Prova - Educador Físico

  • View
    214

  • Download
    1

Embed Size (px)

Text of Prova - Educador Físico

  • PREFEITURA MUNICIPAL DE MACEI

    Secretaria Municipal de Sade

    CONCURSO PBLICO MUNICIPAL 2012

    N. do doc. de identificao (RG, CNH etc.): Assinatura do(a) candidato(a):

    Voc confia no resultado! Macei/AL, 16 de Dezembro de 2012.

    MA

    CEI

    /2012

    CADERNO DE QUESTES

    1. Este Caderno de Questes somente dever ser aberto quando for autorizado pelo Fiscal. 2. Assine neste Caderno de Questes e coloque o nmero do seu documento de identificao (RG, CNH

    etc.).

    3. Antes de iniciar a prova, confira se o tipo da prova do Caderno de Questes o mesmo da etiqueta da banca e da Folha de Respostas.

    4. Ao ser autorizado o incio da prova, verifique se a numerao das questes e a paginao esto corretas. Verifique tambm se contm 80 (oitenta) questes objetivas com 5 (cinco) alternativas cada, caso contrrio comunique imediatamente ao Fiscal.

    5. Voc dispe de 4h (quatro horas) para fazer esta prova. Faa-a com tranquilidade, mas controle seu tempo. Esse tempo inclui a marcao da Folha de Respostas das questes objetivas. Voc somente

    poder sair em definitivo do Local de Prova aps decorridas 2h (duas horas) do seu incio. 6. Na Folha de Respostas, confira seu nome, nmero do seu documento de identificao e cargo

    escolhido.

    7. Em hiptese alguma lhe ser concedida outra Folha de Respostas. 8. Preencha a Folha de Respostas utilizando caneta esferogrfica de tinta azul ou preta. Na Folha de

    Respostas de questes objetivas, preencha completamente o crculo correspondente alternativa

    escolhida, conforme modelo: 9. Ser atribudo o valor ZERO questo que contenha na Folha de Respostas de questes objetivas: dupla

    marcao, marcao rasurada ou emendada, no preenchida totalmente ou que no tenha sido

    transcrita.

    10. A correo da prova objetiva ser efetuada de forma eletrnica e considerando-se apenas o contedo da Folha de Respostas.

    11. Caso a Comisso julgue uma questo como sendo nula, os pontos sero atribudos a todos os candidatos.

    12. No ser permitida qualquer espcie de consulta. 13. Ao terminar a prova, devolva ao Fiscal de Sala este Caderno de Questes, juntamente com a Folha de

    Respostas objetivas e assine a Lista de Presena.

    14. Nas salas que apresentarem apenas 1 (um) fiscal de sala, os 3 (trs) ltimos candidatos somente podero ausentar-se do recinto juntos, aps a assinatura da Ata de Encerramento de provas.

    Boa Prova!

    INSTRUES GERAIS

    Cargo (Nvel Superior):

    Prova de Portugus, Fund. da Administrao Pblica e Legislao do SUS e Conhecimentos Especficos

    PROVA TIPO

    4 EEDDUUCCAADDOORR FFSSIICCOO

  • Nvel Superior EDUCADOR FSICO

    Prova tipo 4 16 DEZ 2012 Concurso Prefeitura de MACEI - 2012

    2

    PORTUGUS

    1. Considere o texto abaixo e marque a opo correta. 1

    2

    3

    4

    5

    6

    7

    8

    9

    10

    11

    12

    13

    14

    15

    16

    17

    18

    19

    Eu fui vtima dele. Por causa dele odiei a escola. Nas minhas caminhadas passadas, eu o via diariamente. Naquela adolescente gorda de rosto inexpressivo que caminhava olhando para o cho. E naquela outra, magricela, sem seios, desengonada, que ia sozinha para a escola. Havia grupos de meninos e meninas que iam alegremente, tagarelando, se exibindo, pelo mesmo caminho... Mas eles no convidavam nem a gorda e nem a magricela. Dediquei-me a escrever sobre os sofrimentos a que as crianas e adolescentes so submetidos em virtude dos absurdos das prticas escolares. Mas nunca pensei sobre os sofrimentos que colegas infligem a colegas seus. [...] Crianas e adolescentes podem ser cruis. [...] Bullying o nome dele. Fica o nome ingls porque no se encontrou palavra em nossa lngua que seja capaz de dizer o que bullying diz. Bully o valento: um menino que, em virtude de sua fora e de sua alma deformada pelo sadismo, tem prazer em intimidar e bater nos mais fracos. [...] As meninas usam outros tipos de fora que no a fora dos punhos. E o terrvel que a vtima sabe que no h jeito de fugir. [...]

    ALVES, Rubens. A forma escolar de tortura. Disponvel em: http://www.rubemalves.com.br/aformaescolardatortura.htm (Texto adaptado).

    A) Em "Nas minhas caminhadas passadas, eu o via diariamente" (linhas 1-2), "o" exerce a funo sinttica de objeto direto.

    B) Em "Mas nunca pensei sobre os sofrimentos que colegas infligem a colegas seus" (linhas 10-12), "a" exerce a funo sinttica de objeto direto.

    C) O pronome "dele" (linha 1) faz referncia "adolescente gorda" (linha 3).

    D) Na expresso "Havia grupos de meninos e meninas que iam alegremente, tagarelando..." (linhas 5-6), "que" exerce a funo pronome indefinido.

