Prova A sem Gabarito

  • View
    221

  • Download
    6

Embed Size (px)

Text of Prova A sem Gabarito

  • CONCURSO VESTIBULAR 2009

    ! Confira, abaixo, seu nome e nmero de inscrio. Ateno: Assine no local indicado.

    ! Esta prova composta por 60 questes objetivas.

    ! Aguarde autorizao para abrir o Caderno de Prova. Aseguir, antes de iniciar a prova, confira a paginao.

    ! A interpretao das questes parte do processo de avaliao, no sendo permitidas perguntas aosFiscais.

    ! Verifique se os dados impressos no Carto-Resposta correspondem aos seus. Caso haja algumairregularidade, comunique-a imediatamente ao Fiscal.

    ! A Prova Objetiva composta por questes de mltipla escolha, em que h somente uma alternativacorreta. Transcreva para o Carto-Resposta o resultado que julgar correto em cada questo, preenchendoo retngulo correspondente com caneta esferogrfica de tinta preta.

    ! No Carto-Resposta anulam a questo: a marcao de mais de uma alternativa em uma mesma questo,rasuras e preenchimento alm dos limites do retngulo destinado para cada marcao. No haversubstituio do Carto-Resposta por erro de preenchimento.

    ! No sero permitidos emprstimos de materiais, consultas e comunicao entre os candidatos, tampoucoo uso de livros e apontamentos. Relgio, aparelhos eletrnicos e, em especial, aparelhos celulares deveroser desligados e colocados no saco plstico fornecido pelo Fiscal. O no-cumprimento destas exignciasocasionar a excluso do candidato deste Processo Seletivo.

    ! Ao concluir a prova, permanea em seu lugar e comunique ao Fiscal. Aguarde autorizao para devolver,em separado, o Caderno de Prova e o Carto- Resposta, devidamente assinados.

    ! O tempo para o preenchimento do Carto-Resposta est contido na durao desta prova.

    DURAO DESTA PROVA: 4 HORAS

    INSTRUES

    09/11/2008

    Universidade

    Estadual de Londrina

    CONHECIMENTOS GERAIS

    Coordenadoria deProcessos Seletivos

    PROVA A

  • O gabarito oficial provisrio estar disponvel no endereo eletrnicowww.cops.uel.br a partir das 20 horas do dia 9 de novembro de 2008.

  • O tema geral desta prova ALIMENTO: UMA NECESSIDADE BSICA

    As questes de 1 a 9 relacionam-se, de modo geral,a um ou mais dos subtemas escassez de alimentos,fome, misria social.

    Leia os Textos I e II e responda s questes de 1 a 5.

    Texto IThomas Malthus (1766-1834) assegurava que, se a popula-o no fosse de algum modo contida, dobraria de 25 em25 anos, crescendo em progresso geomtrica, ao passoque, dadas as condies mdias da terra disponveis em seutempo, os meios de subsistncia s poderiam aumentar, nomximo, em progresso aritmtica.

    Texto IIA idia de um mundo famlico assombra a humanidade desdeque Thomas Malthus previu que no futuro no haveria comidaem quantidade suficiente para todos.

    Organismos internacionais Organizao das Naes Uni-das, Banco Mundial e Fundo Monetrio Internacional cha-maram a ateno para a gravidade dos problemas decorren-tes da alta dos alimentos. O Banco Mundial prev que 100milhes de pessoas podero submergir na linha que separaa pobreza da misria absoluta devido ao encarecimento dacomida.

    (Adaptado: FRANA, R. O fantasma de Malthus. Veja. 23 abr. 2008.)

    1Para K. Marx (1818-1883), a teoria malthusiana do cres-cimento populacional:

    a) permitia entender, de modo cientfico, as razes pelasquais os proletrios teriam dificuldades para ascendersocialmente.

    b) apresentava as bases adequadas sobre as quais sedeveria elaborar a teoria do valor trabalho.

    c) reforava valores da burguesia ascendente que, pos-teriormente a 1848, assumia posies cada vez maisconservadoras.

    d) era o primeiro passo na construo de uma teoria ex-plicativa do real carter de classe da sociedade bur-guesa.

    e) apreendia a essncia do proletariado moderno e osmotivos pelos quais a classe burguesa estaria fadadaa desaparecer.

    2Assinale a alternativa que identifica os fatores causado-res da escassez de alimentos apontados pelos Textos I eII, respectivamente.

    a) Limites naturais e crescimento demogrfico acele-rado.

    b) Elevao dos custos de produo dos alimentos e em-pobrecimento da populao.

    c) Pauperizao dos solos e subdesenvolvimento.

    d) Controle de natalidade e exploso demogrfica.

    e) Produo insuficiente de alimentos e elevao dospreos dos alimentos.

    3Com base nos Textos I e II e nos conhecimentos sobre otema da fome no mundo, considere as afirmativas.

    I. Nas previses sobre o problema da fome, conti-das nos Textos I e II, esto excludas consideraessobre a heterogeneidade socioespacial desse pro-blema na escala mundial.

    II. No Texto I, a explicao sobre as causas da escas-sez de alimentos baseia-se em uma combinao defatores dentre os quais est ausente a evoluo daprodutividade no setor primrio da economia.

    III. No Texto II, o crescimento populacional que culmi-nar no aumento de 100 milhes de pessoas pobresno mundo apontado como o responsvel pela ex-panso da fome.

