Rede Wireless - Tutorial

Embed Size (px)

Text of Rede Wireless - Tutorial

  • REDE WIRELESS Tutorial

    Pgina 1 de 58 CRDITOS - AUTORIA: Carlos E. Morimoto

    COMPILAO, DIAGRAMAO, FORMATAO: Marcelo Souza, marcelogerais@hotmail.com , Belo Horizonte/MG

    Rede wireless - Introduo

    Nos ltimos anos as redes wireless caram de preo e se tornaram extremamente populares. Configurar uma rede wireless envolve mais passos do que uma rede cabeada e um nmero muito maior de escolhas, incluindo o tipo de antenas e o sistema de encriptao a utilizar, sem falar no grande volume de opes para otimizar a conexo presentes na interface de administrao do ponto de acesso.

    Este o primeiro de uma srie de tutoriais onde estudaremos todos os detalhes sobre o funcionamento e a configurao das redes wireless. Carlos E. Morimoto - 02/03/2009

    O grande problema em utilizar cabos que o custo do cabeamento cresce exponencialmente junto com o nmero de clientes e a distncia a cobrir. Montar uma rede entre 3 ou 4 micros em um escritrio acaba saindo barato, pois voc precisa apenas de um switch e alguns metros de cabos, mas cabear uma rede com 500 estaes, incluindo diversos andares de um prdio (por exemplo) acaba sendo muito caro. Alm disso, uma rede cabeada oferece pouca flexibilidade; se voc precisar mudar alguns micros de lugar ou adicionar novas estaes rede, vai precisar alterar o cabeamento.

    Existem ainda muitas situaes onde simplesmente no vivel utilizar cabos, como no caso de prdios antigos, onde no existem canaletas disponveis e em situaes onde necessrio interligar pontos distantes, como dois escritrios situados em dois prdios diferentes por exemplo, onde voc precisaria adquirir uma linha dedicada entre os dois pontos, com a empresa de telefonia local (o que caro) ou criar uma VPN, via internet (o que resultaria em uma conexo lenta e com muita latncia).

    Nos ltimos anos as redes wireless caram de preo e se tornaram extremamente populares. Configurar uma rede wireless envolve mais passos do que uma rede cabeada e um nmero muito maior de escolhas, incluindo o tipo de antenas e o sistema de encriptao a utilizar, sem falar no grande volume de opes para otimizar a conexo presentes na interface de administrao do ponto de acesso.

    A topologia bsica

    Em uma rede wireless, o hub substitudo pelo ponto de acesso (access-point em ingls, comumente abreviado como "AP" ou "WAP", de wireless access point), que tem a mesma funo central que o hub desempenha nas redes com fios: retransmitir os pacotes de dados, de forma que todos os micros da rede os recebam.

    A topologia semelhante das redes de par tranado, com o hub central substitudo pelo ponto de acesso.

    A diferena no caso que so usados transmissores e antenas em vez de cabos.

  • REDE WIRELESS Tutorial

    Pgina 2 de 58 CRDITOS - AUTORIA: Carlos E. Morimoto

    COMPILAO, DIAGRAMAO, FORMATAO: Marcelo Souza, marcelogerais@hotmail.com , Belo Horizonte/MG

    Os pontos de acesso possuem uma sada para serem conectados em um hub/switch tradicional, permitindo que voc "junte" os micros da rede com fios com os que esto acessando atravs da rede wireless, formando uma nica rede, o que justamente a configurao mais comum.

    Existem poucas vantagens em utilizar uma rede wireless para interligar micros desktops, que afinal no precisam sair do lugar. O mais comum utilizar uma rede cabeada normal para os desktops e utilizar uma rede wireless complementar para os notebooks, palmtops e outros dispositivos mveis.

    Voc utiliza um hub/switch tradicional para a parte cabeada, usando cabo tambm para interligar o ponto de acesso rede. O ponto de acesso serve apenas como a "ltima milha", levando o sinal da rede at os micros com placas wireless. Eles podem acessar os recursos da rede normalmente, acessar arquivos compartilhados, imprimir, acessar a internet, etc. A nica limitao fica sendo a velocidade mais baixa e o tempo de acesso mais alto das redes wireless.

    Isso muito parecido com juntar uma rede de 10 megabits, que utiliza um hub "burro" a uma rede de 100 megabits (um uma rede de 100 megabits com uma rede gigabit), que utiliza um switch.

    Os micros da rede de 10 megabits continuam se comunicando entre si a 10 megabits, e os de 100 continuam trabalhando a 100 megabits, sem serem incomodados pelos vizinhos.

    Quando um dos micros da rede de 10 precisa transmitir para um da rede de 100, a transmisso feita a 10 megabits, respeitando a velocidade do mais lento.

    Nesse caso, o ponto de acesso atua como um bridge, transformando os dois segmentos em uma nica rede e permitindo que eles se comuniquem de forma transparente. Toda a comunicao flui sem problemas, incluindo pacotes de broadcast.

