of 12 /12
REGULAMENTO DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL Dispõe sobre o Regulamento do Estágio Curricular Supervisionado do Curso de Engenharia Civil da Faculdade Capivari. CAPITULO I - DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS Art.1º - O Estágio Curricular Supervisionado a ser desenvolvido no 10º semestre do Curso de Engenharia Civil integra as dimensões teóricas e práticas do currículo e articula de forma interdisciplinar os conteúdos de formação básica, formação profissional e de estudos específicos. Art. 2º - O Estágio Curricular Supervisionado tem por objetivos oportunizar ao futuro profissional: Incentivar a experiência profissional dos alunos do Curso de Engenharia Civil; Refletir sobre a correlação dos conteúdos vistos nas atividades acadêmicas dos Cursos e a prática profissional; Desenvolver a interdisciplinaridade por meio da participação em atividades que abordem assuntos das diversas áreas e subáreas do conhecimento; Criar mecanismos de oferta de experiência profissional aos estudantes para o futuro desenvolvimento das suas atividades; e Estimular nos estudantes o desenvolvimento do espírito crítico-analítico sobre as práticas da profissão.

REGULAMENTO DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO … · REGULAMENTO DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL Dispõe sobre o Regulamento do Estágio Curricular

Embed Size (px)

Text of REGULAMENTO DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO … · REGULAMENTO DO ESTÁGIO CURRICULAR...

  • REGULAMENTO DO ESTGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

    CURSO DE ENGENHARIA CIVIL

    Dispe sobre o Regulamento do Estgio

    Curricular Supervisionado do Curso de

    Engenharia Civil da Faculdade Capivari.

    CAPITULO I - DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS

    Art.1 - O Estgio Curricular Supervisionado a ser desenvolvido no 10 semestre do Curso

    de Engenharia Civil integra as dimenses tericas e prticas do currculo e articula de forma

    interdisciplinar os contedos de formao bsica, formao profissional e de estudos

    especficos.

    Art. 2 - O Estgio Curricular Supervisionado tem por objetivos oportunizar ao futuro

    profissional:

    Incentivar a experincia profissional dos alunos do Curso de Engenharia Civil;

    Refletir sobre a correlao dos contedos vistos nas atividades acadmicas dos Cursos e a

    prtica profissional;

    Desenvolver a interdisciplinaridade por meio da participao em atividades que abordem

    assuntos das diversas reas e subreas do conhecimento;

    Criar mecanismos de oferta de experincia profissional aos estudantes para o futuro

    desenvolvimento das suas atividades; e

    Estimular nos estudantes o desenvolvimento do esprito crtico-analtico sobre as

    prticas da profisso.

  • CAPITULO II - DA ESTRUTURA, DURAO E

    DESENVOLVIMENTO DO ESTGIO

    Art. 3 - Atividades de estgio sero desenvolvidas em empresas e organizaes conveniadas

    com a FUCAP.

    Art.4 - Na realizao do Estgio devem ser cumpridas um mnimo de 2 horas e um

    mximo de 6 horas dirias. As excees devem ser justificadas na Coordenao pelo

    aluno, e por ela autorizadas.

    Art. 5 - Sendo o Estgio uma atividade curricular obrigatria, a no totalizao da carga

    horria a ser cumprida, de 180 horas, implica na reprovao do aluno e impede sua colao

    de grau, at que o estgios, assim como as demais disciplinas do curso, estejam cumpridos.

    1 - Para realizao de matrcula em Estgio Supervisionado, o acadmico dever

    ter cumprido pelo menos 70% da matriz curricular do curso. Tal restrio feita para que

    o aluno j possua viso interdisciplinar do mundo e amadurecimento de contedos

    referentes ao exerccio da profisso de engenheiro.

    CAPITULO III - DA SUPERVISO DO ESTGIO

    CURRICULAR SUPERVISIONADO

    Art. 6 - O Estgio Curricular supervisionado por um professor, a quem compete

    esclarecer aos alunos sobre o significado e os objetivos do estgio no contexto da proposta

    do Curso de Engenharia Civil, nos termos da legislao vigente.

