Quem ensina, tamb é m aprende; e quem aprende, tamb é m ensina!

  • View
    214

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Quem ensina, tamb é m aprende; e quem aprende, tamb é m ensina!

REVISTA

REVISTA

Quem ensina, tambm aprende; e quem aprende, tambm ensina!

No era considerado o saber do aluno, isto , o aluno era considerado como um ser vazio, uma tbua rasa que somente ingeria contedo sem participar da construo deste. Alguns tericos denominam a educao antiga como uma educao bancria, ou seja, o professor depositava o conhecimento no aluno, e o aluno sacava este conhecimento quando fosse necessrio, por exemplo, em dia de prova.

Atualmente, o foco da educao o ensino-aprendizagem. A ideia que, enquanto ensina, o professor tambm aprende; e enquanto aprende, o aluno tambm ensina. Resumindo: tanto o aluno, como o professor, aprendem e ensinam no processo de ensino-aprendizagem; ambos esto sempre se aperfeioando, pois ningum consegue ter todo o conhecimento do mundo.

Enquanto viver, todo ser humano estar ensinando e, tambm, aprendendo. Por isso, professor, na sala de aula, nunca despreze o conhecimento de seu aluno. Deixe-o participar da aula, expressar suas ideias, formular hipteses, justificar seus pensamentos.

No torne sua aula uma mera leitura da revista bblica e impedindo os seus alunos de ajudarem com argumentos, perguntas, consideraes. Valorize o conhecimento de seu aluno, assim como as experincias dele, a vivncia dele. Algo que ele pode expressar em determinado dia de aula pode enriquecer o seu conhecimento, alm de ser uma experincia que ajudar toda a classe! Lembre-se, tambm, de que o conhecimento do seu aluno se constri com a curiosidade dele, com a participao dele!

O professor no deve se sentir orgulhoso em sua posio e se sentir ameaado com os saberes de seus alunos. Pelo contrrio, o verdadeiro professor se sente privilegiado ao perceber que o seu aluno est se esforando e conseguindo se desenvolver espiritual e intelectualmente de uma maneira admirvel!

O Apstolo Paulo foi um notvel escritor da Bblia Sagrada; podemos afirmar que a sua pena era de um destro escritor e que os seus escritos formam parte significativa do Novo Testamento. Porm, Paulo era humilde! Vejamos: A mim, o mnimo de todos os santos, me foi dada esta graa de anunciar entre os gentios, por meio do evangelho, as riquezas incompreensveis de Cristo (Ef 3.8 grifo nosso).

Paulo sabia que Timteo era idneo (Diz-se de pessoa ou coisa que rene todas as condies necessrias para um servio ou funo). Com essa convico, ele o encarrega de: E o que de mim, entre muitas testemunhas, ouviste, confia-o a homens fiis, que sejam idneos para tambm ensinarem os outros (2Tm 2.2). Foi isso que Jesus Cristo fez: Ele ensinou e, posteriormente, deixou a responsabilidade com os seus discpulos, dentre os quais estamos ns!