Reação Popular 165

  • View
    213

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Jornal Reação Popular

Text of Reação Popular 165

  • Car

    los

    Felip

    e

    Polticas pblicas buscam alternativas para desenvolvimento sustentvel

    PM aumenta efetivo nas ruas

    Populao da Vila dos Pescadores so ouvidos pela Prefeitura

    Escola Vera Cruz ensina futebol e cidadania para crianas

    Governo e lideranas debatem sobre Jardim Botnico

    Garotada desempenha na 1 rodada da Taa Cidade Cubato

    PG. 8 PG. 5

    PG. 4

    PG. 5

    PG. 3

    PG. 7

    PG. 3

    Mais de mil se formam em programa de combate s drogas

    O jornal que fala a sua lngua27 de maio de 2011 - Ano 3 - Edio 165 R$: 0,20

    RPReao Popular

  • O Reao Popular uma publicao semanal da 2L Fbrica de Idias Comunicao Social Ltda. CNPJ - 09.142.963/0001-02Circula em toda a Regio Metropolitana da Baixada Santista.Endereo: Rua 13 de Maio, 429, sala 21, Vila Nova, Cubato.

    CEP: 11525-040Telefones: (13) 3324-0313/ 3372-7348E-mail: reacaopopular2@gmail.comTiragem: 10 mil exemplaresEditora: Luciana Lane Valiengo - MTb 30.758/SPDepartamento Comercial: Paulo Ricardo

    Hourneaux de MendonaColaborao: Christiane Castanheira, Elisangela BezerraProjeto grfico: FebertiDiagramao: Luciana Lane Vailengo Todos os artigos assinados so de responsabilidade de seus autores e no representam, necessariamente, a opinio do

    Expediente

    27 de maio de 2011 - Ano 3 - Edio 165Servio2Ricardo Alexandre Alves, 35 anos, comerciante de Cubato (SP) A Baixada Santista, no entorno do porto de Santos, sofre com o caos no sistema rodovirio e ferrovirio de acesso ao porto. O que o governo federal pode fazer para resolver o problema?

    Presidenta Dilma O governo federal est trabalhando intensamen-te para melhorar o acesso ao Porto de Santos e desafogar o trnsito do entorno. No PAC 1, conclumos a primeira fase das obras da Av. Perimetral da Margem Direita. No PAC 2, faremos as obras da Av. Perimetral da Margem Esquerda e continuaremos a realizar me-lhorias na margem direita, o que inclui a construo do mergulho na regio do Valongo. O objetivo eliminar os cruzamentos em nvel dos sistemas rodovirio e ferrovirio. Com essas e outras obras, estamos criando as condies para aumentar em muito a participa-o das ferrovias no transporte dos produtos e, com isso, reduzir a circulao pelas rodovias e ruas das cidades da Baixada Santista. Estamos tambm adotando medidas importantes de gesto, como o uso de planilhas eletrnicas para controlar o trfego dirio e evitar um afluxo de carga acima da capacidade de armazenagem do Porto.

    CONVERSE COM A PRESIDENTA

    Por Dilma Vana Roussef f

    Perguntas para a seo Conversa com a Presidenta podem ser enviados para o e-mail redacaorp@yahoo.br com nome completo, idade, profisso, bairro e cidade. Sero enviadas para a assessoria da presidenta os e-mails encaminhados at a prxima segunda-feira (18/4).

    No dia 19, no gabinete do secretrio Estadual do Meio Am-biente, Bruno Covas, foi retomado o dilogo Estado-Municipa-lidade sobre o ncleo gua Fria e a criao do Jardim Botnico de Cubato. Decerto, foi um avano do governo estadual, que antes impossibilitava o debate democrtico e empurrou goela abaixo o decreto n 56.272, de 8/10/2010, implantando o Jardim Botnico. Sequer ocorreu uma audincia pblica em Cubato para apresent-lo. A deciso, arbitrria, desrespeitou a soberania municipal e a comunidade diretamente afetada.

    O municpio foi contra a imposio: queremos a implantao, mas no aceitamos que um projeto de grande relevncia seja implantado sem debate pblico.

    Os habitantes da gua Fria possuem direitos at agora ig-norados, com o Estado extinguindo o ncleo em prejuzo dos investimentos econmicos e afetivos de cada morador em sua residncia. No foi observado o sentimento de pertencimento que muitos, apesar de imigrantes ou filhos destes, tm com Cubato e aquele ncleo. So laos afetivos que vo do nascimento dos filhos, at investimentos parcos, mas graduais, para erguer e manter as moradias, que iniciaram de forma singela e foram se tornando boas habitaes.

    certo que o Estado segue diretrizes do Programa de Re-cuperao Ambiental da Serra do Mar, que prev a sada desta comunidade. Mas incoerente! Ao manter boa parte das Cotas 200, 95 e Pinhal do Miranda, por no terem risco geolgico, por qu no fez o mesmo com a gua Fria? Agora, quer remover 1.386 famlias para instalar o Jardim Botnico, que precisa de rea plana e sem riscos s instalaes!

    Argumenta que a gua Fria fica em rea de mananciais e polui por coliformes fecais o sistema de tratamento de gua da Baixada Santista. Mas os assentamentos Cota 200, Cota 95, Pinhal do Miranda e Piles esto na mesma situao. E o maior problema hdrico regional no esse, mas os freqentes acidentes da Anchie-ta-Imigrantes e ainda nos trens da linha Santos-Mairinque, que entornam suas cargas, muitas perigosas e poluidoras aos corpos dgua. Sem falar na m qualidade da gua da Represa Billings, tambm captada pela Estao de Tratamento de gua da SABESP.

