RELAÇÃO CUSTO BENEFÍCIO DO eCG NO PROTOCOLO DE faa.edu.br/revistas/docs/saber_digital/2014/Saber_Digital_2014_06.pdf ·

  • View
    212

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of RELAÇÃO CUSTO BENEFÍCIO DO eCG NO PROTOCOLO DE...

  • 1. Discente, Faculdade de Medicina Veterinria de Valena, Centro de Ensino Superior de Valena,

    Fundao Educacional Dom Andr Arcoverde

    2. Docente da Faculdade de Medicina Veterinria de Valena, Centro de Ensino Superior de Valena,

    Fundao Educacional Dom Andr Arcoverde.

    RELAO CUSTO BENEFCIO DO eCG NO PROTOCOLO DE IATF DE

    FMEAS NELORE

    Renata Pasolini1; Joaquim Esquerdo Ferreira2

    RESUMO

    A pecuria de corte no Brasil se caracteriza como uma atividade de produtividade reduzida. A atual situao econmica da pecuria mundial exige alta produtividade como garantia de retorno do capital investido a mdios e curtos prazos. Tendo em vista que a reproduo animal um dos alicerces da cadeia produtiva, sua eficincia deve ser detalhadamente monitorada visando maximizar o desfrute garantindo alta rotatividade financeira numa propriedade. A avaliao do escore de condio corporal um mtodo que avalia as reservas corporais sob forma de gordura. Com o intuito de aumentar a eficincia reprodutiva de bovinos, podem ser empregadas tcnicas para diminuir o perodo de anestro ps-parto. Pesquisas identificam a importncia do tratamento com eCG (Gonadotrofina corinica equina) para aumentar a taxa de ovulao e de prenhez aps o emprego de protocolos de sincronizao para IATF (Inseminao artificial em tempo fixo). Neste trabalho foi observada a relao custo benefcio do eCG no protocolo de IATF de fmeas nelores. Para tal foram um total de 148 fmeas Nelores mantidas a pasto,divididas aleatoriamente em dois tratamentos. O diagnstico de gestao foi feito por palpao retal e ultrassonografia 60 dias aps a IATF e tambm no final da estao de monta para diferenciar as gestaes da IATF com as de monta natural. Concluiu-se que a utilizao do eCG no protocolo de IATF em fmeas Nelore com satisfatria condio corporal invivel economicamente.

    Palavras-chave: reproduo, bovino, prenhez.

  • 53 Saber Digital, v. 7, n. 1, p. 52- 66, 2014

    ABSTRACT

    The beef cattle industry in Brazil is characterized as an activity of reduced productivity. The current economic situation of the world's livestock requires high productivity as a guarantee of return on invested capital to medium and short term. Given that animal reproduction is one of the foundations of the production chain, its efficiency should be thoroughly monitored to maximize the enjoyment ensuring high financial turnover in ownership. The assessment of body condition score is a method that evaluates body reserves in the form of fat. Aiming to increase reproductive efficiency of cattle, techniques can be employed to reduce the period of postpartum anoestrus. Research identifies the importance of treatment with eCG (equine chorionic gonadotropin) to increase ovulation rate and pregnancy rate after the use of synchronization protocols for timed AIFT (artificial insemination at fixed time). In this work, the benefit-cost ECG IAFT protocol in Nelore females was observed. For that were a total of 148 females Nellore pastures, divided randomly into two treatments. Pregnancy diagnosis was made by rectal palpation and ultrasonography 60 days after IAFT and at the end of the breeding season to differentiate pregnancies IAFT with natural mating. It was concluded that the use of eCG in the IAFT protocol in Nelore females with satisfactory body condition is uneconomical.

    Keywords: reproduction, bovine, pregnancy.

  • 54 Saber Digital, v. 7, n. 1, p. 52- 66, 2014

    1 INTRODUO

    A pecuria de corte no Brasil se caracteriza como uma atividade de

    produtividade reduzida em consequncia, entre outros fatores, do baixo desempenho

    reprodutivo dos rebanhos, forando o pecuarista a buscar melhores ndices

    reprodutivos (RESTLE, 2002).

    A atual situao econmica da pecuria mundial exige alta produtividade como

    garantia de retorno do capital investido a mdios e curtos prazos. Tendo em vista que

    a reproduo animal um dos alicerces da cadeia produtiva, sua eficincia deve ser

    detalhadamente monitorada visando maximizar o desfrute garantindo alta rotatividade

    financeira numa propriedade (BARUSELLI, 2004).

    O sistema de produo de bovinos de corte no Brasil est cada vez mais gil o

    que tem se refletido no significativo aumento da taxa de desfrute nos ltimos dez anos.

    No entanto, ainda h um longo caminho at que sejam alcanados os nveis de

    produtividade dos rebanhos mais competitivos do mundo (COSTA e SILVA, 2007).

    Portanto, h muito que se melhorar, principalmente nas pequenas propriedades. De

    modo geral, os pequenos produtores necessitam de algumas prticas simples de

    manejo, como o controle zootcnico do rebanho, gesto do rebanho, ateno com a

    reproduo, monta controlada, alm de prticas de manejo de solo e pastagens

    (MELO & TAQUES, 2009; RAMOS, 2009). Medidas simples como a adoo de uma

    estao reprodutiva favorecem o manejo e possibilitam maiores ganhos no uso dos

    animais (PEREIRA, 2009).

