Prova - Soldado Bombeiro Músico 3

  • View
    219

  • Download
    4

Embed Size (px)

Text of Prova - Soldado Bombeiro Músico 3

  • 19/06/2005

    Vestibular CESAMA 2005/2 1

  • Prova Tipo 03 18/06/2006

    CBMAL 2006 Soldado Bombeiro Militar Msico 2

  • Prova Tipo 03 18/06/2006

    CBMAL 2006 Soldado Bombeiro Militar Msico 3

    PORTUGUS II

    As questes de 01 a 03 referem-se ao texto seguinte. 1

    3

    5

    7

    luz fraca das velas, v-se a cama onde um homem est deitado a pele cor de cera, a respirao difcil. Em volta da cama, duas silhuetas se movem e murmuram, suas roupas sussurrando na quietude mortal. Mdicos. Uma mulher est sentada ao lado da cama, segurando a mo dele, sem tirar os olhos do rosto do homem.

    (Emma Thompson) 01. Sobre o texto correto afirmar: A) O significado dos verbos que esto no gerndio refora o

    clima de quietude e silncio do ambiente.

    B) A expresso luz fraca formada, respectivamente, por artigo, substantivo, adjetivo.

    C) O reflexo fnebre do texto construdo, principalmente, pelas expresses luz fraca, um homem est deitado, pele cor de cera, quietude mortal, mdicos.

    D) A expresso segurando a mo dele pode tambm ser escrita: segurando-lhe a mo.

    E) O se, na frase v-se a cama (linha 1), apenas um elemento acessrio.

    02. No fragmento Mdicos. Uma mulher est sentada ao lado

    da cama, qual das formas reescritas abaixo apresenta uma violao gramatical?

    A) Ao lado da cama, vem-se mdicos e uma mulher sentada. B) Os mdicos e uma mulher esto sentados ao lado da cama. C) H mdicos e uma mulher sentada ao lado da cama. D) Ao lado da cama, encontram-se mdicos e uma mulher

    sentada.

    E) Ao lado da cama, ainda se pode ver mdicos e uma mulher sentada.

    03. Duas silhuetas se movem e murmuram. Reestruturando o

    excerto, no conserva o sentido original em: A) Murmuram, e duas silhuetas se movem. B) Duas silhuetas murmuram e se movem. C) As duas silhuetas murmuram e tambm se movem. D) Assim, as duas silhuetas murmuram, movem-se. E) H duas silhuetas que se movem e que murmuram. 04. O comentrio seguinte refere-se matria Vozes ocultas

    publicada por Veja (abr. 2006). Complete as lacunas corretamente com relao ao emprego de este e esse.

    ______ matria tima. A arte de traduzir no para

    muitos. E h, ainda, ______ troca de confidencialidade e responsabilidade, que fazem com que ______ profisso tenha um ar de autoridade e, ao mesmo tempo, de glamour. A) Essa esta essa B) Esta esta esta C) Essa essa esta D) Esta essa essa E) Esta esta essa

    05. Indique a alternativa que preenche o texto seguinte, com as expresses adequadas.

    Poucas pessoas e organizaes conduzem a gesto de

    crise e os processos gerenciados de mudanas de forma estruturada e eficaz. ______ ser que j passou pela sua cabea que a crise em si, por maior que seja, na vida pessoal ou no mundo corporativo, no nenhum fim do mundo? ______, as crises acontecem sem hora marcada. Mas necessrio aproveitar a oportunidade que elas nos oferecem para nos desenvolvermos como indivduos e como profissionais. ______, num processo gerido de mudanas, podemos at induzir situaes de crise. Podemos cri-las. ______: quando o lder cria um falso problema para tirar sua equipe da zona de conforto. Essa prtica, entretanto, deve ser usada com cautela e responsabilidade. ______, o efeito colateral pode ser maior do que o resultado que se queria alcanar.

    (Voc S/A, nov. 2005) A) Mas Em geral Alis Por exemplo Caso contrrio B) J Por isso Alis Por exemplo Contudo C) Mas Em geral Outrossim Ou seja Porque D) No entanto Geralmente Alis Como Porque E) Mas Por isso Por exemplo Assim Caso contrrio 06. Considerando os fragmentos seguintes,

    I. Acredito que todo resultado proveniente do trabalho e determinao deve sempre servir como exemplo tantas empresas que encerram suas atividades em um espao de tempo muito curto.

    II. Os americanos adoram consumir. Esse o tipo de mercado de que ns gostamos.

    III. Ningum pode humilhar um povo como o nosso, nem tampouco possvel humilhar um homem lutador.

    IV. A prioridade da mdia, mas tambm dou passagens a meus funcionrios e a outras pessoas. J mandei para Braslia mais de dez paraplgicos para se tratar no hospital Sarah Kubitschek.

    verifica-se que, no mbito da norma-padro, h violao gramatical em A) I e III, apenas. B) I, III e IV. C) II e IV, apenas. D) I e IV, apenas. E) II e III, apenas. 07. Em qual das alternativas seguintes o termo em negrito no

    corresponde ao sentido expressado no perodo? A) Ele foi multado porque infringiu as leis de trnsito. B) Quando foi realizado o ltimo censo? C) Cidados iminentes antecederam-me no exerccio deste

    cargo.

