Radio plano de_aula

  • Published on
    07-Jul-2015

  • View
    337

  • Download
    0

Embed Size (px)

Transcript

  • 1. A HISTRIA DO RDIO NO BRASIL

2. TIPOS DE RDIOSo vrias as categorizaes dos gneros no rdio.Para fins prticos de produo de programas, mais eficiente caracterizarmosos gneros radiofnicos de acordo com os seus objetivos, apresentando aseguinte conformao:Gnero musical / Gnero de variedades / Gnero popular / Gneroinformativo/ Gnero esportivo / Gnero humorstico.MusicalQuando a maior parte do tempo do programa dedicado a reproduo demsicas. So os mais fceis de serem produzidos e o trabalho do locutorresume-se em anunciar as msicas e trazer uma ou outra informao.Este texto foi extrado da apostila Webrdio: Tcnicas de produo, montagem e edio, de Rafael Garcia 3. VariedadesDurante muito tempo este gnero foi conhecido como Rdio-Revista e temcomo caracterstica a mistura em um nico programa dos vrios gnerosexistentes, baseando-se principalmente no trip msica-informao-entretenimento. Durante as dcadas de 1940 e 1950 eram apresentadas,neste tipo de programa, as famosas radionovelas (que serviram de basepara as telenovelas de hoje). Tambm comum que o Programa devariedades privilegie o setor de prestao de servios. Normalmente,deve ser desenvolvido por uma equipe de produo, dividida em ncleos,de acordo com os assuntos/quadros do programa.O papel do locutor o de garantir a descontrao da transmisso. Nestegnero de programa o foco central a mistura de assuntos. 4. PopularO gnero popular tambm um dos mais difundidos, visto que responsvel pelamaior parte da audincia nas emissoras. Este programa est centrado na figura doapresentador, tambm chamado de comunicador popular. Ele deve ter um perfilbastante especfico: uma pessoa descontrada, com muito carisma, perspiccia eemotividade.Em termos de produo, sua programao divide-se entre msica, muita prestaode servio de carter bsico, gincanas e notcias sobre artistas e personalidades,tudo com a participao direta e permanente do apresentador. Assemelha-se, emgrande medida, com o gnero de variedades.Os Trapalhes 5. InformativoResponsvel principal pela credibilidade de uma emissora, o gnero informativotem como base os programas que se encarregam de difundir notcias,informao e prestao de servios. Normalmente, so apresentados emformato de radiojornal ou de boletins. No primeiro caso, necessria umaequipe de jornalismo para produo de todo o material a ser apresentado.O ponto mais importante de um radiojornal so as entrevistas. Por conta disso, bom que este programa seja apresentado ao vivo, e que as entrevistastambm sejam realizadas ao vivo. A credibilidade de um bom radiojornaldepende basicamente da boa escolha das notcias que sero apresentadas aopblico e da fidelidade e qualidade com que so difundidas. 6. EsportivoAceito somente nos ltimos anos como gnero, os programasesportivos vm cativando pblico cada vez maior. o que mais se desenvolveu nas ltimas dcadas, com uma ricaproduo de vinhetas e efeitos especiais durante suastransmisses, aliadas a constantes entrevistas e coberturas aovivo. 7. HumorsticoMuito difundido nas dcadas de 1940 e 1950, o gnero humorsticopraticamente desapareceu do rdio brasileiro na dcada de 1960. Naquelapoca, tal tipo de programa era caracterizado por uma sequenciapermanente de piadas e brincadeiras, tendo a famlia como pblico-alvo. Amudana de muitos humoristas para a televiso e a transformao de perfildo pblico de rdio a partir da dcada de 1980, fez com que esses programasfossem rareando.Atualmente, percebe-se uma reintroduo de programas humorsticos nordio, de forma completamente diferente do que era antes: agora osprogramas so veiculados em rdios FMs, voltados prioritariamente para opblico jovem e, ao contrrio de entreter, buscam sempre o escracho, ohumor apelativo. 8. PRODUOA arte de fazer rdio implica leis e regras especficas que compreendemlinguagens, tcnicas e procedimentos que o profissional do rdio dever levar emconta e dominar de forma adequada. No entanto, antes de procedermos etapa deproduo de notcias faz-se necessria a explicao de alguns termos que aquisero utilizados. So expresses comuns ao universo da construo noticiosa, emparticular ao universo do rdio, em geral.BG (background): msica, vozes ou rudo em fundoScript: roteiro para gravao.Deixa: palavras finais da matria que indicam ao locutor e ao operador de som omomento em que outro trecho da informao deve ir ao ar.Vinheta: chamada de curta durao, usada para destacar o intervalo e o reincio 9. Produo da notciaA produo da notcia implica atividades e aes que vo do percurso assimdescrito: pauta - texto - locuoPauta um roteiro com perguntas bsicas, por meio do qual o reprter orientar suaentrevista. Faz parte da pauta um resumo dos acontecimentos, a respeito doentrevistado e do que o ouvinte espera da matria (enfoque).Modelo de pautaTema:Sinopse ( resumo do assunto)Encaminhamento (objetivo da matria)Fontes (pessoas que sero contatadas para a matria)Sugesto de perguntas: 10. MODELO DE ROTEIRO PROGRAMA JORNALSTICO:1- Vinheta de abertura (gravado)2- Abertura feita pelos locutores.3- Giro de manchetes (notcias mais importantes do dia)4- Vinheta de virada (efeito de passagem-gravada)5- Primeiro Bloco.6- Vinheta de passagem7- Segundo Bloco8- Encerramento do jornal pelos locutores9- Ficha Tcnica (quem participou da elaborao do programa)10- Vinheta de encerramento (gravado). 11. MODELO DE ROTEIRO PROGRAMA DE VARIEDADES:1- Vinheta de abertura (gravado)2- Abertura feita pelos locutores.3- Msica4- Piada ou curiosidade5- Vinheta de passagem (gravada)6- Primeiro Bloco: Tema/Conversa/Ouvintes7- Vinheta + Msica8- Quiz com ouvintes (perguntas entre dois concorrentes)9-Msica10-Encerramento do jornal pelos locutores11-Vinheta Final 12. MODELO DE ROTEIRO MESA REDONDA DE ESPORTES:1- Vinheta de abertura (gravado)2- Abertura feita pelos locutores.3- Mesa redonda, apresentao dos participantes.4- Vinheta do tema da semana (gravado)5- Lance polmico (opinio dos ouvintes)6- Comentrios dos participantes7- Vinheta final+ Despedida 13. PLANO DE AULA:IMPLEMENTAO DAS DIRETRIZES MUNICIPAIS DE EDUCAONOVAS TECNOLOGIAS: EDIO DE IMAGENSEDIO DE SOM E EFEITOS ESPECIAISCRIAO DE RDIO ESCOLAObjeto de Estudo:-Representao/Forma e Som.Critrios:-Conhecer a histria do Rdio no Brasil.-Entender a tcnica de edio de imagens.-Utilizar os softwares de som e vdeo para enriquecer seu cotidiano.-Utilizar tcnicas de edio de som e imagem.-Estimular a criatividade.-Construir o conhecimento a partir da interao tecnolgica.-Registrar as atividades propostas em relao s produes desenvolvidas na formao.