    Art. 7 - Das atribuies do Professor de Estgio:

    I. Orientar os alunos quanto escolha do local em que o estgio deve ser realizado.

    II. Manter contato, na medida do possvel, com as organizaes que sero campo

    de estgio.

  • Pargrafo 1 - Orientar as atividades a serem realizadas no estgio, no que se referem:

    I. Organizar, com o estagirio e com o supervisor do estgio na empresa, um plano

    de estgio;

    II. Orientar o estagirio a desenvolver as atividades fixadas no planejamento e auxili-

    lo quanto s providncias a serem tomadas com relao ao levantamento de dados,

    fontes de consulta e anlises a serem efetuadas;

    III. Acompanhar e manter sob sua guarda o processo de estgio, desde o seu recebimento

    formal at a sua concluso, ocasio em que dever devolv-lo Coordenao.

    IV. Fixar prazos para a apresentao de relatrios parciais do estgio, estabelecer as

    normas de apresentao do relatrio final, discuti-lo com o aluno e avali-lo.

    V. Avaliar os relatrios parciais e final.

    Art. 8- Das atribuies do estagirio:

    I. Frequentar as atividades de orientao de estgios em horrios previamente

    estabelecidos. A ausncia em trs encontros de superviso no decorrer do semestre

    implica na no convalidao do estgio realizado no perodo;

    II. Desenvolver as atividades programadas com o professor, respeitando os prazos

    estabelecidos;

    III. Registrar sistematicamente as atividades desenvolvidas no campo de estgio,

    conforme as orientaes constantes deste Regulamento ou propostas pelo professor;

    IV. Apresentar periodicamente os registros ao professor, mantendo-o informado do

    andamento das atividades;

    V. Apresentar os documentos necessrios apresentao formal do Relatrio de

    Estgio dentro dos prazos estabelecidos, para apreciao pelo professor de estgio

    e posterior entrega Coordenao.

  • CAPITULO IV - DA APRESENTAO FORMAL DO

    RELATRIO DE ESTGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

    Art. 9 - O Estgio uma atividade de natureza estritamente individual, por isso, o Relatrio

    de suas atividades deve resultar de uma elaborao pessoal de cada estagirio que

    acontecer, no 10 semestre do curso na disciplina de Estgio Supervisionado, mediante a

    orientao de um professor de estgio.

    Art. 10 - Aps o encerramento de cada etapa do estgio, no prazo estabelecido pelo

    professor, o aluno dever apresentar o relato das atividades desenvolvidas em relatrio, para

    anlise e avaliao.

    1 - Para o estgio curricular, exige-se que o aluno elabore a apresente ao professor de

    Estgio 3 (trs) relatrios, de acordo com o modelo especificado, a cada 60 (sessenta) horas

    de estgio realizado.

    Art. 11 - A apresentao formal da experincia prtica, ou seja, do Relatrio de

    Estgio Curricular Supervisionado, deve constituir-se em um documento a ser apresentado

    em uma nica via original, impresso de acordo com as normas ABNT (Associao Brasileira

    de Normas Tcnicas) e orientaes da Coordenao, conforme anexo.

    CAPITULO V

    DAS DISPOSIES FINAIS E TRANSITRIAS

    Art. 12 - O presente Regulamento complementa o Projeto Poltico Pedaggico do Curso

    dando- lhe respaldo legal.

    Art. 14 - Os casos omissos e as dvidas surgidas na aplicao deste Regulamento sero

    solucionados por deliberao do Colegiado de Curso.

  • ANEXO 01 MODELO DE TERMO DE CONVNIO

    TERMO DE CONVNIO

    Aos dias do ms de de , na cidade de Capivari de Baixo, estado de Santa Catarina, as partes a seguir

    qualificadas, celebram este Termo de Convnio, estipulando as clusula e condies, que seguem.

