of 21 /21
Reabilitação nos Reabilitação nos traumas do plexo traumas do plexo braquial braquial Dr Marcelo Benedet Dr Marcelo Benedet Tournier Tournier Médico Fisiatra Médico Fisiatra

Reabilitação nos traumas do plexo braquial

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Aula sobre os princípios de reabilitação nos traumas do plexo braquial.

Text of Reabilitação nos traumas do plexo braquial

Reabilitao nos traumas do plexo braquialDr Marcelo Benedet Tournier Mdico Fisiatra

Introduo Leses Sunderland I ou II Recuperao rpida Manuteno de ADM e trofismo muscular

Graus III, IV, V Leses graves reab at 5-6 anos aps 5-

Fase Inicial Enquanto aguarda remielinizao ADM / trofismo / analgesia rteses

Leses de membro dominante AVD / AVP / dominncia

Tipias Aps fase aguda Funo Dim. Ao da gravidade, reduzir estresse na glenoumeral Uso prolongado - encurtamentos

Analgesia TENS Acupuntura Analgsicos simples Tricclicos CBZ Gabapentina DREZ, Bomba de morfina

Fortalecimento Dos grupos mais proximais para os distais Sequncia da reinervao Tinnel +

REAB. 1 Fase Ex passivos Isometria Isotnicos c/ sling (F=2) Reeduc. Motora (Kabat) Basto Mov horrios e anti-horrios anti Lixa ou plaina

REAB. 2 Fase Fora > 3 iniciar carga Bceps 200 a 300g inicialmente 3 sries de 5x, 2min repouso

Pesos com polias Facilitao neuromuscular proprioceptiva

Neurotizaes Orientar movimentos pelo comando de voz Nx T2-T6 p/ NMC ou N. mediano T2 INSPIRE E DOBRE O COTOVELO INSPIRE E DOBRE OS DEDOS

Tx Nervosas FES Auxlio do membro no lesado Comando verbal

Tx Tendneo-musculares Tendneo Fortalecimento mximo no pr-op pr Fortalec ps-op demorado ps Coordenao e reaprendizado motor

Mistura Intrafascicular CoCo-contraes complicam o movimento efetivo Reabilitao pouco eficaz Tx muscular TBA

rteses Proteo, posicionamento e preveno de deformidades Prescrio Individualizada rteses mioeltricas

REABILITAO NA PARALISIA OBSTTRICA

Introduo Avaliao funcional OBSERVAR Fora (Shepherd): 0 Sem mov 1 Sem ADM total 2 ADM completa

Sensibilidade: Difcil Estereognosia 5a pick up test

Postura Red. ADM rotao cervical ipsilateral = Encurtamento do trapzio

Tratamento OBJETIVOS: Proporcionar condies p/ melhora funcional Recuperao/manuteno da FM de mm reinervados Treinar controle motor Treinar funo residual dos mm remanescentes ao mximo

Treino motor Manter criana sentada durante as atividades Objetos atraentes e de fcil preenso Linha de viso da criana

Negligncia Falta de uso aprendida Melhora da funo, mas continua sem usar o membro No adequao do membro ao esquema corporal

Risco de queimaduras / Traumas / Automutilao Splints e rteses p/ proteo Jogos sensoriais

Estimulao eltrica Uso controverso Melhora de fora / ADM / estimulao sensorial e biofeedback

Funo respiratriaLeses do n frnico VPP Preveno de atelectasias Lado do hemitrax afetado para cima melhora ventilao pulmonar Drenagem postural

rteses Posicionamento e proteo adequado de cotovelo / punho / mo Restringir membro so Prescrio deve ser individualizada

[email protected]