    D) O espectador morreu de rir das anedotas do Ansio. E) Joo imergiu na floresta para caar a fera.

  • Prova Tipo 03 18/06/2006

    CBMAL 2006 Soldado Bombeiro Militar Msico 4

    08. Os perodos seguintes, embora desordenados, constituem um texto. Indique a alternativa que apresenta a melhor seqncia, considerando a ordem lgica dos fatos.

    ( ) E, em alguns casos, o dente perfurado apresentava

    tecido cariado.

    ( ) o que revela um estudo publicado pela revista Nature.

    ( ) As primeiras brocas para tratamento dentrio surgiram h nove mil anos no Paquisto.

    ( ) A anlise de arcadas dentrias do perodo neoltico revelou que elas tm orifcios feitos com pedra pontiaguda.

    A) 4 3 1 2 B) 4 2 1 3 C) 3 2 4 1 D) 2 4 3 1 E) 2 3 1 4

    As questes 09 e 10 referem-se estrofe abaixo. Eu canto porque o instante existe e a minha vida est completa. No sou alegre nem sou triste: Sou poeta. 09. Os dois-pontos no penltimo verso indicam que A) todo poeta alegre e triste. B) h tristeza e alegria na confeco do poema. C) o poeta s vezes alegre e s vezes triste. D) o poeta uma categoria transcendente. E) o poeta precisa da tristeza e da alegria. 10. Se o poeta conclui que a vida est completa, A) o instante existe. B) ele canta. C) ele alegre e triste. D) no precisa buscar nada mais na vida. E) no h mais problemas.

    As questes 11 e 12 referem-se estrofe abaixo. Sei que canto. E a cano tudo.

    Tem sangue eterno a asa ritmada.

    E um dia sei que estarei mudo:

    mais nada. 11. Do verbo cantar possvel inferir: A) Assume o carter da intransitividade, como se as aes da

    vida convergissem para o canto.

    B) Confirma uma certa preocupao do poeta com as coisas inconsistentes da vida.

    C) Define uma ao vital, peculiar aos que se consideram eternos.

    D) Acentua o compromisso do poeta com a arte. E) Assume o carter de verbo transitivo, tendo as aes da

    vida o seu complemento.

    12. E um dia sei que estarei mudo. A palavra em negrito A) pronome relativo. B) advrbio interrogativo. C) preposio. D) conjuno subordinativa causal. E) conjuno subordinativa integrante.

    As questes 13 e 14 referem-se estrofe abaixo. Irmo das coisas fugidias,

    no sinto gozo nem tormento,

    atravesso noites e dias

    no vento. 13. O poeta irmo das coisas fugidias porque A) ele se desconhece no mbito das coisas subjetivas. B) ele se considera um viajante. C) ele se rebela diante do mundo. D) ele associado aos que se evadem. E) ele se considera um ser da noite e do dia. 14. Os substantivos gozo e tormento confirmam, no poema, A) os sentimentos do poeta. B) uma dualidade antagnica. C) os motivos pelos quais o poeta atravessa noites e dias. D) as coisas fugidias. E) uma associao de sentimentos afins.

    A questo 15 refere-se estrofe seguinte.

    Se desmorono ou se edifico,

    se permaneo ou me desfao,

    no sei, no sei. No sei se fico

    ou passo.

    15. O se em se desmorono ou se edifico A) pronome apassivador. B) pronome reflexivo. C) conjuno subordinativa integrante. D) partcula expletiva. E) conjuno subordinativa condicional.

  • Prova Tipo 03 18/06/2006

    CBMAL 2006 Soldado Bombeiro Militar Msico 5

    CONHECIMENTOS GERAIS II 16. A diviso regional do Brasil vem passando por diversas

    transformaes ao longo dos anos. Entre as ltimas alteraes da diviso regional oficial do Brasil, podemos destacar:

    A) a extino do territrio de Roraima e a criao do territrio de Rondnia.

    B) a extino dos territrios e a criao do Estado de Tocantins.

    C) a extino dos territrios federais e a criao do Distrito Federal.

    D) a criao de Fernando de Noronha e a do territrio federal de Rondnia.

    E) a extino do Distrito Federal e a criao do territrio federal de Tocantins.

    17. A rea que vai do Rio Grande do Norte at o norte da Bahia,

    onde predominam as grandes propriedades agrcolas os latifndios, que comumente praticam a monocultura, denomina-se:

    A) Zona de Litoral e dos coqueiros.

    B) Zona da Mata aucareira.

    C) Zona fruticultora do mdio e baixo So Francisco.

    D) Zona de pecuria bubalina leitei