Relatorio de Estagio 3 - FINAL

  • View
    731

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Relatorio de Estagio 3 - FINAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SO FRANCISCO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SO FRANCISCO CURSO DE GRADUAO EM ENGENHARIA CIVIL

Julliana Melo Pinheiro de Arajo

RELATRIO DE ESTGIO SUPERVISIONADO

Juazeiro BA 2012

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SO FRANCISCO CURSO DE GRADUAO EM ENGENHARIA CIVIL

Julliana Melo Pinheiro de Arajo

RELATRIO DE ESTGIO SUPERVISIONADO

Relatrio apresentado disciplina Estgio Curricular, com carter avaliativo, sob superviso do Professor MSc. Judas Tadeu Gomes de Sousa.

Juazeiro BA 2011

SUMRIO

1.

FICHA DE IDENTIFICAO ................................................................................ 4 1.1. 1.2. 1.3. ESTAGIRIO ................................................................................................. 4 UNIDADE DE ENSINO .................................................................................. 4 EMPRESA...................................................................................................... 4

2. 3. 4.

INTRODUO ..................................................................................................... 5 A EMPRESA ........................................................................................................ 6 A OBRA ............................................................................................................... 7 4.1. 4.2. LOCAL DA OBRA .......................................................................................... 7 PROJETO ...................................................................................................... 8

5.

ATIVIDADES DESENVOLVIDAS ...................................................................... 10 5.1. ELABORAO DE ORDENS DE SERVIO ............................................... 10 5.2. LEVANTAMENTO DE ANIS PRE-MOLDADOS DE CONCRETO UTILIZADOS NOS POOS DE VISITA ................................................................. 11 5.3. 5.4. 5.5. MEDIES .................................................................................................. 12 CALCULO DE REAJUSTE ........................................................................... 15 DIMENSIONAMENTO DE UM RESERVATORIO ELEVADO ...................... 15

6.

CONCLUSO..................................................................................................... 17

REFERNCIAS ......................................................................................................... 18 ANEXOS ................................................................................................................... 19 A ORDEM DE SERVIO: REDE COLETORA CONDOMINIAL.......................... 20 B ORDEM DE SERVIO: REDE COLETORA .................................................... 21 C ORDEM DE SERVIO: EMISSRIO .............................................................. 22 D PLANILHA DE MEDIO ............................................................................... 23 E RESERVATRIO ELEVADO: CORTE A-B ..................................................... 24

4

1. FICHA DE IDENTIFICAO

1.1.

ESTAGIRIO

NOME: Julliana Melo Pinheiro de Araujo. CURSO: Engenharia Civil. PERODO (ano) Atual: 10 perodo 2012.1. ENDEREO: Rua das Rosas n 762, Areia Branca, CEP 56330-210, Petrolina-PE. E-MAIL: [email protected] FONE: (87) 8804-1809

1.2.

UNIDADE DE ENSINO

NOME: Universidade Federal do Vale do So Francisco UNIVASF. ENDEREO: Avenida Jos de S Manioba, S/N, Centro, CEP 56304-205, Petrolina-PE. PROFESSOR ORIENTADOR: Judas Tadeu Gomes de Sousa.

1.3.

EMPRESA

NOME: Construtora Cassi Ltda. ENDEREO: BR 122, KM-307 N321, Loteamento Recife, Petrolina-PE. FONE: (87) 3864-3505 SETOR ONDE FOI REALIZADO O ESTGIO: Obra de Saneamento no bairro Dom Avelar. DATA DE INICIO E TRMINO: De 03 de janeiro de 2012 a 17 de fevereiro de 2012. DURAO EM HORAS: 180 Horas. NOME DO SUPERVISOR: Ernandes Regis Petzinger

5

2. INTRODUO

O estgio uma importante complementao curricular, proporcionando a aproximao do meio acadmico realidade do ambiente de trabalho em uma empresa da rea. Sendo assim, caracteriza-se como uma forma de utilizar de maneira prtica toda a teoria exposta em sala de aula e de motivar o esprito de trabalho em uma equipe. O presente relatrio apresenta as atividades desempenhadas pela aluna estagiria Julliana Melo Pinheiro de Araujo, na empresa Construtora Cassi Ltda, no setor de saneamento, dentro do perodo de 03 de janeiro de 2012 17 de fevereiro de 2012, perfazendo o total de 180 horas de trabalho.

