Click here to load reader

QoS e Asterisk

  • View
    7.481

  • Download
    17

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Conhecendo sua rede e montando uma estratégia de migração para VoIP

Text of QoS e Asterisk

  • 1. Rodrigo Ricardo Passos QoS e Asterisk Conhecendo sua rede e montando uma estratgia de migrao para VoIP

2. Apresentao

  • Rodrigo Ricardo Passos
  • [email_address]
  • Cursou Cincias da Computao na Universidade Catlica de Petrpolis. Atualmente tem desempenhado o papel de gestor da Plataforma e Servios de Comunicaes dos clientes do InfoLink, que visa integrar redes de dados e telefonia bem como todo o relacionamento com fornecedores e modelagem do projeto desde o pr-venda at o ps-venda. Coordenador doproduto de Telefonia IP TotalVox iPBX e responsvel pela rea de infra-estrutura do provedor InfoLink. especialista em Redes e possui amplo conhecimento em engenharia de trfego e Gesto de Segurana da Informao. Atuou em grandes projetos de startup no Rio de Janeiro e em projetos de telecomunicaes.Possui profundo conhecimento em equipamentos Cisco, e Sistemas Operacionais Linux, FreeBSD e OpenBSD.

3. Objetivos

  • Prover conhecimento e recursos tcnicos para os profissionais de redes que esto envolvidos com Telefonia IP
  • Debater e modelar os cenrios encontrados em diversos projetos prospectados pelas empresas na rea de servios de Telefonia IP
  • Disseminar conhecimento da diversidade de ambientes discutidos durante o tutorial

4. Agenda

  • Abordagem tecnolgica
  • Elaborao do pr-venda
  • Abordagem tcnica do ambiente encontrado
  • Definio do ambiente de inspeo
  • Elaborao do Projeto
  • Implementao do Projeto
  • Acompanhamento e ps-venda

5. Abordagem tecnolgica

  • O que QoS?
  • Pelo administrador
    • Conjunto de mecanismos utilizados em redes para garantir que aplicaes crticas tenham banda garantida
    • Jitter, Delay e perda de pacotes
  • Pelo usurio
    • Os usurios percebem que suas aplicaes esto funcionando perfeitamente
    • Voz, Vdeo e dados

6. Abordagem tecnolgica

  • Arquiteturas da QoS
    • IntServ (Integrated Services)
      • Caracteriza os servios por diferentes graus de comprometimento de recursos (banda passante e buffer)
      • Principais componentes
        • Controle de Admisso : Determina se um novo fluxo pode ser aceito sem interferir na QoS de fluxos admitidos anteriormente.
        • Escalonador de pacotes : Gerencia os buffers das filas de sada dos roteadores e estaes.
        • Classificador : Reconhece os fluxos segundo suas identificaes, mapeia os pacotes desses fluxos nas diferentes categorias de servios, notifica a funo de policiamento, os coloca nos buffers das filas de sada apropriadas.
        • Policiamento : Notifica se os pacotes notificados pelo classificador esto em conformidade com os parmetros de trfego e QoS negociados pelo fluxos, sendo que esses parmetros so informados durante o controle de admisso.

7. Abordagem tecnolgica

  • Arquiteturas da QoS
    • IntServ O protocolo RSVP (Resource reServation Protocol)
      • Protocolo utilizado para sinalizao na arquitetura IntServ
      • O transmissor anuncia as caractersticas do trfego
      • Os roteadores no caminho se organizam para reservar o recurso caracterizado pelo fluxo
      • Os roteadores mantm informaes dos estados de reserva
    • Consideraes
      • Pouco escalabilidade em redes de backbone, uma que manter os estado de reserva gera sobrecarga de processamento.
      • Em um enlace de Backbone OC-48 tpico de backbone, pode conter 37.500 fluxos de 64 Kbps).

8. Abordagem tecnolgica

  • Arquiteturas da QoS
    • IntServ Relacionamento entre componentes

Aplicao Classificadorde Pacotes Processo RSVP Escalonador De Pacotes Controle de Admisso Policiamento Classificadorde Pacotes Processo de Roteamento Processo RSVP Policiamento Controle de Admisso Escalonador De Pacotes Dados Dados RSVP RSVP 9. Abordagem tecnolgica

  • Arquiteturas da QoS - DiffServ
  • Modelo desenvolvido sobre a classificao de servios de forma diferenciada atravs de agregao de fluxo individuais
  • Resolve o problema da escalabilidade da arquitetura IntServ.
  • A agregao de fluxos realizada atravs da identificao da classe de servio em um ou mais campos especficos do cabealho dos pacotes IP.

