Click here to load reader

Relatório da MPE

  • View
    224

  • Download
    4

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Relatório do mês da MPE

Text of Relatório da MPE

  • 02

  • MPE EM GOIS

    EXPEDIENTE

    SUMRIO

    Relatrio do Ms da Micro e Pequena Empresa uma publicao do Servio de Apoio s Micro e Pequenas Empresas (Sebrae Gois)

    Presidente do ConselhoDeliberativo NacionalRoberto SimesDiretor-PresidenteLuiz BarretoPresidente do ConselhoDeliberativo Estadual

    Marcelo Baiocchi CarneiroDiretor-SuperintendenteManoel Xavier Ferreira FilhoDiretor-Tcnico Wanderson Portugal LemosDiretora de Administrao e Finanas

    Luciana Jaime AlbernazGerente da Unidade deInovao e CompetitividadeElaine Maria de Moura SouzaGerente da Unidade deMarketing e ComunicaoPatrcia Cardoso Barcelos

    Projeto grfico, edio, produo,redao, fotografia e revisoOficina de ComunicaoContato - Unidade de Inovao eCompetitividade - Telefone: (62) 3250-2226Avenida T-3, n 1.000, Setor BuenoCEP: 74210-240, Goinia (GO)

    Capacitao para o futuro, por Marcelo Baiocchi

    Sebrae Gois mais prximo de voc,

    por Manoel Xavier Ferreira Filho

    Apresentao: MPE abraa Gois

    Um ms e mais de 370 atividades

    I - Jovem Empreendedor

    II - Exportao para MPE

    III - Escola de Empresrios

    IV - Sebrae de Norte a Sul

    V - Atendimento Personalizado

    VI - Inovao

    VII - Benefcios de Compras Governamentais

    VIII - Arte e Cultura

    IX - Turismo

    X - Gesto Empresarial

    XI - Caminhar, sempre!

    Opinio

    Mosaico de fotos

  • 04

    EDITORIAL

    O Ms da Micro e PequenaEmpresa, realizado em Gois, emoutubro de 2011, ficar marcadopela inovao. Empreendimentoslocais, de mdio ou pequenoporte ganharam destaque. Sejaem relao a novas tecnologias,prticas ou ideias, o empreende-dor goiano merece cumprimen-tos por conseguir vislumbraroportunidades em cada cidadedo interior de Gois ou em cadabairro de Goinia. Em um ms,pudemos perceber que os em-preendedores so capazes deino var desde o produto ofertadoat a conquista de um clientediferenciado. E esse empresriopode ter a certeza de que o Se-brae Gois est ao seu lado.

    No ms de outubro, o go -verno de Gois, em parceria comentidades representativas dosetor empresarial, tais como o Sis-tema Fieg, Fecomrcio, FCDL, Fa-cieg, Acieg, Faeg, Femep, Aciag,AGM e o Sebrae, consumou umapoltica que favorece as micro epequenas empresas. O Frum deMicroempresas e Empresas dePequeno Porte vai dar trata-mento diferenciado na con-tratao de bens, prestao deservios e realizao de obras naadministrao direta e indiretaestadual.

    Isso um grande anseio da

    categoria, que se v agora presti-giada. Feito parecido e que podeser ainda mais lembrado a partirde agora a constituio do Con-selho Deliberativo Estadual doSebrae, que j um exemplo deintegrao empresarial que ofe -rece bons resultados s micro epequenas empresas. O ConselhoDeliberativo Estadual torna asmicro e pequenas empresasgrandes, como de fato so, poisempregam mais da metade dostrabalhadores brasileiros. So 13instituies que se complemen-tam para o fortalecimento doempreendedorismo.

    S mesmo a unio entre asentidades e a parceria com oPoder Pblico podem garantirum ca minho mais justo a essasem presas que h muito tempode senvolvem o pas e so asmaiores responsveis por dar em-prego a quem sustenta o mer-cado consumidor. Levar s microe pequenas empresas capaci-tao, informao e conceder fa-cilidades, como acesso ao crdito, um servio social e ao desen-volvimento. Condies quevimos ser possveis por meio deuma ao concentrada e muitobem planejada e que ns, doConselho, vamos lutar para seufortalecimento, o que nossaobrigao.

    Capacitao para o futuro

    MArCElo BAIoCChI Presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae Gois

  • MPE EM GOIS

    MANoEl XAvIEr FErrEIrA FIlhoDiretor-superintendente do Sebrae Gois

    Sebrae Gois maisprximo de voc

    Em 31 dias, durante o Ms da Microe Pequena Empresa, o que se viu emGois foi um Estado se aperfeioandoe trabalhando para crescer. Uma mo -vimentao inclusiva e abrangenteque teve destaque no governo, institu-ies pblicas e na imprensa, que re -gistrou os bastidores agregando aindamais valor iniciativa. Empreende-dores que tinham um negcio informale op ta ram pela formalizao, rece-beram dicas, reali zaram cursos e ofici-nas, ouviram pa lestras de quem, umdia, passou pelas mesmas dificuldadesque eles tiveram. Nossa convico que as micro e pequenas empresasgoianas esto mais aptas a fortalecer agerao de emprego e renda para ocres cimento sustentvel da economiabrasileira.

    Ouvir as dificuldades que passamos proprietrios das micro e pequenasempresas, de cidades do interiorgoiano foi um grande aprendizadopara ns. Hoje, temos a certeza de queas solues desenvolvidas pelo SebraeGois contribuem para que o Estadopossa crescer de maneira mais igual,sem depender tanto de regies j bemdesenvolvidas. Mesmo assim, at nes-sas regies, percebemos os obstcu losa serem vencidos e o quanto a capaci-tao dos cola boradores, consultores eempresrios de grande valia.