    IV. No Texto II, para os organismos internacionais, asprevises de Malthus se confirmaram, pois a atualexpanso do nmero de famlicos se deve insu-ficincia estrutural da produo mundial de alimen-tos.

    Assinale a alternativa correta.

    a) Somente as afirmativas I e II so corretas.

    b) Somente as afirmativas I e IV so corretas.

    c) Somente as afirmativas III e IV so corretas.

    d) Somente as afirmativas I, II e III so corretas.

    e) Somente as afirmativas II, III e IV so corretas.

    4A lei de Malthus (Texto I) cita progresses aritmticas(PA) e progresses geomtricas (PG).Se os dois primeiros termos de uma seqncia sox1 = 6 e x2 = 12, o quinto termo ser

    a) x5 = 16 se for uma PA e x5 = 24 se for uma PG.

    b) x5 = 24 se for uma PA e x5 = 96 se for uma PG.

    c) x5 = 30 se for uma PA e x5 = 30 se for uma PG.

    d) x5 = 30 se for uma PA e x5 = 96 se for uma PG.

    e) x5 = 48 se for uma PA e x5 = 72 se for uma PG.

    RA

    SC

    UN

    HO

    1 / 19

  • 5Analise os grficos e assinale a alternativa em que a leide Malthus est representada.

    a)

    b)

    c)

    d)

    e)

    R A S C U N H O

    Observe a Figura 1 e responda s questes de 6 a 8.

    Figura 1: Os Retirantes(PORTINARI, C. Os Retirantes. 1944. leo sobre tela, (190180) cm.

    Museu de Arte de So Paulo. SP.)

    6Com base na Figura 1 e nos conhecimentos sobre a obrade Portinari, considere as afirmativas.

    I. Em Os Retirantes, observa-se uma perspectiva ide-olgica que traduz a formao artstica/esttica dePortinari, principalmente nas obras de cunho social.

    II. A srie Retirantes de Portinari, da qual a obra OsRetirantes faz parte, apresenta dramaticidade, aoexpressar a tragdia e o sofrimento humano, reve-lando, assim, um carter de denncia.

    III. A maneira como so trabalhados os elementos for-mais, principalmente no tratamento da figura hu-mana, remete esttica neoclssica, presente noBrasil desde a Misso Francesa.

    IV. A obra Os Retirantes est inserida em um perododo Modernismo, em que este vive um momento denova sntese, cujos elementos considerados so,entre outros, o nacionalismo e a arte social.

    Assinale a alternativa correta.

    a) Somente as afirmativas I e II so corretas.

    b) Somente as afirmativas I e III so corretas.

    c) Somente as afirmativas III e IV so corretas.

    d) Somente as afirmativas I, II e IV so corretas.

    e) Somente as afirmativas II, III e IV so corretas.

    2 / 19

  • 7Com base na Figura 1 e nos conhecimentos sobre Cn-dido Portinari e sua obra, correto afirmar.

    I. A obra Os Retirantes demonstra a preocupao dePortinari com a situao de misria a que eram sub-metidas as vtimas da seca.

    II. As preocupaes sociais, dentre elas a fome, apare-cem com a mesma intensidade, tanto no movimentoantropofgico como na fase da pintura social de Por-tinari.

    III. O impacto da 2 Guerra, iniciada em 1939, e o apeloaos recursos de expresso plstico-formal caracte-rizam a fase social da obra do artista, expressa emRetirantes.

    IV. Em Os Retirantes, Portinari retoma aspectos carac-tersticos da pintura clssica, como a pouca profun-didade, o claro/escuro e a cor, a servio da hierar-quia social.

    Assinale a alternativa correta.

    a) Somente as afirmativas I e II so corretas.

    b) Somente as afirmativas I e III so corretas.

    c) Somente as afirmativas II e IV so corretas.

    d) Somente as afirmativas I, III e IV so corretas.

    e) Somente as afirmativas II, III e IV so corretas.

    8Considere o quadro de Portinari (Figura 1) e a definioa seguir:

    [....] o coronelismo sobretudo um compromisso, umatroca de proveitos entre o poder pblico, progressiva-mente fortalecido, e a decadente influncia social doschefes locais, notadamente dos senhores de terras. No possvel, pois, compreender o fenmeno sem refern-cia nossa estrutura agrria, que fornece base de sus-tentao das manifestaes de poder privado ainda tovisveis no interior do Brasil.

    (LEAL, V. N. Coronelismo, enxada e voto. So Paulo: Alfa-mega,

    1975, p. 20.)

    Assinale a alternativa correta.

    a) Uma das caractersticas da estrutura agrria brasileirareside no fato de que os retirantes sobrevivem nas ter-ras doadas pelos coronis.

    b) A estrutura de poder poltico, associada s organiza-es sindicais dos trabalhadores rurais no Brasil, aper-feioou a gesto da propriedade pblica.

    c) O latifndio monocultor, extensivo e explorador domeio ambiente e do trabalhador rural possibilitou o es-tabelecimento do coronelismo.

    d) Os retirantes expulsos de suas propriedades pelos co-ronis incorporam-se lavoura de subsistncia emterras devolutas na periferia das cidades.

    e) Os retirantes e os trabalhadores rurais foram benefici-ados pela estrutura do poder poltico que promoveu agesto das terras em benefcio comum.

    9A expanso imperial romana resultou, a partir do sculoI d.C., na utilizao do trabalho escravo em grande es-cala e no a