Prova salvador 2011 atendimento

  • Published on
    10-Jul-2015

  • View
    292

  • Download
    0

Embed Size (px)

Transcript

25LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUES ABAIXO.01 - Voc recebeu do fiscal o seguinte material:

EDITAL DE CONCURSO PBLICO No 01/2011

PROFISSIONAL DE ATENDIMENTO INTEGRADO FARMACUTICO

a) este caderno, com o tema da REDAO (com valor de 40,0 pontos) e o enunciado das 60 (sessenta) questes objetivas, sem repetio ou falha, com a seguinte distribuio: Questes Objetivas Conhecimentos Bsicos Lngua Portuguesa Conhecimentos de Informtica Legislao SUS Conhecimentos Especficos Redao 1a8 9 a 12 13 a 25 26 a 60 2,00 pontos 70,00 pontos 40,00 pontos 1,00 ponto 25,00 pontos No das Questes Valor por questo Total

b) 1 folha para o desenvolvimento da REDAO grampeada ao CARTO-RESPOSTA destinado s respostas das questes objetivas formuladas nas provas. 02 - Verifique se este material est em ordem e se o seu nome e nmero de inscrio conferem com os que aparecem no CARTO-RESPOSTA. Caso contrrio, notifique o fato IMEDIATAMENTE ao fiscal. 03 - Aps a conferncia, o candidato dever assinar, no espao prprio do CARTO-RESPOSTA, a caneta esferogrfica transparente de tinta na cor preta. 04 - A REDAO dever ser feita com caneta esferogrfica transparente de tinta na cor preta. 05 - No CARTO-RESPOSTA, a marcao das letras correspondentes s respostas certas deve ser feita cobrindo a letra e preenchendo todo o espao compreendido pelos crculos, a caneta esferogrfica transparente de tinta na cor preta, de forma contnua e densa. A LEITORA TICA sensvel a marcas escuras, portanto, preencha os campos de marcao completamente, sem deixar claros. Exemplo: 06 - Tenha muito cuidado com o CARTO-RESPOSTA, para no o DOBRAR, AMASSAR ou MANCHAR. O CARTO-RESPOSTA SOMENTE poder ser substitudo se, no ato da entrega ao candidato, j estiver danificado em suas margens superior e/ou inferior - BARRA DE RECONHECIMENTO PARA LEITURA TICA. 07 - Para cada uma das questes objetivas, so apresentadas 5 alternativas classificadas com as letras (A), (B), (C), (D) e (E); s uma responde adequadamente ao quesito proposto. Voc s deve assinalar UMA RESPOSTA: a marcao em mais de uma alternativa anula a questo, MESMO QUE UMA DAS RESPOSTAS ESTEJA CORRETA. 08 - As questes objetivas so identificadas pelo nmero que se situa acima de seu enunciado. 09 - SER ELIMINADO do Concurso Pblico o candidato que: a) se utilizar, durante a realizao das provas, de mquinas e/ou relgios de calcular, bem como de rdios gravadores, headphones, telefones celulares ou fontes de consulta de qualquer espcie; b) se ausentar da sala em que se realizam as provas levando consigo o CADERNO DE QUESTES e/ou o CARTO-RESPOSTA grampeado folha para o desenvolvimento da REDAO; c) se recusar a entregar o CADERNO DE QUESTES e/ou o CARTO-RESPOSTA e/ou a folha para o desenvolvimento da REDAO, quando terminar o tempo estabelecido. d) no assinar a LISTA DE PRESENA e/ou o CARTO-RESPOSTA. Obs.: O candidato s poder se ausentar do recinto das provas aps 1 (uma) hora contada a partir do efetivo incio das mesmas. Por motivos de segurana, o candidato NO PODER LEVAR O CADERNO DE QUESTES e/ou o CARTO-RESPOSTA e/ou a folha para o desenvolvimento da REDAO, a qualquer momento. 10 - Reserve os 30 (trinta) minutos finais para marcar seu CARTO-RESPOSTA. Os rascunhos e as marcaes assinaladas no CADERNO DE QUESTES NO SERO LEVADOS EM CONTA. 11 - Quando terminar, entregue ao fiscal o CADERNO DE QUESTES E O CARTO-RESPOSTA grampeado folha para o desenvolvimento da REDAO e ASSINE A LISTA DE PRESENA. 12 - O TEMPO DISPONVEL PARA ESTAS PROVAS DE QUESTES OBJETIVAS E DE REDAO DE 4 (QUATRO) HORAS E 30 (TRINTA) MINUTOS, includo o tempo para a marcao do seu CARTO-RESPOSTA, findo o qual o candidato dever, obrigatoriamente, entregar o CADERNO DE QUESTES E O CARTO-RESPOSTA grampeado folha para o desenvolvimento da REDAO. 13 - As questes e os gabaritos das Provas Objetivas sero divulgados no primeiro dia til aps a realizao das mesmas, no endereo eletrnico da FUNDAO CESGRANRIO (http://www.cesgranrio.org.br).

