Proteção da Propriedade Intelectual - - Estruturacao de NITs... · Depto. de Fitotecnia – UFSM…

Embed Size (px)

Text of Proteção da Propriedade Intelectual - - Estruturacao de NITs... · Depto. de Fitotecnia –...

Proteo da Propriedade

Intelectual

Prof. Dilson A. Bisognin, PhD.

Depto. de Fitotecnia UFSM

Sec. da Agricultura, Pecuria e Agronegcio

Propriedade IntelectualPropriedade Intelectual

Expresso genrica que corresponde ao

direito de apropriao que o homem pode ter

sobre suas criaes, obras e produes do

intelecto, talento e engenho, garantido pelo

Estado em troca da divulgao

Fonte de informao tecnolgica (84%)

Propriedade Intelectual

Direito Autoral

Copyright

Propriedade Industrial

Patente de Inveno

Modelos de Utilidade

Desenho Industrial

Marcas

Indicaes Geogrficas

Proteo Especial

Programas de Computador

Cultivares

Denominaes deOrigem

Tpicos de Circuitos Integrados

Patente de InvenoPatente de Inveno

Ttulo de propriedade temporrio outorgado

pelo Estado ao inventor para excluir terceiros da

fabricao, comercializao etc em troca da

divulgao.

So requisitos a novidade, atividade inventiva e

aplicao industrial.

Validade de 20 anos.

Modelo de UtilidadeModelo de Utilidade

Objeto de uso prtico, que apresenta

nova forma ou disposio, ato inventivo,

que promove melhoria funcional no uso ou

na fabricao.

Validade de 15 anos.

Desenho IndustrialDesenho Industrial

Forma plstica ornamental de um objeto ou

conjunto ornamental aplicado a um produto, que

proporciona nova configurao externa e tem

aplicao industrial.

Validade de 10 anos, podendo ser prorrogado

at 3 perodos de 5 anos.

MarcaMarca

Elemento de fantasia, sinal distintivo, que

tem a finalidade de distinguir produtos e

servios de outros semelhantes mas de

procedncia diversa.

Validade por 10 anos e prorrogvel por

perodos iguais e sucessivos.

Indicao GeogrficaIndicao Geogrfica

Procedncia geogrfica ou denominao de

origem de produtos e servios, que se

caracterizam por fatores de produo comum

ou por fatores naturais e humanos.

Validade de 10 anos e prorrogvel por

perodos iguais e sucessivos.

Programa de ComputadorPrograma de Computador

Expresso de um conjunto organizado de

instrues em linguagem natural ou codificada

com aplicao em mquinas automticas de

tratamento de informaes.

Validade de 50 anos.

Direito do AutorDireito do Autor

Direito moral e patrimonial do criador sobre uma

obra intelectual, como trabalhos literrios,

artsticos, fotogrficos, cinematogrficos e aos

softwares.

O direito patrimonial permanece por 60 anos

aps o falecimento.

CultivaresCultivares

Cultivar uma subdiviso de uma espcie

agrcola que se distingue de outra por

caractersticas morfolgicas, fisiolgicas,

bioqumicas ou outras que a identifique.

Necessita ser distinta, homognea e estvel

(DHE) e com valor de cultivo e uso (VCU).

Validade por 15 ou 18 anos.

Aspecto Legal da Propriedade Intelectual

Lei 9.610 de 19/02/1998 - Direitos Autorais

Lei 9.609 de 22/04/1998 - Programa de Computador

Lei 9.279 de 14/05/1996 - Propriedade Industrial * Patentes de Inveno* Modelos de Utilidade* Modelos e Desenhos Industriais* Marcas

Lei 9.456 de 25/04/1997 - Proteo de Cultivares

Lei 10.973 de 02/12/2004 - Inovao Tecnolgica

Legislao complementar como Decretos e Portarias

Ncleo de Inovao e Transfernciade Tecnologia NIT

Regulamentado inicialmente pela Portaria 005/2005

de 19 de abril de 2005

Vinculado ao Gabinete do Reitor

Nova regulamentao pela Portaria 019/2007 de 06

de dezembro de 2007

Ncleo de Inovao e Transfernciade Tecnologia NIT

Misso

Promover a adequada proteo das invenes

geradas no mbito da UFSM e a sua transferncia ao

setor produtivo, visando a integrar a UFSM com a

comunidade e contribuir para o desenvolvimento

cultural, tecnolgico e social do Pas

Objetivos do NIT

Elaborar e zelar pela manuteno de polticas

Institucionais de proteo do desenvolvimento e dos

resultados de pesquisas cientficas e tecnolgicas no

mbito da UFSM;

Promover e opinar para que haja uma adequada

proteo das invenes geradas no mbito da UFSM

ou na comunidade; e

Promover a integrao da UFSM com a comunidade

para a gerao e transferncia de tecnologias.

