RADIO DIGITAL

  • View
    58

  • Download
    6

Embed Size (px)

DESCRIPTION

RADIO DIGITAL. DIAGRAMA GERAL. RADIO DIGITAL. ESTAÇÕES REPETIDORAS. RADIO DIGITAL. VANTAGENS DO RADIO DIGITAL.  Não depende de rede primária;  Pode ser utilizado em regiões de relevo acidentado ou de difícil acesso ;  Baixo Custo; - PowerPoint PPT Presentation

Text of RADIO DIGITAL

  • RADIO DIGITALDIAGRAMA GERAL

  • RADIO DIGITALESTAES REPETIDORAS

  • RADIO DIGITALVANTAGENS DO RADIO DIGITAL No depende de rede primria;Pode ser utilizado em regies de relevo acidentado ou de difcil acesso ; Baixo Custo; Disponibiliza aos assinantes, servios integrados de voz / dados equivalentes aos existentes no acesso por fibra; Gerncia e monitorao do sistema;

  • RADIO DIGITALDESVANTAGENS DO RADIO DIGITAL Capacidade de transmisso muito inferior ao do sistema ptico; O meio de comunicao influencia fortemente o sinal transmitido, tornando-o susceptvel a interferncias eletromagnticas, atmosfricas ; Alcance limitado em torno de 50 km entre antenas;

  • PROPAGAO EM ATMOSFRA REALEFEITOS DO MEIO SOBRE O FEIXE DE MICROONDAS

    OS PRINCIPAIS EFEITOS LIMITANTES DO RADIOENLACE EM MICROONDAS SO:REFRAO.REFLEXO.DIFRAO.DESVANECIMENTO ("FADING").DUTOS TROPOSFRICOS.

  • PROPAGAO EM ATMOSFRA REALREFRAO DO FEIXE DE MICROONDAS

  • PROPAGAO EM ATMOSFRA REALREFRAO DO FEIXE DE MICROONDAS

  • PROPAGAO EM ATMOSFRA REALREFRAO DO FEIXE DE MICROONDAS

  • PROPAGAO EM ATMOSFRA REALREFRAO DO FEIXE DE MICROONDAS

  • REFRAO DO FEIXE DE MICROONDASCONCEITO DE RAIO TERRESTRE EQUIVALENTE

  • REFRAO DO FEIXE DE MICROONDASELIPSIDE DE FRESNEL

  • REFRAO DO FEIXE DE MICROONDASELIPSIDE DE FRESNEL

  • REFRAO DO FEIXE DE MICROONDASELIPSIDE DE FRESNEL

    CE = b =

  • REFRAO DO FEIXE DE MICROONDASCARTA GRFICA: R = R.4/3

  • REFRAO DO FEIXE DE MICROONDASCONDIES MNIMA E PLENA DE ESPAO LIVRE(PLENA)

    (MNIMA)

  • REFRAO DO FEIXE DE MICROONDASEXEMPLO DE APLICAO Seja um radioenlace entre as cidades A e B, distantes 50 km entre si, operando na freqncia de 7,5 GHz. Na cidade A a torre de sustentao da antena, com 100m de altura, est instalada no topo de uma elevao com 200m de altitude (em relao ao nvel do mar). Na cidade B a torre de sustentao da antena, com 150m de altura, est instalada no topo de uma elevao com 150m de altitude. Existe no percurso entre as cidades, uma nica elevao com 275m de altitude, distante 30 km da cidade A. Verifique se o enlace pode ser considerado em espao livre.

