Click here to load reader

Relatorio 2º ano A - 3º bimestre

  • View
    219

  • Download
    3

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Relatorio do 2º ano B referente ao 3º bimestre de 2012

Text of Relatorio 2º ano A - 3º bimestre

  • RELATRIO

    DO 3 BIMESTRE

    2 ANO A

    PROF MARCELA

    2012

  • Nesse bimestre, o grupo resolveu contar sobre o trabalho realizado, desenhando no computador o que mais gostaram de fazer, estudar, descobrir e aprofundar.

    A partir das nossas conversas sobre as diferentes vivncias, registrei aqui, uma parte dessa histria.

    Confiram agora, nossas experincias vividas nos meses de agosto e setembro!

    Prof Marcela

  • Brincando, as crianas foram experimentando diferentes formas de calcular

    mentalmente, usando estratgias como: decompor, aproximar os nmeros exatos e agrupar

    dezenas ou unidades.

    Compartilhar com o grupo o registro dos diferentes raciocnios para a concluso de um

    clculo foi de extrema importncia para que todos pudessem verificar suas respostas, analisar seus

    pensamentos matemticos e refletir sobre outras possibilidades de realizar uma conta.

    Para este trabalho, utilizamos o baco, instrumento que auxiliou na compreenso da

    noo posicional do nmero e propiciar a introduo da tcnica do algoritmo para o prximo

    bimestre.

    Todos estes estudos, tambm ampliaram o trabalho com o sistema monetrio e

    possibilitou a utilizao da cantina de forma mais independente.

    JORGE

    LUCAS

    E

    THOMAS

  • Nas aulas de Lngua Portuguesa, as crianas relembraram a estrutura dos textos

    narrativos e compararam os contos de encantamento com os contos de animais. Em

    seguida, os alunos levantaram elementos que apareciam nos dois contos e observaram, a

    partir de diversas leituras, suas caractersticas.

    Com essa constatao, organizaram um plano de escrita, ao essencial para que eles

    pudessem escrever cada parte da histria de acordo com o registro de suas ideias.

    Analisar textos bem escritos foi uma prtica que auxiliou o grupo a escrever histrias

    cada vez mais criativas. Alm disso, possibilitou uma produo textual com o registro de

    assuntos j trabalhados e aproximados, como: separar as palavras, experimentar o uso das

    pontuaes, utilizar sinnimos para no repetir alguns termos ou o nome dos personagens

    e registrar as palavras que marcam a passagem do tempo.

    KETAN

  • LAURA

    ENZO

    TIAGO

    Elaboraram coletivamente um conto sobre os animais da Amaznia, j que gostaram bastante de um livro que o aluno Pedro trouxe para a escola. Cada aluno escreveu o incio e o desenrolar desse conto, e em seguida, elegeram os trechos mais interessantes de cada um, para tornar uma histria de todos!

    Iniciamos o uso da letra cursiva, entendendo e praticando o traado correto de cada letra.

  • A partir dos materiais que os alunos trouxeram sobre os animais, houve um grande interesse do grupo em pesquisar e descobrir mais sobre os felinos. Nas rodas de conversas, nas brincadeiras e no manuseio dos livros da biblioteca de sala, comentavam sempre sobre esse assunto. Compartilharam seus conhecimentos prvios, e em seguida, conheceram melhor sobre essas espcies a partir das questes levantadas pelo grupo.

    Para estruturar os novos conhecimentos, realizamos pesquisas na biblioteca sobre algumas curiosidades dos felinos e de outras espcies. Nesse momento, trabalhamos procedimentos de pesquisa que favorecem a formao de alunos leitores e pesquisadores. O grupo observou a organizao dos sumrios, interpretou o texto informativo, selecionou as informaes necessrias para completar a ficha tcnica, ampliando assim o seu repertrio.

    ISABELA BAIDA

    GABRIEL E MATEUS

    ISABELA C.

  • Com tanta informao sobre os animais, questionei ao grupo: Onde vivem essas espcies ? E a ona pintada que tanto gostam, onde mora? Desvendar o Pantanal com o grupo a partir da leitura de imagens, da pesquisa sobre os animais encontrados nessa regio, dos vdeos sobre esse local, do encontro com os adolescentes do colgio que contaram suas experincias num estudo campo, foi um trabalho significativo para o grupo. As crianas puderam incrementar o seu repertrio geogrfico, desenvolveram a conscientizao ambiental , conheceram a biodiversidade desse patrimnio brasileiro e descobriram outras culturas e hbitos. Para registrar essas descobertas, montaram um jogo gigante feito por muitas mos. Escolheram uma das paisagens do Pantanal para ser o tabuleiro do jogo, pintando o rio Paraguai e a mata. O cenrio foi montado com os animais encontrados nessa regio e os alunos construram lindos e detalhados bichos. Todo esse estudo ser compartilhado com vocs , na Mostra Cultural. Confiram agora, as atividades vivenciadas nas outras disciplinas.

    THOMAS

    PEDRO

  • As Olimpadas... Este foi um dos principais trabalhos desenvolvidos no 3 bimestre em Educao Fsica. Os alunos vivenciaram diferentes prticas esportivas a partir das discusses realizadas em aula e juntamente com o 3 ano A, selecionaram os esportes que seriam praticados em nossa Olimpada. Tambm customizamos as camisetas e construmos a bandeira com a ajuda da Prof de Artes.

  • MSICA EM: CONCERTO

    Dia 17 de agosto fomos Sala So Paulo assistir ao Evento Didtico Ensaio Geral Aberto da TUCCA, com os alunos dos 2 e 4 anos. A orquestra, esteve sob a regncia de Joo Maurcio Galindo e apresentou obras de pais e filhos msicos, ou seja, das famlias dos seguintes compositores: Bach, Mozart e

    Strauss.

  • ORQUESTRA DE PAPEL

    Partimos de um repertrio de canes populares para a construo de instrumentos de papel, os quais representam os instrumentos convencionais, como: o Wash Board (reco-reco de vestir), que propicia o movimento e o toque de quem o veste; a Corneta de rolo de papel e pente (criado pelo Hermeto Pascoal); Barangando (brinquedo colorido que soa com o movimento gestual); Rolos de papelo grandes e Tambores-Caixas (com baquetas).

  • Artes Plsticas

    Alguns artistas acreditam que a arte deve ser tocada e transformada pelo pblico, num dilogo entre o objeto e o corpo. Trouxemos esse assunto para as aulas de Artes Plsticas atravs das obras Bichos da artista plstica brasileira Lygia Clark.

    Bichos o nome que a artista deu para as obras produzidas nos anos 60 onde planos unidos determinam tantas posies de possiveis bichos. Eles no tem avesso nem direito e suas partes se movimentam harmonicamente umas com as outras como um verdadeiro organismo vivo.

    Os alunos apreciaram obras da artista e criaram projetos em papeis coloridos de tantos bichos manipulaveis.

    Selecionamos alguns projetos para serem produzidos em madeira serrada, lixada e pintada pelos alunos criando tantos Bichos la Lygia Clark.

  • Histrias e brincadeiras

    Brincar, nunca se acomodar, aprender a encontrar as infinitas possibilidades da

    vida. (Adriana Klisys, in Quer jogar, p.12)

    Neste bimestre, visite nosso quintal no blog de Histrias e brincadeiras, atravs do site do

    Colgio So Domingos.

    (www.sdomingos.com.br)

Search related