  • REDE WIRELESS Tutorial

    Pgina 3 de 58 CRDITOS - AUTORIA: Carlos E. Morimoto

    COMPILAO, DIAGRAMAO, FORMATAO: Marcelo Souza, marcelogerais@hotmail.com , Belo Horizonte/MG

    Para redes mais simples, onde voc precise apenas compartilhar o acesso internet entre poucos micros, todos com placas wireless, voc pode ligar o modem ADSL (ou cabo) direto ao ponto de acesso. Alguns pontos de acesso trazem um switch de 4 ou 5 portas embutido, permitindo que voc crie uma pequena rede cabeada sem precisar comprar um hub/switch adicional.

    Com a miniaturizao dos componentes e o lanamento de controladores que incorporam cada vez mais funes, tornou-se comum o desenvolvimento de pontos de acesso que incorporam funes adicionais.

    Tudo comeou com modelos que incorporavam um switch de 4 ou 8 portas que foram logo seguidos por modelos que incorporam modelos com funes de roteador, combinando o switch embutido com uma porta WAN, usada para conectar o modem ADSL ou cabo, de onde vem a conexo.

    Estes modelos so chamados de wireless routers (roteadores wireless).

  • REDE WIRELESS Tutorial

    Pgina 4 de 58 CRDITOS - AUTORIA: Carlos E. Morimoto

    COMPILAO, DIAGRAMAO, FORMATAO: Marcelo Souza, marcelogerais@hotmail.com , Belo Horizonte/MG

    O ponto de acesso pode ser ento configurado para compartilhar a conexo entre os micros da rede (tanto os ligados nas portas do switch quanto os clientes wireless), com direito a DHCP e outros servios.

    Na maioria dos casos, esto disponveis apenas as funes mais bsicas, mas muitos roteadores incorporam recursos de firewall, VPN e controle de acesso.

    Por estranho que possa parecer, as funes adicionais aumentam pouco o preo final, pois devido necessidade de oferecer uma interface de configurao e oferecer suporte aos algoritmos de encriptao (RC4, AES, etc.), os pontos de acesso precisam utilizar controladores relativamente poderosos.

    Com isso, os fabricantes podem implementar a maior parte das funes extras via software, ou utilizando controladores baratos. Isso faz com que comprar um roteador wireless saia bem mais barato do que comprar os dispositivos equivalentes separadamente. A nica questo mesmo se voc vai utilizar ou no as funes extras.

    Existem ainda roteadores wireless que incluem um modem ADSL, chamados de "ADSL Wireless Routers".

    Basicamente, eles incluem os circuitos do modem ADSL e do roteador wireless na mesma placa, e rodam um firmware que permite configurar ambos os dispositivos.

    O link ADSL passa ento a ser a interface WAN, que compartilhada com os clientes wireless e com os PCs ligados nas portas do switch.

    O quinto conector de rede no switch ento substitudo pelo conector para a linha de telefone (line), como neste Linksys WAG54G:

    Embora mais raros, voc vai encontrar tambm roteadores com modems 3G integrados (chamados de Cellular Routers ou 3G Routers), que permitem conectar via EVDO (Vivo) ou UMTS/EDGE/GPRS (Claro, Tim e outras), usando um plano de dados.

    O modem pode ser tanto integrado diretamente placa principal quanto (mais comum) instalado em um slot PC-Card.

    A segunda opo mais interessante, pois permite que voc use qualquer placa.

  • REDE WIRELESS Tutorial

    Pgina 5 de 58 CRDITOS - AUTORIA: Carlos E. Morimoto

    COMPILAO, DIAGRAMAO, FORMATAO: Marcelo Souza, marcelogerais@hotmail.com , Belo Horizonte/MG

    Dois exemplos de roteadores 3G so o Kyocera KR1 e o ZYXEL ZYWALL 2WG. Em ambos os casos os roteadores usam placas externas, que so adquiridas separadamente.

    O Kyocera suporta tanto modems PC-Card quanto USB, enquanto o ZYXEL suporta apenas modems PC-Card:

  • REDE WIRELESS Tutorial

    Pgina 6 de 58 CRDITOS - AUTORIA: Carlos E. Morimoto

    COMPILAO, DIAGRAMAO, FORMATAO: Marcelo Souza, marcelogerais@hotmail.com , Belo Horizonte/MG

    Alguns modelos combinam o modem 3G e um modem ADSL, oferendo a opo de usar a conexo 3G como um fallback para o ADSL, usando-a apenas quando o ADSL perder a conexo.

    Esta combinao interessante para empresas e para quem depende da conexo para trabalhar, mas resulta em produtos mais caros, que nem sempre so interessantes.

    Continuando, alm dos pontos de acesso "simples" e dos roteadores wireless, existe ainda uma terceira categoria de dispositivos, os wireless bridges (bridges wireless), que so verses simplificadas dos pontos de acesso, que permitem conectar uma rede cabeada com vrios micros a uma rede wireless j existente.

    A diferena bsica entre um bridge e um ponto de acesso que o ponto de acesso permite que clientes wireless se conectem e ganhem acesso rede cabeada ligada a ele, enquanto o bridge faz o oposto, se conectando a um ponto de acesso j existente, como cliente.

    O bridge ligado ao switch da rede e em seguida configurado como cliente do ponto de acesso remoto atravs de uma interface web.

    Uma vez conectado s duas redes, o bridge se encarrega de transmitir o trfego de uma rede outra, permitindo que os PCs conectados s duas redes se comuniquem.

    Usar um ponto de acesso de um lado e um bridge do outro permite conectar diretamente duas redes di