Criao ou inveno: resultado do trabalho intelectual do criador que atende os requisitos de novidade, atividade inventiva e aplicao industrial

Inovao: introduo de novidade ou aperfeioamento

no ambiente produtivo ou social que resulte em novos

produtos, processos ou servios

No mbito da UFSM

Inventor: docente, tcnico-administrativo, alunos de

graduao e ps-graduao, estagirios, professores

visitantes e ps-doutores da UFSM

Notificar o NIT das invenes e defender os

interesses da UFSM para garantir os direitos de

propriedade intelectual pelo sigilo de informaes

A notificao feita atravs de um formulrio de

Cadastro de Inveno

Obrigaes dos Inventores

MINISTRIO DA EDUCAOUNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA

PR-REITORIA DE PS-GRADUAO E PESQUISANCLEO DE INOVAO E TRANSFERNCIA DE TECNOLOGIA

CADASTRO DE INVENOTtulo: ______________________________________________________

Autor(es):____________________________________________________

Departamento/rgo:__________________________________________

rea de interesse (definir rea da classificao internacional e/ou brasileira):____________________________________________________________

Objetivos:____________________________________________________

Resumo (Indique, se possvel, solues j existentes para o problema edados que subsidiem uma busca, como artigos, documentos de patentes eilustraes):

Palavras-chave: ______________________________________________Key words: __________________________________________________Anexos: ( ) Literatura ( ) Ilustraes ( ) Descries adicionaisObservaes:________________________________________________

Obrigaes dos Inventores

A obrigao de confidencialidade e sigilo estendida a

todos os inventores com qualquer envolvimento no

processo inventivo at a data de proteo

Fica vedado ao(s) inventor(es) apropriar-se, para si ou

para outrem, de qualquer material, produto ou processo

passvel de proteo de propriedade intelectual

MINISTRIO DA EDUCAOMINISTRIO DA EDUCAOUNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIAUNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA

NCLEO DE INOVAO E TRANSFERNCIA DE TECNOLOGIANCLEO DE INOVAO E TRANSFERNCIA DE TECNOLOGIATERMO DE CONFIDENCIALIDADE E SIGILOTERMO DE CONFIDENCIALIDADE E SIGILO

Considerando o vnculo permanente ou eventual entre o docente, tcnicoConsiderando o vnculo permanente ou eventual entre o docente, tcnico--administrativo, estagirio, administrativo, estagirio, aluno de graduao ou psaluno de graduao ou ps--graduao, psgraduao, ps--doutorando, professor visitante ou colaborador, doravante doutorando, professor visitante ou colaborador, doravante designado INVENTOR, e a Universidade Federal de Santa Maria, doravante designada UFSM.designado INVENTOR, e a Universidade Federal de Santa Maria, doravante designada UFSM.

O INVENTOR entende que, durante seu vnculo com a UFSM, pode gerar ou receber informao O INVENTOR entende que, durante seu vnculo com a UFSM, pode gerar ou receber informao confidencial da Universidade e/ou de seus docentes, tcnicos administrativos, estagirios e/ou alunos; confidencial da Universidade e/ou de seus docentes, tcnicos administrativos, estagirios e/ou alunos; poder se envolver na criao, melhoria, escrita, edio, reviso, alterao, modernizao, poder se envolver na criao, melhoria, escrita, edio, reviso, alterao, modernizao, modificao ou tratamento de processos, relatrios, livretos, livros, manuais, outros documentos, modificao ou tratamento de processos, relatrios, livretos, livros, manuais, outros documentos, ilustraes, tabela de dados, fotografias, desenhos, programas de computador, invenes ou outros ilustraes, tabela de dados, fotografias, desenhos, programas de computador, invenes ou outros dispositivos, seleo e caracterizao de novas espcies, cepas, estirpes mutantes, de germoplasma ou dispositivos, seleo e caracterizao de novas espcies, cepas, estirpes mutantes, de germoplasma ou de novas cultivares, ou organismos de qualquer natureza, bem como de seus constituintes ou produtos de novas cultivares, ou organismos de qualquer natureza, bem como de seus constituintes ou produtos naturais ou bioengenheirados, marcas, materiais promocionais ou similares que contenham ou sejam naturais ou bioengenheirados, marcas, materiais promocionais ou similares que contenham ou sejam considerados material confidencial e/ou que tenham ou possam ter valor econmico.considerados material confidencial e/ou que tenham ou possam ter valor econmico.

O INVENTOR concorda em no divulgar no meio externo UFSM, ou usar para seu benefcio ou O INVENTOR concorda em no divulgar no meio externo UFSM, ou usar para seu benefcio ou de outra pessoa ou entidade que no a prpria UFSM, qualquer informao gerada na UFSM que no de outra pessoa ou entidade que no a prpria UFSM, qualquer informao gerada na UFSM que no for de conhecimento pblico na poca de seu vnculo ou que tenha se tornado pblica por vias nofor de conhecimento pbl