1

PROFISSIONAL DE ATENDIMENTO INTEGRADO FARMACUTICO

_________________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________________PROFISSIONAL DE ATENDIMENTO INTEGRADO FARMACUTICO

R

A

S

C

U2

N

H

O

REDAOTexto I Estatuto do idoso Art. 1o institudo o Estatuto do Idoso, destinado a regular os direitos assegurados s pessoas com idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos. Art. 2o O idoso goza de todos os direitos fundamentais inerentes pessoa humana, sem prejuzo da proteo integral de que trata esta Lei, assegurando-se-lhe, por lei ou por outros meios, todas as oportunidades e facilidades, para preservao de sua sade fsica e mental e seu aperfeioamento moral, intelectual, espiritual e social, em condies de liberdade e dignidade. Art. 3o obrigao da famlia, da comunidade, da sociedade e do Poder Pblico assegurar ao idoso, com absoluta prioridade, a efetivao do direito vida, sade, alimentao, educao, cultura, ao esporte, ao lazer, ao trabalho, cidadania, liberdade, dignidade, ao respeito e convivncia familiar e comunitria. Art. 15. assegurada a ateno integral sade do idoso, por intermdio do Sistema nico de Sade SUS, garantindo-lhe o acesso universal e igualitrio, em conjunto articulado e contnuo das aes e servios, para a preveno, promoo, proteo e recuperao da sade, incluindo a ateno especial s doenas que afetam preferencialmente os idosos. Art. 18. As instituies de sade devem atender aos critrios mnimos para o atendimento s necessidades do idoso, promovendo o treinamento e a capacitao dos profissionais, assim como orientao a cuidadores familiares e grupos de autoajuda. Art. 46. A poltica de atendimento ao idoso far-se- por meio do conjunto articulado de aes governamentais e no governamentais da Unio, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municpios. Art. 47. So linhas de ao da poltica de atendimento: I polticas sociais bsicas; II polticas e programas de assistncia social, em carter supletivo, para aqueles que necessitarem; III servios especiais de preveno e atendimento s vtimas de negligncia, maus-tratos, explorao, abuso, crueldade e opresso; IV servio de identicao e localizao de parentes ou responsveis por idosos abandonados em hospitais e instituies de longa permanncia; V proteo jurdico-social por entidades de defesa dos direitos dos idosos; VI mobilizao da opinio pblica no sentido da participao dos diversos segmentos da sociedade no atendimento do idoso.BRASIL. Lei no 10.741, de 1 de outubro de 2003. Estatuto do idoso. Dirio Ocial [da] Repblica Federativa do Brasil, Poder Executivo, Braslia, DF, 3 out. 2003. Adaptado.

Texto II Rumo a um mundo de centenrios Quem tem por volta de 40 anos de idade hoje, ou menos, pode ir se preparando: se os especialistas estiverem certos, suas chances de chegar aos cem sero muito maiores, e em condies muito prximas das que vive atualmente. Este acrscimo na expectativa e qualidade de vida vir de diversos avanos esperados para as prximas dcadas em reas como medicina regenerativa, clulas-tronco e biologia molecular que, segundo alguns, no s vo interromper o processo de envelhecimento como podem at reve

Recommended

View more >