    IDENTIFICAO DA IES:

    FACULDADE CAPIVARI- FUCAP

    CNPJ: 03.681.405/0001-20

    Rua: Avenida Naes Unidas Nm ero : 500 Bairro: Santo Andr

    CEP: 88745-000 Cidade: Capivari de Baixo UF: SC

    Telefone: 48 3623-6000 E-mail: [email protected]

    Representante legal: Prof. Expedito Michels

    IDENTIFICAO DA PARTE CONCEDENTE:

    Nome da empresa:

    CNPJ:

    Rua Nm ero:

    CEP: Cidade: UF:

    Telefones: E-mail:

    Representante legal:

    CLUSULA PRIMEIRA - DO OBJETO

    O presente convnio tem por objetivo viabilizar a realizao de estgio obrigatrio, entendido enquanto ato educativo escolar

    supervisionado, desenvolvido no ambiente de trabalho, e definido como tal no projeto pedaggico do Curso, cuja carga horria requisito para

    aprovao e obteno do diploma, junto PARTE CONCEDENTE, de alunos regularmente matriculados e com frequncia efetiva em

    Cursos de Ensino Superior mantidos pela FUCAP, visando ao desenvolvimento de atividades conjuntas, capazes de proporcionar a plena

    operacionalizao da legislao vigente, em cumprimento ao que dispe a lei n 11.788/08, relacionada ao estgio de estudantes,

    conforme clusulas e perodos previamente estabelecidos.

    CLUSULA SEGUNDA - DAS OBRIGAES DA FUCAP

    So obrigaes da FUCAP:

    I. Celebrar Termo de Compromisso com o educando e com a PARTE CONCEDENTE, indicando as condies de adequao

    do estgio ao Projeto Pedaggico, ao Regulamento de Estgio do Curso e ao horrio e calendrio escolar;

    II. Avaliar as instalaes da PARTE CONCEDENTE de estgio e sua adequao formao cultural e profissional do acadmico, por

    meio das informaes cedidas pela PARTE CONCEDENTE;

    III. Instruir sobre a elaborao do Programa de Atividades de Estgio e sobre a produo e desenvolvimento de relatrios e/ou

    outros documentos de avaliao e tcnico-cientficos;

    IV. Indicar professor orientador da rea a ser desenvolvida no estgio, como responsvel pelo acompanhamento e avaliao das

    atividades do estagirio;

    V. Exigir do acadmico-estagirio a apresentao peridica dos relatrios e/ou fichas de frequncia e avaliao, conforme previsto

    no Regulamento de Estgio do Curso;

    mailto:[email protected]

  • VI. Comunicar, com presteza, quaisquer fatos supervenientes relacionados vida acadmica do estagirio, tais como trancamento ou

    cancelamento de matrcula, afastamento ou outros que possam alterar a natureza jurdica da relao estabelecida entre o acadmico-

    estagirio e a PARTE CONCEDENTE;

    VII. Exigir do acadmico-estagirio a apresentao das fichas de frequncia, avaliao e/ou outros documentos, conforme previsto no

    Regulamento de estgio do Curso.

    CLUSULA TERCEIRA - DAS OBRIGAES DA PARTE CONCEDENTE

    So obrigaes da PARTE CONCEDENTE:

    I. Celebrar Termo de Compromisso com a FUCAP e o acadmico, zelando por seu cumprimento;

    II. Proporcionar condies fsicas e materiais adequadas, bem como informaes tcnicas e legais necessrias ao bom aproveitamento

    do estgio;

    III. Indicar funcionrio de seu quadro funcional, com formao ou experincia profissional na rea de conhecimento desenvolvida

    no curso do estagirio, para orientar e supervisionar at 10 (dez) estagirios simultaneamente;

    IV. Notificar a FUCAP, atravs da Coordenao de Curso, de fatos relacionados a comportamentos inadequados do estagirio, sua

    possvel substituio, bem como do cancelamento ou suspenso temporria da oferta de campo de estgio;

    V. Aceitar a presena em suas instalaes de professores da FUCAP para a orientao acadmica do estagirio, fornecendo-lhes

    as informaes necessrias ao cumprimento de suas obrigaes educacionais;

    VI. Preencher fichas de avaliao e frequncia do estagirio sempre que solicitado pela FUCAP;

    VII. Arquivar os documentos que comprovem a relao de estgio;

    VIII. Por ocasio do desligamento do estagirio, entregar termo de realizao do estgio com indicao resumida das atividades

    desenvolvidas, dos perodos e da avaliao de desempenho;

    IX. Enviar FUCAP, com a periodicidade prevista no Regulamento de Estgios do Curso, relatrio de atividades, com vista obrigatria

    ao estagirio.