6

3. A EMPRESA

A Construtora Cassi Ltda nasceu da vontade dos irmos Carlos Csar Diniz e Raniere Diniz, de reavivarem o projeto de seu patriarca, Antonio Cassiano Diniz, para Construir uma empresa sria e confivel no ramo da construo civil, objetivando contribuir com o desenvolvimento do estado de Pernambuco e da regio Nordeste. Assim, no dia primeiro de agosto de 1990, a Construtora Cassi Ltda foi fundada, com uma frota de cinco caambas herdadas do pai. Seus primeiros clientes foram a Niagro Nichirei do Brasil Agrcola Ltda, empresa multinacional de processamento de acerolas e a Codevasf (3 SR em Petrolina e 6 SR em Juazeiro). Ao longo dos anos a Construtora Cassi foi se solidificando, atuando principalmente nos segmentos de terraplenagem, saneamento e pavimentao nos estados de Pernambuco, Bahia, Sergipe, Maranho, Cear, Piau e Par. Sua frota atual conta com oitenta e um equipamentos, entre caambas, moto niveladoras, tratores de esteira, carretas pranchas, escavadeira hidrulica, rolos de compactao e vibratrio, tratores agrcolas, caminho melosa e usina mvel de lama asfltica. Primando pela qualidade de seus servios, obteve os certificados de qualidade ISO9001, PBQP-H, PROPERQ PE, sendo tambm associada ao Sindicato da Indstria da Construo Civil no Estado de Pernambuco,

Sinduscon/PE.

7

4. A OBRA

4.1.

LOCAL DA OBRA

A cidade de Petrolina, por ser bastante plana, apresenta diversos problemas relacionados drenagem de guas pluviais, proporcionando um escoamento lento e um acmulo constante dessas guas nas depresses naturais das reas. Juntam-se a essas guas os esgotos brutos que so produzidos nas residncias dos bairros que ainda no possuem um sistema completo de esgotamento sanitrio. A bacia na qual est instalado o bairro Dom Avelar, no foge a regra, sendo inclusive uma das reas mais planas da cidade. Sua superfcie com cerca de 551ha possui cotas variando entre 386m e 376m entre pontos distantes mais de 3.000m. Alm disso, h vrias depresses significativas que se constituem em lagoas naturais. A principal delas a lagoa de So Joaquim localizada na poro noroeste da bacia e que ao longo dos ltimos anos vm trazendo srios inconvenientes as populaes assentadas em suas proximidades no perodo de altas precipitaes pluviomtricas.

Figura 4.1 Bairro Dom Avelar

Com relao ao solo da bacia pode-se afirmar que predominantemente arenoso com nvel de lenol fretico bastante elevado, caractersticas essas que

8

foram constatadas quando da implantao dos 17.500m de coletores na 1 etapa de obras. uma regio em franco crescimento populacional, em particular na rea do loteamento Terras do Sul, no qual se observam a construo de muitas residncias populares, de baixo padro construtivo, porm, em paredes de alvenaria e instalaes sanitrias completas. As fossas midas geralmente encontram-se na rea do passeio pblico o que facilitar a interligao das ligaes intradomiciliares as redes condominiais de caladas projetadas.

4.2.

PROJETO

A Prefeitura Municipal de Petrolina atravs da ento Secretaria de Saneamento, Recursos Hdricos e Meio Ambiente elaborou no ano de 2001, o Projeto Bsico do Sistema de Esgotamento Sanitrio da bacia do Dom Avelar, localizada na poro nordeste da rea urbana da cidade. Alm do bairro Dom Avelar, esto inseridos nesta rea os bairros Santa Luzia, Terras do Sul, Padre Ccero e Vila Dbora. A bacia compreende uma rea total de aproximadamente 551ha limitada ao norte pela avenida perimetral, a leste por um talvegue natural e pela BR122, ao sul pelo bairro Jos e Maria e a oeste pelo bairro Antnio Cassimiro. O projeto original previa a implantao do sistema em etapas, a comear pelo ano de 2001 de acordo com o seguinte cronograma (Tabela 4.1):Tabela 4.1 Projeto Original 2001 2011 2021 1 Etapa 2 Etapa 3 EtapaPrev. Realiz. 62.212 17.504 No No No No No No No No No Prev. 133.615 37.780 --Sim Sim ----Sim Realiz. -----------Prev. ----------Sim Realiz. ------------

Incio das Etapas Unidades do Sistema

2031 4 EtapaPrev. -----------Realiz. ------------

2041 5 EtapaPrev. -----------Realiz. ------------

61.121 Rede Condominial (m) 21.128 Rede Bsica (m) Sim Estao Elevatria1 Sim Emissrio de Recalque1 No Estao Elevatria2 No Emissrio de Recalque2 Sim Estao Elevatria3 Sim Emissrio de Recalque3 Sim Estao Elevatria Final Sim Emissrio de Recalque Final Sim Estao de Tratamento (ETE)

9

A Empresa Cassi Ltda ficou responsvel pela execuo da 2 Etapa da implantao do sistema, que contemplar tambm as instalaes previstas na primeira etapa que no foram realizadas, abrangendo os bairros Dom Avelar e Terras do Sul. A Figura 4.2 abaixo traz parte da planta baixa do projeto, na qual a 2 Etapa est contemplada (em azul).

Figura 4.2 Projeto: Planta Baixa.

10

5. ATIVIDADES DESENVOLVIDAS

O estgio foi desenvolvido nos horrios de 07h00min as 13h00min de segunda sexta-feira, tendo durao de seis horas dirias, totalizando trinta horas semanais. Foram realizadas as seguintes atividades:

5.1.

ELABORAO DE ORDENS DE SERVIO

O traado da rede coletora de esgotos est relacionado topografia da bacia de contribuio, uma vez que o escoamento se