Click here to load reader

Recuperação de Física Primeira Série 2º Trimestre

  • View
    144

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Recuperação de Física Primeira Série 2º Trimestre

  • EXERCCIOS DE REVISO DE FSICA TRIMESTRE II

    PROF. ANTNIO LCIO TURRA SRIE: 1

    Aluno(a): .......................................................................................... Caador, 16 de agosto de 2010.

    1. (G1) Como se deve mover um corpo de maneira que sua velocidade vetorial permanea CONSTANTE?

    2. (G1) Explique detalhadamente porque ao puxarmos rapidamente, a toalha de uma mesa que contm sobre ela vrios pratos de

    porcelana, no derrubamos nenhum.

    3. (G1) A figura a seguir mostra uma aeromoa servindo bebidas geladas no interior de um

    jumbo 747 que voa em M.R.U. com uma velocidade de 900 Km/h no sentido mostrado pela

    flecha.

    Quando a aeromoa soltar o cubo de gelo G, ele vai cair dentro de qual copo?

    4. (G1) Quando uma pessoa est com as mos molhadas e no encontra uma toalha ela faz um determinado movimento com mos e

    assim as gotas desgrudam da pele. Explique esse procedimento de acordo com a idia de inrcia.

    5. (G1) Quando um nibus inicialmente parado arranca, um passageiro que estava de p sem segurar nos estribos perde o equilbrio

    e cai. Como se explica o tombo de acordo com a idia de inrcia?

    6. (G1) Imagine uma pedra sendo jogada num local aonde no existe gravidade. Como ser o movimento da pedra? Explique.

    7. (G1) Massa quantidade de matria?

    8. (G1) Na Terra o que mais pesado um corpo de 1N ou um corpo de 1kg?

    9. (G1) Voc est de p no nibus. Repentinamente, o motorista pisa no freio e voc precisa se segurar, pois parece que seu corpo

    continua indo para frente. Explique o que est acontecendo.

    10. (Unesp) Enuncie a lei fsica qual o heri da "tirinha" a seguir se refere.

    11. (Fuvest) Adote: acelerao da gravidade = 10 m/s

    As figuras a seguir mostram dois arranjos (A e B) de polias, construdos para

    erguer um corpo de massa M = 8 kg. Despreze as massas das polias e da corda,

    bem como os atritos.

    Calcule as foras F e F, em newton, necessrias para manter o corpo suspenso e

    em repouso nos dois casos.

    12. (Ufpr) Uma caixa de massa igual a 100 kg, suspensa por um cabo de massa desprezvel, deve ser baixada, reduzindo sua

    velocidade inicial com uma desacelerao de mdulo 2,00 m/s. A trao mxima que o cabo pode sofrer, sem se romper, 1100 N.

    Fazendo os clculos pertinentes, responda se este cabo adequado a essa situao, isto , se ele no se rompe. Considere g = 10,0

    m/s.

  • 13. (Unesp) A figura a seguir representa, em escala, as foras e que atuam

    sobre um objeto de massa m = 1,0 kg.

    Determine:

    a) o mdulo da fora resultante que atua sobre o objeto;

    b) o mdulo da acelerao que a fora resultante imprime ao objeto.

    14. (Unesp) Considere uma caixa em repouso sobre um plano horizontal na

    superfcie terrestre. Mostre, atravs de um esquema, as foras que aparecem nos vrios corpos, indicando os pares ao-reao.

    15. (Ufrj) Dois blocos de massa igual a 4 kg e 2 kg, respectivamente, esto presos entre

    si por um fio inextensvel e de massa desprezvel. Deseja-se puxar o conjunto por meio

    de uma fora cujo mdulo igual a 3 N sobre uma mesa horizontal e sem atrito. O fio

    fraco e corre o risco de romper-se.

    Qual o melhor modo de puxar o conjunto sem que o fio se rompa, pela massa maior ou

    pela menor? Justifique sua resposta.

    16. (Unesp) Dois blocos idnticos, unidos por um fio de massa desprezvel, jazem sobre

    uma mesa lisa e horizontal conforme mostra a figura a seguir. A fora mxima a que esse fio pode

    resistir 20N.

    Qual o valor mximo da fora F que se poder aplicar a um dos blocos, na mesma direo do fio,

    sem romper o fio?

    17. (Ufpe) O trabalho realizado para levantar uma caixa at uma altura h, arrastando-a sobre um

    plano inclinado com coeficiente de atrito e inclinao de 30 relativo horizontal, o mesmo se usarmos outro plano com

    coeficiente de atrito e inclinao de 45. Calcule o quadrado da razo entre os coeficientes de atrito (/).

    18. (Ufpe) A figura mostra um bloco que escorrega, a partir do repouso, ao longo de um

    plano inclinado. Se o atrito fosse eliminado, o bloco escorregaria na metade do tempo. D o

    valor do coeficiente de atrito cintico, multiplicado por 100, entre o bloco e o plano.

    Dado: g = 10m/s

    19. (Unesp) No sistema a seguir, A tem massa m = 10 kg. B tem massa m = 15 kg. = 45.

    Qual ser o coeficiente de atrito entre as superfcies em contato, do corpo A com o plano, para que

    o corpo se desloque com movimento uniforme?

    Observaes: g = 10 m/s; o peso da corda, o atrito no eixo da roldana e a massa da roldana so

    desprezveis.