    Sob o ponto de vista zootcnico, a explorao da bovinocultura de corte

    envolve trs fases: cria, recria e engorda. A cria envolve vrias fases biolgicas que

    so: reproduo (cobertura por touros em monta natural ou inseminao artificial),

    gestao, pario, amamentao e desmame (ARRUDA, 1993).

    A cria envolve os maiores custos (mo-de-obra, insumos, capital imobilizado,

    etc.), o menor retorno econmico e os maiores riscos. Porm, nesta se concentra o

    componente de maior impacto econmico na pecuria, a fertilidade. Portanto, dentre

    os aspectos qualitativos e quantitativos a serem considerados na pecuria, a

    fertilidade o que deve merecer especial ateno nas tomadas de decises (COSTA,

    2002).

  • 55 Saber Digital, v. 7, n. 1, p. 52- 66, 2014

    Apesar da importncia da fertilidade, os dados do rebanho bovino brasileiro de

    2013 demonstram baixa eficincia reprodutiva com taxa de prenhez em torno de 60%.

    Essa condio influencia diretamente o custo de produo, porque os juros do capital

    imobilizado, nas vacas que no conceberam e na terra que ocuparam, so absorvidos

    pelos bezerros produzidos (MARION, 2001; ANUALPEC, 2004).

    Uma tcnica que permitiria a massificao da IA, por no envolver a

    observao de cio e abranger grande nmero de animais inseminados em um mesmo

    dia, seria a adoo da inseminao artificial em tempo fixo (IATF), que, por meio da

    utilizao de hormnios, induz a sincronizao do cio e a ovulao dos animais

    (WILTBANK, 1971; MARTINEZ, 1998; MOURA, 2003).

    A partir do ano 2000, as empresas multinacionais do ramo de frmacos

    veterinrios vm fomentando pesquisas e estabelecendo contato com as grandes

    agropecurias, com o intuito de introduzir e demonstrar a eficincia da IATF. Sob a

    tica estrita da eficincia reprodutiva, as empresas tm conseguido alcanar seus

    objetivos, porm, aps a IATF, tm surgido questionamentos a respeito da eficincia

    econmica da IATF frente IA e monta natural (SILVA, 2007).

    Na fase inicial de cada processo reprodutivo adotado, h um custo

    considervel: na IATF, os hormnios; na IA, a mo-de-obra e a infra-estrutura; na

    monta natural, os touros. Por isso, a tomada de deciso por uma ou outra tcnica deve

    estar bem embasada tcnica e economicamente, para no haver perdas de recursos,

    o que determinaria um impacto negativo na eficincia econmica do sistema de

    produo (AMARAL, 2003).

    Neste contexto, a relao custo/benefcio merece primordial ateno na adoo

    de tcnicas na fase de cria. Porm, nesta avaliao todos os custos e benefcios tm

    que ser levados em conta, tanto os diretos como os indiretos, que nem sempre so

    fceis de individualizar e quantificar, s vezes necessitando de uma assessoria

    econmica ou contbil (MARION, 2001).

    Do ponto de vista econmico cinco vezes mais importante para o produtor do

    que o desempenho de crescimento e dez vezes mais importante do que a qualidade

    do produto (TRENKLE & WILLHAM, 1977). Investimentos na melhoria dos processos

    reprodutivos tm se tornado alvo constante de investigaes e, cada vez mais, so

    incorporadas avaliaes reprodutivas em sistemas de seleo de reprodutores. A

    inseminao artificial uma tcnica com maior possibilidade de atender demanda

  • 56 Saber Digital, v. 7, n. 1, p. 52- 66, 2014

    de disseminao do potencial e da produtividade dos animais oriundos de programas

    de melhoramento (LAUREANO et al., 2011).

    O ciclo estral na vaca caracterizado por modificaes cclicas e morfolgicas

    em seus rgos reprodutivos e comportamento sexual, tendo durao de 18 a 24 dias,

    com mdia de 21 dias. O completo mecanismo da dominncia folicular ainda no est

    totalmente esclarecido, porm sabe-se que vrios fatores de crescimento esto

    envolvidos neste processo complexo e no somente as gonadotrofinas como o LH e

    FSH. O sistema IGF (fator de crescimento semelhante a insulina) um dos fatores

    envolvidos nas modificaes foliculares que ocorrem da fase de dominncia. No

    folculo dominante, o crescimento em dimenso e o aumento da produo de estradiol

    so acompanhados por uma diminuio nos nveis de inibina, ativina e IGFBP

    (protenas ligadoras do fator de crescimento semelhante insulina) e aumento do IGF-

    1 livre (FORTUNE, 2001). O IGF-1 capaz de estimular a proliferao e diferenciao

    das clulas da granulosa e o aparecimento de receptores de LH nestas clulas

    (ARMSTRONG, 1996; SPICER, 1996).

    O anestro ps-parto prolongado, as perdas embrionrias e fetais so os

    principais fatores que afetam diretamente a eficincia de produo do rebanho de cria.

    (BARTOLOMEU, 2003). A durao do anestrops parto afetada por diversos fatores,