10. Abordagem tecnolgica

  • Arquiteturas da QoS - DiffServ
  • Tipos de Classificao
      • MF(Multi-Field) Similar ao IntServ
      • BA(Behaviour Aggregated)
        • TOS (Type of Service) - DS - IPv 4
        • Traffic Class IPv 6
    • A marcao do DS acontece no Edge Router (ER)
    • As aplicaes podem efetuar a marcao na origem do pacote (NBAR)

11. Abordagem tecnolgica Arquiteturas da QoS DiffServ Domnio DiffServ TRs Transt Routers ERs Edge routers 12. Abordagem tecnolgica

  • EF (Expedited Forwarding) Encaminhamento Expresso
    • O PHB EF define garantias mais rgidas de QoS para aplicaes que so mais sensveis a variaes de tempo na rede
  • AF (Assured Forwarding) Encaminhamento assegurado
    • PHB AF utilizado por servios que no necessitam de garantias rgidas, para obter preferncia no trfego de seus pacotes na rede.

Arquiteturas da QoS -DiffServPHB - Per-Hop Behavior(Comportamento do encaminhamento) 13. Abordagem tecnolgica Arquiteturas da QoS -DiffServClassificao DiffServ no ER (Edge Router) 14. Abordagem tecnolgica Arquiteturas da QoS-DiffServClassificao DiffServ no ER (Edge Router) Compress header Fragment (link fragmentation and interleaving, Layer 2) Queue-limit Random-detect Bandwidth Fair-queue Priority Shape Mark (set QoS values) Police Drop Count Estimate bandwidth Match one or more attributes (partial list): Access Control List (ACL) CoS Differentiated Services Code Point (DSCP) Input-interface Media Access Control (MAC) address Packet length Precedence Protocol VLAN Link Efficiency Mechanisms Congestion Management andAvoidance Immediate Actions Classify Traffic Post-Queuing Queuing and Scheduling Pre-Queuing Classification Policy Actions Keyword: Policy-Map Match Conditions Keyword: Class-Map 15. Abordagem tecnolgica Arquiteturas da QoS -DiffServTipo de Servios (ToS) DiffServ Codepoint FieldIPv4 ToS Byte 16. Abordagem tecnolgica Arquiteturas da QoS DiffServ Tabela de cdigos AF

  • Fatores de entrega de um pacote por PHB AF:
  • Classe AF ao qual pertence: Quanto maior o valor, maior a probabilidade
  • Trfego agregado atual da referida classe.
  • Valor da precedncia de descarte do pacote: quanto menor a precedncia, maior a probabilidade

(AF43) 100110 (AF33) 011110 (AF23) 010110 (AF13) 001110 High Drop Precedence (AF42) 100100 (AF32) 011100 (AF22) 010100 (AF12) 001100 Medium Drop Precedence (AF41) 100010 (AF31) 011010 (AF21) 010010 (AF11) 001010 Low Drop Precedence Class #4 Class #3 Class #2 Class #1 DROP Precedence 17. Abordagem tecnolgica Arquiteturas da QoS -DiffServRelao dos valores de CoS, IPP e DSCP Rede 56-63 7 7 Internet 48-55 6 6 Crtico 40-47 5 5 Flash-Ovirride 32-39 4 4 Flash 24-31 3 3 Imediato 16-23 2 2 Prioridade 8-15 1 1 Roteamento (Melhor Esforo) 0-7 0 0 Nome DSCP Precedncia de IP CoS 18. Abordagem tecnolgica Arquiteturas da QoS-DiffServArquitetura 19. Abordagem tecnolgica Arquiteturas da QoS comDiffServ Classificao Do Trfego Baixa Latncia (Voz RTP/IAX) Latncia e entrega Garantidas (SIP/H323 e Vdeo) Entrega garantida Melhor esforo CRM/E-commerce/ERP MSN/Gnutella/Outros Web/E-mail Telefonia IP 20. Abordagem tecnolgica

  • Arquiteturas da QoS
    • Caractersticas da QoS
      • Weightedfair queuing (WFQ, enfileiramento justo ponderado)
        • Enfileiramento baseado em fluxos que executa duas tarefas simultneas: Programar o trfego interativo para a frente da fila a fim de reduzir o tempo de resposta e dividir a largura de banda restante entre os fluxos de alta largura de banda
        • Padro em roteadores Cisco com seriais de at 2 Mbps
      • Class-based weighted fair queuing (CBWFQ, enfileiramento justo ponderado baseado em filas
        • Permite a configurao de classes de trfego, classificando os fluxos em filas e atribuindo prioridades diferentes.