    20. (Unesp) Um bloco de massa m = 5,0 kg est apoiado sobre um plano, inclinado de 30 em relao horizontal. Se uma fora F,

    paralela ao plano inclinado, aplicada ao bloco com sentido para cima, o bloco desliza para baixo com velocidade v = (2t) m/s. Se a

    mesma fora F aplicada para baixo, o corpo desliza com velocidade v' = (3t) m/s.

    a) Calcule F.

    b) Calcule o coeficiente de atrito de deslizamento entre o corpo e o plano inclinado.

  • 21. (Fuvest) Adote: g = 10 m/s

    Uma pessoa d um piparote (impulso) em uma moeda de 6 gramas que se encontra sobre uma mesa horizontal. A moeda desliza 0,40

    m em 0,5 s, e pra. Calcule:

    a) o valor da quantidade de movimento inicial da moeda;

    b) o coeficiente de atrito dinmico entre a moeda e a mesa.

    22. (Unicamp) Um carro de 800 kg andando a 108 km/h, freia bruscamente e pra em 5,0 s.

    a) Qual a acelerao do carro?

    b) Qual o valor da fora de atrito que atua sobre o carro?

    23. (Unicamp) Um caminho transporta um bloco de ferro de 3000 kg, trafegando horizontalmente e em linha reta, com velocidade

    constante. O motorista v o sinal (semforo) ficar vermelho e aciona os freios, aplicando uma desacelerao de 3,0 m/s. O bloco no

    escorrega. O coeficiente de atrito esttico entre o bloco e a carroceria 0,40.

    Adote g = 10 m/s.

    a) Qual a fora que a carroceria aplica sobre o bloco durante a desacelerao?

    b) Qual a mxima desacelerao que o caminho pode ter para o bloco no escorregar?

    24. (Fuvest) Adote: g = 10 m/s

    Uma mola pendurada num suporte apresenta comprimento igual a 20 cm. Na sua extremidade

    livre dependura-se um balde vazio, cuja massa 0,50 kg. Em seguida, coloca-se gua no balde

    at que o comprimento da mola atinja 40 cm. O grfico a seguir ilustra a fora que a mola exerce

    sobre o balde, em funo do seu comprimento. Pede-se:

    a) a massa de gua colocada no balde;

    b) a energia potencial elstica acumulada na mola no final do processo.

    25. (Ufpe) Um conjunto massa-mola desloca-se sob a ao de uma fora F em uma superfcie

    plana, sem atrito, conforme mostra a figura a seguir. A acelerao do conjunto 5 m/s, a

    massa do bloco 2 kg, e a distenso da mola permanece constante. Determine a distenso da

    mola, em centmetros, desprezando a massa da mola e assumindo que sua constante elstica

    vale 200 N/m.

    26. (G1) Projete um sistema de polias que, para manter um peso de 320 N suspenso no ar, necessite que se aplique uma fora de

    apenas 80 N na outra extremidade da corda.

    27. (G1) Segundo o princpio fundamental da Dinmica, ou 2 lei de Newton, qual a condio mnima para que um corpo possa fazer

    uma curva?

    28. (Ufmg) A figura a seguir mostra um carro fazendo uma curva horizontal plana, de

    raio R = 50 m, em uma estrada asfaltada. O mdulo da velocidade do carro constante

    e suficientemente baixo para que se possa desprezar a resistncia do ar sobre ele.

    1 - Cite as foras que atuam sobre o carro e desenhe, na figura, vetores indicando a

    direo e o sentido de cada uma dessas foras.

    2 - Supondo valores numricos razoveis para as grandezas envolvidas, determine a

    velocidade que o carro pode ter nessa curva.

    3 - O carro poderia ter uma velocidade maior nessa curva se ela fosse inclinada.

    Indique, nesse caso, se a parte externa da curva, ponto A, deve ser mais alta ou mais

    baixa que a parte interna, ponto B. Justifique sua resposta.

  • 29. (Unicamp) Uma atrao muito popular nos circos o "Globo da Morte", que

    consiste numa gaiola de forma esfrica no interior da qual se movimenta uma pessoa

    pilotando uma motocicleta. Considere um globo de raio R = 3,6m.

    a) Faa um diagrama das foras que atuam sobre a motocicleta nos pontos A, B, C e

    D indicados na figura adiante, sem incluir as foras de atrito. Para efeitos prticos,

    considere o conjunto piloto + motocicleta como sendo um ponto material.

    b) Qual a velocidade mnima que a motocicleta deve ter no ponto C para no perder o

    contato com o interior do globo?

    30. (Ufmt) Na(s) questo(es) a seguir julgue os itens e escreva nos parnteses (V) se for verdadeiro ou (F) se for falso.

    Com relao aos planos inclinados, podemos afirmar:

    ( ) ngulo crtico o ngulo formado entre o plano inclinado e a horizontal, utilizado para calcular o coeficiente de atrito cintico

    entre o plano e o corpo que o desce com velocidade constante.

    ( ) quanto menor o ngulo do plano inclinado, menor ser o coeficiente de atrito entre o corpo e o mesmo.

    ( ) a acelerao de um corpo que desce um plano inclinado, sem atrito, depende da massa desse corpo.

    ( ) a acelerao de um corpo que desce um plano inclinado, sem atrito, depende do ngulo do plano e da localidade em que ele se

    encontra.

    31. (Faap) Uma pedra gira em torno de um apoio fixo, presa por uma corda. Em dado momento corta-se a corda, ou seja, cessam de

    agir foras sobre a pedra. Pela Lei da Inr