    Estivemos juntos, Sebrae Gois emicro e pequenas empresas goianas,por todo o ms de outubro e, ao final,

    a inteno que essa relao se per-petue. O Circuito de Cursos, queabrangeu 15 cidades em que o Se-brae Gois ainda no possuiunidades, nos mostrou o quanto essainstituio respeitada por todos osgoianos, mas nos d uma respons-abilidade de no deixar as histriasque ouvimos, as empresas que aju-damos a nascer, acabarem por faltade faturamento.

    Hoje, essas empresas do interiorgoiano e tambm da regio Me -tropolitana de Goinia, se fortalecerampor ter tido o acesso informao. Osempresrios se tornaram mais confi-antes e aprenderam que podemvender para quem quer que seja,desde os rgos do governo estadualat para o mercado externo. Tendosempre em vista o desenvolvimento dasua cidade, da sua regio. No entanto,ainda falta muito. As micro e pequenasempresas merecem e necessitam deapoios co tidianos e o Centro-Oesteainda tem uma longa caminhada rumo con solidao do seu comrcio. Vlidoressaltar que apenas 6,5% das em -presas brasileiras esto em Gois, MatoGrosso ou Mato Grosso do Sul.

    Seria necessrio que todo msfosse para atividades que tenhamcomo mote o favorecimento das microe pequenas empresas. At por isso, oSebrae Gois encerrou o ms de outu -bro com vontade de que todo ms sejada micro e pequena empresa.

  • 06

    APRESENTAO

    Outubro de 2011. Esse msfoi um marco para todo oServio de Apoio s Micro e Pe-quenas Empresas (Sebrae Gois).De um lado, o esforo concen-trado para levar ao empresrioda micro e pequena empresa detodos os cantos de Gois cursos,palestras, servios e eventos cul-turais ou esportivos. Da formali -z a o de um empreendimentoao aprendizado de como expor-tar ou vender para rgos pbli-cos, diferentes solues doSebrae Gois foram inseridas nosmais diferentes contextos e lu-gares. Do outro lado, milhares deempreendedores viram surgirpor meio do Sebrae Gois novasperspectivas para seus negciose suas vidas.

    Com a sensao de devercumprido, mais de 100 colabo-radores do Sebrae Gois cami -nharam, com seus familiares, deforma livre pelo Parque Flam-boyant, em Goinia, no final doms de outubro. Aqueles muitospassos aps sesses de relaxam-ento e alongamento eram s oensejo final de uma apresen-tao que durou 30 dias. Cola -boradores que andaram etrabalharam para a consolidaode sonhos das pessoas que de-scobriram h muito ou poucotempo a capacidade de em-preender e que hoje so respon-

    sveis por 68% dos empregosgerados em Gois.

    O resultado final que asmicro e pequenas empresas deGois entraram no ms de no-vembro mais fortes para obtermaior faturamento e oferecerservios ou produtos melhoresaos goianos ou a quem visita oEstado. Em todas as regies deGois, at mesmo em cidadesque ainda no contam comunidades ou escritrios do Se-brae Gois, pelo menos uma das372 atividades foi desenvolvida.Nesse ms, os empreendedoresde Gois tiveram maior contatocom aspectos importantes domundo dos negcios.

    Depois do Ms da Micro e Pe-quena Empresa em Gois, umnmero maior de empresrios demicro e pequenas empresas sabecomo participar de licitaespara compras governamentaisou se tornar um ex portador. Ou,muitos que ainda no chegarama esse patamar, conhecem ocaminho para se tornar um em-presrio formal, quais os passos aseguir e como fazer seu negcioprosperar. Todos esses aspectosno ficaram apenas na moti-vao de um sonho ou revelandohistrias j vencedoras. Por meiode prticas aplicadas em cursos eoficinas existe a certeza de que osucesso possvel.

    MPE abraa GoisO Ms da Micro e Pequena Empresa em

    Gois trouxe avanos notveis, como a

    instituio do Frum da Microempresa e

    Empresa de Pequeno Porte, pelo governo

    estadual, e ainda chegou a lugares muitas

    vezes esquecidos como a regio Noroeste

    de Goinia. Nas prximas pginas,

    histrias de encantamento e aprendizado

    por meio de servios ofertados pelo

    Sebrae Gois esto estampadas.

    Histrias dos quintais goianos.

  • MPE EM GOIS

    Um ms e aproximadamente

    400 atividades Com uma programao composta por 231 cursos, 84 palestras, 47 oficinas, seis

    apresentaes teatrais, lanamento de programas para gesto e liderana, e con-vidados do porte de Amir Klink e Max Gehringer, outubro de 2011, Ms da Microe Pequena Empresa um marco para o desenvolvimento socioeconmico dessesegmento, responsvel pela gerao de emprego e renda em Gois. De 4 a 31 deoutubro, o Sebrae Gois realizou aes projetadas para sensibilizar, capacitar e im-pactar, tambm, entidades capazes de contribuir para o sucesso das micro e pe-quenas empresas. Participao nas compras pblicas, polticas governamentais einvestimentos em inovao so alguns dos assuntos que estiveram na pauta dediscusses do Sebrae Gois nesse ms.

    1 - Palestra Max Gheringer2 - Circuito de cursos no interior3 - Trs Dias com o Sebrae4 - Projeto Excelncia em Gesto Empresarial5 - 6 Festival Gastronmico de Crixs6 - 2 Salo do Livro Infantil e Juvenil de Gois

    1

    2

    3