    Pargrafo nico. Pode a PARTE CONCEDENTE, livremente, conceder, ou no, bolsa de estudos, traduzida em valor mensal a ser fixado na

    oportunidade da assinatura do Termo de Compromisso de Estgio.

    CLUSULA QUARTA - DA VIGNCIA E DURAO DESTE CONVNIO

    O presente Convnio ter vigncia por prazo indeterminado, podendo ser denunciado por uma das partes, mediante comunicado por escrito,

    com antecedncia mnima de 30 (trinta) dias.

    CLUSULA QUINTA - DA INEXISTNCIA DO VNCULO EMPREGATCIO

    O ESTAGIRIO no ter qualquer vnculo empregatcio com a PARTE CONCEDENTE conforme estabelecido no artigo 3 da Lei

    11.788/2008.

    CLUSULA SEXTA - DO FORO COMPETENTE

    Fica eleito o foro da cidade de Capivari de Baixo, Estado de Santa Catarina, para dirimir eventuais controvrsias oriundas deste instrumento e dos

    termos aditivos dele decorrentes. Por estarem justas e de pleno acordo, as partes assinam o presente Convnio em 03 (trs) vias de igual teor e

    forma, para um s efeito.

    Capivari de Baixo, de de 2018.

    Empresa Concedente Instituio de Ensino

    Testemunha Testemunha

  • ANEXO 02 MODELO DE TERMO DE COMPROMISSO

    TERMO DE COMPROMISSO ESTGIO OBRIGATRIO

    IDENTIFICAO DO ESTAGIRIO:

    Nome:

    Curso: Cdigo de matrcula:

    Turno: Semestre letivo

    Telefone: E-mail:

    Portador de necessidades especiais: ( )no ( )sim Qual:

    IDENTIFICAO DA PARTE CONCEDENTE:

    Nome da Concedente:

    CNPJ:

    Rua: Nm ero:

    CEP: Cidade: UF:

    Telefones: E-mail

    Representante legal:

    Celebram entre si este TERMO DE COMPROMISSO DO ESTGIO, convencionando as clusulas e condies seguintes:

    CLUSULA PRIMEIRA DO OBJETO

    O presente Termo de Compromisso de Estgio TCE est vinculado ao Convnio, celebrado entre a PARTE CONCEDENTE e a FUCAP,

    constituindo-se em comprovante exigido pela Lei 11.788/08 para a realizao de estgio obrigatrio.

    Pelo presente Termo de Compromisso de Estgio, firmado entre a PARTE CONCEDENTE, o ESTAGIRIO e a FUCAP, fica convencionado

    que o estgio ser realizado no perodo que vai de / / a / / , perfazendo um total de dias, com uma carga

    horria diria de horas, o que resulta, ao final, em

    horas de estgio. Na vigncia deste Termo de Compromisso o Estudante ser protegido contra Acidentes Pessoais, providenciado

    pela e representado pela Aplice n da Companhia .

    Nos termos ao artigo 3 da Lei 11.788, de 25 de setembro de 2008, o ESTAGIRIO no ter vnculo empregatcio com a PARTE

    CONCEDENTE, para quaisquer efeitos.

    CLUSULA SEGUNDA DAS OBRIGAES DO ESTAGIRIO

    Caber ao ESTAGIRIO:

    I. Cumprir o Programa de Atividades de Estgio, aprovado pela FUCAP, com a concordncia da PARTE CONCEDENTE,

    primando pela eficincia, exatido e responsabilidade em sua execuo;

    II. Respeitar e acatar as normas internas da PARTE CONCEDENTE, mantendo rgido sigilo sobre as informaes de carter privativo

    nela obtidas, abstendo- me de qualquer atitude que possa prejudicar o nome, a imagem ou a confiana interna e pblica da mesma;

    IDENTIFICAO DA IES:

    FACULDADE CAPIVARI- FUCAP

    CNPJ: 03.681.405/0001-20

    Rua: Avenida Naes Unidas Nm ero: 500 Bairro: Santo Andr

    CEP: 88745-000 Cidade: Capivari de Baixo UF: SC

    Telefone: 48 3623-6000 E-mail: [email protected]