    E) Em "Dediquei-me a escrever sobre os sofrimentos [...]" (linhas 8-9), "me" exerce a funo sinttica de objeto direto.

    2. A orao intercalada, do grupo oracional abaixo, deve ser classificada como sendo de

    Em 1945, isto aconteceu no dia do aniversrio da morte do seu pai, recebi a notcia de que a guerra havia acabado.

    A) ressalva.

    B) opinio.

    C) citao.

    D) advertncia.

    E) escusa.

    3. Considerando as funes sintticas do pronome relativo das oraes adjetivas, marque a opo correta.

    A) Em "Este o pesquisador por que foi escrito o artigo", "que" tem a funo de agente da passiva.

    B) Em "A pessoa a que entreguei o documento deixou-o no aeroporto", "que" tem a funo de objeto direto.

    C) Em "O aluno que estuda aprende", "que" tem a funo de objeto direto.

    D) Em "O romance que lemos policial", "que" tem a funo de predicativo.

    E) Em "O remdio de que tenho necessidade muito caro", "que" tem a funo de objeto indireto.

    4. Quanto concordncia verbal, assinale o enunciado que est em acordo com a norma-padro.

    A) O pai ou o nosso padrasto merecem o respeito de todos.

    B) Um ou dois livros foi retirado da estante ontem.

    C) Os problemas da empresa Joo menos importantes do que os meus.

    D) Tudo tristezas e desabafos.

    E) A proviso eram alguns sacos de feijo.

    5. Quanto concordncia nominal, assinale o enunciado que est em acordo com a norma-padro.

    A) Podemos dizer que agora estamos quite.

    B) Apesar de estarmos bastantes cansados, fomos praia.

    C) A moa agradeceu: muito obrigado!

    D) H bastantes pessoas satisfeitas com sua gesto.

    E) proibida entrada de pessoas estranhas neste local.

    6. Considere o fragmento textual abaixo e assinale a opo correta. A campanha presidencial americana uma mistura

    estranha, ou mais estranha que a habitual, de personalidades e ideologia. A imprensa dedicou grande ateno aos contrastes entre as personalidades do presidente Obama (que considerado muito simptico) e de seu adversrio, Mitt Romney (mais rgido e menos simptico), e, no fim das contas, possvel que suas caractersticas pessoais venham a determinar o resultado das eleies. No h dvida de que a diferena ser apertada, e que o fator simpatia poder ser determinante para uma faixa decisiva de 2% a 4% do eleitorado. [...]

    KEYSSAR, Alexander. Disponvel em: http://revistapiaui.estadao.com.br/edicao-

    73/questoes-da-politica-americana/muito-longe-da-esperanca (Texto adaptado).

    A) Em No h dvida de que a diferena ser apertada, h uma orao subordinada substantiva completiva nominal.

    B) Em A imprensa dedicou grande ateno aos contrastes entre as personalidades do presidente Obama [...] e de seu adversrio [...], h uma orao subordinada adjetiva restritiva.

    C) Em A campanha presidencial americana uma mistura estranha, ou mais estranha que a habitual, de personalidades e ideologia, a informao intercalada ou mais estranha que a habitual uma orao subordinada substantiva subjetiva.

    D) Em No h dvida de que a diferena ser apertada, h uma orao subordinada substantiva objetiva indireta.

    E) Em [...] possvel que suas caractersticas pessoais venham a determinar o resultado das eleies h uma orao subordinada substantiva apositiva.

    7. Na expresso A bolsa, Maria a trazia escondida com medo do pior acontecer, o termo grifado deve ser corretamente classificado como

    A) agente da passiva.

    B) objeto indireto pleonstico.

    C) objeto direto.

    D) objeto direto pleonstico.

    E) complemento nominal.

  • Nvel Superior EDUCADOR FSICO

    Prova tipo 4 16 DEZ 2012 Concurso Prefeitura de MACEI - 2012

    3

    8. A respeito do fragmento Todas as clulas do corpo precisam de gua para funcionar, e as neuronais no so exceo, explica o fisiologista e autor da pesquisa, Lawrence Armstrong, correto afirmar:

    A) Todas pronome relativo.

    B) Os verbos precisam e so admitem a mesma regncia verbal.

    C) em [...] explica o fisiologista e autor da pesquisa, Lawrence Armstrong, o termo Lawrence Armstrong aposto.

    D) a vrgula, anteposta a e as neuronais no so exceo, facultativa.

    E) o verbo precisam pode ser substitudo por possuem sem causar prejuzo sinttico-semntico ao fragmento.

    9. Sobre o acento indicativo de crase, analise os enunciados abaixo e marque o que est em acordo com a norma-padro.

    A) Escreveu uma longa carta lpis.

    B) Ele ofereceu o trabalho a homem ou mulher?

    C) No assisto mais a filmes hoje, porque j assisti duas sesses ontem.

    D) A medida que o IPI baixa, melhor comprar os mveis a prazo e no vista.

    E) Refiro-me s duas meninas, s quais dedico muito amor.

    10. Assinale a opo em que a partcula se ndice de indeterminao do sujeito.

    A) As duas amam-se como irms.

    B) Av e neta queriam-se muito.

    C) O cego deixou-se levar pelo guia.

    D) Se voc est doente, trate-se.

    E) Vive-se bem aqui no Brasil.

    11. Leia o texto abaixo e marque a opo correta.