    O governo estadual instala coletores de esgoto para servir Cota 200, passando pelo centro da gua Fria, e no faz ali uma ligao de esgoto. Isto revolta os moradores, que h dcadas vem negado o acesso ao benefcio, por estarem no permetro do parque estadual. Agora, vemos que possvel ter sistema de esgotos ali.

    O Estado j mostrou ser possvel excluir do parque reas ocu-padas por habitaes, outorgando ao municpio a reurbanizao e regularizao das moradias atravs do instrumento legal Desafe-tao. assim que a prefeita Marcia Rosa defende a permanncia daquela comunidade: seja removido s quem estiver em rea de risco geolgico ou inundao.

    Esse o dilogo retomado com Estado, personificado por Bruno Covas, que teve a sensibilidade de estudar a proposta da Prefeitura. Ele ainda ouviu o pleito dos vereadores e recebeu a comunidade da gua Fria no dia 19, fato indito para ela.

    Sempre pleiteamos o dilogo, mas s agora - e em boa hora - po-demos debater em igualdade, o que no ocorria no governo passado. Graas ao empenho da prefeita Marcia Rosa, Cmara Municipal, mobilizao da comunidade e mudana de postura do governo estadual, chegaremos democraticamente ao objetivo comum.

    Cesar Cunha Ferreira secretrio municipal de Meio Ambiente de Cubato

    SIM, DIALOGAMOS...

    Clubinho de Frias sem taxa de inscrioSeleo para monitores voluntrios tambm continua

    diVERSO

    Continuam abertas as ins-cries para a 51 edio do Clubinho de Frias da Pol-cia Militar. Os interessados devero comparecer na sede provisria do programa, loca-lizada no Sindicato dos Servi-dores Pblicos Municipais de Cubato, com a certido de nascimento ou RG da criana e comprovante de residncia.

    No h pagamento de taxa. So oferecidas 750 vagas para crianas de 5 a 10 anos. Tam-bm continuam as inscries para o processo de seleo de monitores voluntrios (ida-de mnima 15 anos). Para a inscrio basta apresentar o RG. Mais informaes pelo 7808-9357 (Salom) e 7808-9361 (Prates).

    Neste sbado, 28, ser realizado na Unidade Mu-nicipal de Ensino (UME) Santa Catarina, no Morro do ndio, um mutiro de cadastramento e atualiza-o de dados no programa Bolsa Famlia. As famlias j cadastradas ou as que de-sejam se inscrever, devem comparecer na escola das 9 s 17 horas com os seguintes documentos de toda a fam-lia: certido de nascimento

    ou de casamento; cdula de identidade (RG); carteira de trabalho (para maiores de 16 anos), Cadastro de Pessoa F-sica (CPF); ttulo de eleitor; comprovante de residncia com CEP; comprovante de escolaridade, para quem tem de 6 a 18 anos incompletos, e carto de vacina para quem tem at 7 anos. A UME Santa Catarina fica na Rua So Le-opoldo, n 101, no Morro do ndio/ Vila Esperana.

    Bolsa famliaCAdAStRO

    Esto abertas as inscries para o vestibulinho do 2 semestre do Instituto Federal de Educao, Cincia e Tecno-logia de So Paulo- IFSP (antiga Escola Tcnica Federal). O processo seletivo para os cursos Tcnicos Concomitantes ou Subsequentes presenciais e de Educao a Distncia (EaD). No campus de Cubato so oferecidas, 80 vagas para os cursos tcnicos em Automao Industrial e Informtica. So cursos de dois anos, ministrados no perodo noturno. Os interessados devem estar cursando o terceiro ano do Ensino Mdio. As inscries podem ser feitas at s 15h do dia 15 de junho no www.vestibularifsp.com.br. A taxa de inscrio custa R$ 20 e a prova ser realizada no dia 10 de julho. Mais informaes pelo 4009-5100 (campus/ Cubato) ou na Central de informaes: (11) 3471-6125 ou 0800-7227-225.

    Vestibulinho Federal

    Por Cesar Cunha Ferreira

    Vagas disponveis no PATFuno 02 Vagas

    Ajudante Calamento 06

    Analista fiscal Pleno 01

    Analista Junior Adm. Vendas Internacional 01

    Analista Fiscal Pleno Adm. vendas Promo 01

    Analista Pleno de Negcios de TI PM 01

    Analista Pleno Negcios de TI Web - HR 01

    Armador 15

    Carpinteiro 10

    Conferente Porturio 02

    Engenheiro Agrnomo Jnior 01

    Engenheiro de Produo 02

    Funo 02 Vagas

    Especialista de Risco 01

    Especialista em Relaes trabalhistas 01

    Especialista Process. Pleno 01

    Feitor de Armao 01

    Gerente 01

    Laboratorista Mecnico 01

    Marteleiro 05

    Mecnico ajustador 02

    Mecanico de Manuteno 07

    Montador de andaimes 70

    Motorista carreteiro 10

    Funo 02 Vagas

    Motorista de nibus - fem. e masc. 10

    Oper. Mq. Operatrizes 02

    Montador Ponte Rolante 20

    Operador de Produo 52

    Operador de Utilidades 01

    Pedreiro 20

    Professor de Jud 01

    Soldador de Manuteno 01

    Supervisor de Turno 03

    Tcnico Contbil 01

  • Programa de Combates drogas forma 26 turma

    PREVEnO

    Pequenos se conscientizam sobre riscos do abuso de drogas lcitas e ilcitas

    Proposta oferece nova

    rea para a implantao

    do jardim, alterando permetro urbano do

    Parque

    Mais de mil crianas e adolescentes participam de festa de encerrame