    Representante legal: Prof. Expedito Michels

    mailto:[email protected]

  • III. Manter relacionamento interpessoal e profissional de alto nvel, na PARTE CONCEDENTE e com clientes e pblico em

    geral, respeitando os valores da PARTE CONCEDENTE e os princpios ticos da profisso;

    IV. Ressarcir a PARTE CONCEDENTE de qualquer dano material a ela causado por negligncia, imprudncia ou impercia, bem

    como pagar por despesas de ordem pessoal;

    V. Responder judicialmente por atos ilcitos praticados durante a vigncia do presente Termo de Compromisso;

    VI. Elaborar e entregar FUCAP, os relatrios parcial e final de atividade de estgio, avaliao do supervisor da empresa, dando vistas

    ao supervisor da PARTE CONCEDENTE;

    VII. Comunicar imediatamente PARTE CONCEDENTE e FUCAP, o trmino do vnculo acadmico, nos casos de

    desistncia/abandono, cancelamento, transferncia, trancamento, desligamento do aluno a forma regimental ou frequncia irregular.

    CLUSULA TERCEIRA DAS OBRIGAES DA PARTE CONCEDENTE

    Caber a PARTE CONCEDENTE:

    I. Proporcionar condies fsicas e materiais adequadas, bem como informaes tcnicas e legais necessrias ao bom aproveitamento

    do estgio;

    II. II. Aprovar o Programa de Atividades de Estgio a ser cumprido pelo ESTAGIRIO;

    III. Indicar profissional de seu quadro funcional, com formao ou experincia profissional na rea de conhecimento desenvolvida

    no curso do estagirio, para orientar e supervisionar at 10 (dez) estagirios simultaneamente;

    IV. Notificar a FUCAP, atravs da Coordenao de Curso, de fatos relacionados a comportamentos inadequados do ESTAGIRIO,

    sua possvel substituio, bem como do cancelamento ou suspenso temporria da oferta de campo de estgio;

    V. Aceitar a presena em suas instalaes de professores da FUCAP para a superviso acadmica do ESTAGIRIO, fornecendo-

    lhes as informaes necessrias ao cumprimento de suas obrigaes educacionais;

    VI. Preencher fichas de avaliao e frequncia do estagirio, sempre que solicitado pela FUCAP;

    VII. Arquivar os documentos que comprovem a relao de estgio;

    VIII. Por ocasio do desligamento do estagirio, entregar termo de realizao do estgio com indicao resumida das atividades

    desenvolvidas, dos perodos e da avaliao de desempenho;

    IX. Enviar FUCAP, com a periodicidade prevista no Regulamento de Estgios do Curso, relatrio de atividades, com vista

    obrigatria ao estagirio.

    Pargrafo nico: Pode a PARTE CONCEDENTE, livremente, conceder, ou no, bolsa de estudos, traduzida em valor mensal a ser fixado na

    oportunidade da assinatura do Termo de Compromisso de Estgio (na hiptese de concesso de bolsa-auxlio e/ou auxlio- transporte, os valores

    a serem pagos devero constar deste Termo de Compromisso).

    CLUSULA QUARTA DAS OBRIGAES DA FUCAP

    Caber FUCAP:

    I. Avaliar as instalaes da PARTE CONCEDENTE de estgio e sua adequao formao cultural e profissional do acadmico, por

    meio das informaes cedidas pela PARTE CONCEDENTE;

    II. II. Orientar o ESTAGIRIO sobre a elaborao do Programa de Atividades de Estgio e sobre a produo e

    desenvolvimento de relatrios e/ou outros documentos de avaliao e tcnico-cientficos;

    III. Indicar professor orientador da rea a ser desenvolvida no estgio, como responsvel pelo acompanhamento e avaliao das

    atividades do estagirio;

    IV. Exigir do ESTAGIRIO a apresentao peridica dos relatrios e/ou fichas de frequncia e avaliao, conforme previsto no

    Regulamento de Estgio do Curso;

    V. Comunicar, com presteza, quaisquer fatos supervenientes relacionados vida acadmica do estagirio, tais como desistncia,

    abandono, cancelamento, transferncia, trancamento, desligamento do aluno na forma regimental ou frequncia irregular ou

    outros que possam alterar a natureza jurdica da relao estabelecida entre o ESTAGIRIO e a PARTE CONCEDENTE.