  • REFRAO DO FEIXE DE MICROONDASSOLUO

  • REFLEXO DO FEIXE DE MICROONDASREFLEXO EM TERRENO IRREGULAR

  • REFLEXO DO FEIXE DE MICROONDASREFLEXO NA GUA (LAGO)

  • REFLEXO DO FEIXE DE MICROONDASCOEFICIENTE DE REFLEXO

  • REFLEXO DO FEIXE DE MICROONDASINVERSO DE FASE NA REFLEXO

  • REFLEXO DO FEIXE DE MICROONDASINVERSO DE FASE NA REFLEXO

  • REFLEXO DO FEIXE DE MICROONDASBLOQUEIO DO FEIXE REFLETIDO

  • DIFRAO DO FEIXE DE MICROONDASDIFRAO EM OBSTCULOS

  • DIFRAO DO FEIXE DE MICROONDASDIFRAO NA SUPERFCIE DA TERRA

  • DIFRAO DO FEIXE DE MICROONDASLIGAO ALM DO HORIZONTE COM DIFRAO EM MONTANHA

  • DESVANECIMENTO -FADINGDESVIO DA ENERGIA DA ANTENA RECEPTORA

  • MEDIDAS CONTRA O DESVANECIMENTO -FADINGTCNICA DE DIVERSIDADE DE ESPAO

  • DUTOS TROPOSFRICOSDUTO SUPERFICIAL

  • DUTOS TROPOSFRICOSDUTO ELEVADO

  • *DIMENSIONAMENTO SISTEMA DE RDIOVISIBILIDADE.

  • *DIMENSIONAMENTO SISTEMA DE RDIOVISIBILIDADE.

  • *DIMENSIONAMENTO SISTEMA DE RDIOVISIBILIDADE.

  • Exerccio 1 Numa ligao com radiovisibilidade, supondo-se a utilizao de torres de mesma altura e a existncia de um obstculo a meio caminho, com 45m de altura e que a distncia entre transmissora e receptora de 50 km e ainda que a freqncia de operao do sistema de 6 GHz, determine:

    a) A altura mnima das torres a fim de que se possa considerar a ligao em visada direta (no considerar os efeitos da reflexo).

    b) A potncia mnima do transmissor, em Watts, sabendo-se que as antenas disponveis para a transmisso e recepo so parablicas e apresentam ganhos com relao a antena isotrpica de 40,4 dBi e 25 dBi respectivamente. Sabe-se tambm que a margem de desvanecimento de 35 dB e que os guias de onda utilizados para interligar os transceptores com as antenas, tm atenuao de 0,08 dB/m na freqncia especificada. Considerar a atenuao total dos circuitos de derivao do transmissor e do receptor de 10 dB e a sensibilidade do receptor de -80 dBm.

    c) Se as antenas estiverem na altura correspondente a condio mnima de espao livre e se mantivermos as demais caractersticas do sistema inalteradas, determine a margem real do rdioenlace.*

  • Exerccio 2 Numa ligao com radiovisibilidade, supondo-se a utilizao de torres de mesma altura e a existncia de um obstculo a meio caminho, com 45m de altura e que a distncia entre transmissora e receptora de 7 km e ainda que a freqncia de operao do sistema de 11 GHz, determine:

    a) A altura mnima das torres a fim de que se possa considerar a ligao em visada direta (no considerar os efeitos da reflexo).

    b) A sensibilidade mnima do receptor, em dBm, sabendo-se que as antenas disponveis para a transmisso e recepo so parablicas e apresentam ganhos com relao a antena isotrpica de 42,9 dBi e 20 dBi respectivamente. Sabe-se tambm que a margem de desvanecimento de 40 dB e que os guias de onda utilizados para interligar os transceptores com as antenas, tm atenuao de 0,056 dB/m na freqncia especificada. Considerar a atenuao total dos circuitos de derivao do transmissor e do receptor de 4,5 dB e a potncia mxima do transmissor de 40W.

    c) Se as antenas estiverem na altura correspondente a condio mnima de espao livre e se mantivermos as demais caractersticas do sistema inalteradas, determine a margem real do rdioenlace.*

  • Exerccio 3 Numa ligao com radiovisibilidade, supondo-se a utilizao de torres de mesma altura e a existncia de um obstculo a meio caminho. Sabe-se tambm que o sinal transmitido apresenta uma freqncia de 3GHz. Sabe-se ainda que na condio plena de espao livre, a altura mnima das antenas de 90m e que na condio mnima de espao livre, a altura mnima das antenas deve ser de 80m.

