014.2

  • 6

    3 DESENVOLVIMENTO

    3.1 O que um documento HTML?

    Segundo a Wikipdia:

    HTML (abreviao para a expresso inglesa HyperText Markup Language, quesignifica Linguagem de Marcao de Hipertexto) uma linguagem de marcaoutilizada para produzir pginas na Web. Documentos HTML podem ser interpretadospor navegadores. A tecnologia fruto da juno entre os padres HyTime e SGML.HyTime um padro para a representao estruturada de hipermdia e contedobaseado em tempo. Um documento visto como um conjunto de eventos concorrentesdependentes de tempo (como udio, vdeo, etc.), conectados por hiperligaes. Opadro independente de outros padres de processamento de texto em geral.SGML um padro de formatao de textos. No foi desenvolvido para hipertexto, mastornou-se conveniente para transformar documentos em hiper-objetos e para descreveras ligaes.

    Os documentos escritos em HTML devem possuir extenso html ou htm para que obrowser, navegador web, possa interpret-los. Atualmente existem diversas verses paraa linguagem HTML, cada uma delas utilizando melhorias no desenvolvimento de pginasweb, porm, para que essas melhorias sejam percebidas pelos usurios web, tais versesdevem ser suportadas e entendidas pelo navegador instalado no PC desses usurios. Osarquivos HTML podem estar armazenados tanto no servidor web, que disponibilizar oacesso aos visitantes atravs do endereo IP, ou mesmo pelo URL, bem como de formalocal, no PC do usurio.

    Escrever um cdigo em HTML no tarefa das mais complicadas, qualquer PCque disponha de um editor de textos simples pode ser utilizado para criar um documento,porm, o programador necessitar de conhecimento prvio sobre os comandos e acompatibilidade desses comandos com os diversos navegadores e plataformas existentesna world wide web.

    3.1.1 Comandos em HTML - Tags

    As chamadas TAGs so os comandos do cdigo HTML que, assim que solicitadospelo usurio, so interpretados e executados pelo navegador web. As Tags,geralmente, possuem incio e fechamento para que possamos restringir a suaao no cdigo. Assim, sempre abriremos a Tag com e fecharemos com .Porm, nem todas as Tags necessitaro de fechamento, a exemplo da tag
    ,que responsvel pela quebra de linha nos textos.

    Um cdigo HTML deve sempre comear com a tag e finalizar com .Aps a abertura do cdigo utilizaremos outra tag para delimitar o chamado head,tambm conhecido como cabealho do cdigo, onde poderemos inserir comandose passar informaes ao browser que no aparecero no corpo da pgina, aexemplo das tags, que controlam desde o tempo de carregamentoautomtico da pgina at as palavras-chave para os mecanismos de busca comoo google. Ainda dentro da tag temos a tag com a qual poderemosdar um ttulo nossa pgina, o qual aparecer no topo da mesma, na chamadabarra de ttulo, por sobre a barra de menu do navegador.

    Feira de Santana Bahia2014.2

  • 7

    Assim, sempre encontraremos nos arquivos em cdigo HTML a seguintesequncia:

    texto do ttulo.

    Onde o corpo do documento que voc deseja apresentar no navegador dever serescrito entre as tags .

    Dentro dessa sequncia colocaremos as tags de controle de textocomo a tag

    para texto pargrafo,
    para quebra de linha e a qual utilizamos para alterar o tipo, cor e tamanho de letra que serapresentada no navegador naquele espao.

    A lista completa de tags pode ser encontrada no endereohttp://www.w3schools.com/tags.

    3.1.2 Melhorando a aparncia dos documentos

    At aqui vimos como criar documentos texto usando HTML, vejamos mais algunsrecursos para tornar esses documentos mais atraentes aos olhos e maisinterativos.

    Podemos inserir imagens no documento e manipul-las atravs dos parmetros datag . Essa tag diz ao navegador que, no local onde ela est inserida, deverbuscar o arquivo de imagem no local descrito no parmetro src e apresent-la nobrowser:

    Observe os parmetros Width e Height, esses parmetros alteram o tamanho deapresentao da imagem. No caso apresentado, essa imagem ser exibida com100 pixels de altura por 100 pixels de comprimento. Outros parmetros tambmpodem ser adicionados tag , lista completa de parmetros emhttp://www.w3schools.com/tags.

    A tag cria um hiperlink para outro