  • CLUSULA QUINTA DA RESCISO DO TCE

    O presente TCE pode ser denunciado a qualquer tempo, unilateralmente, mediante comunicao escrita, feita com 5 (cinco) dias de

    antecedncia, motivado pelas seguintes situaes:

    I. A concluso do Curso ou desistncia/abandono, cancelamento, transferncia, trancamento, desligamento do aluno na forma

    regimental ou frequncia irregular pelo ESTAGIRIO;

    II. O no cumprimento do convencionado neste TCE por qualquer uma das partes;

    III. A denncia do convnio pela PARTE CONCEDENTE ou pela FUCAP.

    CLUSULA SEXTA DO FORO

    De comum acordo entre as partes, fica eleito o Foro da Comarca de Capivari de Baixo, renunciando a qualquer outro, por mais privilegiado que

    seja, para dirimir qualquer questo que se originar deste TCE, uma vez esgotadas todas as possibilidades de entendimento amigvel.

    E por estarem de inteiro e comum acordo com as condies deste TCE, as partes o assinam em 3 (trs) vias de igual teor, destinando-

    se, respectivamente, PARTE CONCEDENTE, ao Estagirio e FUCAP.

    Capivari de Baixo, de de 2018.

    Empresa Concedente Estagirio Coordenador de Curso

  • ANEXO 03 - MODELO DO PLANO DE ESTGIO

    I - OBJETIVO DO PLANO:

    a) planejar e organizar as atividades a serem desenvolvidas no estgio,

    b) orientar o acompanhamento, a superviso e a avaliao do estgio e estagirio.

    II ATIVIDADES NO ESTGIO

    a) DADOS DA CONCEDENTE

    Nome da concedente: (empresa ou instituio concedente de estgio)

    CNPJ:

    Agente de integrao (se for o caso):

    Endereo da Concedente:

    Cidade/UF:

    Telefone: Endereo eletrnico:

    Pessoa para contato:

    b) DADOS DO ESTAGIRIO

    Nome do estagirio:

    Curso:

    Perodo em que estuda: ( ) matutino ( ) vespertino ( ) noturno ( ) integral

    Telefone:

    Endereo eletrnico:

    c) DADOS DO SUPERVISOR DE ESTGIO

    Nome do supervisor: (profissional indicado pela concedente para acompanhar e orientar o

    estudante no desenvolvimento de suas atividades de estgio).

    Funo:

    Formao:

    Endereo Eletrnico:

  • Superviso na concedente: ( ) diria ( ) semanal ( ) quinzenal ( ) mensal ( ) Outra.................

    Nome do docente: (quando o estgio ocorrer na Universidade ou quando deve

    obrigatoriamente ser acompanhado pelo docente)

    Campo do estgio: (rea/setor ou departamento/projeto em que ser desenvolvido o estgio)

    Vigncia do estgio: ....../. .... /20. .......

    ....../....../20 .... Horrio do estgio:

    Carga horria semanal:

  • ANEXO 04 AVALIAO DO SUPERVISOR DE ESTGIO

    FICHA DE AVALIAO FINAL

    Estgio Curricular Obrigatrio do Curso de Engenharia Civil

    Local de Estgio:

    Nome do Estagirio:

    Curso de Engenharia Civil: Fase: 10

    Supervisor de Estgio:

    Profisso:

    N de Horas de Efetivo Estgio:

    Perodo: Incio Trmino:

    ASPECTOS A SEREM AVALIADOS CONCEITOS

    TIMO BOM REGULAR RUIM

    Conhecimento das disciplinas

    Aplicao dos conhecimentos

    Iniciativa/ criatividade

    Interesse pelo trabalho

    Qualidade do trabalho

    Relacionamento com o supervisor e

    funcionrios da empresa

    Assiduidade

    Pontualidade

    Equivalncia em notas: timo = 9 a 10 Bom = 7 a 8 Regular = 5 a 7 Ruim = abaixo de 5

    Assinatura Supervisor da Empresa