    a) Determinar a distncia mxima entre as antenas. (no considerar os efeitos da reflexo).

    b) Escolha as antenas para a transmisso e a recepo (condio plena de espao livre), sabendo-se que as antenas disponveis so parablicas e apresentam ganhos com relao a antena isotrpica de 15 dBi, 20 dBi, 25 dBi, 40,4 dBi, 42,9 dBi, 44,8 dBi, 46,1 dBi, 47,7 dBi e 48,1 dBi. dados: A sensibilidade mnima do receptor de -50dBm. A margem de desvanecimento de 39 dB e que os guias de onda utilizados para interligar os transceptores com as antenas, tm atenuao de 0,047 dB/m na freqncia especificada. Considerar a atenuao total dos circuitos de derivao do transmissor e do receptor de 8,4 dB e a potncia mxima do transmissor de 20W.

    c) Em funo das antenas escolhidas, determine a margem real do rdioenlace.

    d) Se as antenas estiverem na altura correspondente a condio mnima de espao livre e se mantivermos as demais caractersticas do sistema inalteradas, determine a margem real do rdioenlace.*

  • Exerccio 4 O ganho, em dB, da antena transmissora do satlite, em relao a antena isotrpica.

    b) A potncia na entrada do receptor da estao terrena.*

  • Exerccio 5 *

  • Exerccio 5 *

  • Exerccio 5 *

  • Exerccio - 6

    *

  • *Exerccio - 6

  • Exerccio 7 *

    *A funo bsica de um sistema de rdio de microondas em visibilidade transmitir um sinal telefnico (voz / dados) e/ou um sinal de vdeo desde a localidade A at uma localidade B distante, de acordo com o esquema acima.Na localidade A, vrios canais de voz so convenientemente agrupados por um equipamento multiplex telefnico, passando a ocupar uma faixa de freqncia bem definida, formando o que se chama de banda bsica de telefonia. Este sinal de banda bsica levado atravs de um cabo at uma estao rdio, onde um transmissor entrega antena um sinal de microondas que carrega a informao de banda bsica.O sinal de microondas ento irradiado, com destino localidade B. Em B ele recebido e a banda bsica de telefonia separada em canais de voz por um outro equipamento multiplex.*Normalmente as localidades de origem e destino so muito distantes, de forma que se torna necessria a existncia de estaes rdio intermedirias, devido aos seguintes fatores.- Nos sistemas em visibilidade, h necessidade de que as antenas transmissora e receptora sejam visveis uma da outra. Devido a curvatura da Terra, e tambm existncia de elevaes no terreno, no se pode conseguir a condio de visada direta entre origem e destino para distncias muito grandes.- O sinal de microondas, sofre uma certa atenuao entre a antena transmissora e a receptora. Assim sendo, para grandes distncias, necessrio que esse sinal seja reativado (amplificado) vrias vezes entre a origem e o destino, a fim de evitar que ele chegue ao receptor to fraco que no seja mais aproveitvel.As estaes intermedirias existentes entre as localidades A e B so chamadas de repetidoras. As estaes de rdio das localidades A e B, que esto associadas a um equipamento multiplex, so chamadas de estaes terminais.****Se um feixe de luz incidir sobre uma superfcie dgua em repouso, parte desta luz ser refletida e parte penetrar na gua. Esse fenmeno de penetrao do feixe, segundo um outro ngulo, chama-se refrao, e pode ser facilmente verificado pelo exame de um copo no qual se tenha mergulhado uma colher. Vista de determinado ngulo a colher parece ter quebrado a partir do ponto em que penetra na gua.*Pode-se entender bem o fenmeno da refrao considerando-se a variao da velocidade de propagao da onda ao passar do ar gua. A frente de onda A1A2 atinge a superfcie da gua. Sendo a velocidade da luz menor na gua do que no ar, o ponto A1 percorre uma distncia d1 no mesmo tempo que A2 percorre uma distncia maior d2. Como resultado h uma variao na direo de propagao.Essa mudana de d