Psicólogo (CRP 08/08863) Odilon Cunha Jr. BOA TARDE!

Embed Size (px)

Text of Psicólogo (CRP 08/08863) Odilon Cunha Jr. BOA TARDE!

  • Slide 1
  • Psiclogo (CRP 08/08863) Odilon Cunha Jr. BOA TARDE!
  • Slide 2
  • O que fazemos: identificamos, avaliamos, potencializamos, implementamos, reestruturamos processos psicossociais, atravs de indicadores e aes de natureza preventiva. Como fazemos: pesquisas e intervenes (coaching, palestras, treinamentos, formaes, cursos, reunies de anlise crtica e acompanhamentos tcnicos). Todos com base na educao para adulto ANDRAGOGIA. Nossas Operaes...
  • Slide 3
  • Nossos Parceiros... Parceiros: AES, ALCOA, CEBRACE, CNH, DETEN, FEMSA, FOSFRTIL, GERDAU, HONDA, KLABIN, LAFARGE, PETROBRAS, PERXIDOS, MINERAO - RPM, MINERAO SERRA GRANDE, SAMARCO, TETRA PAK, VOTORANTIM, entre outros...
  • Slide 4
  • Hoje, o que , na prtica, excelncia em Segurana no Trabalho?
  • Slide 5
  • O Perigo... o Risco... o Ser Humano...
  • Slide 6
  • Condies Ambientais Normas e Padres Pessoas Materiais Ferramentas Tarefa Pessoas Pessoas Desemprego Violncia Sade Felicidade
  • Slide 7
  • Desmitificar a existncia de Risco Zero. Entender que no somos plenos a ponto de afirmar que Todos os acidentes podem ser evitados Acidentes Zero. Desmitificar que 96% dos acidentes ocorrem devido a falhas humanas. Definir se o objetivo reduzir acidentes e/ou Promover a Segurana. Inovar em relao aos Indicadores (Reativos e Proativos). Principais Desafios de Gesto
  • Slide 8
  • Entender que Segurana no faz parte da natureza humana. Entender que Segurana no faz parte da formao escolar. Entender que existem ganhos em trabalhar de forma insegura. Entender que comportamentos inseguros tambm so aceitos e/ou promovidos. Principais Desafios em Relao aos Aspectos Humanos
  • Slide 9
  • Desafios das Lideranas
  • Slide 10
  • Desafios da Gesto Desafios dos Aspectos Humanos Desafios das Lideranas Mudana de Modelo Mental O Grande Desafio est na...
  • Slide 11
  • Entender que o Acidente um sintoma. A preocupao deve estar voltada ao padro de funcionamento da Organizao. Os objetivos das aes educativas devem estar bem claros Conhecimento, Aptido, Habilidade e/ou de Perito. As aes educativas precisam ter base andraggica e com pontos de monitoramentos bem definidos. Uso de indicadores de performance, no s de resultado. O escopo, prazo e custo devem estar bem claro e transparentes. Premissas Importantes
  • Slide 12
  • Disciplina por controle e limites Disciplina por meio de escolhas Autonomia Obedincia Conscincia
  • Slide 13
  • Perigo Competncias para prevenir Discriminar entre seguroe de risco Comportamento Seguro Aprendizagem Reconhecer os Riscos/ImpactosIdentificar o Perigo/Aspectos Oferecer clima de trabalho favorvel Decidir pelo procedimento mais seguro Percepo de Risco Clima e Cultura de SMA Tomada de Deciso
  • Slide 14
  • Tilly, uma menina inglesa de 10 anos, salvou a vida de cerca de 100 pessoas na ilha de Phuket, na Tailndia, graas a seu professor de geografia, que havia lhe explicado como prever um tsunami. "Estava na praia e a gua voltou estranha, havia borbulhas. De repente, o mar comeou a recuar. Compreendi o que estava ocorrendo, tive a sensao de que ia haver um tsunami e avisei a minha me", explicou a menina, o que permitiu a retirada das pessoas da praia e do hotel vizinho antes que a onda gigante chegasse costa. Graas percepo da menina, que estava de frias na Tailndia com seus pais e sua irm de sete anos de idade, ningum morreu ou ficou gravemente ferido na praia de Maikhao. Menina inglesa salva pessoas de tsunami graas a aula de geografia
  • Slide 15
  • Ela e a liderana tomaram uma ao Conhecia os sinais Estava consciente, observando o meio Identificou os sinaisComunicou a liderana A liderana deu ouvidos Vidas Salvas!
  • Slide 16
  • Odilon Cunha Junior odilonjr@comportamento.com.br Segurana uma construo diria a favor da VIDA. www.comportamento.com.br