of 22/22
ANTROPOLOGIA MÉDICO- LEGAL Prof. Miguel Grossi IML - GO

Prof. Miguel Grossi IML - GO. Sempre realizada por Legistas !!! Pode ser efetuada quanto a Pode ser efetuada quanto a: Espécie (det.) Sinais individuais

  • View
    213

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Prof. Miguel Grossi IML - GO. Sempre realizada por Legistas !!! Pode ser efetuada quanto a Pode...

Antropologia Mdico- Legal

Antropologia Mdico- LegalProf. Miguel GrossiIML - GO

Identificao Mdico-Legal Sempre realizada por Legistas !!!

Pode ser efetuada quanto a:

Espcie (det.) Sinais individuaisSexo (det.) TatuagemIdade Identificao pelos dentesEstatura Identificao pelo DNA...Etnia

Determinao da EspcieOssos:> Morfologia: geral e clavcula

> Tamanho dos canais de Havers

(homem: elptica ou irregular, mais largos e em menor n : at 10 por mm)

> Reaes Imunolgicas

Determinao da Espcie Sangue:

sangue ?

> Cristais de Teichmann (cor de chocolate)

> Tcnica de Addler (azul esv. a azul intenso)

sangue humano ?

> Humano: hm anucleadas, circulares, dimetro de 7 micra

> Albumino-reao ou Processo de Uhlenhuth

Determinao da EspcieParticularidades da Clavcula:

1 osso a iniciar a ossificao (5 a 6 sem. intra-t)

Osso c/ caracterst. exclusivas da espcie humanaDeterminao do SexoTipos de sexo:

Sexo Cromossomial

Sexo Gonadal

Sexo Cromatnico

Sexo da genitlia externa

Sexo da genitlia interna

Sexo Jurdico

Sexo psquico ou moralDeterminao do SexoSexo Mdico-Legal:

Cadver mutilado ou em avanada putrefao:

abre-se a cavidade abdominal: tero/ovrios ou prstata

No esqueleto: crnio (80%), mandbula, trax e pelve (100%)Determinao do Sexo

Determinao do Sexo

Mandbula masculinaMandbula femininaPelve masculina X feminina

CaracteresMasculinoFemininoEm geralRugosa, inseres musculares marcadasLisa, inseres pouco proeminentesFormaDe coraoCircularleoAltoBaixoSacroLongo, estreito e pouco curvoCurto, largo e mto curvongulo do pbisEstreito e em forma de VAmplo e em forma de UArt. sacro-ilacaGrandePequena e mais obliquaAcetbuloGrande e dirigido p o ladoPequeno e dirigido ntero-lateralmenteBuraco ObturadorGrande e ovalPequeno e triangularCorpo do pbisTriangularQuadrangularSnfise do pbisAltaBaixaDeterminao do SexoOssos Longos:

Ossos masculinos maiores e mais speros

Principalmente fmur e mero (dimetro vertical da cabea destes ossos)Estimativa da IdadeMais acurada em jovens

Dentes: uma das melhores estruturas

Ossificao do esqueleto: inicia-se na 6 semana de vida fetal Estimativa da IdadeErupo Dentria:

os inferiores precedem os superiores e as meninas so mais precoces;

Frmula dentria: 16/16 (> 18 anos); 14/14 (> 14 e < 18 anos); 12/12 (< 14 anos)

Rx: anlise das diversas fases da erupo dentria

Estimativa da IdadeRx dos ossos:

soldadura das epfises as difises

Punho, pelve, joelho, cotovelo, tornozelo, crnio

Punho: ncleo epifisal distal do rdio e ulna:H: 18-19 anos M: 17-18 anos Estimativa da IdadeRx ossos da mo e punho direito:

mineralizao dos ossos do carpo: trapezide - melhor ndice de segurana

A soldadura das epfises ocorre 2 anos mais cedo nas mulheres

Estimativa da IdadeSuturas do Crnio:

Interfrontal (metpica): 2 anos

Fronto-parietal (coronal): 25-45 anos

Biparietal (sagital): 20-35 anos / resultados + fidedig

Parieto-occipital (lambdide): 25-50 anos

Tmporo-parietal: 35-80 anos/ demora mais p fecharEstimativa da EstaturaOssos mais importantes: fmur (princip) e tbia

Diferena de 2 cm entre vivo e morto;

Diferena de 4 a 6 cm entre ossada e vivo

Variao circadiana de at 2,5 cmEstimativa da EstaturaMtodos:

Ossos isolados: tbua osteomtrica de Broca

Lacassagne Martin , Telka e PearsonIdentificao pelo DNAManchas de sangue, smem, plos, saliva e partes cadavricas;

Necessidade da criao de um banco de dados

Prova mais avanada em termos de identificao

Nunca iniciar um processo de ident. pela prova mais caraIdentificao pelo DNASeqncia para extrao do DNA:

1 sangue;

2 tec. mole: preferncia pelo miocrdio;

3 tec. duro: ossos (princ. o fmur)

4 dentes: poupa dentria (molar e pr-molar) - mais importante

No conservar em formol !!!